Para que serve a Oxandrolona? E seu uso para o ganho de Massa Muscular

Para que serve a Oxandrolona? Oxandrolona Anavar Emagrece ou Engorda
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

Para que serve a Oxandrolona é relevante saber principalmente para quem está buscando benefícios com o remédio.

Emagrecer e engordar, certamente são eventos antagônicos na vida humana, concorda?

Mas, para aqueles que praticam musculação e desejam  afoitos aumentar o volume de massa, ou para aqueles que estão precisando perder alguns quilos Oxandrolona promete ajudar ambos.

Sendo então uma droga que serve para duas situações distintas, é fundamental conhecer as propriedades, modo de ação e porque tomar para ganhar massa.

Para que serve a oxandrolona? Quem pode e como tomar?

Serão alguns dos tópicos abordados neste artigo, esperamos que lhe seja útil. Boa leitura!

 

O que é e Para que serve a oxandrolona?

 

Oxandrolona é uma droga que apresenta na fórmula o esteróide DHT (di-hidrotestosterona).

Reconhecido por formar características sexuais masculina no período da puberdade.

Oxandrolona, Oxadrina, Anavar ou ainda Lipidex  já foi rotulada de anabolizante para mulher.

Isso porque tem ação mais leve, porém, é também mais consistente, promovendo ganhos lentos mas, substanciais.

Provinda da testosterona sintética, Oxandrolona foi criada nos Estados Unidos na década de 60 e chamava-se Anavar.

Raphael Pappo recebeu créditos do desenvolvimento da fórmula inicial, que era produzida pelo antigo Laboratórios Searle que agora conhecemos como Laboratório Pfizer.

Na ocasião, o fármaco serviu para tratar uma doença chamada de hipopituitarismo (problema endócrino na glândula pituitária que inibe produção de um ou mais hormônios de sua responsabilidade).

Outra particularidades desse remédio são para melhorar quadros de doenças como:

# Síndrome de Turner;

# Hepatite;

# Problemas no crescimento;

# Tratamento de queimaduras;

# Anemias.

Neste último caso, porque favorece o aumento da produção de hemoglobina e eritropoietina.

Com o tempo, Oxandrolona passou a ser usada para tratar deficiência (de massa).

Principalmente em pessoas que emagreceram muito em decorrência da AIDS, alguns tipos de câncer e doenças autoimunes.

Não precisou muito tempo, para que pessoas comuns (que buscavam hipertrofia) perceberam que poderiam usar Anavar também para promover o anabolismo.

O viés de receptor de testosterona da oxandrolona é amplamente divulgado.

Creatina Growth
Creatina Growth
Creatina Growth
creatina Growth

Peculiarmente porque atua a nível celular, tanto com ações androgênicas como para fins de anabolismo.

Para que serve a oxandrolona, inclui saber que estamos falando de um excelente estimulante de apetite – o que é sumariamente considerado por quem deseja ganhos em massa.

E, neste mesmo contexto, atribui-se a oxandrolona ainda o acréscimo na produção de duas importantíssimas proteínas.

Actina: Que constitui filamentos finos através de ionização;

Miosina: Responsável para elaborar filamentos grossos e interferir positivamente para a contração muscular.

Ambas tem ainda como propósito prover ações em células que não se localizam propriamente nos músculos, mas em órgãos mais sensíveis do organismo.

 

Como age a Oxandrolona para aumentar a massa?

 

Anavar é comercializado em muitos países para tratar doenças e como anabolizante leve livremente.

Aqui no Brasil, você precisa de uma receita médica para comprar o fármaco.

Vale lembrar que o propósito final da droga não é servir para maximizar a performance (rendimento) de atletas, mesmo que brandamente tenha esse feito.

Para que serve a oxandrolona e como influencia para ganho de massa, passa por duas hipóteses:

# A primeira, é sua capacidade de redefinição corporal que envolve emagrecer, mas manter ou melhorar a massa.

# A segunda, é poder contar com o medicamento para aumentar o peso e ainda ganhar massa.

Oxandrolona ajuda a construir massa densa, graças a elevação do óxido nítrico que é um estimulante para mais trifosfato de adenosina.

Em contrapartida, existe a inibição de Arginina, levando assim a acréscimos importantes no tempo de síntese de proteínas.

E, na sequência crescimento do volume celular e músculos consistentes.

Outro ponto relevante sobre oxandrolona condiz com agentes anabólicos presentes do tipo Spirostan-5A-Diol-6-one-3-one (25R).

Estes, reconhecidos mundialmente pela eficácia, além de pioneiro entre atletas mundiais.

Justamente por isso, Anavar é considerado um dos mais recomendados entre vários nomes disponibilizados no mercado para quem busca um músculo forte e volumoso.

 

O que fazer para ganhar massa muscular?

 

Nossa pesquisa sobrepara que serve a oxandrolonatambém nos levou a esclarecer que o ganho de massa depende de outras situações.

Essas, na verdade, estão na dianteira de qualquer processo para ganhar volume muscular.

Resumidamente são 4 aspectos a analisar:

 

#1 – Dieta para Ganho de Massa

Que deve conter proteína de valor biológico considerável, carboidratos em proporção, legumes, vegetais e frutas.

 

#2 – Treino Orientado

Treinos para melhorar a massa e aumentá-la exigem dedicação e superação constante.

Pois cargas intensas, como descansos (intervalos) é que serão precursores naturais da síntese proteica e por conseguinte hipertrofia.

Não é um trabalho rápido, mas sim, focado em séries, periodização, prática lenta mas objetiva e que trabalha grupos musculares aleatoriamente.

 

#3 – Suplementação

Antes mesmo de pensar em usar esteróides assim como Oxandrolona, é essencial aprender sobre suplementação e como usar a seu favor para ganho de massa.

Inclusive, diferentes suplementos – inteligentemente criados – atualmente garantem aporte de aminoácidos, vitaminas, cálcio e minerais.

E são esses aspectos que ajudam a manter cada conquista do volume muscular, além de cuidar da saúde de um modo geral.

Entre os mais recomendados, específicos para ganho de massa estão:

# Whey Protein;

# BCAA;

# Creatina;

# ZMA;

# Maltodextrina.

 

#4 – Tempo de repouso

Observar tempo de resguardo entre um treino e outro é providencial para que os músculos descansem e cresçam.

 

Quais os benefícios conhecidos da Oxandrolona?

 

Em suma, Oxandrolona não é considerada ofensivo ao organismo desde que respeitado quantidade e ciclo de consumo.

Nos anos 90 a propagação pela mídia como anabolizante sútil (que traria pouco ou nenhum efeito colateral para fêmeas).

Fez com que Anavar ocupasse a posição de número 1 no ranking de preferência do público feminino, especialmente para emagrecimento.

Menos chances de virilização (características masculinas) e menor probabilidade de reter líquidos foram e ainda são grandes motivadores para aderir a Oxandrolona.

Desde então, algumas vantagens ainda interferem positivamente para que seu consumo não cesse (aliás, agora maior entre homens).

Exatamente, o público masculino vê na Oxandrolona a possibilidade de auxílio para ganho de massa, porém, com chances muito pequenas de aromatização.

Ou seja, é quase nula ou inexistente a projeção de estrogênio (hormônio feminino) no organismo do homem e isso evita a ginecomastia, por exemplo.

Sendo assim, para compreender para que serve a oxandrolona, conheça a lista de benefícios:

# Perda de gordura abdominal considerável e providencial na busca de uma barriga ‘seca’ e com definição;

# Tem grande poder para restaurar fibras de tecidos musculares;

# Maior projeção para que a definição muscular ocorra;

# Aumento da massa magra considerável;

# Auxílio para melhorar a síntese proteica;

# A Terapia pós-ciclo é desnecessária;

# Melhora a dilatação dos vasos;

# Auxilia para elevar o trânsito de óxido nítrico (NO2) no organismo.

E, há ainda quem diga que oxandrolona ajuda muito a melhorar força e resistência durante os treinos.

 

Quem pode e quem não pode consumir oxandrolona?

 

Agora que já está se reiterando sobre para que serve a oxandrolona é fundamental compreender quem está apto para consumir o remédio.

Grande parte de pessoas doentes com:

# Hepatite decorrente do consumo de álcool;

# Desnutrição decorrente;

# Que sofrem com a Síndrome de Turner;

# Doentes de AIDS…

São beneficiadas com o uso da Oxandrolona.

Contudo, é para uso estético que o remédio vem se destacando.

Inclusive nos esportes, atletas recebem o medicamento para reparar tecidos.

Logo, homens e mulheres saudáveis recorrem ao medicamento para melhorar a resistência, ganhar força e turbinar o ganho de massa.

Entretanto, de outro lado, estão aqueles que não podem consumir oxandrolona.

E no primeiro grupo encontram-se aqueles sensíveis aos componentes da fórmula.

Em seguida, descarta-se o uso também em pessoas que sofrem hipertensão e hipotensão; cardíacos; doentes renais e doentes hepáticos.

Além desses, diabéticos, doentes com câncer, que sofrem de Nefrite, ou que utilizam remédios do tipo inibidores e antidepressivos não devem tomar oxandrolona.

Obviamente, crianças, grávidas, nutrizes e idosos também não podem tomar oxandrolona a menos que o médico recomende.

 

Oxandrolona tem efeitos colaterais?

 

Para que serve a oxandrolona é um dos assuntos mais pesquisados para quem deseja emagrecer e/ou ganhar massa, isso é fato.

Entretanto, não há muitos artigos científicos que comprovam sua eficiência para este fim.

Sendo assim, o senso popular parece predominar entre aqueles que desejam iniciar o consumo deste anabolizante.

Porém, é fundamental que um médico receite o remédio, principalmente para homens e mulheres férteis.

Isso porque, devido a poucos experiências com oxandrolona – feitas com ratos – demonstraram que: o medicamento pode afetar o aparelho reprodutor, inclusive fabricação de hormônios, especialmente em homens.

Na análise, resultados negativos que devem ser considerados antes de usar Oxandrolona, incluíram:

# Redução no tamanho dos testículos;

# Baixa na produção de testosterona sérica;

# Cessamento na produção de espermatozóides;

# Atrofia testicular.

 

Contudo…

Ressaltamos que pesquisas sobre para que serve oxandrolona e como atua em humanos são raríssimas e mesmo assim pouco divulgadas.

Parâmetros para compreender efeitos colaterais  que a oxandrolona pode causar, muitas vezes são baseados em estudos sobre outros esteróides da mesma classe.

Sendo assim, os conhecidos são:

# Mais chances de desenvolver intoxicação hepática;

# Descontrole na produção de hematócritos, o que pode levar a trombose;

# Hipogonadismo (carência na produção de hormônios);

# Redução nos níveis de colesterol HDL que protege o organismo;

# Acréscimos nos níveis de colesterol LDL que prejudica o organismo;

# Azoospermia (ausência de espermatozóides);

# Desequilíbrios na libido (maior inicialmente e posteriormente queda significativa);

# Aumento da quantidade de pelos corporais (homens e mulheres);

# Engrossamento da voz;

# Características masculina em mulheres, entre outros.

 

 

Oxandrolona para Homens

 

 

 

Oxandrolona para Mulheres

 

 

 

Como tomar oxandrolona?

 

Para que serve oxandrolona ainda passa pela ideia de associar anabolizantes para maximizar o efeito da droga.

Ciclos que conjugam nandrolona, stanozolol, cipionato de testosterona com oxandrolona, prometem ganho e definição de massa ao mesmo tempo.

Justamente por isso, para quem aderir a compostos de esteróides anabolizantes recomenda-se realizar avaliações periódicas de órgãos como fígado e rins para averiguar a saúde dos mesmos.

Como mencionamos, é importante tomar oxandrolona em ciclos.

Você poderá fazer vários ciclos durante sua vida, desde que respeite períodos de consumo e de cessar o uso.

Normalmente a ingestão consiste em tomar 6 comprimidos por dia, sempre observando como se comporta o organismo.

Leia também:

OXANDROLONA (Anavar): para que serve, benefícios, colaterais e como tomar

Stanozolol (winstrol), para que serve, benefícios, excesso, colaterais e como tomar

Trembolona, para que serve, benefício, efeitos colaterais, como tomar

Durateston, para que serve, benefícios, função, excesso, efeitos colaterais, como tomar

TESTOGAR: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Dianabol, para que serve, benefícios, colaterais, como tomar

Hemogenin (oximetolona), o que é, para que serve, benefícios, colaterais e como tomar

No passado, eram comuns ciclos de até 15 semanas, contudo, após estudos mais aprofundados sobre esteróides recomenda-se ciclos de até 10 semanas.

Isso porque, alguns experimentos evidenciaram que após 10 semanas de uso, as chances de distúrbios e efeitos colaterais de maior intensidade crescem muito.

Inclusive, com anomalias que afetam o psicológico do usuários, levando a quadros com depressão.

A terapia pós-ciclo (TPC) é recomendada para algumas pessoas quando usar oxandrolona, mas via de regra não é obrigatória.

Em síntese, homens podem consumir de 8 até 12 comprimidos por dia, o que equivale entre 30 e 100mg.

Para mulheres, a dose precisa ser reduzida e os níveis de consumo ficam em até 6 comprimidos diariamente (equivalentes a 30mg).

Um exemplo de consumo para homens e  mulheres pode ser:

3 comprimidos na parte da manhã (logo ao acordar);

3 comprimidos na parte da tarde, respeitando o tempo de 6 horas depois da refeição principal do meio dia;

Porém, vale lembrar a quantidade de oxandrolona por comprimido para ajustar doses exatas para homens e para mulheres.

Diante do exposto neste artigo, concluímos para que serve a oxandrolona com um alerta:

Trata-se de lembrar que o uso indevido ou desorientado de anabolizantes pode comprometer a performance e a saúde humana.

E, se as explicações expostas neste artigo lhe foram úteis lembra de compartilhar nas redes e postar sua opinião sobre este tema.

 

Referências

SANTOS, A. M.; ROCHA, M. S. P.; SILVA, M. F. Illicit Use and abuse of anabolic-androgenic steroids among Brazilian bodybuilders. Substance Use & Misuse, London, v. 46, no. 6, p. 742-748, 2011.

PARKINSON, A. B; EVANS, N. A. Anabolic androgenic steroids: a survey of 500 users. Medicine & Science in Sports & Exercise, Madison, v. 38, n. 4, p. 644-51, 2006.

CARMO, E. C. et al. A associação de esteroide anabolizante ao treinamento aeróbio leva a alterações morfológicas cardíacas e perda de função ventricular em ratos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v. 17, n. 2, p. 137-141, 2011.

 

...VEJA TAMBÉM...



Whey Protein Growth

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui