Você faz Bulking? Já ouviu falar em AGEs e seus malefícios à saúde?

Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

Bulking SujoGeralmente, os hábitos alimentares mudam quando o atleta está em preparação para uma competição, visando definição e o mínimo possível de gordura (Cutting). Na maioria das vezes,  o Bulking é um período onde a maior prioridade é o aumento de peso, força muscular e volume. Mas como é constituído o bulking sujo? Comendo alimentos de baixo valor nutritivo e alto valor energético como lasanhas, pizzas, carboidratos simples em excesso (alto I.G.), proteína em excesso e produtos industrializados com alta concentração de sódio. Com uma dieta dessas, nem é preciso falar que o indivíduo aumenta de peso… Mas não é um ganho saudável, pois se aumenta o peso com maior retenção hídrica (glicogênio alto e Na+) e altas concentrações de carboidratos simples elevam a insulina, levando a quadros de hiperinsulinemia que em uma parte, armazena em gordura (lipogênese).

Mas quais problemas podem ocorrer com uma má alimentação em certo período? A hiperglicemia crônica ou picos de insulina após a alimentação, podem promover a geração de AGES (produtos da glicação avançada) que pode desencadear doenças associadas ao diabetes mellitus (cardiopatia, neuropatia, nefropatia, retinopatia) (Barbosa et al, 2009) e aterosclerose, onde muitas vezes se associa a resistência à insulina com obesidade e má nutrição (Vlassara & Uribarri, 2014).

Mas somente em diabéticos, os altos níveis de AGEs circulantes estão diretamente ligados com complicações vasculares diabéticas? Não, pelo menos foi o que Xu et al. (2015) mostraram após selecionar pacientes não diabéticos do sexo masculino (n=139) para seu estudo. Os níveis de AGEs do soro foram examinados, assim como a resistência à insulina. O resultado do estudo mostrou que os níveis séricos de AGEs foram associados com a resistência a insulina em pacientes não diabéticos, assim como um biomarcador em doentes com apneia obstrutiva do sono (OSA), com alto risco para desenvolver o diabetes tipo 2. Cada vez mais se sustenta que altos níveis de AGEs circulantes são vistos como um risco potencial de lesões das células β (Insulina), com resistência a insulina e diabetes (Mark et al, 2014; Vlassara & Uribarri, 2014)

 

Ganhar peso é diferente de construir músculos!
Procure um nutricionista para adequar sua alimentação!

 

Referências Bibliográficas

Barbosa, J. H. P.; Oliveira, S. L.; Seara, L. T. Produtos da glicação avançada dietéticos e as complicações crônicas do diabetes. Rev. Nutr. v. 22, n. 1, p. 113-24, Jan./Fev., 2009.

Mark, A. B.; Poulsen, M. W.; Andersen, S.; Andersen, J. M.; Bak, M. J.; Ritz, C.; Holst, J. J.; Nielsen, J.; Courten, B.; Dragsted, L. O.; Bügel, S. G. Consumption of a diet low in advanced glycation end products for 4 weeks improves insulin sensitivity in overweight women. Diabetes Care. v. 37, n. 1, p. 88-95, Jan., 2014.

Vlassara, H.; Uribarri, J. Advanced glycation end products (AGE) and diabetes: cause, effect, or both?. Curr. Diab. Rep. v. 14, n. 1, Jan., 2014.

Xu, J. X.; Cai, W.; Sun, J. F.; Liao, W. J.; Xiao, J. R.; Zhu, L. Y.; Liu, J. Y.; Zhang, W. Serum advanced glycation end products are associated with insulin resistance in male nondiabetic patients with obstructive sleep apnea. Sleep Breath. Jan., 2015.

 

Salvar

...VEJA TAMBÉM...



Whey Protein Growth

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui