23ago

Os 10 alimentos proteicos com baixo custo para incluir na Dieta

alimentos proteicos baratoTodos nós já sabemos o quanto a proteína é essencial para manter a dieta em dia e fazer com que o nosso corpo ganhe músculos e massa magra. Mas, é bastante comum que as pessoas acreditem que ela só é encontrada em carnes, sendo que existe uma infinita variedade de alimentos onde a proteína pode ser encontrada e neste artigo separamos os 10 alimentos proteicos fáceis de serem encontrados e baratos, para que seu consumo seja constante. Acompanhe!

 

Alimentos proteicos – por que investir neles?

 

Como dissemos, a proteína é fundamental para que nossos músculos possam ser formados. Quando há o treinamento pesado, a proteína irá ajudar na recomposição das fibras que foram quebradas durante esse exercício. Se o corpo não a encontra, todo o trabalho de musculação é perdido e a hipertrofia não acontece.

É por esse motivo que é comum que os atletas invistam muito em uma alimentação repleta desse nutriente e em suplementos de qualidade. É importante saber que os alimentos proteicos de forma completa são os que contém todos os aminoácidos essenciais [1]. Tendo essa informação em mente, fica fácil entender que nem todos os alimentos proteicos são de fato de grande ajuda para o ganho muscular.

Leia também:

Conheça alguns Mitos e Verdades sobre a Alta ingestão de Proteínas
7 benefícios da Batata-Doce para que serve e se ela Engorda
Vitaminas Anabólicas: Vitamina de Banana Hiper Proteica

Mas, por que investir em proteínas? A resposta é óbvia: porque sem ela nosso corpo não reage aos exercícios de maneira correta e se torna quase impossível ganhar músculos. A proteína é essencial para esse objetivo e o organismo não a produz de forma natural, por isso, sua ingestão através de uma dieta é fundamental. E para as mulheres que acreditam que ela não é importante, devemos lembrar que o ganho de massa magra também depende da proteína, assim como a perda de gordura corporal.

 

#10 Alimentos Proteicos

 

Se você entendeu o quanto os alimentos proteicos são importantes, agora é hora de buscá-los. Antes disso, uma informação relevante: a quantidade necessária por dia desse nutriente varia muito, mas gira em torno de 0,8 a 1,2 gramas por quilo que o indivíduo pesa. [2]. Saber disso será de grande valia para que consiga comparar os alimentos que iremos trazer a seguir. Confira!

 

Fígado de boi

Uma das opções mais baratas existentes nos dias de hoje para ter acesso à proteína, o fígado de boi é muito saudável e conta com uma série de nutrientes importantes para a manutenção da saúde e é um excelente aliado para a dieta e para a hipertrofia. O grande problema dele está no gosto, que não agrada a todos. Mas, de fato ele é barato e nutritivo, sendo uma opção a ser levada em consideração.

 

BI 01BI 01

Soja

A soja é mais versátil e conta com 34g de proteína a cada 100g ingeridas. Ou seja, ela é excelente para quem treina pesado ou mesmo está tentando emagrecer. Uma opção saborosa e relativamente barata, dependendo do local de compra. Se você costuma ir à feitas ou mercados mais livres, um pacote pode não sair caro e ainda durar bastante.

 

Peito de Frango

Ele não podia deixar de ser citado nessa lista, já que conta com mais de 200g de proteínas a cada quilo e é um dos alimentos mais baratos, levando em consideração o seu custo-benefício. Além disso, o frango é um excelente aliado da perda de peso, pois faz com que haja uma sensação de saciedade por horas.

 

Ovo

Outro alimento que não pode faltar é o ovo, que oferece nada menos do que 6 gramas de proteína por unidade. Além disso, o ovo é barato, custando em média R$ 6,00 a dúzia, dependendo de onde você irá comprar. E o investimento vale a pena!

 

O leite de Vaca

Rico em proteínas, com cerca de 8g a cada 100g, o leite é uma opção que passa batido as vezes. Ele pode ser consumido todos os dias e ajuda bastante na dieta, já que diminui a fome a ajuda na síntese proteica.

 

Acem

Uma das carnes mais baratas é o Acem, que além de muita proteína, ainda conta com zinco, magnésio e ferro, que são nutrientes essenciais para ajudar na hipertrofia e na síntese proteica.

 

Sardinha em lata

Ninguém imagina, mas a sardinha em lata pode ser uma aliada importante no ganho de massa muscular. Uma lata pode ter até 24g de proteínas, além de outros nutrientes. Outra vantagem é que ela é um alimento proteico completo, com todos os aminoácidos necessários.

 

Atum em lata

Um pouco mais caro que a sardinha, o atum é uma opção válida, já que nele contém cerca de 40g de proteínas: o dobro da sardinha. Ele pode ser consumido de várias formas e é difícil quem não goste.

 

O feijão preto

Rico em proteínas, o feijão preto é uma excelente alternativa para fugir um pouco dos alimentos de origem animal. Não é muito simples de preparar, mas ele pode ser congelado e usado todos os dias. Seu preço também é baixo e um pacote rende bastante. É um alimento que vale a pena ser introduzido na dieta.

 

Peixes

Existem opções de peixes baratos, que vão além da sardinha e do atum. Basta pesquisar que é possível encontrar. Os peixes têm 20g de proteína a cada 100g, por isso, vale a pena o investimento!

 

Apesar de ter sido citado o feijão preto, já há muitos estudos que comprovam que a proteína animal é a que mais traz resultados ao corpo [3], e que seu consumo deve ser altamente estimulado. De forma geral, a dieta cumpre boa parte do trabalho de recuperar as fibras musculares. O restante uma suplementação recomendada pelo treinador físico pode ser o ideal.

Seja qual for sua estratégia, é importante que ela esteja aliada à uma boa alimentação, à pratica de exercícios de intensidade e ao consumo de produtos de qualidade, que passem por testes e sejam aprovados pelos órgãos responsáveis.

 

Referências

1. Universidade Federal de Alagoas – A química dos Alimentos
2. Andrezza Botelho – Nutricionista funcional
3. David Heber, MD : Internal Medicine

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.