13set

Conheça os Malefícios da Lipoaspiração e porque ela pode Não ajudar a Perder Barriga

LipoaspiraçãoNo artigo de hoje, discutiremos um tema absurdamente polêmico e um tanto quanto presente em nossa sociedade: a lipoaspiração. Minha meta será a de mostrar que, em muitos casos, trata-se de uma ideia que não só não vai ajudar o indivíduo, como piorar seu quadro de saúde, inclusive aumentando a gordura corporal. Boa leitura!

O que é lipoaspiração?

 

Antes de iniciarmos nossa discussão, vejamos uma definição de lipoaspiração, segundo a sociedade brasileira de cirurgia plástica: “… Também conhecida como lipoescultura, (a lipoaspiração) remodela áreas específicas do corpo, removendo o excesso de depósitos de gordura, melhorando os contornos do corpo e a proporção”.

Sendo assim, de uma forma bastante simplificada, lipoaspiração é uma cirurgia que arranca os depósitos de gordura de uma parte do seu corpo, sendo o mais comum a da barriga.

malefícios da lipoaspiraçãoMinha ideia, neste artigo, não é a de ser hipócrita e ficar julgando as pessoas que recorrem a este método, primeiro porque cada um decide sobre a própria vida, segundo, porque há casos em que ela pode se fazer necessária, seja por motivos de saúde, seja por estética, fazendo a pessoa se sentir melhor consigo mesma, saindo de uma depressão, etc.

O que gostaria de chamar a atenção do leitor é que a lipoaspiração não é nenhuma mágica ou milagre materializado sob a forma de uma cirurgia que sumirá com sua gordura e ponto final, permitindo que você volte a levar a mesma vida de antes, com alimentação desregrada, valendo tudo! Se os hábitos de vida do indivíduo que passa pela lipoaspiração não forem mudados, ele não só voltará a engordar, como o fará de uma forma ainda mais nociva ao organismo. Vejamos o motivo:

 

Tecido adiposo e leptina

 

O tecido adiposo é o tecido responsável por armazenar gordura em nosso organismo, sendo suas células chamadas de adipócitos.

Elas estão presentes em várias partes de nosso organismo, como abaixo da pele, formando a gordura subcutânea, e entre os órgãos, na chamada “gordura visceral”, que possui alta associação a doenças metabólicas e do coração e forma aquela bela pança de chopp, pouco comum entre as mulheres, mas frequente nos homens.

Quando a lipoaspiração é realizada no abdômen, basicamente temos uma cirurgia que vai raspar todo o tecido adiposo que ficaria, de forma simplificada, entre nossa pele e músculos, obviamente não mexendo com a gordura visceral.

Posto isto, só falta comentar sobre a leptina: de forma grosseira, ela é um hormônio produzido pelo nosso tecido adiposo e tem relação com o apetite. Em tese, quando começamos a ganhar peso, haveria uma sinalização para comermos menos, sendo o contrário verdadeiro: quando emagrecemos, daria mais forme.

 

Os problemas da lipoaspiração

 

Agora que já conhecemos todo o cenário, só nos resta juntá-lo: imagine que uma pessoa de hábitos alimentares muito ruins, sedentária, resolve fazer uma cirurgia de lipoaspiração para perder peso.

Caso dê certo, ela, primeiramente, irá gastar um bom dinheiro e, depois, irá passar por um procedimento cirúrgico que, como sabemos, tem seus riscos, envolve anestesia, risco de infecção, pós-operatório dolorido, etc.

Imagine, agora, que esta pessoa foi muito mal orientada, ou não deu ouvidos ao que lhe foi instruído, e resolveu manter o mesmo estilo de vida de antes, após a cirurgia: em primeiro lugar, seu corpo não está entendendo nada, já que perdeu um monte de gordura de uma hora para outra. No meio dessa confusão toda, a leptina estará alta, afinal, parece que temos uma situação de perda de peso perigosa, que precisa ser recuperado, sendo assim, o apetite estará incrementado.

cuidados com a lipoaspiraçãoSe a pessoa voltar a comer como antes, não seguindo nenhum acompanhamento nutricional adequado, muitas calorias, inclusive de gordura, irão entrar em seu organismo novamente, porém, lembro o leitor de que muito do tecido adiposo da barriga foi perdido, sendo assim, onde estocar gordura? Em outros locais, oras.

Temos vários outros depósitos estratégicos, como coxas, por exemplo, e a gordura visceral, entre os órgãos!

Leia também:

Saiba a importância do hormônio Testosterona para Mulher

A influência do Sexo, da Masturbação e o Aumento da Testosterona

Sendo assim, em pouco tempo, a pessoa terá recuperado todo o peso que perdeu, perdido um bom dinheiro, passado por um stress físico e mental desnecessário, e, como se não bastasse, ganhará uma pança de chopp, depositando gordura nas vísceras, que não só são muito mais difíceis de serem perdidas, pois requerem aeróbios de altíssima intensidade, o que não é possível para a grande maioria da população, como ainda aumentam as chances de problemas cardiovasculares, como infarto e avc, por exemplo.

 

Conclusão

No artigo de hoje vimos que realizar uma cirurgia de lipoaspiração é um assunto bastante delicado, que deve ser muito bem planejado, pois o pós-operatório irá requerer uma grande mudança de estilo de vida.

Caso a pessoa ignore isto, mantendo hábitos alimentares ruins e sedentarismo, o peso não só será recuperado, como virá de uma forma mais perigosa, aumentando o risco de doenças. Para piorar, esteticamente a pessoa ficará pior, afinal, quem quer uma pança de chopp, não é verdade?!

Sendo assim, a menos que tenha problemas de saúde ou estéticos graves, que sejam um verdadeiro problema em sua vida, tente emagrecer de forma natural, com a ajuda de uma equipe multidisciplinar, que envolva, principalmente, profissional de educação física, nutricionista, médico e psicólogo, pois cada um deles poderá contribuir, a sua maneira, para uma perda de gordura saudável e permanente.

Ficamos por aqui! Espero ter ajudado um bocado com este artigo no desenvolvimento do senso crítico de vocês e também tirado dúvidas sobre a lipoaspiração! Não se deixem orientar por amadores e aventureiros: aceitem apenas informações de profissionais altamente qualificados e atualizados, que sabem do que estão falando, pois estudam constantemente, conhecem a prática de trabalho e se baseiam em ciência, e não em achismos, lendas e tradições. Bons treinos e até a próxima!

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

2 comentários em “Conheça os Malefícios da Lipoaspiração e porque ela pode Não ajudar a Perder Barriga

  1. Muito bom artigo! Mas, se a pessoa já mudou os hábitos alimentares, faz exercícios e tem aquela barriguinha pós filhos?
    Seria valido o sacrifício?
    Obrigada!

    1. Oi Elisabete!

      Qual sacrifício? Fazer lipoaspiração?
      Isso é algo que deve ser discutido entre o indivíduo com seu médico, treinador e, preferencialmente, psicólogo. Juntos, poderão decidir se a opção é ou não válida. Não é algo que possa ser facilmente respondido ou julgado, pois as pessoas têm desejos e sonhos próprios.
      Eu, particularmente, acredito que boa parte dos casos possa ser “corrigido” com acompanhamento de profissional de educação física e nutricionista.

      Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.