02 nov

CARBOIDRATOS – Entenda sua Importância e funções!

carboidratosPrimeiramente deixo bem claro que low carb é diferente de não comer carboidratos, muitas pessoas não comem carboidratos como se fosse um estilo de vida.

Fisiculturistas (há exceções) fazem low-carb perto de uma competição, porém, ao retornarem dela, voltam a sua rotina normal. A intenção aqui não é criticar, e sim esclarecer alguns fatos sobre essas dietas que muitas pessoas fazem sem acompanhamento.

Funções dos carboidratos:

  • Principal fonte de energia do corpo;
  • Ativador metabólico: Regulam o metabolismo proteico, poupando proteínas;
  • Necessários para o funcionamento normal do sistema nervoso central. O cérebro não armazena glicose e dessa maneira necessita de um suprimento de glicose sanguínea. A ausência pode causar danos irreversíveis para o cérebro;
  • A celulose e outros carboidratos indigeríveis auxiliam na eliminação do bolo fecal. Estimulam os movimentos peristálticos do trato gastrointestinal e absorvem água para dar massa ao conteúdo intestinal;
  • Apresentam função estrutural nas membranas plasmáticas das células.

 

A IMPORTÂNCIA DOS CARBOIDRATOS

 

Os hidratos de carbono são a chave para o máximo de energia, velocidade, resistência, concentração, recuperação e melhor equilíbrio hídrico. Eles são vitais para atletas e pessoas ativas, porque eles são o principal combustível para o corpo.
Pense em hidratos de carbono como o gás necessário para abastecer um carro. Sem gás, um carro não será executado. Da mesma forma, sem carboidratos, seu corpo não tem o combustível que necessita para apoiar suas atividades físicas e mentais diárias, ou seja, o seu rendimento pra “levantar o leg press” depende muito do seu estoque de energia, não comer carboidratos faz com que você tenha um péssimo rendimento, além de degradar boa parte da sua massa muscular, já que será uma alternativa como suprimento de energia.

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

Se você estiver ligado ao low-carb ou dieta Paleo mania, você pode ter notado o aumento da energia, melhor digestão e bom humor, e uma linha de cintura encolhendo. Bom para você. Mas algumas pessoas que já fizeram paleo diet, particularmente aqueles que estavam anteriormente em um high-carb têm sido confrontados com efeitos colaterais inesperados acenando de volta para o mundo dos carboidratos.
Curiosamente, estes efeitos secundários incluem uma vasta gama de sintomas que são quase idênticos aos sintomas de deficiência hormonal da tireóide.

VOCÊ TEM CERTEZA QUE QUER MEXER COM A TIREÓIDE? OK, VAMOS LÁ… A Mudança abrupta pode ser demais para a tireóide…

As pessoas que se deparam com problemas low-carb diet parecem seguir um padrão. No início, eles perdem peso como se esperava, mas depois, em vez de sentir-se mais enérgico de sua perda de peso, eles desenvolvem fadiga, por vezes acompanhada de sintomas de baixa função da tireóide, incluindo extremidades frias, perda de cabelo e problemas digestivos. Só por consumir mais carboidratos, novamente, eles podem reduzir esses sintomas.
Porque os seus sintomas de fadiga e outros são clássicos para o mau funcionamento da tireóide fazendo com que haja uma desrregulação hormonal.
Se você tem sofrido de hipotireoidismo grave, você pode ter passado por momentos em que você se sentiu como se realmente só quero rastejar para um lugar tranquilo e descansar por um longo, longo tempo. Seu corpo estava dizendo para hibernar. Vimos a parte hormonal, agora algumas desvantagens..

 

Desvantagem de uma dieta sem carboidrato:

  1. Se há perda de massa muscular,há redução da Taxa de Metabolismo Basal (TMB), ou seja, o valor calórico mínimo necessário para manter a vida. Isso se deve a redução de hormônios que influenciam o metabolismo; aumento da enzima glicogenosintase que fabrica o glicogênio muscular e aumento da efetividade de receptores GT4 das células adiposas; receptores de gordura, ou seja, VAI COMEÇAR A ESTOCAR GORDURA;
  2. COLESTEROL : dietas ricas em gorduras saturadas e pouco ou nenhum carboidrato mostram um aumento do LDL bem acima do limite estabelecido;
  3. RINS, ARTICULAÇÕES E ÁCIDO ÚRICO: a utilização de proteínas como fonte de energia leva à formação de ácido úrico e ureia em demasia, o que sobrecarrega os rins, podendo levar à formação de cálculos renais;
  4. FÍGADO, GORDURAS E UREIA: o fígado é o órgão destinado às transformações bioquímicas necessárias à vida e, quando está sobrecarregado, compromete todo o metabolismo e pode acumular gordura;
  5. CARBOIDRATOS E CÉREBRO: o sistema nervoso é o primeiro a ser afetado na ausência de carboidratos, o que leva à irritabilidade, insônia e falta de concentração;
  6. O sistema imunológico é afetado, pois o músculo passa a fornecer aminoácidos como fonte de energia e perde a resistência a infecções.

 

É importante que atentem para a necessidade do seu corpo. Nem todo mundo precisa de uma dieta low carb, ou sem carboidratos. Devemos pensar sempre na INDIVIDUALIDADE BIOLÓGICA e que cada corpo responderá de uma forma diferente. “Recomendo que procure um NUTRICIONISTA para adequar a dieta ao seu treinamento e estilo de vida”.

 

Salvar






DICAS RELACIONADAS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.