26set

Entenda a diferença entre os Tipos de Açúcar

tipos de açúcarEmbora o açúcar branco e refinado seja o mais comum nas prateleiras do mercado e também na casa dos brasileiros, ele não é o único. Outros tipos de açúcar podem ser obtidas através de diferentes tipos de colheita e industrialização, ou de outras matérias primas, como frutas e milho.

Conhecido por muitos como um “vilão das dietas”, o açúcar de fato deve ser ingerido com moderação, já que o uso desregrado pode provocar a obesidade e desenvolver alguns tipos de diabetes.

Para entender e escolher o melhor tipo de açúcar para sua dieta, segue uma lista detalhada sobre cada tipo específico.

 

Tipos de Açúcar

 

CRISTAL – O caldo de cana passa por processos de purificação, evaporação, cristalização, centrifugação e secagem. A partir do açúcar cristal, são obtidos outros tipos de açúcar, como o refinado e o confeiteiro. O açúcar cristal, portanto, passa por menos processos na hora de ser preparado. Possui grãos maiores e mais transparentes que o açúcar refinado, tornando-o mais difícil de ser dissolvido nos líquidos. Suas características devem-se às técnicas de refinamento leve, que tiram cerca de 90% dos sais minerais.

REFINADO – Tipo de açúcar conquistado a partir da diluição do açúcar cristal. A calda obtida passa por diversos processos até chegar ao peneiramento. A porção mais fina é separada para a obtenção do açúcar de confeiteiro. O restante é o açúcar refinado, dos vários tipos de açúcar o refinado é tipo mais comum de ser encontrado. No refinamento, aditivos químicos como o enxofre deixam o produto com aparência clara e uniforme.

DE CONFEITEIRO – A granulação do açúcar de confeiteiro é mais fina do que o refinado, podendo ou não ter como aditivo algum tipo de amido ou fosfato de cálcio para dar maior leveza. Sua minúscula constituição favorece a fixação sobre pães e doces após o seu preparo e para a confecção de coberturas. Pode ser feito em casa moendo o açúcar comum em um moedor de café ou em um processador.

MASCAVO – De cor caramela e com sabor parecido com o da rapadura, o açúcar mascavo é extraído da cana-de-açúcar e o que lhe confere características diferentes do refinado é a diferença no processo de industrialização, já que é obtido no cozimento e, portanto, não passa pelo processo de refinamento, ação que conserva seus valores nutricionais. Embora sua diferença calórica não seja considerável, o ingrediente é considerado uma das versões mais saudáveis dos tipos de açúcares.

ORGÂNICO – O diferencial é que a cana utilizada em sua fabricação é cultivada sem agrotóxicos ou qualquer fertilizante químico. Suas características nutricionais se assemelham com as do açúcar mascavo. Apresenta uma quantidade maior de vitaminas e minerais em relação ao açúcar refinado. Portanto, seus benefícios estão relacionados à ausência de aditivos químicos e preservação dos sais minerais e não aos valores calóricos. Por não ser refinado, o açúcar orgânico tem como características grãos mais grossos e cor mais escura.

LIGHT – É uma mistura de açúcar (sacarose) e adoçante (sucralose, ciclamato ou sacarina). Por causa dessa mistura, o light não apresenta o gosto residual que os adoçantes contêm, mas também não tem uma redução de calorias. Embora não seja isento de gorduras e calorias, o açúcar light adoça mais e é utilizado em menor quantidade, ação que resulta em ingestão de menos calorias (adoça entre duas a cinco vezes mais do que o açúcar comum). O seu consumo é contraindicado para dietas com restrição de açúcar, a exemplo dos diabéticos.

LÍQUIDO – Uma solução aquosa, também chamado de xarope simples, não é vendido nos supermercados e é utilizado frequentemente pela indústria alimentícia, para a fabricação de balas e refrigerantes.

FRUTOSE – Como o próprio nome indica, está bastante presente em frutas e no milho. É mais doce do que a sacarose (o açúcar propriamente dito). Você pode encontrá-la ainda em cereais, vegetais e até no mel. De sabor muito mais doce, carrega menores valores nutricionais e é utilizado na produção de doces industrializados.

DEMERARA – Em termos nutricionais, é muito parecido com os valores nutricionais do mascavo, pois mantém os teores minerais da cana-de-açúcar. O grão do açúcar demerara é marrom-claro e possui um beneficio em relação ao mascavo: não altera o sabor dos alimentos. Uma das formas mais caras dos açúcares extraídos da cana, o demerara é muito utilizado na receita de doces sofisticados.

ADOÇANTES ARTIFICIAIS – Também conhecidos como edulcorantes, foram criados para diabéticos. Apesar de não terem calorias, contêm diversos aditivos químicos, alguns deles comprovadamente prejudiciais à saúde a longo prazo. Os adoçantes artificiais podem prejudicar a saúde porque não são reconhecidos pelo organismo, logo precisam ser eliminados, gerando sobrecarga do fígado e dos rins. Estudos apontam que o excesso destas substâncias podem causar alterações genéticas e até mesmo alguns tipos de câncer.

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *