19 ago

Garcinia Cambogia para Emagrecer: o que é, para que serve, benefícios e ingestão

Garcinia Cambogia para emagrecer, o que é, para que serve, benefícios

Garcinia Cambogia ou Garcínia é a planta conhecida mundialmente pela capacidade de diminuir o peso, inibir o apetite e otimizar o metabolismo.

Da família conhecida como Guttiferáceas e com nome binominal de Garcinia Quaesita, a fama de conseguir bloquear a capacidade do corpo engordar fez com que a planta se tornasse bastante conhecida.

Da casca fibrosa do fruto, rico em ácido-hidroxicítrico, e da polpa, podemos aproveitar tudo o que a Garcínia oferece, graças a incessantes pesquisas para compreender as particularidades da planta.

Sintomatologias diversas podem ser tratadas, entre algumas citamos dores abdominais, asma, hemorroidas e até mesmo serve para amenizar quadro de hipertensão.

Distante daqui, no sudeste Asiático, utilizam o Tamarindo na culinária. Na Índia, é um dos elementos essenciais que a Medicina Ayurvédica se baseia para elaborar tratamentos.

Será que suplemento de Garcinia Cambogia realmente possui as propriedades necessárias para exercer efeito no peso, reduzindo-o? É difícil de adquirir a Garcínia? Quem pode e quem não pode tomar esse suplemento?

Sim, são tantas perguntas, mas que serão respondidas no decorrer deste post elaborado pelo Dicas de Treino. Leia na íntegra e aprimore seus conhecimentos!

 

O que é Garcinia Cambogia

 

Originária da região da Indonésia, sul da Polinésia e da África, é uma fruta tropical que também é conhecida como Goraka, Gutta Gamba, Tom Rong ou ainda Tamarindo Malabar.

Popularmente, ganhou destaque pela contribuição dada em relação a perda de peso. Visualmente, pode ser comparada ao tamanho de uma laranja, enquanto que o seu formato lembra bastante.

Outros nomes também atribuídos a fruta como vimos, mas, o mais atípico é “árvore do petróleo”. Apesar de estranho essa última identificação, trata-se de uma espécie considerada como de pequeno porte.

Para entender mais sobre as propriedades apresentadas pela Garcínia, primeiramente é preciso conhecer o seu principal ingrediente. O ácido hidroxicítrico, ou apenas HCA.

Leia também:

Topiramato: o que é, para que serve, benefícios, função, como tomar, suplementação

Sertralina (Zoloft): O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Proviron: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Este, é o componente que atribui o princípio ativo de dificultar o processo de ganho de peso. Atualmente, essa substância pode ser encontrada tanto em forma de comprimido como em pó.

De certa forma, pode ser comparado ao ácido cítrico que também desempenha papéis importantes na regulação de ácidos graxos, carboidratos e até mesmo ajuda a controlar o apetite.

No caso do HCA, quando consumida é capaz de atuar no bloqueio parcial de ácidos gordos, responsáveis pelo ganho de peso.

Devido a essas propriedades, a comunidade passou a considerar a fruta como uma excelente forma de emagrecer.

Mais especificamente em 1991, foi quando a comercialização do extrato da Garcinia Cambogia começou a ser feita com o intuito de auxiliar no combate a obesidade e, claro, na redução de peso.

 

Para que serve a Garcinia Cambogia

 

Quando se fala em Garcinia Cambogia, sem dúvida, a primeira finalidade que deve ser dita e emagrecimento.

Tanto é que esse é o principal incentivador da comercialização do suplemento nos mercados, especialmente, quando se associa a naturalidade da substância.

Inclusive, acredita-se que a perda de peso possa ocorrer sem a realização de atividades físicas e dietas concomitantes.

Garcinia Cambogia para EmagrecerConforme a revisão postada no Hindawi, comunidade científica totalmente baseada em evidências, os resultados demonstraram a capacidade da Garcínia em promover a perda de peso em um número interessante de casos.

Apesar disso, ainda destacam que algumas variações nos testes tenham sido percebidas.

Inclusive, esse foi um ponto apresentado pelo estudo feito pelo Journal of Obesity. Por meio da compilação de nove trabalhos diferentes, chegou-se à conclusão de que os benefícios ainda estão abertos, mas tendendo a resultados considerados positivos.

Ao assumir essas considerações, pode-se destacar como finalidades associadas a perda de peso os seguintes pontos:

 

Eliminação da Fadiga

A substância HCA encontrada na fruta tem a capacidade de tornar a resistência no corpo mais intensa. Dessa forma, os usuários podem sofrer menos durante a realização de atividades físicas em geral, devido ao combate a fadiga;

 

Metabolismo bem mais Acelerado

Outro fator que contribui diretamente para a perda de peso e também ajuda outras funções do organismo é o desenvolvimento do metabolismo.

A suplementação baseada em Garcinia Cambogia favorece a atuação desse componente importante de qualquer organismo.

 

Reduz o Estresse

O cortisol é um dos hormônios mais conhecidos por causar o estresse. Com ajuda do HCA, os usuários podem desfrutar de condições mais regulares.

Dessa forma, os impactos causados sobre os sistemas do corpo podem ser amenizados.

 

Colesterol Diminuído

As gorduras ruins certamente estão entre as complicações mais indesejadas. Além de contribuírem para o ganho de peso, também estão diretamente relacionadas a problemas cardíacos.

E também existem indicações a respeito da capacidade do HCA combater o colesterol.

Essas são algumas finalidades que podem ser apontadas a respeito de para que serve a Garcinia Cambogia.

 

Garcinia Cambogia posologia

 

Após a certificação de que a finalidade o suplemento conseguirá atender a necessidade do usuário, é chegada a hora de entender mais sobre a posologia, ou seja, como tomar.

No primeiro momento, a primeira informação a ser levada em consideração a questão da indicação.

Assim como qualquer outro suplemento, a recomendação deve ser feita por especialistas da área. Ou seja, é importante ajustar as quantidades/dia para cada organismo.

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

A complexidade por trás do organismo humano não permite estabelecer uma regra que seja universal a todos. Por meio desse tipo de orientação, pode-se detalhar as principais particularidades de cada usuário e, portanto, amenizar os possíveis efeitos colaterais.

Dito isso, em relação a posologia, geralmente a recomendação é de que seja consumida entre 1 e 3 gramas.

Essa dosagem pode ser repetida até 3 vezes ao dia. É importante destacar que dosagens dentro dessas recomendações, mas muito baixas, podem não trazer grandes resultados. Especialmente, quando o foco é a perda de peso.

Leia também:

Bupropiona / Zyban: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Clembuterol: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

FEMPROPOREX: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Outra recomendação é em relação a quais momentos do dia fazer uso da Garcinia Cambogia e por quanto tempo.

O uso pode ser feito todos os dias, contudo, deve se evitar períodos muito longos.

Além disso, a indicação é de que os usuários façam o consumo 40 minutos antes das principais refeições e 15 minutos antes do café matinal.

E, para finalizar essa seção, pode-se colocar ainda a possibilidade intensificar ainda mais o processo de perda de peso, se for o caso.

Para isso, basta inserir na dieta substâncias naturais que ajudem a estimular o metabolismo. Exemplos que podem ser citados são o chá verde e o mate.

 

Benefícios da Garcinia Cambogia

 

Além dos pontos que já foram destacados a respeito dos diferenciais oferecidos pela Garcinia Cambogia existem outros que podem ser citados:

Performance atlética: o suplemento, quando consumido na dosagem correta, pode ser benéfico para melhorar a capacidade atlética do usuário;

Colesterol: existem alguns apontamentos sobre a possibilidade de a substância ser capaz de ajudar no controle dos níveis de açúcar. No entanto, ainda faltam evidências mais concretas sobre essa propriedade;

Ganho de energia: durante o processo de perda de peso, é esperado que o usuário demonstre certo cansaço devido a adaptação do organismo às novas características do corpo. Por meio da Garcinia Cambogia, esse efeito pode ser amenizado;

Anti-inflamatório: a substância tem propriedades que entregam resultados semelhantes aos apresentados pelos anti-inflamatórios.

Outros pontos que podem ser destacados em relação às propriedades da Garcínia são a sua ação antioxidante, aromatizante e antiviral.

 

Efeitos colaterais da Garcinia Cambogia

 

Mesmo sendo capaz de ajudar os usuários a atingirem os seus objetivos, especialmente, o de emagrecimento, existem algumas complicações passíveis de serem apresentadas pelo organismo.

O primeiro deles é a tontura. A utilização do suplemento fora da dosagem recomendada pode levar a esse tipo de sintoma.

Mas, essa complicação não se restringe a apenas esse caso, ou seja, demais usuários que usam a Garcinia Cambogia corretamente também podem apresentá-la.

Nesses casos, a recomendação é que o especialista responsável pelo acompanhamento seja notificado o mais rapidamente.

Outros efeitos colaterais são:

  • Incômodos na região da boca devido à secura;
  • Dores de cabeça;
  • Indisposição intestinal e até mesmo diarreia são outras possibilidades.

Existem ainda a possibilidade de surgir problemas relacionados ao fígado. Conforme alertado em 2009 pela Food and Drug Administration (FDA), espécie de ANVISA americanas, Garcinia Cambogia com foco em perda de peso pode levar ao desenvolvimento desse tipo de complicação.

Apesar disso, ainda não está claro quais são os motivos que levam a esse acontecimento.

 

Garcinia cambogia emagrece em quanto tempo

 

Afirmar com precisão com tempo necessário para perder determinado é algo bastante difícil de ser feito.

Mas, como ordem de comparação, pode-se citar o estudo feito pelo Journal of Obesity que visou comparar usuários sob efeito do suplemento e sem.

Com base nessa estratégia, a conclusão da pesquisa foi de que dentro do mesmo período a diferença de peso média entre os dois grupos de usuários foi de dois quilos.

Posteriormente, dúvidas sobre as condições da realização do experimento foram levantadas como, por exemplo, se o emagrecimento ocorreu devido ao uso do suplemento ou pela realização de atividades físicas e dietas.

Por outro lado, deve-se também levar em consideração o baixo período de submissão da pesquisa.

Dessa forma, o tempo muito curto pode não ser necessário para descrever com perfeição o comportamento dos suplementos baseados em Garcínia.

 

Como se deve tomar Garcinia Cambogia?

 

As considerações apontadas a respeito da posologia e efeitos colaterais precisam ser analisadas com cuidados.

A próxima recomendação é quanto ao registro do suplemento junto a ANVISA. Apesar de não se tratar exatamente de um medicamento, a agência define critérios para regulamentar certos produtos que podem impactar diretamente a saúde.

E isso não é diferente com a Garcinia Cambogia. Ou seja, todo suplemento precisa ser devidamente submetido aos testes do órgão. Apenas depois desse procedimento, o produto é liberado para o mercado, desde que aprovado.

 

Garcinia Cambogia desidratada como usar?

 

A Garcinia desidratada é usada, principalmente, para fazer chá. O processo de preparo é bastante simples. Basicamente, são necessários os seguintes ingredientes:

  • 1 litro de água.
  • 1 colher de sopa de Garcinia Cambogia

Para fazer o chá de garcínia, apenas é necessário ferver a água, acrescentar a quantidade de erva indicada acima, cobrir e aguardar em torno de 8 a 10 minutos.

Feito isso, a bebida já estará pronta para consumo. O uso pode ser feito diariamente por até três meses ou conforme indicação do especialista.

 

Para finalizar…

Lembramos que poderá compartilhar este post no Facebook, Twitter, Google + e, se desejar saber mais sobre este suplemento basta enviar a pergunta logo no espaço abaixo.

 

Referências

CARNEIRO, J.R.I. Análise de um programa de preparo pré-operatório para cirurgia bariátrica com ênfase na pratica regular de atividades físicas. Tese de Doutorado, Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2009.

CORRÊA, E.C.M.; SANTOS, J.M.; RIBEIRO, P.L.B. Uso de fitoterápicos no tratamento da obesidade uma revisão de literatura. Monografia, Pontifícia Universidade Católica de Goiás. 2012.

HAMILTON; J.G; AULLIVAN A.C; KRITCHEVSKY, D. Hypolipidemic actiity of (-) hydroxycitrate. Lipids, 1977.

 






DICAS RELACIONADAS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.