Início Suplementação O que é ÓXIDO NÍTRICO, para que serve, como e porque tomar?

O que é ÓXIDO NÍTRICO, para que serve, como e porque tomar?

Óxido Nítrico (NO) é uma molécula gasosa simples, que pode ser encontrada em pequenas quantidades no ar atmosférico, podendo ser considerada uma espécie reativa de nitrogênio. No nosso organismo, a síntese ocorre a partir do aminoácido L-arginina, que por uma ativação enzimática, produz por sua vez a citrulina (Nicastro et al., 2008).

 

Para que serve o Óxido Nítrico

 

O (NO) têm funções anabólicas ao corpo, como o vasorrelaxamento do endotélio (vasos sanguíneos), relaxamento do corpo cavernoso peniano humano, regulação da pressão sanguínea, potêncializador da transmissão de sinapses (longo prazo), adesão a agregação plaquetária e outros eventos que são resultado de uma maior fluxo sanguíneo (Cerqueira e Yoshida, 2002)

 

Benefício do Óxido Nítrico

 

Analise comigo, se você tem dois caminhos para percorrer e carregar alimentos para sua casa, um dos caminhos com alguns pontos de trânsito e estreito, e o outro totalmente livre e as vias duplicadas, qual chegaria primeiro e levaria alimentos mais rápidos? Acertou quem acha que é o caminho livre e duplicado!  Os pontos de trânsito são as lipoproteínas de baixa densidade e de muito baixa densidade (LDL, VLDL) que se acumulam no endotélio, impedindo um maior fluxo sanguíneo e causando em consequência as temidas placas de ateroma. Com o uso do óxido nítrico o endotélio (vasos sanguíneos) aumentam de espessura, permitindo uma maior oferta de nutrientes para o anabolismo muscular, homeostasia, pressão sanguínea e abastecimento sanguíneo para os tecidos-alvos.

E quem acha que os benefícios do óxido nítrico acabavam aqui se enganou! O que nosso sangue faz constantemente? Trocas gasosas! Ou seja, em exercícios aeróbicos que necessitam de um maior número de O2, o NO é bem-vindo mais uma vez, melhorando a resistência e promovendo um maior desempenho atlético. No final da década de 80 e inicio de 90, outra descoberta da comunidade científica se voltou para o óxido nítrico, pois foram aprofundadas maiores pesquisas por parecer que o NO age como mensageiro inter e intracelular e como toxina, auxiliando a melhora de processos patológicos (Flora Filho; Zilberstein, 2000).

 

Malefício do Óxido Nítrico

 

O malefício que parece existir é decorrente do falso ganho de massa muscular por uma maior vasodilatação, dependendo da alimentação inadequada do indivíduo pode ocorrer risco de futuras embolias e derrames.

 

Ingestão do Óxido Nítrico

 

Nutricionistas, farmacêuticos, químicos e médicos revisam constantemente a ação antes de lançar o produto. A ingestão varia de acordo com a marca, o importante é seguir o recomendado, pois, em geral se adequa a combinação de arginina com outros compostos.

 

PERGUNTAS E RESPOSTAS

O “pump” do meu treino aumenta com o óxido nítrico? Sim, a vasodilatação é propicia para o carregamento do mineral sódio para o meio intracelular, e a retenção hídrica é a causa do “inchaço” tão desejado por Bodybuilder e praticantes de exercícios físicos.

O óxido nítrico aumenta massa muscular?  Sim, se pensarmos na história acima da “pista duplicada “e “livre” sim, um maior número de aminoácidos serão recrutados para síntese de proteína, aumentando a massa muscular.

Somente o óxido nítrico ajuda a emagrecer? Não, a associação de um treinamento acompanhado de um profissional de educação física mais uma boa alimentação por um nutricionista ajuda a chegar a qualquer corpo que deseje. O óxido nítrico ajudaria em partes por aumentar as trocas gasosas, levando mais O2 para os pulmões e recolhendo CO2 para o meio externo, aumentando o tempo de desempenho em exercícios aeróbicos.

O óxido nítrico pode ser usado em idosos? Deve! Com o passar de todos os anos de vida em indivíduos que se alimentaram mal por certa idade tem as veias e artérias comprometidas por placas de ateroma, além de a idade favorecer a redução das lipoproteínas de alta densidade (HDL) e aumentar as de baixa densidade (LDL), assim as “varreduras” de colesterol dariam espaço as “brunas surfistinhas” distribuindo colesterol por todo o corpo. O óxido nítrico auxiliaria na prevenção de um futuro ataque cardíaco ou derrame, se em algum caso a pressão sanguínea ou frequência cardíaca aumentar, claro que associado a um treinamento seguido de um profissional de educação física.

 

Referências Bibliográficas

Nicastro, H.;Dattilo, M.; Rogero, M. M. A suplementação de L-arginina promove implicações ergogênicas no exercício físico? Evidências e considerações metabólicas. Revista Brasileira Ciência  e Movimento. v. 16, n. 1. p. 115-122, 2008;

Flora Filho R.; Zilberstein B. Óxido nítrico: o simples mensageiro percorrendo a complexidade. Metabolismo, síntese e funções. Rev. Assoc. Med. Bras. v. 46, n. 3, p. 265-271, 2000.

Cerqueira NF, Yoshida WB. ”Óxido nÌtrico: revisão. Acta. Cir. Bras. v. 17, n. 6, p. 417-23, Nov./Dez., 2002.

 

Esperamos que o post tenha ajudado você a sanar suas dúvidas!
Passe essas informações adiante, compartilhe! 

 

Salvar

...VEJA TAMBÉM...



2 COMENTÁRIOS

  1. Muito importante o trabalho apresentado. Parabéns!No mundo todo à pessoas se matando com o uso de medicamentos que custam caro e só servem para enriquecer ainda mais as indústrias Farmacêuticas que não tem interesse em curar ninguém.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile