11maio

Melatonina: Benefícios do Hormônio indutor do Sono para quem Treina

Melatonina hormônio indutor do SonoA melatonina é um importante hormônio que, ao ser usado como suplemento, trabalha diretamente na melhoria do sono e estimulando uma maior disposição para atividades e treinos cotidianos.

Neste artigo você entenderá como ela funciona, para que serve e quais são os seus maiores benefícios de consumo. Acompanhe!

 

Para que serve?

 

A melatonina é um hormônio que atua diretamente no controle do sono e que tem inúmeros benefícios para o dia a dia das pessoas, graças aos processos fisiológicos em que atua.

Além de marcar o ritmo circadiano, que nada mais é do que o ciclo biológico que se baseia num período completo de 24 horas, a melatonina ainda contribui ao diminuir os processos de inflamação.

Este hormônio também apresenta uma performance antioxidante e trabalha no controle dos principais agentes pró-oxidantes.

Ao falar em melatonina, entretanto, o marco mais forte é, sem dúvida, a regularização do ritmo biológico do corpo. Pode-se dizer que é a melatonina quem avisa ao organismo que a noite já chegou e que é hora de descansar.

Graças a ela a digestão passa a ser mais lenta neste período. A temperatura corporal também diminui junto com a pressão sanguínea e assim ambos se mantém por toda a noite.

 

Benefícios da Melatonina como suplemento

 

A melatonina passou a ser consumida como suplemento alimentar após estudos terem comprovado que seu uso é benéfico e, até mesmo, preventivo a certas doenças.

Veja a seguir quais são os principais benefícios de usar a melatonina como parte da sua dieta:

1. Trata os distúrbios de sono – O principal agente regularizador do sono, ideal para pessoas que sofrem de insônia, estão em viagens internacionais com fusos horários diferentes ou que precisam descansar durante o dia para trabalhar no período noturno.

Diferente do benzodiazepínico temazeplan que tem efeito mais rápido, porém produz um sono de menor qualidade, a melatonina não é prejudicial e pode ser utilizada até mesmo em dosagens mais concentradas sem causar qualquer risco à saúde.

2. Previne e combate o câncer – Sabe-se, graças a pesquisas médicas, que pessoas que trabalham a noite estão mais propensas a desenvolver o câncer e uma das possíveis relações disto está justamente na diminuição da produção da melatonina, que fica inibida nestas circunstâncias.

Outro ponto que foi observado é que a ingestão do suplemento, portanto, reduz consideravelmente o crescimento dos tumores e ameniza os efeitos colaterais comuns a quimioterapia.

3. Colabora com o tratamento de Parkinson – Um dos sintomas e reclamações mais frequentes entre os portadores de Parkinson é a insônia e por isso a melatonina passou a ser usada por esses pacientes, a fim de regularizar seus ciclos biológicos.

Pouco tempo depois a medicina concluiu que o hormônio também proporciona um tipo de tratamento que ameniza os demais sintomas desta doença como, por exemplo, os problemas motores e os terríveis tremores.

4. Alternativa para diminuir as enxaquecas – Os benefícios da melatonina também ajudam na prevenção das enxaquecas, já que o hormônio estimula as neurotransmissões e possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

Segundo médicos do Albert Einstein, renomado hospital brasileiro, a ingestão de uma dose de 3 mg do hormônio alguns minutos antes de dormir, ajuda na prevenção das terríveis enxaquecas.

5. Contribui com o Treino – Sendo um dos principais oxidantes do corpo humano, é cada vez mais evidente que a melatonina melhora o desempenho ao longo de um treino ou atividade física, por diminuir o estresse que é comumente estimulado pela prática dos exercícios.

Além disso, a melatonina também protege os músculos de dores e inflamações e promove um maior desenvolvimento muscular, outro gigantesco benefício deste hormônio.

 

Quais resultados esperar ao tomar o suplemento?

 

O equilíbrio do ciclo biológico é o primeiro resultado perceptível de quem opta por tomar o suplemento de melatonina. Como consequência, ao ter o sono organizado, é comum que a pessoa tenha muito mais disposição para realizar suas tarefas.

O treino fica muito mais motivado e menos estressante também para quem decide investir neste consumo consciente!

 

Indicações

 

Indicado principalmente para quem não está conseguindo manter o ritmo do sono, que sofre de insônia ou que precisa inverter os horários biológicos.

Contraindicações

 

O suplemento de melatonina é contraindicado em três circunstâncias: Ao longo da gestação e do aleitamento materno e também para crianças com idade menor de 12 anos.

 

Tabela Nutricional

 

A melatonina comercializada como suplemento alimentar para pré-treino possui a seguinte tabela nutricional:

Dados para 1 tablet de melatonina%VD
Cálcio72 mg8%
Fósforo55 mg6%
Melatonina3 mg

( * ) Valores Diários baseados em uma dieta de 2.000 calorias

( – ) Valores não estabelecidos

Outros ingredientes: Fosfato Dicálcico, lactose, ácido esteárico, estearato de magnésio, croscarmelose de sódio (desintegrante), sílica.

 

Como tomar?

 

A melatonina pode ser ingerida de várias formas. Sua ingestão pode ser, portanto, oral, nasal, intramuscular ou até mesmo pelas vias endovenosas.

A maior parte dos suplementos alimentares deste hormônio são comercializados em tablets. Neste caso o indicado é um tablet por consumo – em torno de 3 mg de melatonina.

Também é importante destacar que é aconselhado um consumo máximo de 5 mg de melatonina, visto que ainda existem muitas pesquisas em andamento sobre o hormônio.

O melhor horário para tomar o suplemento é por volta de 1 hora antes de dormir.

 

Perguntas e respostas

 

A melatonina ajuda no emagrecimento? – Apesar do estudo que relaciona a melatonina ao emagrecimento não estar ainda finalizado, é cada vez mais certa a contribuição deste hormônio para a perda de peso motivo, inclusive, que destaca que uma boa noite de sono colabora com esta queima calórica. Pessoas que dormem mal, tendem a engordar mais.

A melatonina contribui com os processos antienvelhecimento? – Inúmeras pesquisas têm apontado que algumas das propriedades da melatonina influenciam diretamente no antienvelhecimento. Acredita-se que o consumo neutraliza as ações oxidantes do tempo, retardando este processo comum aos homens.

A melatonina possui algum tipo de efeito colateral? – São poucas as pessoas que apresentam efeitos colaterais ao uso da melatonina como suplemento. Em geral, ela não apresenta riscos à saúde e é natural ao corpo. Ainda assim, a ingestão do hormônio em doses maiores e descontroladas podem vir a causar dor de cabeça, sonolência maior do que a esperada, irritabilidade e dores estomacais.

 

Esperamos que o post tenha ajudado você a sanar suas dúvidas!
Passe essas informações adiante, compartilhe! 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

Um comentário em “Melatonina: Benefícios do Hormônio indutor do Sono para quem Treina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *