07ago

Entenda o que é Fibromialgia e conheça Exercícios que podem ajudar nessa questão!

fibromialgia dor exercicioQuando se fala em portadores de fibromialgia, os exercícios físicos são um santo remédio. A causa dessa doença ainda é desconhecida, mas já se sabe que possui maior prevalência em mulheres em idade de maior produtividade em suas vidas e que passam por problemas sociais e psicológicos, seja dentro do âmbito familiar ou no local de trabalho.

Exercícios fazem bem para qualquer pessoa. Não importa a idade, não importa o sexo, não importa se é rico ou se é pobre. Praticar atividade física é algo que nós deveríamos fazer todos os dias para melhorar a nossa saúde e também evitar complicações maiores no futuro.

 

Mas, o que é a Fibromialgia?

 

Ela é um tipo de síndrome na qual, mesmo sem nenhum tipo de lesão, o portador da doença sente dor o tempo todo. Ele fica muito mais sensível à dor. A fibromialgia não tem cura, mas existem uma série de paliativos que podem amenizar os seus efeitos. Veja abaixo os principais sintomas:

  • Falta de memória;
  • Dor ao toque;
  • Dificuldade para dormir;
  • Mal humor;
  • Dor de cabeça;
  • Formigamento;
  • Dificuldade em se concentrar;
  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Dor no corpo;
  • Cansaço;

Além disso, ela não provoca danos nos órgãos ou em articulações e músculos. Porém, ela pode incomodar bastante, chegando a atrapalhar o dia a dia da pessoa, prejudicando o trabalho e o bem-estar social. Praticar exercícios físicos é a principal recomendação dos profissionais de saúde para o alívio das dores.

 

E por que os Exercícios Ajudam?

 

Você já percebeu que quando praticamos atividades físicas sentimos uma sensação boa logo depois? Ali são os neurotransmissores que são liberados pelo nosso corpo após os exercícios. São eles que ajudam a aliviar as dores sentidas pelos portadores de fibromialgia. Alguns deles são analgésicos como a serotonina e a noradrenalina.

Além de melhorar de forma direta a dor, os neurotransmissores também melhoram o humor e aumentam o apetite. Esses dois ficam prejudicados por causa dos sintomas da síndrome. Ajudam a liberar o GH (hormônio do crescimento) o que melhora o sono. De qualquer forma, é importante fazer uma avaliação completa com um médico antes de começar a praticar os exercícios. Serão observados os seguintes pontos:

  • articulações;
  • postura;
  • a biomecânica do movimento;
  • quantificar a capacidade aeróbia;
  • exames complementares;
  • resistência muscular localizada;
  • flexibilidade;

 

Exercícios para a Fibromialgia

 

Tanto os exercícios feitos em solo como uma caminhada diária como os exercícios feitos na água como a hidroginástica são altamente recomendados para esses pacientes. Também os exercícios de fortalecimento muscular e alongamentos podem ser prescritos sem nenhum problema.

Os exercícios intensos como o Crossfit, o HIIT e também a musculação não são muito indicados porque provocam um estresse físico que pode aumentar a dor do portador de fibromialgia. Ainda não se sabe ao certo qual é/são o exercício mais eficaz nestes casos.

Por conta disso, o ideal é que se tenha um acompanhamento constante e os iniciantes devem manter o ritmo de exercício 3 vezes por semana e até 30 minutos por dia. A musculação, caso seja realizada, deve ser acompanhada de perto por um profissional qualificado e especializado.

Um dos objetivos dos exercícios, além de reduzir a dor, deve ser o aumento da amplitude de movimento (ADM). Ela fica prejudicada devido a dor produzida, impedindo movimentos máximos pelo paciente. Neste caso, o alongamento é bastante eficiente.

 

Depressão x Fibromialgia

 

Apesar de terem mecanismos fisiológicos totalmente diferentes, a depressão e a fibromialgia estão completamente relacionados. O comportamento depressivo faz com que o cérebro exacerbe a dor que a pessoa está sentindo através dos sentimentos negativos que ela possui. Por isso, que tratar a depressão é tão importante para essas pessoas e é aí, que os exercícios entram.

 

Exercícios são Coadjuvantes

 

Apesar de ser muito importante, a prática de exercícios com frequência não é suficiente para ajudar o paciente fibromiálgico. Este, deve ser acompanhado por um médico especialista, o Reumatologista, que também fará prescrição medicamentosa com corticoides, ansiolíticos, antidepressivos e outros. No início, manter os exercícios pode ser difícil por causa da dor, mas persista. Seu corpo precisa criar novos hábitos para se sentir melhor e a dor mais sumindo aos poucos com os outros sintomas indesejáveis.

 

Salvar

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

Um comentário em “Entenda o que é Fibromialgia e conheça Exercícios que podem ajudar nessa questão!

  1. Eu já faz quinze anos que vivo tomando anti depressivos e remédio para dor durmo mal, fico mal humorada, vivo muito limitada ainda mais agora com 67 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.