24 jan

Diferença entre Gordura Subcutânea e Gordura Visceral

Gordura-Subcutânea_Gordura-VisceralGORDURA SUBCUTÂNEA – A gordura subcutânea se localiza logo abaixo da camada mais externa da pele. Esta é a que você pode beliscar com os dedos. A gordura subcutânea cobre os músculos abdominais e se você tem muita, não será capaz de ver os seus músculos abdominais. Em comparação, a gordura visceral está localizada entre os órgãos dentro do corpo. Você não pode agarra-la, embora ela vá fazer o estômago ficar protuso se você tiver muito. Há evidências de que os homens tendem a ter mais gordura visceral do que as mulheres, as quais tendem a ter mais gordura subcutânea. Uma vez que as mulheres atingem a menopausa, elas começam a desenvolver mais gordura visceral.

GORDURA VISCERAL – A gordura visceral fica por trás da parede abdominal e os órgãos que rodeia, no interior da cavidade peritoneal. A gordura visceral afeta negativamente a saúde, aumentando a inflamação nos órgãos. Em parte, porque ele libera substâncias chamadas adipocinas, que são proteínas de sinalização celular que aumentam a pressão arterial e influenciam a insulina. A gordura visceral, também diminui a quantidade de adiponectina no corpo, um hormônio essencial para a queima de gordura que ajuda a acelerar o metabolismo, o que significa que existem mais triglicéridos ao entrar na corrente sanguínea. A combinação da diminuição da sensibilidade à insulina, hipertensão e triglicérides elevadas, muitas vezes pode resultar em aterosclerose, colesterol elevado LDL (o tipo mau) e é um fator importante para o desenvolvimento de diabetes.

Adiponectina x Adipocinas – A adiponectina é secretada a partir de tecido adiposo ou gordura subcutânea e ajuda na absorção de glicose e sensibilidade à insulina. Tem efeitos anti-inflamatórios que suportam a pressão sanguínea saudável e função cardíaca. Diabéticos e pessoas com sobrepeso têm níveis mais baixos de adiponectina, o que significa que quanto mais gordura você tem, mais gordura você vai ter. Como mencionado acima, adipocinas são liberadas pela gordura visceral e incluem IL-6 e TNF-a, o que levanta pressão sanguínea, diminui a sensibilidade à insulina e causam inflamação.

 

Localização Gordura Subcutânea e Gordura Visceral

 

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

Gordura-Subcutânea-e-Gordura-Visceral

 

Como agir com o exercício – A maneira mais eficaz para se livrar da gordura visceral é fazer intervalos de alta intensidade e treinamento de força. Os Sprints demonstraram ser mais eficazes. Uma revisão de pesquisa de treinamento de alta intensidade (HIT), observou que “o efeito do exercício aeróbio regular sobre a gordura corporal é insignificante”. Um estudo que comparou o efeito de exercício de alta intensidade (60 tiros com 8 segundos cada e 12 segundos de repouso) com exercício aeróbio (60 por cento do consumo máximo de oxigênio por 40 minutos) constatou que HIT resultou em reduções significativas na massa gorda total, enquanto que o grupo de exercício aeróbio tinha um ganho de gordura de 0,44 kg em média. O grupo HIT também teve uma diminuição significativa de 9,5 por cento em gordura visceral, enquanto o grupo aeróbio teve um aumento não significativo de 0,2 kg ou 10,5 por cento. De interesse relacionado, é que o grupo HIT insulina em jejum diminuiu significativamente, mais do que o grupo de tratamento aeróbio (31 versus 9 por cento). O melhor protocolo para a perda de gordura visceral é um físico de alta intensidade como intervalado com sprints e, um programa de treinamento de resistência. Isso permitirá que você queime gordura visceral e construa músculos. Mais músculo irá elevar o metabolismo e causar um melhor ambiente hormonal , diminuindo assim as adipocinas.

 

Referência Bibliográfica:
Boudou, P., Sobnngwi, E., et al. Absence of Exercise-Induced Variations in Adiponectin Levels Despite Decreased abdominal Adiposity and Improved Insulin sensitivity in Type 2 Diabetic Men. European Journal of Endocrinology. 2003. 149(5), 421-424.
Boutcher, Stephen. High-Intensity Intermittent Exercise and Fat Loss. Journal of Obesity. 2011. Published Ahead of Print.
Seidell, J., Bjorntorp, P., et al. Visceral Fat Accumulation in Men is Positively Associated with Insulin, Glucose, and C-Peptide Levels, but Negatively with Testosterone Levels. Metabolism. September 1990. 39(9), 897-901.
Hunter, G., Brock, D., et al. Exercise Training Prevents Regain of Visceral fat for 1-Year Following Weight Loss.Obesity. 2010. 18(4), 690-695.
Trapp, E., Chisholm, D., et al. The Effects of High-Intensity Intermittent Exercise Training and Fat Loss and Fasting Insulin Levels of Young Women. International Journal of Obesity. 2008. 32(4), 684-691.

 






DICAS RELACIONADAS


4 comentários em “Diferença entre Gordura Subcutânea e Gordura Visceral

  1. Queria saber se anabolizantes como Ciclo 6 e GH são bons para o crescimento muscular e a saúde do cabelo que cresce mas daí vi a sacada genial de que as gordura subcutâneas é que as que bloqueiam o aparecimento da definição e acho que anabolizantes têm menos importância para se ficar sarado do que eu achava.
    Ouço muitas pessoa que querem tomar anabolizantes para ficarem saradas e elas desconhecem, muito provavelmente que se elas ficarem com menos gordura subcutânea elas, muito provavelmente nem vão precisar gastar com anabolizantes.
    Obrigado pelos esclarecimentos.

  2. Infelizmente a maioria de nós não temos condições nenhuma de fazer estes treinos de tiros aí, isso aí só pode ser feito por quem já tem bagagem, iniciante morre na esteira se fizer 60 tiros de 8 seg. não suporta nem a pau!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.