01jan

O que é MALTODEXTRINA, para que serve, como e porque tomar?

O que é MALTODEXTRINAA maltodextrina é um carboidrato classificado entre os oligossacarídeos, conhecido por praticantes de atividades e exercícios físicos como um excelente repositor energético e carregador de nutrientes. É derivada de uma conversão do amido de milho e tem sua absorção gradativa, uma vez que contém moléculas de dextrose ligadas a maltose. Pode ser uma ótima opção para ser utilizada por atletas que visam desempenho e redução de fadiga, aumentando o tempo de performance de cada indivíduo, além de aumentar a produção de insulina que é responsável pelo transporte de nutriente para as células.

 

Para que serve MALTODEXTRINA

 

A maltodextrina serve para aumentar o aporte energético de atletas e praticantes de atividades físicas. O carboidrato é primordial para manter o desempenho de indivíduos fisicamente ativos, independente se seja para um treinamento de força ou para exercício de resistência. A maltodextrina consumida antes do treinamento estimularia a captação de glicose pelas células, estimularia o armazenamento de glicogênio hepático e muscular, e consequentemente, o armazenamento de aminoácidos e ácido graxos.

 

Benefícios da MALTODEXTRINA

 

A maltodextrina consumida no decorrer do dia além das outras fontes de carboidrato se transformam em glicogênio no fígado. O glicogênio muscular pode ser utilizado diretamente pelo músculo esquelético no exercício, porém não na forma de glicose, uma vez que o glicogênio do músculo esquelético ao contrário do fígado não possui a enzima responsável pela hidrólise da glicose-6-fosfato à glicose que é a utilizada como energia quando exigida no exercício, a enzima presente no fígado é a glicose-6-fosfatase(Pereira e Souza Jr., 2007). Estudos já afirmam que o conteúdo de glicogênio muscular é importante no fornecimento de energia de exercícios intermitentes, isso se comprova à medida que o glicogênio encontrado no músculo esquelético vai sendo depletando gradualmente quando se realizam mais repetições do exercício e, notam-se os sinais de fadiga (Bacurau, 2005).

 

Malefícios da MALTODEXTRINA

 

BST - Whey Protein HTPro IIBST - Whey Protein HTPro II

O alto consumo de carboidrato (maltodextrina), quando o gasto de atividade física é baixo, pode levar ao acúmulo de carboidrato convertido em gordura. Nosso organismo é muito inteligente, e quando passamos um período sem nos alimentarmos, costuma a utilizar a gordura como fonte de energia após utilizar o glicogênio e a glicose circulante. Em um momento que se tem uma maior oferta e o gasto baixa o nosso corpo tem uma “memória” que induz a guardar energia para uma possível falta no futuro de carboidratos.

 

Ingestão da MALTODEXTRINA

 

Entre os nutricionistas se recomenda que a ingestão de carboidratos seja em torno dos 60-70% das calorias diárias ingeridas. Biesek et al (2010), recomenda que a ingestão de carboidratos de ocorrer 4 horas antes de iniciar o exercício, na proporção de 200-300g. Assim, se deve ter uma média de fazer refeições sólidas de carboidratos 1 a 1,5 hora antes e utilizar uma solução de maltodextrina + água para ir com os estoques de glicogênios maiores e uma parte de glicose circulante para o exercício na academia ou esporte que é praticado.

 

PERGUNTAS E RESPOSTAS

A maltodextrina engorda? Não, pelo contrário a maltodextrina se utilizada na dosagem e horário certo ajuda a aumentar a performance no exercício e esporte, ajudando a perder gordura e manter a massa magra. O atleta com mais energia consequentemente, gasta mais calorias por conseguir maiores objetivos no esporte.

Maltodextrina é a mesma coisa que dextrose? Não, maltodextrina possui em sua estrutura química monômeros de dextrose e maltose ligados, o que torna a sua degradação lenta, já a dextrose se converte rapidamente em glicose no sangue, tendo seu pivô de insulina muito alto e mais rápido.

Posso utilizar a maltodextrina no meu pós-treino com outras aminoácidos e minerais? Sim, na verdade deve! A maltodextrina influência diretamente na glicemia, elevando a glicemia podemos ter uma maior captação de substratos (aminoácidos, ácidos graxos…) além da glicose como energia. Quando associada com outros aminoácidos e minerais a maltodextrina só aumenta os benefícios de quem utiliza.

 

Referências Bibliográficas

Bacurau, R. F. Nutrição e suplementação esportiva. 3 ed. São Paulo : Editora Phorte, 2005, Cap. 5, p. 107;

Biesek, S.; Alves, L. A.; Guerra, I. Estratégias de nutrição e suplementação no esporte. 2 ed. rev. e ampl. Barueri-SP: Manole, 2010;

Pereira, B.; Souza Jr., T. P. Metabolismo celular e exercício físico. 2 ed. São Paulo : Editora Phorte, 2007. Cap. 6, p. 113-128. 232p.

 

Esperamos que o post tenha ajudado você a sanar suas dúvidas!
Passe essas informações adiante, compartilhe! 

 

Salvar

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

2 comentários em “O que é MALTODEXTRINA, para que serve, como e porque tomar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.