21 nov

Bi Set – Guia sobre a Técnica + Exemplo de Treino

Bi Set – Guia sobre a Técnica + Exemplo de Treino

Uma das técnicas mais conhecidas dentre os frequentadores de academias é o bi set, e o motivo principal para que ela seja tão usada é porque realmente tem proporcionado resultados incríveis.

Ao conhecer esta técnica e aprender como aplicá-la ao seu treino da maneira correta, você poderá obter resultados melhores em relação ao ganho de massa muscular.

Além disso, ela é uma técnica que proporciona com que você gaste bem menos tempo na academia, e, ainda por cima não tenha que ficar preso a exercícios com muitas repetições.

O artigo a seguir foi idealizado para pessoas que desejam entender mais sobre o assunto e conseguir melhores resultados de ganho de massa muscular.

 

O que é o Bi Set?

 

Os bi set nada mais são do que a realização de dois exercícios diferentes, tanto para o mesmo grupo muscular quanto para músculos antagonistas, em sequência e sem descanso.

Os bi sets são normalmente utilizados até a falha ou com um número já pré- definido de repetições.

Devido ao estresse muscular provocado pela combinação dos exercícios, ele é excelente para que ocorra a hipertrofia, já que o estímulo é muito grande, principalmente quando se alcança a fadiga.

 

Exemplo de Treinos usando Bi Set

 

Abaixo separamos alguns exemplos de treinos com bi set para que você consiga ter uma ideia de como funciona esta prática.

 

Exercícios para um único grupo muscular

Esta forma de praticar os bi sets é conhecida por ser a mais exigente, já que o nível de fadiga a que os músculos chegam após serem treinados é grande.

Para que você consiga obter um resultado melhor ainda, podem ser colocadas variações no exercício, o que poderá gerar mais estresse muscular e, consequentemente, mais crescimento.

Alguns exemplos são os seguintes:

10 reps de paralelas + 10 reps de tríceps testa

Esta série é composta por dois exercícios que visam treinar o mesmo grupo muscular, o tríceps.

 

10 reps de Supino reto + 10 reps de crucifixo

Da mesma forma que o anterior, nesta série busca-se trabalhar o mesmo grupo muscular, o peitoral.

 

 

Exercícios para grupos musculares antagonistas

Existem dúvidas quanto ao treinamento de grupos musculares antagonistas ser um bi set ou uma super série, já que ela é uma técnica que trabalha com grupos musculares opostos.

Alguns exemplos são os seguintes

10 reps de supino reto + 10 reps de remada aberta

O supino reto é um exercício para o peitoral enquanto a remada aberta visa treinar as costas.

 

10 reps de Rosca direta + 10 reps de tríceps testa

A rosca direta treina o bíceps, enquanto o tríceps testa, como o nome mesmo já diz, exercita o tríceps.

 

 

Para quem o Bi Set é indicado?

 

Pessoas que não possuem muito tempo para gastar na academia costumam gostar muito de praticar os bi sets, já que esta técnica simplifica muito o tempo gasto.

Além disso, pessoas que estão buscando a hipertrofia muscular são as mais indicadas para utilizarem a técnica dos bi sets, já que ele provoca a fadiga muscular, o que proporciona o aumento muscular.

 

Para quem o Bi Set não é indicado?

 

Pessoas que estão buscando por um treino que lhes proporcione força não devem utilizar este tipo de técnica, já que ela visa melhorar a hipertrofia muscular.

Ao realizar o bi set é comum que ocorra uma perda de desempenho na força, já que são dois exercícios conjugados, e, portanto, para quem busca o aumento da força, esta não é a melhor solução.

Treino Usando Bi SetMesmo se você utilizar o bi set com grupos musculares antagônicos a fadiga resultante do acúmulo de treinos vai acabar comprometendo o sistema nervoso central, diminuindo sua capacidade de produzir força.

Leia também:

Tri-Sets – Guia sobre a Técnica + Exemplo de Treino

Treino em Pirâmide – Guia sobre o Método + Exemplo de Treino

GVT – Guia sobre a Técnica Avançada de Treinamento + Exemplo de Treino

 

Qual é o intervalo ideal entre as séries?

 

Os bi sets não possuem intervalo entre os exercícios, e, portanto, os dois exercícios são considerados uma série, pois são praticados um em seguida do outro.

A pausa é então realizada depois que são feitos os dois exercícios, sendo que o intervalo ideal depende muito do seu objetivo.

O intervalo recomendado é de 30 segundos a 1 minuto para quem visa a hipertrofia, para que desta forma o músculo não perca a tensão necessária para produzir o estímulo que proporciona o crescimento muscular.

 

Vantagens da utilização dos Bi Set

  • Economia de tempo: conforme já explicamos anteriormente, uma das melhores coisas acerca desta técnica é a economia de tempo que ela proporciona, pois ao fazer dois exercícios sem descanso é possível otimizar o tempo gasto.
  • Maior crescimento muscular: a fadiga muscular gerada pela combinação dos exercícios cria o cenário perfeito para o crescimento muscular, e quanto mais músculos você desenvolver, maior será o potencial para futuros ganhos musculares.

 

Desvantagens da utilização dos Bi Set

  • Utilização de muitos aparelhos ao mesmo tempo: uma das principais desvantagens deste tipo de técnica é que no momento em que você precisa praticá-la precisa ter pelo menos dois equipamentos livres. O que pode facilitar a utilização dos bi sets é fazer uso de pesos livres.
  • A técnica não possibilita que você demonstre a sua real capacidade: por tratar-se de uma técnica que propõe que sejam realizados dois exercícios em seguida sem descanso, você chegará no segundo já um pouco fadigado, o que impossibilitará que utilize a força que usaria se praticasse o exercício isoladamente.

 

Caso deseje incluir os bi sets no seu treino, procure antes por um profissional de educação física que poderá te situar melhor acerca da técnica e proporcionar um treino especifico ao seu objetivo.

Também é importante que você possua já algum conhecimento sobre os exercícios antes de colocar em prática esta técnica, já que corre o risco de acabar com uma lesão caso esteja se exercitando da forma errada.

De maneira geral os bi sets são uma técnica bastante simples, que pode ser utilizada pelos mais variados níveis de esportistas, somente exigindo um certo preparo para não se machucar.

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

20 nov

Receita de Suco Detox para Perder Barriga

Receita de Suco Detox para Perder Barriga

É comum nos dias de hoje que as pessoas queiram conhecer receitas de suco detox para perder barriga, afinal, essa é a região onde há mais acúmulo de gordura e mais dificuldade para eliminá-las. Porém, é preciso entender – antes de mais nada – que para eliminá-las em qualquer parte do corpo – a principal ferramenta é o emagrecimento saudável como um todo. Por isso, se há o desejo de ter o corpo mais definido, é importante frequentar uma academia ou praticar uma atividade física e fazer uma dieta completa.

Mas, obviamente há alimentos que ajudam muito para que seja possível chegar aos objetivos de forma mais rápida, seja diminuindo o desejo de comer compulsivamente ou mesmo promete uma desintoxicação do corpo, essencial para quem acaba de sair de uma rotina alimentar muito desregrada e com excessos de industrializados e a de açúcar. É o caso das receitas de suco detox para perder barriga que iremos apresentar hoje. Separamos duas incríveis e vão ser excelentes para quem precisa de uma força extra nessa difícil tarefa.

Suco Detox para Perder BarrigaA primeira conta com dois ingredientes já conhecidos dos adeptos da vida saudável: berinjela e limão. Ambos promovem mais saúde digestiva e podem liberar a retenção líquida. Além disso, a berinjela é fonte de vitaminas essenciais para o bom funcionamento do organismo e o limão é considerado termogênico, ou seja, capaz de aumentar o metabolismo.

Já nossa segunda receita é um mix de legumes, ervas e frutas, que promovem mais saúde para o corpo de forma geral e tem um poder incrível de queimar calorias. Por isso, ele é mais indicado para quem deseja perder peso de forma acentuada. Sem mais delongas, confira o que separamos!

Vamos à primeira receita de suco detox para perder barriga: Suco de berinjela com limão!

 

Preparo do Suco de Berinjela com Limão

 

INGREDIENTES

  • 1 berinjela média ou grande
  • 1 limão
  • 200 ml de água gelada

 

MODO DE PREPARO

  1. Primeiro, você irá precisar deixar a berinjela de molho na água gelada por cerca de meia hora. Faça isso com apenas 100 ml da água que separou.
  2. Depois, esprema o suco de um limão inteiro no restante de água.
  3. Adicione o suco de limão à berinjela e beba em seguida.

 

Essa receita não é uma das mais saborosas, porém, é muito eficaz!

Rendimento: Um copo cheio.

 

Preparo do Suco Detox para Perder Barriga

 

INGREDIENTES

  • 1 folha de couve
  • 1 pepino
  • 1 limão
  • 1 maçã
  • Algumas folhas de hortelã
  • 200 ml de água gelada

 

MODO DE PREPARO

  1. Primeiro, rale bem o couve e corte o pepino em rodelas bem fininhas
  2. Esprema o limão ao máximo e leve seu suco ao liquidificador junto com a couve e o pepino
  3. Corte a maçã em pedaços bem pequenos e também leve ao liquidificador
  4. Adicione folhas de hortelã e água bem gelada
  5. Bata bastante e beba logo em seguida

 

Rendimento: Um copo cheio.

Gostou das receitas de hoje? Curta e compartilhe com seus amigos!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

20 nov

10 dicas para quem treina de manhã!

dicas para quem treina de manhã

Acordar cedo não é fácil e nunca é demais dar dicas para quem treina de manhã e precisa arranjar maneiras para continuar focado nos treinos mesmo tendo um horário pouco convencional.

É muito fácil encontrar pessoas que decidem começar a treinar cedo e logo desistem, por falta de disciplina e estratégia, pois também é necessário ser um pouco estrategista para conseguir levantar cedo da cama, principalmente em dias frios.

O seu corpo e sua mente precisam ser estimulados ao começar uma rotina de treinos pela manhã, até que você realmente consiga se adaptar e até sentir falta quando não conseguir ir pra academia por algum motivo.

Por esses motivos separamos 10 dicas para quem treina de manhã e quer continuar motivado e superando seus limites a cada dia.

 

10 Dicas para quem Treina de Manhã

 

Se alimente corretamente na noite anterior

O que você come na noite anterior tem um impacto direto na sua eficiência nos treinos no dia seguinte, afinal, uma alimentação muito pesada significa uma noite mal dormida, e, consequentemente, vai te deixar cansado demais para sequer acordar.

O que você deve fazer então é sempre tentar ter uma alimentação balanceada contendo proteínas e vegetais e esperar pelo menos 90 minutos após o jantar para dormir, para que o corpo consiga digerir bem os alimentos.

 

Prepare o seu treino com antecedência

Dentre as dicas para quem treina de manhã esta é uma das principais, pois ela vai proporcionar com que você se comprometa a ir para a academia no dia seguinte.

treinar pela manhãE isso não significa planejar apenas os exercícios que você vai fazer, mas também quanto tempo você vai ficar na academia, de que maneira vai chegar lá, além, é claro, das séries e repetições.

Também é importante ter um horário para chegar na academia, pois senão corre o risco de acordar e perder um tempo enorme no café da manhã, o que vai fazer com que todo o trabalho que você teve para acordar cedo seja perdido.

 

Certifique-se de deixar tudo preparado na noite anterior

Ninguém tem vontade de levantar da cama cedo se ainda tem que arrumar a mochila para a academia e fazer o café da manhã, então deixe tudo preparado na noite anterior.

Essa é uma boa maneira de preparar a sua mente para o que vai acontecer no dia seguinte, pois você só precisará levantar da cama, vestir a roupa que separou, pegar a mochila pronta e tomar o café da manhã.

 

Durma pelo menos 7 horas por noite

Dormir é fundamental para que você consiga ter disposição para fazer exercícios no dia seguinte e o ideal é que consiga descansar pelo menos 7 horas por noite.

Logicamente que, se você acorda 5:30 da manhã, isso vai significar que, provavelmente, terá que dormir mais cedo, entre 21:30 e 22:30 da noite, para que seu corpo consiga se habituar a uma rotina.

 

Escolha um horário realista para acordar

Escolher um horário realista para acordar também é importante, pois não adianta de nada querer acordar 4:30 da manhã se normalmente nem as 7:30 você consegue despertar.

dicas para quem treina pela manhãSeja sincero consigo mesmo, e escolha um horário em que você consiga realmente colocar em prática os seus planos de se exercitar pela manhã.

Ter metas realistas é fundamental para que você não fique desmotivado porque nunca consegue acordar no horário e acabe desistindo dos treinos.

 

Pratique exercícios regularmente

Para criar um hábito é fundamental que você pratique exercícios entre 4 a 5 dias por semana e que mantenha isso por, pelo menos, 3 a 4 semanas.

Afinal, se você pratica exercícios somente de vez em quando, sempre vai parecer que você está começando do zero, e este é um fator que desmotiva.

Crie uma espécie de desafio para si mesmo e continue com esta rotina de exercícios regularmente, acordando cedo, e perceberá uma enorme mudança em sua vida.

 

O aquecimento começa em casa

Tomar um banho quente no momento que acorda já ajuda a começar a se aquecer para a academia, pois a temperatura do seu corpo diminui enquanto você está dormindo e ir para a academia assim torna-o mais suscetível a se machucar.

Então tome um banho quente para que ele se aqueça e você consiga melhorar a sua performance.

Outro ritual que proporciona com que você se anime e entre já no clima do exercício no caminho é colocar a música alta, pois academia e desanimo não combinam.

 

Se possível, tenha uma amigo para treinar cedo com você

Este não é um item obrigatório, até mesmo porque, se você deseja acordar 5:30 da manhã não vai ser fácil encontrar alguma amigo disposto a fazer este sacrifício também.

Mas se você tem alguém assim na sua vida, você é realmente uma pessoa afortunada, pois a motivação que uma companhia pode proporcionar é impressionante.

E, se algum dia estiver com muita preguiça, seu amigo pode te tirar da cama e te obrigar a ir para a academia, que é o que todos precisamos de vez em quando.

 

Faça uma playlist para os seus treinos matinais

Outra dentre as dicas para quem treina de manhã é fazer uma playlist com as músicas que mais te animam para fazer exercício.

Já comece escutando quando estiver no banho, para que já saía de casa empolgado e pronto pra entrar na academia com o pé direito.

 

Deixe o seu treino eficiente

Se você está acordando cedo para fazer exercícios significa que não tem muito tempo durante o dia, então torne o seu treino o mais eficiente possível, isto é, pelo menos até ter saído da academia evite ficar verificando as redes sociais.

Utilizar super séries também auxilia a tornar seu treino mais eficiente, já que através dele você pratica dois exercícios seguidos sem intervalo, o que poupa bastante tempo.

Portanto, essas são as dicas para quem treina de manhã, um momento do dia em que pode ser difícil acordar, mas depois que tiver terminado o treino vai perceber como valeu a pena ter feito um pouco de esforço para se levantar da cama.

 

Referências
Hannah Newman. 24 actually helpful tips for waking up early to work out
CNN. 5 tips for starting a morning exercise routine.

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

20 nov

Entenda o que é e Para que serve a Biomassa de Banana Verde e como fazer!

Para que serve a Biomassa de Banana Verde e como fazer

Imagine poder aproveitar todos os benefícios dos seus alimentos preferidos sem ter a culpa de ingerir excesso de glúten? Essa é a proposta dos adeptos da biomassa que, em geral, é feita com a banana ainda verde. Para quem nunca ouviu falar do termo, pode parecer que o resultado de pães e bolos que levam este ingrediente não sejam parecidos com o original, mas a verdade é justamente o contrário: ela traz um sabor e uma textura bem aproximada com o que estamos acostumados, além de ser muito mais saudável. No artigo de hoje vamos explicar o que é e para que serve a biomassa, além de trazer uma receita bem simples e prática – mesmo quem não tem experiência com cozinha, irá conseguir prepará-la rapidamente.

 

Para que serve a Biomassa? Uso culinário geral.

 

Antes de apresentarmos a receita, precisamos explicar para que serve a biomassa de banana verde. Como o próprio nome indica, ela substitui a massa tradicional feita de trigo, ou seja, aquela que é rica em glúten. Seu uso é variado, como:

Pães: A biomassa é excelente para o preparo de pães, doces ou salgados. A textura final fica bem saborosa e vale a pena experimentar!

Bolos: Além dos pães, não podemos deixar de citar os bolos que podem ser feitos com a biomassa de banana verde. Mesmo sem o trigo, o resultado é excelente e obviamente muito mais saudável que o original.

Para quem não tem conhecimento de alimentação fitness ou mesmo dietas sem glúten, pode parecer difícil utilizar a biomassa de forma simples. Como dissemos acima, ela pode ser a substituição da farinha em bolos e pães. E para fazer isso é bastante fácil: ao invés do uso de uma massa tradicional, dobre o valor indicado na receita para a biomassa. O resultado serão bolos e pães com textura bem parecida do original e um sabor bastante agradável.

 

Para que serve a biomassa no quesito saúde?

 

Vamos entender um pouco melhor porque a biomassa deve estar entre os alimentos que todos que buscam uma vida saudável devem experimentar. Além da falta do glúten, ela ainda tem inúmeros benefícios para o organismo. Vamos listar os principais:

Saúde do intestino: Se você pesquisar em qualquer livro ou artigo para que serve a biomassa, o primeiro benefício que encontrará será a sua relação com a saúde do intestino. Ela é capaz de regenerar tecidos, otimizar a digestão, diminuir problemas como prisão de ventre e ainda evitar diarreias. Tudo isso devido aos amidos resistentes que estão presentes na fruta antes que ela chegue a amadurecer – é por este motivo que as bananas utilizadas são bem verdes. Esses amidos resistentes atuam como as fibras, porém, tem uma ação muito mais potente e pontual no órgão. Para quem sofre ou quer evitar problemas no intestino, a biomassa é muito recomendada e eficaz.

Emagrecimento: A maioria das pessoas procura saber para que serve a biomassa no quesito emagrecimento e se surpreendem positivamente. Ela pode ter forte influência na perda de peso já que, por ser livre de glúten, é muito menos calórica. Mas o motivo principal para que a biomassa seja eficaz na perda de peso é sua forte sensação de saciedade prolongada. Por isso, comer um bolo ou pães preparados com ela é uma forma de aproveitar os alimentos que gosta e ainda saber que está rumo ao seu objetivo.

Leia também:

Benefícios da Chia para quem faz Dieta

Benefícios do Kefir de Leite, como fazer e usar para Emagrecer

Sistema cardiovascular: Os mesmos amidos resistentes que protegem o intestino também auxiliam a reduzir os índices de colesterol elevado, o que reflete diretamente na saúde do coração como um todo. Para quem treina pesado ou mesmo começou uma atividade física, consumir alimentos que tenham este tipo de efeito é essencial para prevenir possíveis problemas. Além disso, o colesterol alto pode ser um fator problemático para a perda de peso e para a manutenção da saúde como um todo.

Ação Antioxidante: Por fim, a biomassa ajuda a diminuir os sintomas de envelhecimento precoce das células, pois tem uma ação antioxidante bastante intensa – o que significa cabelos e pele mais saudáveis e bonitos e com aspecto rejuvenescido. Tudo isso se dá ao número elevado de vitaminas do complexo B presentes na banana ainda verde, que não se perdem mesmo depois do cozimento em bolos e pães.

Agora que citamos os principais benefícios dessa massa, sem mais delongas, confira a receita simples e prática que separamos logo abaixo!

Vamos à receita de biomassa de banana verde. Anote ai!

 

Como Fazer a Biomassa de Banana Verde

 

INGREDIENTES

  • 3 bananas bem verdes
  • 200 ml de água

 

MODO DE PREPARO

  1. Pegue as bananas bem verdes, lave-as bem com o auxílio de uma bucha nova e leve-as para a panela de pressão
  2. Adicione os 200 ml água e deixa-as cozinharem por 8 minutos. Comece a contar assim que a panela pegar pressão
  3. Desligue e deixe a pressão acabar naturalmente. Isso ajudará as bananas a chegarem no ponto exato
  4. Assim que a panela estiver segura, abra-a com cuidado e retire as bananas com o auxílio de um pegador
  5. Deixe esfriar um pouco. Retire a casca de todas elas aproveitando o máximo das frutas
  6. Leve-as no liquidificador e bata bem até que a textura esteja parecida com uma massa comum
  7. Use nas suas receitas ou guarde no congelador (dura até 3 meses)

Como Fazer a Biomassa de Banana VerdeRendimento: Com 3 bananas, você consegue até meia xícara de biomassa. Se gostar, a dica é fazer um pouco mais da próxima vez. É importante saber que, se houver necessidade, é possível acrescentar 10 ml de água para cada banana na hora de bater. Faça isso aos poucos para evitar que a massa fique muito líquida. Caso o seu liquidificador seja bem potente, não será preciso fazer esse processo.

Como dissemos lá em cima, para utilizar essa massa, basta acrescentá-las no lugar da massa tradicional das receitas. O resultado é bem agradável e muito mais saudável!

 

Gostou da receita de hoje? Curta e compartilhe com seus amigos! Até a próxima!

 

19 nov

Whey Protein Concentrado – Para que server, como tomar, preços e onde encontrar

O que é o Whey Protein Concentrado

O Whey Protein Concentrado é um suplemento funcional, sendo a proteína do leite a matéria prima principal.

Ainda é necessário desmistificar o uso do Protein apenas como fonte de proteína para garantir o aumento de massa muscular aos atletas profissionais e pessoas que buscam o melhor condicionamento para o corpo.

Pois, o produto pode ser utilizado para melhorar outros aspectos da vida de pessoas não atletas, propriamente dito.

O Whey Protein de forma geral, trata-se de uma substância oriunda da porção aquosa das proteínas do leite bovino. Elas contêm considerável número de aminoácidos essenciais (aqueles que o corpo humano não produz).

Dentre esses aminoácidos, destaca-se a ação da leucina. Substância que favorece o anabolismo muscular, ou seja, potencializa o metabolismo celular.

Outro processo melhorado pelo uso do Whey Protein é o da síntese proteica, processo que ajuda no ganho de massa muscular.

Por ser rico em proteína, o Whey Protein é excelente para biossíntese, o que significa dizer que auxilia na renovação celular.

 

A diferença do Whey Protein Concentrado, Isolado e Hidrolisado

 

Talvez você já tenha ouvido falar que existem três tipos de Whey Protein: Concentrado, Isolado e Hidrolisado.

Eles se diferenciam basicamente por seu processo de fabricação, pela inclusão de componentes distintos e valor nutricional.

No concentrado irá encontrar traços dos seguintes elementos: gorduras; carboidratos e lactose, as vezes em teor mais alto que os outros.

No Protein isolado não vai encontrar:

  • Lactose;
  • carboidratos;
  • Gorduras.

E por isso, é indicado para diabéticos, e talvez seja o mais usado nas academias de treino, pois é fácil de encontrar.

Na versão hidrolisada, que é a menos usado dos três, você, tem o processo de absorção mais rápido. Sua disponibilidade nas prateleiras é menor e um motivo é pelo valor, pois é bem mais caro.

O Whey Protein Concentrado é o mais acessível das três versões. Isso não quer dizer que é o menos eficiente, pelo contrário, garante a mesma satisfação a quem utiliza.

Leia também:

O que é WHEY PROTEIN, para que serve, como e porque tomar?

Whey Protein Isolado – Para que server, como tomar, preços e onde encontrar

Whey Protein Hidrolisado – Para que server, como tomar, preços e onde encontrar

A diferença está no modo de elaboração, que no caso deste suplemento, é desenvolvido pela técnica denominada ultrafiltragem.

Neste processo, as moléculas maiores de proteína ficam presentes no suplemento o que garante níveis mais altos de BCAA – aminoácidos essenciais de cadeia ramificada.

Nos critérios de fabricação o Whey concentrado contém de 35 a 80% de proteínas, valor superior aos demais.

Uma das marcas bem recomendadas no mercado é o Whey da HTPro Nutrition. Disponível nos sabores morango, chocolate e baunilha, pode ser comprado direto do fabricante, clicando aqui!

 

Para que serve o Whey concentrado?

 

O consumo adequado do Whey Protein Concentrado somado a atividades físicas regulares, oferece as pessoas muitas vantagens.

Além de benefícios para o tecido muscular, o Whey Protein auxilia em outros processos fisiológicos. Entre eles estão:

 

#Facilita a digestão

Da mesma forma que melhora a absorção, proporcionando maior números de aminoácidos plasmáticos (blocos de construção de proteínas no organismo), consumidos através dos alimentos.

 

#Diminui a degradação das macromoléculas nutritivas

Isso significa, que a fórmula deste suplemento evita o catabolismo muscular, garantindo a pessoa preservar os níveis de aminoácidos e proteínas.

 

#Aumenta a massa magra muscular

É complicado perder massa muscular, porque quanto mais temos, mais as articulações ficam protegidas.

A massa corpórea ideal é importante para manter os níveis de energia e força.

 

#Eficaz para restauração muscular

Após os treinos é inevitável a fadiga muscular ou mesmo microlesões, neste caso o Protein concentrado é mais eficiente, amenizando os sintomas e fortalecendo a musculatura para os próximos treinos.

 

#Ajuda a amenizar o estresse emocional e físico

Os suplementos com Whey são alimentos completos, com substâncias que agregam a saúde não apenas física, como também mental.

Por isso, é indicado como nutriente também para a fadiga psicológica.

 

#Melhoras na saúde óssea

A perda óssea, principalmente quando se constata doenças como a osteoporose, exige a suplementação, e neste caso, o Whey pode ser utilizado como coadjuvante.

 

#Aumento na imunidade

Todos os wheys possuem soro de leite, o que aumenta a Glutationa, importantíssima para defender nosso organismo de agentes externos como, bactérias e vírus.

 

#Previne lesões musculares

Com o consumo gradual do whey concentrado, cada músculo vai sendo abastecido com mais proteínas, o que aumenta a resistência, principalmente evitando lesões em treinos de alta intensidade, como os focados na hipertrofia.

 

#Sacia

Por elevado teor de proteínas, dá uma sensação de saciedade, por isso, algumas pessoas utilizam o produto associado a dietas para emagrecer.

 

Como tomar o Whey Protein Concentrado?

 

Lembramos que o Whey Protein Concentrado é composto de muita proteína. E a ingestão de proteína de forma diária, por exemplo, dependerá da rotina de exercício de cada um.

Por isso, é interessante que antes de consumir qualquer tipo de suplemento, procurar um nutricionista ou profissional da área para prescrever a forma certa de tomar.

Pessoas que levam vida sedentária não devem consumir o Whey Protein da mesma maneira que atletas.

Mas, de forma geral existe uma recomendação para tomar o suplemento:

  • Pessoas que realizam exercícios de 5 a 6 vezes por semana, durante 1 hora, podem consumir de 1,2 a 1,4g/Kg
  • Pessoas que realizam exercícios de 5 a 6 vezes por semana, acima de 1 hora, podem consumir de 1,6g/Kg;
  • Pessoas que praticam exercício de forma mais intensa, o consumo deve ficar acima de 1,8g/Kg

Já os sedentários, podem consumir o Whey Protein numa proporção de 0,8g/Kg.

Lembrando sempre que mulheres grávidas e nutrizes não devem consumir nenhum tipo de suplemento sem prescrição médica.

O consumo pós-treino (logo após) ainda é o mais indicado.

O pó de Whey pode ser adicionado ao leite, água, sucos sem perder em nutrição, no entanto em cada preparo tem alteração no valor calórico.

Para potencializar o resultado pós-treino é indicado consumi-lo junto com uma proteína de absorção rápida.

 

Preço do Whey Protein Concentrado e onde Comprar

 

O Whey Protein Concentrado é encontrado nos melhores varejos de produtos naturais. O interessado encontrará muitas marcas, de vários preços.

Também, comprará o Whey Protein em sites especializados em produtos naturais e de suplementos. Nesse caso é bom se assegurar se o site é tem alguma citação no Reclame Aqui, por exemplo.

Caso escolha o e-commerce para adquirir o Whey Protein, se atente a experiência de outros usuários, tanto na satisfação com site quanto do produto.

A mesma coisa vale para as marcas. Pesquise sobre sua procedência, garanta que o produto que vai consumir tenha qualidade.

O Whey Protein é comercializado em pó. São potes de diferentes pesos, que atenderão a necessidade de quem procura o produto para melhorar o desempenho atlético.

O preço em média desse produto fica em torno de R$ 80,00 a R$ 100,00. Os valores são referentes a embalagens de 900g.

 

A eficiência do Whey Protein

 

Perfeito para quem treina com séries de alta intensidade, este Whey age como recuperador muscular pós-treino e como coadjuvante de proteção para os treinos seguintes.

A Revista Brasileira de Nutrição Esportiva reforça que para a satisfação no uso do Whey Protein, só existirá se relacionado a práticas de exercícios físicos.

Apenas tomá-los sem realizar atividades regulares, não trará o efeito esperado.

No estudo apresentado por essa revista, confirma que o Whey Protein Concentrado é excelente fonte proteica, e realmente favorece o ganho de massa magra.

Novamente salientamos que antes até mesmo de realizar exercícios ou de consumir qualquer suplemento, procure orientação médica ou de um profissional de educação física.

Realize exames, faça avaliações físicas. Tudo ocorrendo bem, vá com tudo nos exercícios, e busque ajude de substâncias como o Whey Protein Concentrado.

Pois, cuidar do seu corpo com segurança acima de tudo, é palavra de ordem.

E neste caso, nós podemos te orientar na escolha do Protein Concentrado: Experimente o HTPro Nutrition, 100% saboroso e com ótimas referências!

 

Referência

Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. v. 9. n. 54. p.607-613. Nov./Dez. 2015. ISSN 1981-9927.

ZIEGLER, Fabiane La Flor; SGARBIERI, Valdemiro Carlos. Caracterização químico-nutricional de um isolado protéico de soro de leite, um hidrolisado de colágeno bovino e misturas dos dois produtos. Rev. Nutr., Campinas, v. 22, n. 1, p. 61-70, Feb. 2009. 

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

18 nov

Benefícios da Chia para quem faz Dieta

Benefícios da Chia para quem faz Dieta

Os benefícios da chia para emagrecer estão cada vez mais difundidos entre os amantes da boa forma e é difícil encontrar nos dias de hoje quem nunca tenha ouvido falar dessa semente e das suas propriedades excelentes para ajudar na perda de peso. De origem mexicana, ela é da mesma família de plantas como a sálvia e tem uma característica bem própria: se você experimentar deixar algumas sementes de molho na água, notará que elas aumentarão de tamanho, se transformando em uma espécie de gel. E é esse o grande motivo pelo qual elas estejam sendo consideradas verdadeiras aliadas das dietas, ajudando a prolongar a sensação de saciedade e fazendo com que seja possível consumir menos calorias no dia, sem passar fome. No artigo de hoje, iremos contar tudo sobre a os benefícios da chia – suas indicações e formas de consumo. Confira logo abaixo o que separamos!

 

Os benefícios da Chia para Emagrecer
Entendendo um pouco mais sobre eles

 

Para entendermos um pouco melhor os benefícios da chia para o emagrecimento e para a saúde de forma geral, precisamos ter em mente que ela contém um número bastante elevado de ácidos graxos, que são essenciais para o bom funcionamento do corpo. Isso sem falar dos demais nutrientes, como as proteínas e as fibras, que auxiliam na digestão e mantém o organismo saciado por mais tempo. Vamos entender agora exatamente quais sãos os motivos para que a chia provoque o emagrecimento. São eles:

Benefícios da ChiaEnergia para treinos: Como a chia é uma fonte de carboidratos, ela também ajuda bastante a otimizar os treinos, mesmos os que tenham apenas como finalidade a perda de peso, como é o caso dos aeróbicos. Por isso, seu consumo é um grande aliado para quem busca mais energia e disposição física. Esse é um dos motivos pelos quais a semente é mais recomendada pela manhã, durante o café ou o mais tardar no horário do almoço: ela faz com que a o resto dia dia seja muito mais produtivo e que as refeições seguintes não precisem ser de alta valor calórico.

A sensação de saciedade: Como foi dito, a chia tem um poder incrível para trazer sensação de saciedade ao longo do dia. Isso foi explicado lá em cima: devido ao seu poder de retenção de água, a semente praticamente dobra de tamanho em contato com o suco gástrico do estômago, gerando muito menos fome ao longo do dia e deixando a refeição mais leve. Isso é bastante interessante para quem sofre com problemas de ansiedade e compulsão alimentar. E é importante ressaltar que, de forma geral, esse aumento da chia no estômago é inofensivo e não traz riscos. Obviamente, é preciso ficar atento a quantidade, que falaremos mais abaixo.

 

Quantidade diária recomendada

 

É sempre bom lembrar que os alimentos precisam ser consumidos com moderação e que nenhum deles pode ser responsável por todo um processo de emagrecimento. Como a chia tem um poder de absorção de água muito alto, a quantidade ideal por dia deve ser de 10 gramas ou uma colher de sopa. A dica é salpicar um pouco da semente nas refeições ou mesmo tomá-la com água. Esse valor pode ser dividido durante o dia, tornando o consumo mais fácil. A mistura da chia com o arroz ou macarrão é uma das mais recomendadas, pois essas são as refeições onde temos a tendência de comer mais do que é necessário. É possível também acrescentar um pouco ao molho vermelho ou ao molho branco.

Leia também:

Benefícios do Abacate para quem Treina (Super Fruta)

Benefícios do Kefir de Leite, como fazer e usar para Emagrecer

 

Além da Musculação

 

Obviamente, a chia não tem valor apenas no processo de emagrecimento. Por ser uma semente rica em nutrientes e ácidos graxos, ela traz benefícios para o organismo de forma geral, que vão muito além da perda de peso. Mesmo quem não busca esse objetivo, é possível usufruir do valor nutricional da chia. Vamos citar algumas das vantagens no seu consumo:

Saúde dos ossos: A chia tem 5 vezes mais cálcio do que o leite de vaca, que é um dos alimentos mais recomendados para evitar problemas nos ossos e nas articulações. Isso significa que ela é uma excelente auxiliadora nesse quesito e pode manter essa parte do corpo mais estruturada e menos propensa à dores. Para quem pratica exercícios com frequência, a chia é ainda mais recomendada, pois diminui as chances de lesões e otimiza os treinos.

Desintoxicação do corpo: Rica em antioxidantes, a chia é um alimento bastante interessante quando o assunto é desintoxicação do organismo. Utilizá-la diariamente promove maior saúde ao corpo e eliminação mais rápida de substâncias agressivas. Além disso, a semente é rica em fibras, que faz com que o sistema digestivo fique muito mais eficaz, diminuindo dores de estômago e ainda fazendo com que o intestino funcione corretamente. Há pesquisas indicando que a saúde em geral depende de como eliminamos as toxinas e de como nosso sistema digestivo funciona. Por isso, sempre vale a pena utilizar alimentos que promovam melhorias nesse sentido.

Saúde do coração: A chia tem uma porção significativa de Ômega 3, que são os tais ácidos graxos que citamos ao longo deste artigo. E muitos médicos indicam o consumo desse tipo de nutriente para prevenir problemas no coração, como infartos e outras doenças. Além disso, o Ômega 3 atua na prevenção de danos cerebrais e até mesmo no combate à depressão.

 

Conclusão

Como conclusão, podemos afirmar que os benefícios da chia são impressionantes e o seu consumo com moderação é bastante indicado como forma de perder peso e promover mais saúde ao organismo. Porém sempre lembramos que o emagrecimento depende de muitos fatores, especialmente de uma dieta controlada por nutricionistas e também de exercícios físicos regulares, especialmente os aeróbicos, como corridas. Se tiver dúvidas sobre qual a melhor maneira de emagrecer de maneira saudável, não deixe também de procurar um médico endocrinologista e antes de qualquer tipo de mudança na sua rotina alimentar e de atividades diárias, faça exames preventivos, como hemogramas, de pressão arterial e também que indiquem como anda a saúde do seu coração.

Gostou do artigo? Curta e compartilhe com os seus amigos. Até a próxima!

 

Referências

Renata Bressan Pepe, Nutricionista da Clínica Alfredo Halpern, Autora do Artigo “Chia – A semente do momento.”
Dietary fiber – Adequate intake and effects on metabolism health
Celso Cukier, Médico do HCor (Hospital do Coração)
Bruna Pitaluga Peret Ottani, médica ginecologista e obstetra, pós-graduada em Nutrologia e membro do The Institute for Functional Medicine – IFM

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

17 nov

Benefícios do Abacate para quem Treina (Super Fruta)

Benefícios do Abacate

O abacate já foi uma das frutas proibidas para quem treina ou deseja emagrecer, devido ao seu número elevados de calorias. Para entendermos melhor, basta fazer uma pequena comparação: meio abacate médio pode chegar a ter em torno de 200 calorias – tornando-se mais calórico que um misto quente, por exemplo. Seguindo esse raciocínio, fica fácil entender o motivo para que ele tenha sido deixado de lado por tantos anos. Porém, a grande verdade é que os benefícios do abacate são inúmeros e podem surpreender aqueles que o subestimaram. No artigo de hoje, vamos contar os principais deles para quem pratica musculação e treina pesado, além de explicar o que faz um alimento rico em calorias e em gorduras possa ser considerado pelos médicos tão saudável e nutritivo. Confira!

 

Os Benefícios do Abacate

 

Como dissemos, os benefícios do abacate para quem treina são inúmeros e isso envolve as gorduras encontradas na fruta. Embora elas sejam bem calóricas e em grandes quantidades, não são consideradas maléficas ao organismo. Ou seja, as gorduras que encontramos nos abacates são as que chamamos de “gorduras boas”, responsáveis por melhorar o funcionamento do intestino, otimizar a digestão e ainda serem capazes de diminuir a presença do colesterol ruim, o LDL.

Isso sem contar com o fato de que são elas as “culpadas” por aquela sensação de saciedade que se estende ao longo do dia todo. Pense bem: quando ingerimos leite desnatado, a fome pode aparecer logo em seguida. Isso não acontece quando ingerimos o leite integral. O que causa essa saciedade? As gorduras. A mesma ideia pode ser aplicada ao abacate: embora mais calórico, ele faz com que a vontade de comer demore para aparecer, ajudando bastante na dieta. Vamos agora à mais alguns benefícios do abacate:

O abacate ajuda na musculação: Rico em cálcio, um dos principais benefícios do abacate para quem treina é a sua ação direta nos ossos e articulações. A fruta pode proteger de dores, problemas como fadiga e até mesmo evitar lesões. O cálcio também é famoso por ser uma excelente fonte de recuperação dos tecidos que revestem o músculo, por isso, ele pode ajudar bastante no pós-treino e ser um aliado de quem precisa evoluir nas séries. Além disso, ele é rico em potássio, o que faz com que todo o treino seja otimizado, haja muito mais força muscular e menos riscos de câimbras. Acredita-se que os níveis de potássio no abacate podem superar os da banana.

Abacate no TreinoLeia também:

Benefícios da Beterraba para quem Treina

Benefícios da Canela para quem Treina

Abacate: um poderoso aliado para quem precisa repor Gh e IGF1

Força e resistência: Além do cálcio e do potássio, o abacate conta com uma quantidade excelente de outros minerais, como ferro, magnésio e zinco. Juntos, eles são capazes de trazer mais resistência e força muscular, dar mais ânimo e energia para os treinos e evitar a famosa fadiga dos músculos – que ocorre quando há uma exaustão e impede o atleta de continuar ou evoluir com as séries.

Diminuição de riscos cardiovasculares: As gorduras boas presentes no abacate são essenciais para diminuir os riscos de doenças cardiovasculares e até mesmo problemas como derrames. Além disso, a fruta conta com ômega 3 e diversos outros ácidos graxos, que são essenciais para equilibrar os níveis de colesterol do corpo. Tudo isso junto torna o treino muito mais seguro e evita complicações futuras. Obviamente, é necessário manter o acompanhamento médico alaido com a dieta supervisionada por um nutricionista para garantir que tudo saia como planejado.

Proteção ao organismo como um todo: Por fim, temos que citar o fato de que os benefícios do abacate vão muito além dos treinos. Rico em vitamina C, ele protege o organismo de gripes, resfriados e até mesmo de bactérias oportunistas. A fruta também conta com níveis grandes de vitamina A e vitamina E, que são essenciais para o bom funcionamento do corpo de forma geral.

 

Formas de aproveitar os Benefícios do Abacate
Pré ou Pós Treino

 

Para aproveitar os benefícios do abacate em sua totalidade, é recomendado que ele seja utilizado sempre no pré-treino em um intervalo de tempo de, no mínimo, uma hora. Isso porque a fruta é bastante calórica e pode causar um pouco de lentidão se ingerida próximo demais à atividade física. Também é válido lembrar que, por ser muito calórico, o abacate deve ser consumido com cautela. A dica é não passar de meia fruta por dia e evitar adicionar açúcar. Vale a pena adicionar metade de um abacate com 100 ml de leite, para ajudar na digestão e aproveitar melhor suas propriedades.

Já no pós-treino, a regra é até meia hora após o exercício, para que a fruta possa ser útil na recuperação muscular.

 

Cuidados com o Abacate
Não perca nada da fruta!

 

O abacate é uma fruta de rápida oxidação, por isso, é bastante comum que ele se perca de um dia pro outro. Para quem deseja manter a dieta em dia, metade dele já é mais do que o suficiente para o dia, portanto, a dica é manter a outra metade coberta com um papel alumínio e na geladeira até a manhã seguinte. Isso irá evitar que ela fique com aquele aspecto de passado e manterá o sabor original. Outra dica é preparar a vitamina com o abacate inteiro e armazenar o restante. Desta forma, ele não estraga e pode ser consumido em até dois dias.

 

Conclusão

Entendemos no artigo de hoje que o abacate é uma excelente fonte e gorduras boas e que pode ser uma das frutas mais indicadas para quem treina pesado ou mesmo para quem deseja emagrecer. Isso por causa do cálcio que ajuda na recuperação muscular e também devido à sensação de saciedade estendida que a fruta traz para quem a consome. Não se esqueça de evitar mais do que meio abacate por dia e sempre o armazene de forma que ele não estrague e possa ser utilizado no dia seguinte. Por fim, nossa dica é que dê uma chance à essa fruta tão saborosa e que foi descriminada por tanto tempo. Consuma com moderação e aproveite todos os benefícios do abacate!

 

Gostou do artigo de hoje? Curta e compartilhe com seus amigos. Até a próxima!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.



INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação