28jan

Será que ter um ‘Controle dos parâmetros de Treinamento’ é importante?

Controle Parâmetros TreinamentoHá poucos dias, uma de minhas alunas comentou que alguns frequentadores da academia onde ela treina “brincaram” se ela estava indo para a escola ou malhar (lembre-se que MALHAR é completamente diferente de TREINAR), já que fica com caneta e papel anotando tudo que acontece enquanto está treinando. Infelizmente, esse é o cenário que encontramos nas academias, poucas pessoas conhecem a importância de realizar um controle rigoroso durante o treino.

Quando se fala em treinamento na musculação (não estou falando de MALHAÇÃO), existem algumas variáveis que devem ser controladas:

  • Carga;
  • Séries;
  • Repetições;
  • Ritmo;
  • Intervalo de Recuperação.

Nesse texto, vou pegar como exemplo o controle de carga e repetições, pois foi o motivo da “brincadeira” na academia.

É muito comum academias encontramos pessoas treinando em duplas e isso é muito interessante, pois dessa maneira é possível aplicar algumas técnicas de intensificação (claro, se souberem aplicar), assim como existe aquele incentivo, aquela forcinha a mais quando você está prestes a desistir durante a execução do exercício. No entanto, é muito mais frequente a seguinte frase “você lembra quanto colocamos no supino semana passada?”.

O que acontece após essa pergunta é que duas, três ou até todas as séries daquele exercício foram literalmente desperdiçados na procura da carga ideal de treinamento.

Evitar esse tipo de situação é muito simples, veja um exemplo: o treino com divisão A-B, com Treino A segunda e quinta (pernas, costas e bíceps) e Treino B terça e sexta (peito, ombros e tríceps) repetições de 10 a 12:

BST - Whey Protein HTPro IIBST - Whey Protein HTPro II
  • 4x – Agachamento Livre;
  • 3x – Leg 45;
  • 2x – Hack Machine;
  • 4x – Panturrilha em Pé;
  • 3x – Panturrilha Sentado;
  • 4x – Puxador Frente Inverso;
  • 4x – Remada Baixa;
  • 3x – Rosca Direta;
  • 3x – Rosca com Halter.

O treino A (por favor, não copie para fazer na academia, a escolha dos exercícios depende de uma série de outros fatores) tem 9 exercícios. Você consegue decorar a carga utilizada em cada um deles? Não sei vocês, mas eu não consigo.

Nesse momento a caneta e o papel (recurso simples) separam quem realmente TREINA e quer tirar o máximo de cada treinamento, daquele que frequenta a academia apenas para MALHAR e ficar jogando conversa fora.

Mas como fazer esse controle de cargas e repetição?

Dia 20
4x – Agachamento Livre
Carga: 30kg
Repetições: 1 série=12, 2=12, 3=11, 4=10 (12+12+11+10)

3x – Leg 45
Carga: 100kg
Repetições: 1=12, 2=12, 3=12, 4=12 (+12+12+12+12)

Por meio desse controle de treinamento, quando chegar o dia de realizar o treino A novamente, certamente você conseguirá tirar o máximo de cada série e não desperdiçará seu precioso tempo na academia procurando a carga ideal para cada exercício.

Mas, agora, surge uma outra dúvida “Professor, quando aumento a carga?”, no próximo texto falaremos sobre repetições abertas ou fechadas, assim como qual o momento de se alterar a carga de treinamento, seja para mais ou para menos.

OBS: Quando você perceber que alguém está anotando algo com papel e caneta (recurso simples) ou mesmo no celular ou tablet, pense que essa pessoa realmente leva a sério seu treinamento.

 

Treinar exige…
PLANEJAMENTO E CONTROLE

 

Salvar

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

Um comentário em “Será que ter um ‘Controle dos parâmetros de Treinamento’ é importante?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.