01jan

O que são AMINOÁCIDOS, para que serve, como e porque tomar?

aminoácidosAminoácidos em geral, são monômeros que constituem proteínas por ligações peptídicas. Diferentes tipos de aminoácidos são encontrados e no esporte, os mesmos desempenham diversas funções, agindo muitas das vezes como recursos ergogênicos nutricionais. Em geral os aminoácidos são utilizados de forma isolada e combinadas, formando um outro composto com efeitos que auxiliam o desempenho, recuperação ou aumento de oferta energética no esporte. Os aminoácidos são classificados em 2: essenciais (histidina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina, treonina, triptofano e valina)  e não essenciais (alanina, asparagina, ácido aspártico, cisteína, ácido glutâmico, glutamina, glicina, prolina, serina e tirosina).

 

Para que serve os Aminoácidos

 

Diferentes ações são promovidas pelo uso de aminoácidos, dentre elas: construção muscular, inibição do catabolismo, síntese de hormônios e outros diversos processos metabólicos no corpo. No esporte são conhecidos alguns aminoácidos, devido a sua maior incidência por técnicos e atletas, dentre eles estão o BCAA, Arginina, Creatina e a Glutamina.

  • BCAA: O BCAA (Branch Chain Amino Acids) são aminoácidos de cadeia ramificada, essenciais e provenientes de 3 aminoácidos: valina, isoleucina e leucina. Tem como principal função evitar o catabolismo proteico, prolongar o desempenho e aumentar a síntese de proteína.
  • Arginina: A arginina está ligada diretamente a produção de Óxido Nítrico (NO) e uma maior secreção do Hormônio do Crescimento (GH), causando o vasorrelaxamento dos vasos sanguíneos, regulação da pressão sanguínea, potencializador da transmissão de sinapses e outros eventos decorrentes um um maior fluxo sanguíneo (Cerqueira; Yoshida, 2002).
  • Creatina: A creatina é uma combinação de três aminoácidos: arginina, glicina e metionina (Biesek et al, 2010). Diversos estudos já tornam bem conclusivos os efeitos da creatina, são eles: maior retenção hídrica (inchaço muscular) e regeneração de ATP no exercício
  • Glutamina: É o aminoácido mais encontrado no plasma, se tornando assim indispensável para estados catabólicos. Quando ingerida, ajuda a eliminar a amônia do corpo, aumenta a síntese proteica, atua como antioxidante e controla o sistema imunológico.

 

Benefícios dos Aminoácidos

 

Além da síntese proteica, os aminoácidos agem como substratos energéticos para o exercício, estimulam o crescimento, auxiliam no sistema imune, aumentam a oferta de substratos para o exercício e desempenham outras funções vitais como reguladores hormonais.

 

Malefícios dos Aminoácidos

 

Creatina em Pó HTProCreatina em Pó HTPro

O malefício só é visto em indivíduos que ultrapassam a dosagem recomendada, sobrecarregando de forma excessiva os nefróns, que por sua vez não eliminam com facilidade a amônia decorrente do excesso de nitrogênio presente na estrutura dos aminoácidos. O excesso pode causar estresse renal!

 

Ingestão dos Aminoácidos

 

As dosagens seguem a rotulação do produto, uma vez que passam por profissionais qualificados que entendem o processo fisiológico de cada aminoácido no corpo. Não exceder de forma alguma os nutrientes e substância passadas no suplemento alimentar!

 

PERGUNTAS E RESPOSTAS

Posso utilizar mais de um aminoácido de uma vez? Sim, depende de qual aminoácido vai ser, o BCAA e a Creatina é uma combinação de 3 aminoácidos, e não tem problema algum. O risco só é exceder a recomendação de vários aminoácidos de uma única vez.

Posso emagrecer com a creatina? Depende, você pode ter mais água retida dentro do músculo, porém, não quer dizer que a água seja convertida em massa magra, mas, a creatina tem a função de regenerar o ATP no exercício, o que por sua vez pode prolongar o tempo de prova, gastando mais calorias e convertendo em perda de peso.

Qual melhor aminoácido para ganho de peso? A creatina ainda é a “queridinha”, pois no seu “efeito esponja” por meio de osmose carrega para dentro da célula água e outros micronutrientes que favorecem o anabolismo.

 

Referências Bibliográficas

Cerqueira NF, Yoshida WB. ”Óxido nÌtrico: revisão. Acta. Cir. Bras. v. 17, n. 6, p. 417-23, Nov./Dez., 2002.

Corrêa, D. A. Suplementação de creatina associado ao treinamento de força em homens treinados. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. v. 7. n. 41. p. 300-304. Set./Out., 2013.

Fontana, K. E.; Casal, H. M. V. Creatina como suplemento ergogênico. Lecturas: Educación física y deportes, n. 60, 2003.

Gualano, B.; Acquesta, F. M.; Ugrinowitsch, C.; Tricoli, V.; Serrão, J. C.; Lancha Júnior, A. H. Efeitos da suplementação de creatina sobre força e hipertrofia muscular: Atualizações. Rev. Bras. Med. Esporte, v. 16, n.3, Mai./Jun., 2010.

Peralta, J.; Amancio, O. M. S. A creatina como suplemento ergogênico para atletas. Rev. Nutr., Campinas, v. 15, n. 1, p. 83-93, Jan./Abr., 2002.

Rogero, M. M.; Tirapegui, J. O. Aminoácidos de Cadeia Ramificada, Balanço Protéico Muscular e Exercício Físico. Nutrição em Pauta, v.83, p.28-34, 2007.

 

Esperamos que o post tenha ajudado você a sanar suas dúvidas!
Passe essas informações adiante, compartilhe! 

 

Salvar

Salvar




Posts Relacionados

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

5 comentários em “O que são AMINOÁCIDOS, para que serve, como e porque tomar?

  1. Direto e objetivo para quem está começando é uma explicação esclarecedora, é uma pena que o mercado brasileiro não oferece tanta qualidade quanto ao mercado dos importados!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.