08 maio

Dicas de como se fazer um bom Off Season: Planejamento + Padronização + Alimentação + Pontos fracos

como fazer Off SeasonNeste post, esclareço alguns pontos do conhecido Off Season de acordo com minha visão e experiência.

O termo em inglês “off season” significa algo como “fora de temporada”. No caso de nós atletas, fora de temporada das competições. Trata-se de período no qual o atleta busca melhorar seu físico e busca correções para falhas de acordo com a categoria que irá participar.

Esses ajustes são feitos de acordo com critérios exigidos no fisiculturismo competitivo e pode estar relacionado com a melhora da proporção, simetria e o ganho de massa magra, principal critério que a maioria de nós profissionais buscamos. Logicamente, as variações aparecem de acordo com a necessidade de cada atleta.

Minha intenção não é encerrar de maneira definitiva o tema. O assunto é extremamente complexo. Por isso, separei quatro tópicos (planejamento, padronização, não comer demais, enfatizar pontos fracos no físico) que considero de extrema importância na hora de iniciar um planejamento de off season.

Nos tópicos abaixo, uso o termo “atleta”. Lembre-se que os tópicos não se aplicam somente a atletas de fisiculturismo, mas também a todos os praticantes sérios de musculação que desejam ter um físico agradável,  harmônico e similar ao de atletas competitivos, que são nossas referências.

 

Planejamento

 

Tenha sempre em mente a duração do período de off season. Faça um planejamento de quantas semanas ou meses você irá focar nesse trabalho. Costumo ouvir muitos comentários de pessoas que dizem fazer um “mini off” ou um “offzinho”  para logo entrar em fase de “cutting” (definição muscular).

Meus amigos, ganhos de massa muscular sólidos e reais não são tão rápidos assim. Se você não é um iniciante, quanto mais avançado o seu nível mais difícil será o ganho de massa muscular. Você deve estabelecer um prazo no mínimo razoável para que seu corpo possa responder de maneira efetiva todas as novas adaptações em relação aos treinos e dieta.

Caso contrário, você provavelmente irá se frustrar logo nas primeiras semanas. Você deve enfatizar o ganho de massa magra e não confundi-lo com aumento de peso, devido à retenção hídrica – que é um aumento e peso ilusório e bem fácil de se obter. Se você é um iniciante ou intermediário, recomendo que consulte alguém com experiência necessária para avalia-lo de maneira coerente, com um olhar clínico.

Atletas experientes procuram consultar os outros, pois nem todas as pessoas possuem uma autocrítica sensata. Algumas pessoas podem acreditar que estão muito melhor do que realmente estão enquanto outros poderão achar que estão bem piores, mas na verdade não.

 

Padronização

 

A padronização a que me refiro se refere a consistência. Vocês podem perguntar, se tiverem a oportunidade de ter uma conversa com algum atleta sério, que tenha conquistado títulos relevantes no fisiculturismo. Eu garanto a vocês que a resposta será unânime, só é possível melhorar seu físico de maneira expressiva e duradoura se tiver consistência, algo que está ligado a padronização.

A dieta deve ser padronizada da mesma forma como é padronizada no período de pré competição. É muito comum ver atletas perderem totalmente o foco em períodos de off season. Principalmente, em relação com a dieta quando seguem um plano corretamente até certo ponto e em outros dias fazem a distribuição dos macronutrientes completamente diferente;

Isto causa um desequilíbrio na dieta que se reflete na queda dos treinamentos e do físico. Uma boa padronização leva a constância necessária para a evolução. Eu garanto que a intensidade dos treinos serão constantes e progressivas. Sendo assim, o progresso será contínuo de acordo com as condições e dedicação de cada pessoa.

 

A importância da Padronização

 

A padronização também é importante para quando forem feitos ajustes na dieta. Se você sabe exatamente o que está fazendo, ficará muito mais fácil seu nutricionista ou treinador realizar ajustes mais efetivos, pois terá um ótimo ponto de partida pra iniciar seu trabalho.

É importante enfatizar que não estou dizendo que o atleta deva se restringir a batata doce e frango o ano inteiro. Não é isso. A dieta deve ser planejada de acordo com o objetivo e calculada por critérios individuais. De preferência, por um nutricionista profissional ou um bom treinador de fisiculturismo que ajuste SEMPRE a dieta com as mudanças no  seu físico. Por exemplo, a dieta que você faz hoje pesando 75 kg será diferente de quando você tiver 80 ou 85kg. Trata-se de outro corpo e outras necessidades de nutrientes.

Também acredito que o período de off season é muito eficaz para que você possa inserir refeições ou refeições livres de maneira planejada. Dependendo do caso, um dia livre para comer o que tiver vontade na quantidade que quiser em um plano inteligente e estratégico. De feita de forma planejada, irá trazer benefícios tanto na parte psicológica e até mesmo ao físico do atleta.

 

Não comer demais

 

Um atleta sério quer se parecer como um atleta durante o ano todo. Ainda mais, hoje em dia, com a valorização e a maior exposição do esporte. É importante que o atleta apresente um bom visual para eventuais fotos e presenças em eventos. Ainda mais se ele busca obter patrocinadores.

No Brasil, há muitos anos atrás, se ouvia muito sobre um espécie de período de “engorda”. Cansei de ouvir coisas do tipo: “primeiro você tem que engordar, ai depois você seca” ou até mesmo “se você não engordar primeiro, você nunca vai crescer”. Esta é clássica.  No off, você precisa comer muito e isso significa, na minha visão, algo muito vago e relativo. Até possui um fundo de verdade, mas pode confundir a cabeça dos menos experientes. A expressão correta seria: no off season, você irá comer para estimular o crescimento e estimular o aumento de massa muscular magra.

Obviamente, pelas maiores quantidades de calorias, principalmente de carboidratos com carga glicêmica ou índices glicêmicos baixos (supondo que você coma limpo a maior parte do tempo), haverá uma maior retenção de líquidos em algumas pessoas, por fatores genéticos. Em alguns casos, o ganho de gordura também será inevitável. Eu digo ALGUNS. É importante citar que você deve estar atento ao que é gordura e o que é apenas retenção hídrica. Vou dar um pequeno exemplo abaixo:

Não estou querendo comparar ninguém a atletas profissionais da elite do fisiculturismo. No entanto, você pode notar em algumas semanas, após o termino da temporada de pré competição, um aumento grande na retenção de líquidos. Muitos atletas da elite apresentam aquele rosto bem inchado e até mesmo em poses (apresentações especiais em eventos). Apresentam um físico bem diferente quando comparado com o de semanas anteriores.

 

Percentual de Gordura

 

Nas vésperas das competições mais importantes, os atletas de elite da atualidade mantém sempre o percentual de gordura bem baixo o ano inteiro, devido a qualidade e quantidade de recursos utilizados. Seus treinadores compreendem a importância de manter o percentual de gordura controlado no off season. No caso deles, esse controle é muito mais acentuado. O que temos ali é apenas retenção de líquidos. Quando a pele está fina e contraírem seus abdominais, provavelmente, você verá os six packs (seis gomos) presentes, mesmo com retenção hídrica acentuada. Aquilo não é gordura.

Vejo muitos atletas que buscam copiar a forma de comer dos atletas profissionais de elite ou atletas amadores tops, como Lee Priest, Juan Diesel Morel, Jay Cutler. Há cópias de refeições livres extremamente carregadas e refeições limpas em quantidades enormes. Um atleta comum de nível mais baixo ou que ainda não está no nível desses atletas irá, com certeza, engordar muito com esse tipo de parâmetro. Ele não está fazendo o uso nem de 10% dos recursos que muitos desses profissionais ou amadores fazem. Assim como provavelmente estão muito longe de ter a massa muscular REAL que esses atletas profissionais carregam.

Portanto, você deve respeitar a sua individualidade, massa magra, idade, seu tipo de metabolismo, físico, tipo de trabalho que você realiza profissionalmente, seu nível de treinamento e recursos utilizados.

 

Enfatizar pontos fracos

 

Este é o principal motivo para que você esteja fazendo o off season.

Você deve de maneira honesta se auto avaliar e, se possível, pedir ajuda de algum atleta ou treinador com boa experiência na área para avaliar seu físico.

Com base nessa análise de pontos fracos, seu programa de treinamento deverá ser montado. Um atleta sério, muitas vezes, terá que fazer alguns exercícios ou enfatizar treinos que não gosta muito para obter uma melhora em seu físico. As partes que estão boas devem continuar a serem treinadas. Já os pontos fracos precisam sempre ganhar prioridade e a atenção redobrada. Isto para que esse período de off season não cause assimetrias e desproporções cada vez maiores no seu físico.

Um atleta que procura melhorias deve treinar de acordo com a sua necessidade e não da maneira que mais lhe agrada. Garanto que até mesmo esses grupos musculares de difícil desenvolvimento, quando começarem a responder de maneira positiva, farão você tomar gosto por exercícios que anteriormente não gostava. Já que bons resultados são muito animadores e motivadores.

Espero que eu possa ter ajudado vocês com essas dicas. Se quiserem saber de mais alguns temas relacionados ao assunto, entre em contato com o site. Abraços e continuem firmes nos treinamentos…

 

…e um bom off season para todos vocês!

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

05 maio

Fatores que ajudam a prevenir e tratar as celulites

Fatores que ajudam a Prevenir e Tratar as CelulitesAs temíveis celulites, tormento de muitas mulheres, é o assunto de hoje. As celulites são alterações que deixam a pele com a aparência de casca de laranja, pois formam furos profundos ou superficiais. Aparecem nas regiões do abdômen, parte de trás dos braços, pernas e glúteos geralmente. Vou fazer um resumo para ajudar vocês a conseguirem se livrar ou pelo menos preveni-las.

A celulite nada mais é que um acúmulo de gordura sobre a pele. Quanto mais velha a pele fica, há uma maior tendência de seu aparecimento. Isso acontece porque, com a idade, perdemos a elasticidade da pele pela diminuição do colágeno.

Jovens também podem ser vitimas por maus hábitos alimentares e o sedentarismo: dois fatores que causam o acumulo de gordura. Quase 90% das mulheres possuem celulites enquanto homens sofrem menos deste mal. No entanto, ninguém está livre das celulites.

É possível prevenir ou tratar? Sim, confira…

 

Fatores que influenciam na prevenção de celulites

 

01 – Evitar açúcar e sal refinado;
02 – Evitar anti anticoncepcionais orais;
03 – Evitar farináceos;
04 – Evitar filtro solar (usar filtro soltar bloqueia sua absorção de Vitamina D3 e ainda gera celulites)
05 – Evitar café em excesso;
06 – Evitar refrigerantes e bebidas gaseificadas;
07 – Evitar sedentarismo;
08 – Evitar hábitos alimentares errôneos.

 

Para combater ou amenizar meu quadro atual

 

01 – Consumir frutas vermelhas e cítricas;
02 – Consumir cacau, linhaça, chia e aveia;
03 – Consumir chás como o verde, espinheira santa e carqueja;
04 – Massagem, drenagem linfática e carboxterapia;
05 – Tratamento estético com ventosas e eletroestimulação;
06 – Modulação hormonal (deixar níveis de testosterona sempre bons);
07 – Verificar também os níveis de GH e cortisol, ajusta-los se for preciso;
08 – Beber muita água;
09 – Tomar banho de sol pelo menos 20 minutos ao dia
10 – Praticar atividades físicas (de preferência, esportes de força como a musculação).

 

Fatores que causam as celulites

 

01 – Genética – herança que já vem da mamãe e vovó;
02 – Alterações hormonais – São as principais causas das celulites. O estrógeno e a progesterona favorecem a retenção hídrica e prejudicam a circulação. Como esses dois hormônios são predominantes femininos, as mulher tem chances de ter celulites. Homens possuem testosterona em alta escala e, por isso, raramente são vitimas desse tormento.

Por esse motivo, o uso em menor escala de testosterona no sistema de reposição é indicado às mulheres. Procure um endocrinologista e um nutrólogo para compreender melhor sobre o assunti. Tratamentos estéticos, alimentação correta, treino com pesos e uso hormonal não deixam as celulites com ampla escala. Reparem nas atletas fitness.

Em outra oportunidade, me aprofundo mais no assunto. Um grande abraço!

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

04 maio

Construindo um Corpo Trincado (Treino para Secar)

Corpo Trincado Treino para SecarComo obtivemos muito sucesso com o Tema para Ganho de Massa “Construindo um Corpo de Aço”, estamos trazendo agora uma rotina para Construir um Corpo Trincado ou seja um Treino para Secar. O foco é dar aquele brilho após toda a fase de ganho, afinal não tem nada melhor do que desfrutar de um belo Corpo Esculpido.

O mais importante aqui, além de um treino especifico para esse objetivo, é incluir os trabalhos de cardio (aeróbicos) e uma alimentação voltada para o mesmo objetivo. Devo salientar que para reduzir gordura e expor os músculos é muito importante ter uma alimentação adequada para seu objetivo, porque de nada adianta se matar na academia fazendo o treino mais top do mundo sendo que a sua alimentação não vai contribuir com os resultados.

Então fica aqui o aviso: Se quer resultados, além do treino, descanse e se alimente de forma adequada.

 

Organização no Treino

 

Para o pessoal que seguiu o programa de Construir um Corpo de Aço, vamos agora após 9 semanas dar inicio com o Treino para Secar e Construir um Corpo Trincado .

Vamos trabalhar com 2 treinos em uma organização de aumento de gasto calórico e uma e manutenção da massa muscular, para quem cuidar da alimentação e do sono manter esse físico massudo e trincar com essa estrutura de 60 dias.

Abaixo possui a lista contendo o treino para cada grupo muscular que será aplicado na Organização:

Construindo OMBROS Trincados…
Construindo PEITORAIS Trincados…
Construindo TRÍCEPS Trincados…
Construindo COSTAS Trincadas…
Construindo BÍCEPS Trincados…
Construindo ABDÔMEN Trincado…
Construindo GLÚTEOS Trincados…
Construindo PERNAS Trincadas…

 

Vou trabalhar com 2 linhas para que vocês se organizem e vejam qual o seu corpo responde melhor, afinal nem tudo que é bom para você é bom para os outros.

 

ESTRUTURA 1

  • PEITO + BÍCEPS + TRICEPS
  • PERNAS + COSTAS + OMBRO
  • ABDÔMEN + GLÚTEO

 

ESTRUTURA 2

Com as planilhas de treino na mão você realiza um circuito:

  1. No treino 1 realiza o primeiro exercício de cada grupo muscular;
  2. No treino 2 realiza o segundo exercício de cada grupo muscular.

Assim sucessivamente até reiniciar os treinos.

 

Aeróbico

 

Como estamos sempre nessa vida agitada e alguns com pouco tempo, ou outros que tem seu treinador e que trabalham com tempo de 60 minutos, programei dois treinos cárdio onde um irá completar esses 60 minutos, e o outro, estica um pouco mais.

Treino para complementar os 60 minutos:

  • Realizamos o treino de pesos e vamos para o cardio em aparelho (esteira, bike ou elíptico) até completar 60 minutos de treino.

Treino para quem possui mais tempo:

  • Realizar um trabalho de no mínimo 30 minutos, intercalando entre esteira, bike, elíptico. Exemplo: 10 minutos em cada aparelho.

 

Esse é um treino intenso que vai exigir uma musculatura madura,Banner Pre Treino HTPro peça ajuda ao seu professor para evitar lesões ou para adaptar da melhor forma a sua necessidade.

Seguindo este roteiro de treino de forma regrada com a supervisão do seu treinador, com certeza os resultados serão visíveis em algumas semanas.

É importante lembrar que a suplementação precisa ser adequada ao objetivo especifico que é Manter a Massa Magra e Reduzir o percentual de Gordura, aliando a orientação de um nutricionista para equilibrar a alimentação.

E por último, mas não menos importante, o descanso noturno adequado é fundamental para recuperação dos músculos nesse período.

 

E agora, bora usar esse Treino para Secar!

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

03 maio

Construindo um Abdômen Trincado

treino para trincar o Abdômen TrincadoComo obtivemos muito sucesso com o Tema para Ganho de Massa “Construindo Abdômen de Aço” estamos trazendo agora uma rotina para Construir um Abdômen Trincado. O foco é dar aquele brilho após toda a fase de ganho, afinal não tem nada melhor do que desfrutar de um belo Corpo Esculpido.

O mais importante aqui, além de um treino especifico para esse objetivo, é incluir os trabalhos de cárdio (aeróbicos) e uma alimentação voltada para o mesmo objetivo. Devo salientar que para reduzir gordura e expor os músculos é muito importante ter uma alimentação adequada para seu objetivo, porque de nada adianta se matar na academia fazendo o treino mais top do mundo sendo que a sua alimentação não vai contribuir com os resultados.

Então fica aqui o aviso: Se quer resultados, além do treino descanse e se alimente de forma adequada.

 

Exercícios e organização no Treino

 

Nessa fase para Construir um Abdômen Trincado eu não gosto de utilizar sempre o mesmo exercício, estou sempre fazendo variações e gerando uma nova adaptação a cada treino. Então, segue abaixo as variações que cada exercício pode ter.

Ex: Quando eu citar Supra na organização do treino você pode realizar em um treino o supra no chão. No próximo treino de abdômen, você pode utilizar qualquer exercício que esteja nesse grupo, como por exemplo o supra na maquina.

 

TREINO / EXERCÍCIOS:

  • Supra chão / Supra prancha / Supra polia / Supra maquina
  • Infra chão / Infra prancha / Infra máquina / Infra barra fixa
  • Abdominal remador
  • Prancha (foto no topo do post)

 

Séries / Repetições / Tempo de Descanso

 

Vamos a tabela de treino e séries. Agora a coisa fica séria, portanto a atenção aqui é fundamental!

 

ExercícioRep.TempoIntervalo
Supra3x 3020 seg
Infra3x 3020 seg
Remador3x 3020 seg
Prancha3x1 min30 seg

 

Aeróbico

 

Como estamos sempre nessa vida agitada e alguns com pouco tempo, ou outros que tem seu treinador e que trabalham com tempo de 60 minutos, programei dois treinos cardio onde um irá completar esses 60 minutos, e o outro, estica um pouco mais.

Treino para complementar os 60 minutos:

  • Realizamos o treino de pesos e vamos para o cardio em aparelho (esteira, bike ou elíptico) até completar 60 minutos de treino.

Treino para quem possui mais tempo:

  • Realizar um trabalho de no mínimo 30 minutos, intercalando entre esteira, bike, elíptico. Exemplo: 10 minutos em cada aparelho.

 

Observações

 

Esse é um treino intenso que vai exigir uma musculatura madura,Banner Pre Treino HTPro peça ajuda ao seu professor para evitar lesões ou para adaptar da melhor forma a sua necessidade.

Seguindo este roteiro de treino de forma regrada com a supervisão do seu treinador, com certeza os resultados serão visíveis em algumas semanas.

É importante lembrar que a suplementação precisa ser adequada ao objetivo especifico que é Manter a Massa Magra e Reduzir o percentual de Gordura, aliando a orientação de um nutricionista para equilibrar a alimentação.

E por último, mas não menos importante, o descanso noturno adequado é fundamental para recuperação dos músculos nesse período.

Se você ainda busca por um treinamento ainda mais completo, ou procura treinar outro grupo muscular em específico, abaixo nós temos uma série de textos com um programa de treino para aprimorar seus treinos:

 

Construindo OMBROS Trincados…

Construindo PEITORAIS Trincados…

Construindo TRÍCEPS Trincados…

Construindo COSTAS Trincadas…

Construindo BÍCEPS Trincados…

Construindo GLÚTEOS Trincados…

Construindo PERNAS Trincadas…

Construindo um CORPO Trincado…  (Próximo Post)

 

E agora, bora Construir um Abdômen Trincado!

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

03 maio

Catabolismo muscular: o mal que assombra muitas pessoas nas academias

Catabolismo MuscularDesde 2002, quando iniciei meus treinamentos na musculação, a questão do catabolismo muscular já circulava nas academias. A cada ano de treino, o assunto avançava e ganhava mais força. Trata-se de um tema que a maioria dos praticantes de musculação levanta até os dias de hoje.

O catabolismo muscular ganha relevância, muitas vezes, por conta de praticantes (de nível intermediário e alto) que treinam e possuem uma grande preocupação com alimentação. Muitas vezes são taxados de neuróticos por pessoas do convívio social fora da academia.

Obviamente, não há problema algum em se preocupar com a alimentação. Muito pelo contrário, ela sempre será um dos pilares cruciais para sua evolução quando o assunto é musculação, seja como objetivo estético ou de saúde.

Atualmente, a mídia especializada, os profissionais e técnicos da área, atletas renomados assim como personalidades do mundo fitness criam um alarde extremamente exagerado em relação ao catabolismo muscular, a grande quantidade de informações chega nas academias e confunde a cabeça de iniciantes além de nós praticantes mais avançados.

Isto é, as dúvidas aparecem pela falta de conhecimento científico ou até mesmo por fatores comerciais que influenciam nas informações oferecidas. Vocês entenderam o que estou falando, não é?

Veja abaixo alguns dos comentários frequentes de praticantes da musculação em relação ao catabolismo muscular:

“Fiquei uma semana na praia e perdi tudo (massa muscular)”

“Se eu ficar sem treinar um dia sinto que já dou uma murchada”

“Quando eu pulo uma refeição, já sinto diferença no meu shape”

“Saio para balada uma vez e quando volto já me sinto meio magro”

“Não posso fazer nenhum exercício aeróbico porque queimo muito fácil”

Nestes casos, o que ocorre é uma leve desidratação na musculatura e nada mais.

 

Motivos que causam o Catabolismo Muscular

 

Quando você passa um período viajando, por exemplo, e deixa de se alimentar exatamente da maneira que faz em sua rotina, há uma diminuição da hidratação muscular. É quando você troca refeições ricas em carboidratos, de cinco ou seis vezes ao dia, para três ou duas refeições.

Os carboidratos são os macronutrientes que mantém a musculatura com o aspecto inflado, cheio, com a densidade aparentemente melhor.Banner HT Pro Hipercalorico Os carboidratos, sejam simples ou complexo, retém glicogênio muscular no corpo e também puxam água para dentro das células musculares. São responsáveis pela elevação rápida de seu peso corporal ou diminuição de acordo com a quantidade consumida.

A diminuição da hidratação também pode influenciar na perda de peso seja em períodos relativamente prolongados ou até mesmo curtos. Como afirmam, o corpo humano é constituído por 70% de água. No caso de festas ou outros eventos, a ingestão de álcool ou outros compostos químicos gera um aumento da temperatura corporal e causa um efeito diurético acentuado. É possível que nos dias seguintes ou mesmo em questão de horas, haja diminuição do volume corporal pela falta de reidratação.

Um exemplo: no trabalho, você bebe água o tempo todo e mantém seu corpo sempre bem hidratado com uma quantidade de quatro a cinco litros diariamente. Quando você passa alguns dias na praia, esse consumo diminui para cerca de dois litros. Nestes casos, também pode ocorrer uma diminuição da hidratação muscular já que há mais chances de você transpirar em caminhadas ou passeios.

Você pode comprovar isso quando retoma a sua alimentação e ingestão de líquidos regulares, O seu peso anterior aparece em questão de poucos dias. Se realmente houvesse tido uma perda acentuada de massa muscular, a sua recuperação não seria tão rápida.

Por isso, surgem as seguintes afirmações:

“Em uma semana, já recuperei tudo que perdi esses dias que passei de férias”

“Eu cresço muito fácil”

“Eu incho bem rápido”

 

Você pode observar e comparar o que acontece com atletas:

Nas últimas semanas que antecedem uma competição, a maioria dos atletas busca reduzir a gordura corporal. Na semana de finalização,Banner Pre Treino HTPro há uma diminuição de carboidratos para quantidades mínimas ou, em muitos casos, até zerada por alguns dias. Isto faz com que o atleta apresente um visual mais murcho. Alguns atletas preferem até não se olhar no espelho, pois a retenção hídrica fica muito baixa e causa a impressão que o atleta está “pequeno”.

De acordo com o método adotado, muitos atletas não treinam e apenas carregam seu corpo com glicogênio muscular até o dia da competição. Logo em seguida, grande parte dos atletas fazem uma supercompensação de carboidratos, o chamado “carb up”. Com esse procedimento, chegam a ganhar muito peso em poucos dias e melhoram a aparência física, quando a densidade e o volume muscular ficam mais aparentes.

Os praticantes comuns menos experientes confundem a desidratação muscular com a perda de massa magra. Às vezes, também acreditam em ganho imaginário de massa magra em questão de dias. Você não deve se desesperar e pensar que perdeu toda musculatura construída em apenas alguns dias, semanas ou mês.

Minha pretensão foi esclarecer de forma prática uma questão muito recorrente que ouço nas academias. Nos próximos posts, abordarei mais sobre esse assunto. Espero ter colaborado. Caso tiver alguma dúvida, deixe seu comentário.

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

03 maio

Não compre Somantrodol sem antes conhecer o HTDrol, melhor Drol do Mercado!

HTDrol da HTProAmbos são suplementos e podem ser usados para o mesmo fim, então como escolher qual é o melhor entre o HTDrol e o Somantrodol, você pode estar se perguntando!

O HTDrol e o Somantrodol podem até ser bem semelhantes, entretanto tratando-se de vitaminas e minerais para se consumir no dia a dia de treinos, entenda neste artigo por que o HTDrol é o mais indicado para a sua rotina de treinos!

Veja tudo sobre esse suplemento, conheça seus benefícios e composição e entenda por que o HTDrol  é muito melhor para o seu treino!

 

5 Benefícios ao consumir HTDrol

 

Não tem como começar a falar do suplemento HTDrol sem fazer menção aos seus reais benefícios. Veja a seguir alguns dos principais e entenda por que vale a pena investir nesse produto na hora de definir a sua rotina de exercícios e saúde:

  • Atua diretamente na estruturação óssea;
  • Auxilia na recuperação muscular;
  • Colabora com a produção de testosterona;
  • Excelente combinação de vitaminas e minerais;
  • Melhora os reflexos e também a concentração.

Viu como o uso do HTDrol é vantajoso? E essa é apenas uma parte da lista dos benefícios desse suplemento. A seguir veja como a composição da fórmula do HTDrol foi meticulosamente pensada para suprir a diferentes necessidades de seus usuários!

 

Composição da fórmula do HTDRol

 

O suplemento HTDrol – ZMA + BORO é composto basicamente por vitaminas e minerais que permitem ao seu usuário, de modo geral, muito mais vitalidade através da recuperação de músculos, por exemplo, e reposição de testosterona.

Veja a seguir cada um dos ingredientes da fórmula e entenda como eles atuam no organismo:

Boro: Atua em diferentes funções dentro do organismo humanos sendo as principais delas a modulação imuno-inflamatória, a prevenção de doenças osteoarticulares e o controle do estresse. É o ingrediente responsável, também, pela maior interação dos nutrientes com o metabolismo ósseo.

Cálcio: Essencial nos suplementos, ajuda no fortalecimento de toda a estrutura óssea do usuário, possibilitando uma maior evolução de sua musculatura.

Magnésio: Trabalha na regularização de importantes funções do coração como, por exemplo, no transporte dos nutrientes para as suas respectivas funções musculares. Esse é ainda o nutriente responsável por diminuir as indesejáveis câimbras tanto durante o treino quanto depois dele.

Vitamina B3: Oferece muito mais energia e disposição ao longo dos treinos visto que seu principal trabalho é converter carboidratos, gorduras e glicoses em fonte de energia utilizável. Outra importante função dessa vitamina é a regularização da glicose, apoiando a resposta do corpo à insulina e prevenindo a diabetes. Outro ponto importante sobre a B3 é que ela ajuda a liberar a enzimas enérgicas que realizam a oxidação de lipídeos, proteínas e açúcares.

Vitamina B6: Regula o sono e gera energia para que o músculo se fortaleça através do piruvato, composto carbônico muito importante para a recuperação muscular.

Zinco: Por fim essa vitamina, essencial por realizar inúmeras reações químicas no organismo humano, permite uma melhor manutenção do seu sistema imunológico.

Vale a pena destacar que o suplemento HTDrol foi criado em detalhes. Cada ingrediente de sua fórmula possui uma importante atribuição que tem por maior objetivo o alcance dos resultados propostos e a segurança da saúde do usuário.

A carência do Zinco e do Magnésio, por exemplo, são fatores comuns que levam a diminuição do ritmo de treino e o HTDrol atua exatamente ofertando aquilo que, com uma simples alimentação, dificilmente poderia ser obtido.

Por falar nisso, a vitamina B6 age de forma a colaborar com a máxima absorção de cada um dos ingredientes.

 

Tabela Nutricional

 

Porção de 2 cápsulas
%VD
Valor energético 10 kcal1%
Magnésio260 mg100%
 Cálcio350 mg35%
Boro 2,6 mg
Zinco7 mg 100%
Vitamina B3 16 mg100%
Vitamina B61,3 mg100%

( * ) Valores Diários baseados em uma dieta de 2.000 calorias

( – ) Valores não estabelecidos

Não contém glúten.

Como tomar o suplemento HTDrol?

 

O uso do suplemento HTDrol, assim como de qualquer outro suplemento, deve estar sempre orientado por um profissional médico ou nutricionista, a fim de que seja tomada a dosagem certa para potencializar os resultados de uma rotina voltada a exercícios e treinos.

Ainda assim, vale destacar que o mais aconselhável é que sejam tomadas 2 cápsulas de HTDrol por dia. Lembrando é claro, que o produto não substitui nenhuma refeição e que deve ser consumido sempre junto a uma dieta equilibrada.

 

Dúvidas frequentes sobre o HTDrol

 

1. Existe algum efeito colateral em tomar o suplemento HTDrol? – Assim como outros suplementos, o uso excessivo e sem acompanhamento do HTDrol pode ocasionar alguns efeitos colaterais tais como falta de apetite sexual, queda de cabelo, alguns danos e problemas nos rins e fígado, e até mesmo alteração da corrente sanguínea e do colesterol.

Vale ressaltar, entretanto, que se o usuário tomar o suplemento tal como indicado esses efeitos colaterais dificilmente aparecem, por isso a importância em seguir as prescrições corretas.

2. O HTDrol pode ser tomado com whey? – Sim! Não existe qualquer tipo de contraindicação para o uso desse suplemento em conjunto com o whey, mas pelo contrário, sabe-se que os resultados são ainda mais potencializados a partir do uso dessas fórmulas.

3. HTPro Nutrition: Quais os outros produtos que podem ser usados com HTDrol? – A linha HTPro Nutrition tem inúmeros produtos que são ideais para o uso ao longo de uma rotina diária de treinos. Em conjunto com o HTDrol é possível usar, por exemplo, o Pré-treino e até mesmo Hipercalóricos dependendo sempre da orientação profissional.

Uma das melhores marcas em suplementos e produtos diversos para a hora do treino, a HTPro Nutrition é completa e reconhecidamente de qualidade. Com resultados reais e rápidos quando associados a uma rotina com atividades físicas e alimentação balanceada.

4. Onde encontrar o HTDrol? – É possível adquirir o suplemento pelo site do nosso parceiro HTPro, clique aqui para conferir o produto!

 

Clique aqui e confira o HTDrol na Loja HTPro

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

02 maio

O que é HIPERCALÓRICO, para que serve, como e porque tomar?

HipercalóricoO Hipercalórico nada mais é do que um misto de macro e micronutrientes juntos em uma única solução. Em média sua composição é entre 70-80% oriunda de carboidratos, 10-15% de proteínas e 5-10% de gorduras. Alguns deles apresentam uma maior quantidade de proteína mantendo relação de 2 carboidratos para 1 proteína e são chamados de hiperproteicos. Os minerais e vitaminas adicionados a mistura formam o ambiente propício para o anabolismo muscular, uma vez que as vitaminas e minerais agem diretamente no metabolismo dos macronutrientes e mantém a homeostasia interna corpórea.

 

Para que serve o Hipercalórico

 

Em geral aumenta a oferta energética. O ideal para quem tem um gasto energético total muito alto e não conseguem suprir somente com a alimentação. Quem se beneficia da solução hipercalórica são atletas e indivíduos que não tem tempo para fazer uma refeição sólida, ou sentem desconforto em apenas uma refeição ingerir em média cerca de 900-1000Kcal.

Segundo Biesek et al (2005), indivíduos que se exercitam com regularidade deveriam consumir durante o dia uma dieta com 55 a 60% de calorias provindas de carboidratos. As maiores fontes nutritivas de carboidratos consistem na sua maioria em frutas, vegetais e grãos, porém esses alimentos nem sempre são consumidos pelas quantidades suficientes por maioria das pessoas (McArdle, et al, 2001),Banner-Combo ai que começa a suplementação por bebidas e suplementos a base de carboidratos indicadas por nutricionistas. Quem não tem aquele “cash” para comprar um whey isolado, hidrolizado ou concentrado utiliza o hipercalórico no pós-treino. No pré-treino a mesma também é utilizada, porém não é muito recomendada, muitos deles tem em sua composição os carboidratos maltodextrina e dextrose, e se utilizado em momentos muito próximos ao treino pode levar a náuseas e tonturas por uma maior ativação do hormônio insulina.

Outros desses hipercalóricos contêm até uma quantidade de proteínas “razoáveis”, chegando próximo à quantidade das wheys concentradas. Porém, não passam de proteínas de baixo valor biológico, como é o caso das proteínas contendo soja e trigo, limitantes no aminoácido lisina, interferindo assim em uma melhor síntese proteica, necessitando de cereais para completar e formar um aminoácido essencial.

 

Benefícios do Hipercalórico

 

Com um alto consumo de carboidratos começa a se armazenar novas moléculas de glicose, o glicogênio. O glicogênio é um polissacarídeo que é encontrado no músculo esquelético e fígado de humanos e animais, com a morfologia irregular e ramificada, sintetizada a partir de moléculas de glicose na glicogênese, podendo variar de poucas centenas a milhares de moléculas de glicose ligadas entre si como uma “cadeia de linguiça”, mantendo certos pontos de ramificação para se ligar com novas moléculas adicionais de glicose (McArdle et al, 2001).

 

Malefícios do Hipercalórico

 

Dependente do hipercalórico, muitos deles apresentam monossacarídeos como frutose, que são convertidos em glicose e caem na corrente sanguínea rapidamente, se o indivíduo não tem um gasto energético diário alto, a glicose após ser utilizada como energia, e armazenada como glicogênio muscular e hepático vira tecido adiposo, isso mesmo, o excesso de glicose circulante mal absorvido aumenta a oferta de adipócitos e persistindo a deficiência de captar todos os monômeros pode ocorre uma diabetes mellitus, que é caracterizada pela deficiência de sensibilidade da insulina.

 

PERGUNTAS E RESPOSTAS

O excesso de carboidrato do hipercalórico engorda? Não, qualquer macronutriente tem seu valor energético, no caso dos carboidratos e proteínas possuem 4Kcal, e os lipídios 9Kcal. O que “engorda” é o desequilíbrio do que é gasto e de quanto é necessário de energia diariamente.

O hipercalórico é uma maneira de suprir as energias de um treinamento? Sim, a combinação de carboidratos, proteínas e lipídios com toda certeza dão um total de energia por refeição bastante alta. O treinamento quando alto necessita desta reposição.

O alto valor de carboidrato no hipercalórico ajuda o desempenho no esporte? Sim, estudos já mostram que o substrato “preferido” para o músculo nos primeiros minutos de prova ou competição são os carboidratos. Além de que, quando consumidos em altas doses se guarda uma reserva nos músculos e fígado, o glicogênio. Este é outro fator primordial no exercício, sua deficiência é sinônimo de fadiga em grande parte dos casos.

 

Recomendação Dicas de Treino: Para quem está em busca de Ganho de Massa Muscular, é possível adquirir o Combo para Ganho de Massa Muscular pelo site do nosso parceiro HTPro, clique aqui para conferir o KIT!

 

Referências Bibliográficas

Biesek, S.; Alves, L. A.; Guerra, I. Estratégias de nutrição e suplementação no esporte. Barueri-SP: Editora Manole, 2005, Cap. 1, p. 3-18. 506p.

McArdle, W.D.; Katch, F.I.; Katch, V.L. Nutrição para o desporto e o exercício. Rio de Janeiro: Editora Guanabara; 2001. Cap 1. 4-35. p.694.

 

Esperamos que o post tenha ajudado você a sanar suas dúvidas!
Passe essas informações adiante, compartilhe! 

 

Salvar

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.