14 mar

Testosterona Injetável: O que é, para que serve, benefícios, função, excesso, colaterais, como tomar

para que serve a Testosterona Injetável O que é benefícios função excesso colaterais como tomar

A testosterona injetável é defendida para o uso em homens que buscam melhoras no físico e no desempenho sexual.

Se você ainda não ouviu falar na injeção carregada de testosterona: Pois aprume-se na cadeira e devore esse post que contém tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Você já conhece e ouviu falar sobre a testosterona em sua forma mais natural certo? Aquele hormônio com “H” maiúsculo que além de dar os caracteres masculinos ainda atua como otimizador da força e do apetite (e performance) sexual.

Também, se você treina há algum tempo e está sempre lendo sobre suplementos, já deve saber que existem várias fórmulas de suplementação que estimulam a produção da testosterona. É o caso do Testodrol, ZMA e do Tribulus Terrestris.

Mas, vamos abordar hoje outra forma de conseguir esse hormônio, com certeza menos inusitada. Saiba agora tudo sobre a testosterona injetável.

 

O que é a Testosterona injetável?

 

A testosterona injetável é uma solução injetável de uso intramuscular que contem testosterona em sua formulação. Ela possui uma textura um pouco oleosa, o que confere cuidados especiais na hora de escolher agulhas e seringas.

Por seu caráter oleoso, esse injetável permite a liberação mais lenta do hormônio testosterona. Por outro lado, a presença da solução a base de éter permite uma liberação mais rápida do hormônio em sua forma livre, diretamente na circulação.

Como se trata de uma dose hormonal intramuscular, ela só pode ser administrada se prescrita por um médico profissional.

E, somente após fazer uma análise delicada do caso em que o indivíduo precise de um estímulo para aumentar a produção do hormônio:

  • Isso é muito frequente em pacientes que apresentam início da puberdade tardia;
  • Porém nesta injeção também encontramos ajuda para o tratamento de certos tipos de câncer de mama (principalmente nas mulheres);
  • E, nos casos em que o organismo não está conseguindo produzir o hormônio sozinho (reposição hormonal).

 

Para que serve Testosterona Injetável?

 

Além dos fins terapêuticos mencionados acima, a testosterona injetável é uma velha conhecida dos fisiculturistas e dos atletas que desejam elevar os níveis de massa muscular ao extremo.

Muitos deles, usam a testosterona para dar aquela arrancada nas competições.

Sendo assim, os casos mais comuns para a procura da injeção de testosterona é quando se quer ganhar muito mais músculos e seu corpo já atingiu o limite de produção desse hormônio.

Nesses casos, é necessário se ter bastante cuidado, pois muitas vezes, o corpo paga um alto preço por esse crescimento descomunal.

 

Quais os Benefícios da Testosterona Injetável?

 

Considerado como efeitos positivos do uso de testosterona injetável estão todos os ganhos que testosterona naturalmente oferece, só que em níveis bastante elevados.

Entre os benefícios, destacamos:

  • Crescimento do apetite sexual e da libido;
  • Aumento e ganho de força;
  • Hipertrofia;
  • Grande aumento de massa magra;
  • Crescimento dos músculos a níveis impossíveis de serem atingidos sem o uso de anabolizantes.

Vale ressaltar que existem formas naturais e bem menos agressivas de repor o hormônio testosterona.

Inclusive, focando em uma dieta rica do hormônio ou mesmo com a suplementação via oral.

Como por exemplo o Testodrol Cycle. Um suplemento que estimula a produção do testosterona de forma natural sem causar mal algum ao organismo. Clique aqui e confira!

Se sua produção de hormônios se encontra normal e você não precisa tomar injeções de testosterona, procure apenas por formas naturais de produzir o hormônio.

Lembre-se que manter os níveis do hormônio significa longevidade e mais qualidade de vida, para homens e para mulheres!

 

Qual a função da Testosterona injetável?

 

A principal função da testosterona injetável é atuar nas áreas em que a testosterona natural age, mas sem ser uma substância natural e em valores elevadíssimos.

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

Homens que apresentem hipogonadismo primário ou adquirido são o primeiro grupo que pode procurar pela testosterona injetável para atuar na regulação da produção do hormônio no organismo.

Leia também:

Prós e Contras da Terapia de Reposição de Testosterona (TRT)

Entenda como funciona a Reposição Hormonal Masculina

Entenda como funciona a Reposição Hormonal Feminina

Conheça os melhores Alimentos que Aumentam a Testosterona

Essa característica pode atrair bastante aqueles que querem crescer e ficar grandes muito rapidamente.

 

O que o excesso da Testosterona injetável pode causar?

 

O excesso deste produto é prejudicial ao organismo. Por esse motivo, ele só é vendido com prescrição médica.

Sim, é sério assim.

Os excessos podem provocar alterações permanentes e disfunções hormonais sérias, levar ao câncer e outras doenças.

Em mulheres, o excesso de testosterona injetável relaciona-se com:

  • o aumento da pressão arterial;
  • engrossamento da voz;
  • mudança de comportamento (agressividade);
  • problemas renais graves;
  • surgimento de acne;
  • inchaço proveniente da retenção de líquidos.

Por isso, é imprescindível utilizar o produto somente sob prescrição médica.

 

Quais os Efeitos Colaterais da Testosterona injetável?

 

O uso desse hormônio sintético pode resultar em efeitos colaterais em homens e em mulheres a longo ou a curto prazo.

Por se tratar de injeção de hormônio, o corpo pode rejeitá-lo ou reagir mal a ele, causando efeitos que certamente não são os esperados por quem está tomando esse hormônio.

Nos homens, os efeitos colaterais possuem uma estreita relação com a esterilidade, já que em alguns indivíduos pode haver uma diminuição na contagem de espermas.

Outro efeito colateral nada agradável está relacionado ao efeito exatamente contrário à suplementação com testosterona: a ginecomastia.

Quem experimenta a ginecomastia pode perceber o aumento nas glândulas mamárias, além do aumento do colesterol ruim (LDL).

Para que você se convença dos perigos de tomar testosterona injetável de maneira imprudente, outros efeitos colaterais incluem:

  • O aumento da oleosidade da pele e mais acne;
  • Crescimento na probabilidade de desenvolver câncer e problemas na próstata;
  • Diminuição do colesterol bom (HDL);
  • Lesões hepáticas bem graves;
  • Testículos atrofiados;
  • Aumento da pressão arterial.

Por isso, antes de tomar este medicamento faça uma avaliação com seu médico profissional, de preferência, faça uma revisão com seu endocrinologista e nutricionista.

 

Como tomar a Testosterona Injetável: ?

 

Mas, para que seu corpo não sofra com esses efeitos, é necessário que as doses sejam compatíveis com seu tipo físico e não excedam os limites estabelecidos.

Para que os efeitos colaterais sejam minimizados, deve-se utilizar a testosterona injetável de forma cíclica.

Além disso, a dose para cada pessoa é determinada pelo tipo de cada um, a forma com que o corpo irá reagir ao hormônio e os efeitos que se deseja conseguir com o uso desse anabolizante.

Diferente da grande maioria dos suplementos, esse tipo de produto só pode ser adquirido mediante receita médica, pois contém efeitos colaterais, alguns deles até irreversíveis.

 

Lembre-se!

A medicina e os medicamentos, devem ser utilizados a favor de aumentar a saúde da pessoa e não para prejudica-la.

Se deseja aumentar a testosterona, de forma natural, experimente o suplemento o Testodrol Cycle, clique aqui e confira!

 

Aproveite para deixar sua opinião sobre o assunto logo abaixo, lembramos que adoramos compartilhamentos!

 




Posts Relacionados

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

8 comentários em “Testosterona Injetável: O que é, para que serve, benefícios, função, excesso, colaterais, como tomar

  1. Esse produto corresponde ao antigo Estandron P, que foi retirado do mercado abruptamente deixando, quem fazia reposição hormonal por ter feito esterectomia, na mão, no meu caso, não consegui reposição e acabei com problemas cardíacos, pressão alta e problemas de coluna gravíssimos. A injeção na época custava em média $10,00 exatamente isso, retiraram do mercado e hoje deve custar uma nota.

  2. Qual é o médico que posso procurar para saber se eu posso e preciso tomar ou não essa injeção. Pois quero ir para uma acadêmica pois necessito de muito vigor físico estou muito sedentário e com baixa estima. Obrigado!

  3. Tenho 58 anos, tomo esse medicamento injetável por conta de um exame que fiz e depois 189 o resultado que segundo deve dar em torno de 250/950…
    Gostaria de saber o tempo de atuação da mesma e quando começa atuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação

Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.