30mar

A mulher pode praticar Musculação na Gravidez?

exercicio na gravidezA pedidos de algumas mulheres resolvi fazer o post sobre o treinamento com pesos para mulheres gestantes, a questão é: pode ou não?

Então vamos lá… você que é ratinha de academia e está preocupada por que ouve de todo mundo que terá que parar com seus treinos, fique tranquila isso é MITO… mulheres grávidas podem sim treinar com pesos, porém se você não é atleta, jamais praticou musculação essa não é a hora para começar essa atividade, recomendo atividades mais suaves como: a natação, hidroginástica, caminhadas que são consideradas atividades físicas de baixo risco!

Para quem já treina, será necessário reduzir cargas nos aparelhos e pesos livres, adaptar exercícios e ser bem monitorada por um bom profissional, mas pode treinar sim, sem essa que gravidez e desculpa para poder parar com tudo!

Claro tem que ter liberação do médico obstetra e um monitoramento do profissional de educação física para adaptar os melhores exercícios, monitorar cargas, que no caso é recomendado cargas LEVES, nada de abusar dos pesos, a intenção é fazer uma atividade física saudável para você e sem descuidar do bebê também.

O seu treinador tem que monitorar sua pressão arterial, e ficar alerta como você esta naquele dia de treino, sendo assim você pode fazer os exercícios com pesos e aliar eles com exercícios aeróbicos, para complementar uma boa hidroginástica seria ideal para manter o metabolismo trabalhando e queimando as gordurinhas indesejáveis, já que muitas grávidas enfiam o pé na jaca e inventam desejos do arco da velha para poder comer por dois…

Essa história de comer por dois também é MITO, você tem que comer bem sim, porém com a mesma qualidade de antes, buscar orientação nutricional também é de grande ajuda nessa fase, você tem que ganhar apenas o peso do bebe, não 30, 40 kg a mais… então sem essa de comer por 2, 3, ou 4!

Treinar com pesos, fazer aeróbicos, caminhadas, natação! Como frisei você deve ser monitorada e liberada pelo médico obstetra, uma dieta saudável junto com os exercícios evitará que você engorde grotescamente.

Com relação a Dieta você também tem que ter a devida orientação, pois uma vida depende dos nutrientes que você ingere, então sem essa de continuar com a dieta da batata doce, clara de ovos e peito de frango, o negócio é ingerir alimentos com um valor nutricional bacana, porém dá para comer bem, controlada, sem chutar o balde…

Creatina em Pó HTProCreatina em Pó HTPro

O lance de desejo é desculpa para enfiar o pé na jaca, se é para ter desejos que tenha desejos bons, porque será que a mulher não tem desejos de comer um belo peixe, um arroz integral, um risoto de frango, uma bela salada de brócolis com couve, o desejo surge só por coisas que não se deve comer e não tem benefícios nem para o corpo da mãe e nem para saúde do filho em si, então seguir um planejamento nutricional é de grande valia e não prepare-se para virar um bujão e sofrer depois do parto para perder esse peso extra!

Vamos às recomendações finais e esclarecimentos das últimas dúvidas sobre esse tema: a prática é indicada a partir do terceiro mês de gestação já que neste período o bebê está se fixando no útero e a mãe ainda se adapta a esta nova fase. Caso se sinta disposta e com vontade, ela pode prosseguir com os exercícios até o final da gravidez.

A musculação auxilia no fortalecimento muscular dos membros inferiores. Isso ajudará a mulher a sustentar o peso da gravidez. Além disso, fortalecer os músculos superiores e do tronco ajuda a carregar o bebê que aumenta, a cada dia, seu tamanho.

Mulheres fisicamente ativas durante a gravidez têm um parto mais tranquilo e saudável, além de mais facilidade para aprimorar sua condição física após o nascimento do bebê. Ambos saem ganhando.

A atividade física ajuda na formação de uma imagem corporal positiva e proporciona melhora na autoestima e na qualidade de vida. Além destes benefícios, evita o ganho excessivo de peso, reduz o estresse cardiovascular, estimula a boa postura, previne a diabete gestacional e auxilia no trabalho de parto.

Outra dúvida comum está voltada para os exercícios abdominais. O fortalecimento dos músculos abdominais tem sido recomendado para ajudar na fase de expulsão do bebê e na manutenção postural.

As repetições devem ser feitas de uma forma segura e confortável. O uso da prancha abdominal com sua inclinação elevada facilita.

NÃO SOU MÉDICO SOU APENAS UM TREINADOR, então não posso avaliar nem liberar nenhuma gestante para treinar com pesos, o que estou fazendo aqui e informar que grávidas podem sim continuar treinando com pesos, porem se você nunca fez essa atividade como eu disse acima não é hora de começar seu treino, tenha seu filho e depois de liberada vá sim fazer uma atividade física, porém a dieta e alimentação mesmo que você não esteja fazendo musculação, pois como já disse ganhe apenas o peso do bebe e não 30kg a mais comendo que nem uma louca!

Não custa lembrar novamente que é indispensável consultar o médico obstetra para que ele libere a prática de musculação.

Somente o médico pode examinar e constatar todas as condições físicas da gestante. Existem casos onde a execução de qualquer atividade física é desaconselhável.

 

Um grande abraço e aproveitem a Gravidez!

 

Salvar

Salvar




Posts Relacionados

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

2 comentários em “A mulher pode praticar Musculação na Gravidez?

  1. Olá, adorei a reportagem… Sempre treinei musculação e também corria; Mas agora que estou grávida de 13 semanas, parei de correr, mas continuo com a musculação com redução da carga e substitui a corrida pela natação e ainda penso também em fazer hidro. Sou muito elétrica, os exercícios me ajudam muito; Desde o início da gestação já perdi 2 k. Enfim, reportagem show, obrigado 😊

    1. Também gostei da matéria, ajuda a esclarecer e desmistificar o preconceito dos olhares tortos que as grávidas recebem nas academias! É claro que cada uma tem seu ritmo, hábitos e rendimento, mas percebo o receio dos profissionais também em apoiar minhas cargas durante o treino, por outro lado a falta de experiência com gestantes e o cuidado.
      Estou entrando no sétimo mês e voltei a treinar com liberação médica só no sexto, sendo que malhei sem saber que estava grávida até o segundo. Me sinto mto melhor malhando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.