01set

Diferença entre Pilates no Solo e Pilates no Aparelho

Pilates no Solo e Pilates no AparelhoSe manter em forma praticando algum tipo de atividade física é sempre bem-vindo e o corpo agradece. O Pilates é uma excelente maneira de manter o corpo em movimento, pois ele proporciona todos os benefícios que um exercício pode trazer e faz tudo isso, sem causar nem um tipo de dano ao corpo como desgaste articular ou problemas na coluna. Por ser um tipo de prática tão bem visto pelo público há no mercado várias ramificações desse método. O Pilates se divide em basicamente dois tipos: no solo e com aparelhos. Conheça a partir de agora quais são as principais diferenças e quais os principais benefícios que cada um pode ofertar.

 

A grande diferença

 

A principal diferença entre fazer o Pilates no solo, também conhecido como Mat Pilates e o Pilates nos aparelhos é porque nestes, são apresentados outros recursos como as molas, a cama, empunhaduras e outros que auxiliam o aluno. Esse método é mais indicado para quem tem problemas na coluna ou outros problemas articulares mais graves, pois fornecem maior estabilidade e assim, consegue evitar que o indivíduo tente compensar um movimento sobrecarregando alguma parte no corpo. Ele vai encontrar no aparelho, o apoio que ele precisa para conseguir realizar o exercício sem muitos problemas. Outro ponto positivo dos aparelhos, é a questão das molas que graduam a quantidade de força imposta nos movimentos contra a resistência. É possível colocar uma carga ideal de acordo com a força que os músculos suportam.

Já o método de Pilates no solo, pode ser um pouco mais complicado para os mais sedentários, pois, aqui usa-se a força da gravidade agindo sobre o peso do corpo. Pode ser um pouco complicado no começo, mas, você vai ganhando a prática com o tempo e se torna fácil. É um excelente exercício para quem tem problemas de colunas de gravidade leve a mediana, ou mesmo para as pessoas acima dos 60 anos. Neste caso, o Pilates no solo consegue melhorar consideravelmente o equilíbrio e a coordenação motora e, consequentemente, evitando quedas. Aqui, a musculatura da região do core como os da região abdominal e lombar estão sempre sendo trabalhados e ganhando força. Isso dá maior estabilidade para a coluna tratando e evitando patologias no local.

 

BI 01BI 01

Adaptações do exercício ao solo

 

Quanto ao Pilates no solo ou Mat Pilates, também podem ser adicionados novos recursos. Em muitas academias é comum ver aulas de Pilates no solo com o uso da fisioball, uma bola grande de material bastante resistente na qual é possível ficar sentado e até mesmo deitado na hora dos exercícios. Além dela, são usadas outras bolas de tamanhos variados e que podem ser colocadas entre os joelhos e tornozelos como uma forma de resistência apropriada para o treino muscular de isometria. Também pode ser usada um tipo de faixa elástica, que também possui uma graduação de força que é identificada pelas cores de cada uma delas.

 

Benefícios

 

Nos dois métodos, você vai conseguir benefícios significantes como o alinhamento da postura, maior elasticidade, melhora no alongamento dos músculos, aumento da amplitude de movimento e mais disposição gerada pela melhor qualidade na saúde. No Mat Pilates, é possível ter ganhos em dobro quando se trata de fortalecimento e resistência muscular. O resultado pode ser visto bem antes do esperado, afinal de contas, é preciso uma quantidade de força e equilíbrio extra. O Mat Pilates consegue mexer com todos os músculos do corpo ao mesmo tempo para manter o corpo na posição desejada.

 

Quanto às lesões

 

Quando se trata de lesões deve ficar claro que exercícios feitos apenas contra a resistência da gravidade e usando o próprio peso do corpo sem nenhum tipo de auxílio trazem mais chances de adquirir lesões musculares, articulares ou esqueléticas. Ao contrário do Pilates com aparelhos que consegue estabilizar de maneira satisfatória a parte do corpo que não se quer mobilizar naquele momento. É fácil fazer uma analogia com a musculação. Erguer uma carga em um aparelho traz mais estabilidade e menor risco de lesões do que erguê-la sem nenhum tipo de apoio.

No final das contas, cada método apresenta prós e contras. O Pilates em aparelhos costuma ter um preço mais elevado por conta do uso dos aparelhos e por ser feito com poucas pessoas. Em compensação, o acompanhamento será muito maior do que numa sessão de Mat Pilates, pois, normalmente, esse método acompanha um grande grupo de pessoas e fica mais difícil para o profissional tentar corrigir posturas e movimentos com um grande número de indivíduos.

 

Salvar

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.