22 jan

O que é a Caseína, para que serve, efeitos colaterais, como tomar

O que é a Caseína, para que serve, efeitos colaterais, como tomar

A caseína é a rainha das proteínas, justamente por agrupar grande quantidade de aminoácidos essenciais.

Opiniões favoráveis e desfavoráveis em relação a quem deve consumir dificultam a decisão de atletas ou fisiculturistas que buscam por suplementação que contenham este tipo de proteína.

O que sabemos ao certo, é que nosso corpo precisa receber certos cuidados diariamente para manter as estruturas, metabolismos e demais processos em boas condições.

No entanto, isso apenas é possível quando se tem dieta bem balanceada e com boa diversidade proteínas como, por exemplo, a caseína.

O organismo precisa estar bem abastecido com aqueles aminoácidos considerados essenciais. Ou seja, são os que o corpo não possui capacidade para produzir e, portanto, precisam ser obtidos por meio da alimentação.

Dentre eles, está a proteína caseína que é bastante rica nesses nutrientes importantes.

Por se tratar de um aminoácido essencial, é importante que você entenda mais sobre o assunto para que você tenha domínio para identificar pontos importantes como o que é, para que serve, efeitos colaterais e, claro, como tomar.

 

O que é a Caseína?

 

A caseína nada mais é do que uma proteína que pertence ao tipo fosfoproteína.

Ela é bastante comum leite fresco, principalmente, os provenientes de vaca. Dentre as principais características desse nutriente estão pouca solubilidade em água e a grande demora para ser absorvida pelo corpo.

Além disso, ela também é bastante usada nos processos de fabricação de derivados de leite como, por exemplo, o queijo.

A caseína também é utilizada na produção de plásticos, adesivos e, principalmente como aditivo em alimentos e na indústria farmacêutica.

O fato de demorar para ser absorvida apenas evidencia que ela apresenta diversos aminoácidos essenciais para a manutenção do organismo. Para se ter ideia, esse tempo pode alcançar até sete horas de ação do metabolismo.

 

Para que serve a Caseína?

 

Basicamente, a caseína é considerada um dos grandes nutrientes quando se trata de manutenção muscular.

A justificativa para isso se deve, principalmente, a sua capacidade de atuar no organismo de modo a diminuir as chances de perda de massa magra.

Devido ao grande tempo que demora para ser totalmente absorvida, ela é bastante indicada para casos em que os usuários ficarão períodos longos sem a devida ingestão de alimentos estabelecidos na dieta.

Além dessa situação, essa proteína é indicada para ser consumida antes de dormir dado que o corpo precisará manter o bom nível de aminoácidos.

Portanto, a caseína pode ser útil quando você não desejar sair da dieta e não quer ficar grandes períodos sem se alimentar.

Ao conciliar o uso dessa proteína com a sua rotina de atividades físicas, não tenha dúvida de que os resultados serão bem interessantes.

 

Quais os benefícios da Caseína?

 

Caso ainda esteja em dúvida sobre quais os benefícios que a caseína pode trazer para a sua dieta, os pontos selecionados abaixo:

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth
  • O fato de demorar mais para ser processada pelo organismo é um dos benefícios dessa proteína, ao contrário do whey protein que rapidamente é absolvido. Com isso, o organismo consegue se manter abastecido com aminoácidos por mais tempo;
  • Pode ser utilizada para complementar a dieta para ganho de massa magra;
  • Por possuir propriedades anti-catabólicas, também é usada para produzir mais força;
  • Ainda possui capacidade para acelerar o metabolismo e, portanto, pode ser uma aliada para aqueles que desejam perder alguns quilos;
  • Outro benefício desse nutriente é por possuir grande quantidade de glutamina que é muito mais alto que o ovo e a soja. Esse aminoácido é muito bem recebido pelo organismo durante atividades intensas ou dieta muito rígidas;
  • Ela ainda ajuda a prevenir problemas nos dentes, por exemplo, cáries, pois evita a erosão do esmalte. Isso faz com que seja muito recomendada para pessoas diabéticas.

 

Quais os efeitos colaterais da Caseína

 

Até o momento ainda não existe conclusões suficientes para apontar efeitos colaterais com exatidão que a caseína pode gerar.

No entanto, é sabido que, assim como qualquer outra proteína, quando ingerida em excesso ela pode sim causar sérias complicações renais. Por isso é importante utiliza-la de maneira adequada.

Além disso, é sempre importante lembrar que o grupo considerado de risco em que pessoas idosas, gestantes, crianças e lactantes estão inseridas não devem fazer uso desse suplemento em hipótese alguma sem a devida orientação médica.

E caso seja intolerante a lactose certamente não é uma boa ideia fazer dietas ricas nesse nutriente uma vez que ela está bastante ligada ao leite e seus derivados. Por isso, sempre tenha atenção a esses pontos.

E, para finalizar, é preciso lembrar que ainda não se sabe as propriedades a anti-inflamatórias desse nutriente. Diante disso, desconsidere informações que apontem como benefício algo desse sentido.

Feito essas devidas ressalvas, é chegada a hora de saber como tomar a caseína e passar a aproveitar os diferenciais que ela oferece, principalmente, para ganhar massa magra.

 

Como tomar a Caseína

 

Cada fabricante de suplementação apresenta uma indicação diferente. Diante disso, o mais recomendado é identificar qual a quantidade a ser consumida com o respectivo fornecedor e, claro, com a orientação do seu nutricionista.

Caso esteja com dificuldade nesse processo, saiba que essa informação geralmente está destacada no rótulo da embalagem)

E para consumir você pode optar por misturar em água ou em leite, mas desde que desnatado.

Feito isso, basta diluir muito bem e tomar logo em seguida. E vale lembrar da dica de tomar antes de dormir dado que ficamos um bom tempo sem nos alimentar.

Mesmo realizando esforços muito pequenos, essa estratégia pode ser interessante para aqueles que desejam ganhar massa.

 

Caseína versus Whey Protein

 

Além disso, vimos que existem algumas diferenças entre o whey protein e a caseína. No entanto, saiba que é possível utiliza-las em conjunto para otimizar os resultados que deseja buscar.

Por ser de ingestão mais rápida, o whey é especialmente desenvolvido para apresentar resultados mais duradouros, principalmente, a quantidade elevada de aminoácidos de cadeia ramificada que também são conhecidos como BCAA.

No entanto, saiba que é bastante recomendado utilizar esses dois suplementos em conjunto para combinar o que cada um tem de melhor que o aumento de massa muscular e a manutenção.

Para aproveitar os benefícios dessa junção, você pode passar a inserir cerca de 8g de caseína no seu shake de 40g de whey. Com essa estratégia você irá notar ganho de massa muscular e força.

Leia também:

O que é WHEY PROTEIN, para que serve, como e porque tomar?

A combinação da rapidez de absorção com a liberação gradativa de aminoácidos produzido pela caseína, sem dúvida, manterá o seu organismo propicio a se desenvolver.

Mas sempre se lembre de buscar orientação de nutricionista para encontrar a melhor dieta para o seu caso e, claro, para os seus objetivos.

 

Se você já usou ou pretende utilizar a Caseína e tem dúvidas ou sugestões, divida conosco sua opinião. Não esqueça de compartilhar esse artigo!

 




Posts Relacionados

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação

Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.