15set

Testosterona baixa: conheça suas causas, malefícios e como aumentar

Testosterona baixa conheça suas causas, malefícios e como aumentarA testosterona baixa pode influenciar negativamente na sua vida e não é apenas na libido. Sabe por quê?

Quando falamos em testosterona o que vem à sua mente? Eu arrisco um palpite: Sexo, Músculos, Excitação.

Sim, é desse modo que muitas vezes relacionamos este importante hormônio, para homens e mulheres, com a sua relevância para a vida humana.

Se você já leu nossos artigos anteriores, com certeza percebeu que estamos chamando a atenção do leitor para que se conscientize do quanto cuidar da saúde, especificamente dos níveis de testosterona é relevante para o bem-estar.

Global, justamente porque este hormônio, é o responsável por diversas funções no corpo humano, que condizem com a performance física e também psicológica.

Homens e mulheres, muitas vezes sofrem calados, por diversas pequenas coisas como: baixa libido, disfunção sexual, falta de orgasmo, dificuldades sexuais.

Mas, não apenas isso, pois, partindo do princípio que somos seres com necessidade eminente de sexo, os conflitos em relação aos fatos citados acima, desencadeiam uma série de outros problemas, de ordem física e até mesmo psicológicas, como veremos adiante.

Além disso, a testosterona baixa dá alguns sinais claros como a dificuldade de desenvolver a musculatura (hipertrofia), porém, existem outros que ficam “camuflados”, ou passam desapercebidos, mas que deixam a qualidade de vida da pessoa sempre a desejar.

Este é o tema de hoje: Como a testosterona pode afetar nossa vida, convidamos você a ler todo o artigo e a participar acrescentado sua opinião ao final. Boa leitura!

 

A Testosterona Baixa não faz escolhas

 

É fato que homens entre 35/40 anos começam a produzir menores quantidades do hormônio, é fato também que, na mulher a idade de queda se inicia por volta dos 40 anos.

Porém, bem mais comum do que se imagina os níveis de testosterona podem sofrer grandes quedas de produção nas idades consideradas de pico hormonal.

Nível de Testosterona pela idadeAlém das terapias químicas de reposição, sugestões com suplementos a base do hormônio, são bem vidas, para amenizar o problema. O Tesdodrol Cycle é um suplemento indicado  para o caso e pode ser consumido sem receios.

Os motivos que levam à testosterona baixa são diversos, e diferentes entre os sexos. Na relação abaixo estão sintetizados os mais comuns aos quais estamos expostos frequentemente. Veja:

  • Consumo excessivo de carboidratos ricos em açúcar, que associados a outros fatores, interferem na queda da produção do hormônio;
  • Inatividade física, onde não há estimulação da síntese proteica;
  • Medicação incorreta e inadequada (estatinas, antidepressivos, estrogênio);
  • Para as mulheres, o uso do anticoncepcional;
  • Consumo excessivo de álcool;
  • Tabagismo e uso de drogas ilícitas;
  • Alimentação desequilibrada;
  • Consumo de produtos que utilizam determinado tipo de embalagem que contém bisfenol na sua fórmula;
  • Prédisposição genética;
  • Síndrome metabólica;
  • Hipertensão;
  • Alto nível de estresse;
  • Doenças como Lúpus, AIDS, Artrite Reumatoide.

 

O que acontece no organismo de quem tem testosterona baixa?

 

Como já mencionamos anteriormente a testosterona baixa pode desencadear problemas simples, quase imperceptíveis, desde até sérios como depressão e desestímulo grave.

Alguns dos malefícios, os mais sobressalentes são descritos como:

 

Dificuldade para a Hipertrofia

A testosterona é um hormônio andrógeno e anabólico, e através de reações bioquímicas atua diretamente na musculatura, estimulando a potência.

Quando ocorre a pratica de exercícios específicos para o ganho muscular e este não acontece, é válido considerar a deficiência na quantidade do hormônio.

 

Fadiga excessiva

Se sentir cansado é absolutamente normal, mas, quando a sensação fica bem acima do normal, cuidado! É preciso investigar!

BST - Whey Protein HTPro IIBST - Whey Protein HTPro II

Testosterona baixa hipertrofiaQuando o cansaço é excessivo pode ser um sinal de que a testosterona está muito baixa, tanto para homens como mulheres, que passam a encontrar dificuldade para dar conta dos compromissos do dia a dia.

 

Muito menos resistência

Parece que as forças estão se esvaindo, e, atividades simples como andar, correr e fazer exercícios na academia ficam difíceis de serem executados.

 

Alto nível de irritabilidade

Parece que os aborrecimentos se acumulam, e, tudo passa a ser motivo para explosão, as vezes carregada de raiva.

A intolerância e a impaciência, também contribuem para a irritação que atinge a própria pessoa e com quem convive.

 

Aumento do peso e acúmulo de gordura

Principalmente no abdômen que cresce mesmo sem necessariamente estar comendo mais. A testosterona funciona como um emagrecedor natural.

Quando o hormônio aumenta o organismo tem mais facilidade de queimar gordura.

 

Disfunções sexuais

Percebidos no homem como a diminuição das ereções e na mulher, como dificuldades para o orgasmo. Em ambos a libido e o interesse sexual diminuem, em contrapartida provocam a baixa autoestima.

Leia também:

Saiba a importância do hormônio Testosterona para Mulher

Causas e sintomas de Baixa Testosterona em Homens

Como Aumentar a Testosterona Naturalmente

A influência do Sexo, da Masturbação e o Aumento da Testosterona

A fertilidade também fica comprometida quando existe baixa produção de testosterona.

 

Osteoporose e aumento do risco de fraturas

A osteoporose se caracteriza pela perda gradual de massa óssea que decorre de muitos fatores entre eles, a testosterona baixa.

 

Pouca concentração e influência nas decisões

Entre as causas psicológicas da testosterona baixa, especificamente nos homens, está a falta de ousadia e de envolvimento com a rotina, principalmente no trabalho.

Mulheres também sentem a deficiência do hormônio, aumentando os quadros de depressão.

 

Insônia ou dificuldade para dormir

A redução nos níveis do hormônio pode influenciar negativamente a qualidade e a quantidade do sono. Além disso, a agitação também é comum, obviamente, a insônia pode estar associada a outros fatores, por isso o que vale é o contexto, ou seja, o diagnóstico completo.

 

Como tratar a testosterona baixa?

 

Em determinadas situações, a mudança no estilo de vida e hábitos são formas eficientes para aumentar a testosterona naturalmente. Dar mais ênfase a alimentação, incorporando na dieta alimentos ricos em zinco, vitaminas A e D, como por exemplo: Abacate, frutas cítricas, ovos, peixe, gorduras saturadas, carne vermelha.

Enfim, há uma infinidade de alimentos que estimulam a produção do hormônio, como também, mudanças nos hábitos e na rotina, principalmente:

  • Dormindo mais, pois é justamente no sono que as taxas hormonais se elevam;
  • Evitar o exagero no uso do álcool;
  • Praticar atividades físicas.

Mas, em casos complexos de testosterona baixa, após a consulta a um médico e diagnóstico através de exames, é possível considerar a reposição do hormônio de forma química, tanto para mulheres como para homens.

Outra forma muito recomendada é fazer uso dos suplementos naturais, como o TESTODROL CYCLE, indicado para mulheres e homens que se cuidam e desejam manter os níveis de testosterona no nível adequado.

 

O que você ganha cuidando dos níveis de testosterona?

Para os homens, a testosterona define muitos dos símbolos da masculinidade, bem como, comportamentos e atitudes.

Além disso, é o responsável para manter a disposição lá em cima, itens importantes para o desempenho diário. Com mais foco e desejo sexual, aumento de ereções e boa performance nas atividades físicas.

Para as mulheres, o hormônio é um influente direto na libido, no ânimo para trabalhar e se exercitar.

E é isso que você quer, não é mesmo? Por isso, experimente como o TESTODROL CYCLE pode te ajudar!

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.