Fluoxetina engorda ou emagrece? Prós e Contras do Medicamento

Fluoxetina engorda ou emagrece? Prós e Contras do Medicamento
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

Fluoxetina engorda ou emagrece é a principal dúvida entre pessoas que precisam usar o medicamento. Confira agora o que é verdade sobre o Prozac!

São vários o quadros e doenças em que o uso da Fluoxetina é recomendado, inclusive com elevado índice de assertividade.

Isso porque Fluoxetina, ou melhor a substância ativa do remédio mundialmente famoso Prozac, foi e ainda é a droga com efeito relevante sobre a produção de serotonina.

A serotonina, estando equilibrada, passa a ser um agente de luta contra diferentes doenças ligadas ou não ao sistema nervoso, como veremos adiante.

Entretanto, Cloridrato de Fluoxetina, é um fármaco que promove diferentes efeitos no organismo humano, entre eles, engordar ou emagrecer.


Sendo assim, nos valeremos deste artigo para abordar o tema: Fluoxetina engorda ou emagrece.

Igualmente abordaremos o que está envolvido nestas questões, por exemplo, prós e contras. Leia com atenção!

 

O que é o Fluoxetina?

 

Como já vimos, Fluoxetina é a nomenclatura usada para designar o Prozac.

Trata-se de uma droga com grande respaldo no quesito antidepressivo e por isso é julgado essencial como inibidor seletivo de recaptação do neurotransmissor serotonina.

Atribuí-se a Eli Lilly and Company – empresa americana – a descoberta da Fluoxetina, em meados dos anos 70.

O ápice do reconhecimento da droga é notório nos anos 80, após melhorias na fórmula, o que levou ao Prozac ser reconhecido como pílula da felicidade.

Sabe-se que entre os supressores de doenças nervosas, a Fluoxetina parece ser aquele com menos efeitos, ou, por outro ponto de vista:

… bem  mais aceito pelo organismo da maioria que precisam ser tratadas com a droga.

Isso se deve sua performance para atuar especificamente sobre a produção de serotonina, trazendo assim alívio, quase que momentâneo para diversos distúrbios.

Mesmo com intensos estudos e fase de teste, ainda hoje, a dúvida ao iniciar o tratamento se fluoxetina engorda ou emagrece paira no ar.

Porque organismos reagem de forma diferente a droga, e entre os efeitos colaterais poderá estar a redução de peso e do contrário também.


 

Para quais tratamentos é recomendado Fluoxetina?

 

Porque você acha que o Prozac já foi chamado de pílula da felicidade?

De acordo com alguns estudos, médicos, em busca de alívio imediato, recomendam Fluoxetina até mesmo para problemas como timidez excessiva.

Ou ainda, em casos onde o paciente relata sentir tristeza e fobias.

Sim, fluoxetina engorda ou emagrece, porque é um inibidor natural de desordens como compulsão, insônia, ansiedade.

A especificidade do Prozac é melhorar a quantidade de serotonina no cérebro, sendo assim, é uma droga potente para tratar:

  • Depressão diagnosticada;
  • Bulimia;
  • Quadros de estresse prós traumas;
  • DOC – Distúrbio obsessivo compulsivo;
  • TOC – Transtorno obsessivo compulsivo;
  • TDPM – Transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM);
  • TPM – Tensão pré-menstrual;
  • Disforia;
  • Fibromialgia;
  • Irritação excessiva;
  • Transtorno do pânico.

 

Em quais situações Fluoxetina Engorda ou Emagrece?

 

Fluoxetina é uma droga moderna, recomendada para homens e mulheres, sempre através de receituário controlado.

Fluoxetina engorda porque tende aumentar o apetite em alguns casos. Sendo assim a pessoa come mais e o ganho de massa gorda ocorre, às vezes de forma imensa.

Não são raros casos que pessoas começaram a tomar Prozac e em pouco tempo perceberam grande aumento de peso.

O que pode resultar em outras doenças como hipertensão e AVC e pior, poderá gerar problemas na autoestima.

Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

Segundo, Drug Information Handbook – um livro que explica tudo sobre a fluoxetina – é normal um, entre 10 usuários da droga, sentir mudanças no peso, com ganhos relevantes.

Isso porque antidepressivos serotoninérgicos – os quais se referem a manutenção do neurotransmissor – e que engloba vários nomes conhecidos, por exemplo:

  • Sertralina;
  • Citalopram;
  • Escitalopram;
  • Paroxetina (ISRS).

 

E também a Fluoxetina. Todos funcionam por vias que envolvem:

  • Retrocesso na produção de dopamina o que leva a mais fome;
  • Inibição do estímulo do 5HT2C;
  • Redução na produção de Leptina, o que leva a mais vontade de comer alimentos calóricos;
  • Disparidade na produção de outro neurotransmissor importante a acetilcolina.

 

Já, Fluoxetina emagrece, quase que majoritariamente no início do tratamento, porque existe queda acentuada na vontade de comer.

Inclusive, Fluoxetina é usada como recurso para tratamento de obesos, conforme publicado em 2003 na revista American Family Physician.

Contudo, estudos mais recentes afirmam que o emagrecimento decorrente do uso da droga não é sustentável a longo prazo.

O paradoxo de que serotoninérgicos seriam coadjuvantes para tratar a obesidade não vale  mais no contexto pós-modernidade.

Leia também:

OXANDROLONA (Anavar), para que serve, benefícios, colaterais e como tomar

O que é a Trembolona, para que serve, benefício, efeitos colaterais e como tomar

Diazepam para Dormir funciona? Qual sua função, como usar?

O que é Dianabol, para que serve, benefícios, colaterais, como tomar

Clembuterol: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Hormônio do Sono (Melatonina): Benefícios em tomar para Dormir Melhor

Inclusive é consensual no meio médico, conforme o documento Consenso Latino-Americano de Obesidade e o Consenso Brasileiro de Diabetes.

Estima-se que uma perda de peso, de fato ocorra nos primeiros 70/80 dias de tratamento, porém Fluoxetina engorda no período posterior a este tempo.

Para mulheres, já que praticamente absorvem 70% do percentual de pacientes que consomem antidepressivos serotoninérgicos, saber mais sobre Fluoxetina engorda ou emagrece, ajudará e ponderar se precisa realmente da droga.

 

Fluoxetina engorda e emagrece? Conheça seus Prós

 

Bem antes de entender se fluoxetina engorda ou emagrece devemos saber sobre a lista de benefícios que a droga oferece.

Por se tratar de uma fórmula pontual, muitas opiniões médicas afirmam que  fluoxetina tem mais vantagens do que desvantagens.

Em síntese, podemos dizer que o medicamento é positivo e recomendado porque:

  • Não leva a dependência, basta descontinuar o uso gradualmente;
  • Não traz prejuízos ao cérebro;
  • É um protetor de células neurais;
  • Os efeitos colaterais tendem a desaparecer após alguns dias de uso;
  • Permite o uso por período prolongado e às vezes continuamente por toda a vida;
  • Traz melhorias significativas para a vida daqueles que sofrem de depressão;
  • Seu custo é acessível;

Além disso, tem excelente performance para controlar sentimentos e emoções compulsivas e obsessivas.

 

Fluoxetina engorda e emagrece ? Conheça seus Contras

 

Igualmente afirmamos para os interessados em tomar a droga e estão mais preocupados em entender se fluoxetina engorda ou emagrece, vale lembrar os contras do remédio.

Alguns relatos afirmam que logo no início do tratamento, alguns efeitos como insistentes pesadelos, sono excessivo ou do contrário, cefaléias – evitam a continuidade do tratamento com fluoxetina.

Outras adversidades se manifestam com:

  • Redução no apetite, que pode levar a fraqueza;
  • Alterações na libido com quedas no desejo e desempenho sexual;
  • Menos chances de chegar ao orgasmo;
  • Para idosos os efeitos colaterais são mais notados;
  • Com o passar do tempo, pode existir necessidade de doses mais altas.

Entretanto, a maior advertência e contrariedade sobre o uso de Fluoxetina está nos casos de pessoas que sofrem com transtorno bipolar, já que a droga pode manifestar como propulsora de estágios eufóricos e do contrário também.

 

Como tomar Fluoxetina?

 

Indiferente de saber com antecipação se fluoxetina engorda ou emagrece, é preciso destacar que indiferente para qual  tratamento está sendo prescrito a droga, a dose diária máxima de 80 mg deve ser respeitada.

Versões em drágeas e gotas com concentrações de 10 mg/dose e 20 mg/dose estão disponibilizadas para atender diferentes demandas.

 

Vejamos agora algumas situações de quantidade para Fluoxetina:

Versão de Fluoxetina concentração 10 mg, é recomendada para tratar Transtorno Depressivo Maior com a posologia de 20 mg diariamente.


Igualmente pode-se pensar nesta dosagem para Síndromes ansio-depressivas.

Enquanto que para Transtorno obsessivo-compulsivo, Bulimia nervosa e até obesidade, doses diárias podem variar de 20 mg até  60 mg, no primeiro caso, e 60 mg/ nos dois últimos diagnósticos.

Nos concentremos agora na versão Fluoxetina comprimidos com 20mg/dose, que nesta caso serve para tratar depressão, Transtorno Disfórico Pré-Menstrual e outras patologias, conforme citamos anteriormente.

Neste caso respeita-se a quantidade diária conforme explicamos acima, porém, para TDPM, doses diárias sem interrupções a começar duas semanas antes de menstruar, ou, por períodos aleatórios.

Fluoxetina engorda ou emagrece também se usado na versão gotas, que é comum para tratar pessoas que têm dificuldade para engolir comprimidos, por exemplo.

Algumas ponderações sobre Fluoxetina ainda envolve:

  • Observar o horário para tomada (sempre no mesmo horário);
  • Doses superiores a 20 mg por dia, devem ser distribuídas em duas tomadas com intervalos de 12 horas;
  • Quantidades menores são ideais para idosos e doentes nefrológicos e hepáticos.

 

Efeitos colaterais da Fluoxetina

 

Desde leves como diarreia, ausência de fome, bocejos, enjôos até mais agressivos como vasodilatação, equimose, astenia, algumas pessoas são mais susceptíveis aos efeitos da Fluoxetina.

Evidências comprovam que reações do tipo:

  • Coceiras;
  •  Vasculites;
  • Sensibilidade a luz;
  • Eritema multiforme).
  • Disfagia;
  • indigestão;
  • Tremores;
  • Vertigens;
  • Contrações nos músculos involuntariamente;
  • Palpitações;
  • Queda de cabelo;
  • Incontinência urinária…

E talvez a pior de todos, confusão mental, podem ocorrer durante o uso de Fluoxetina.

 

Contraindicações da Fluoxetina

 

Alérgicos a algum componente da fórmula, obviamente não deve usar a droga.


Pessoas que já fazem uso de inibidores da monoamino oxidase (IMAO), do tipo Parnate e Aurorix também está inaptos para usar Fluoxetina.

Menores de 18 anos não podem usar Fluoxetina, gestantes só poderão consumir mediante orientação prescrita por um médico, igualmente essa regra serve para nutrizes.

Diabéticos também devem consumir Fluoxetina com cautela e supervisão médica.

Ressalta-se que existe interações medicamentosas com Fluoxetina que podem ser agravantes em determinadas doenças, sendo assim, é fundamental diagnóstico preciso de um médico se existe necessidade de ingerir a droga.

 

Para finalizar…

Para finalizar este artigo, esperamos ter contribuído para dirimir sua dúvida em relação Fluoxetina engorda ou emagrece.

Certamente este remédio não é indicado para planejamentos que envolvem estratégias de emagrecimento, já que no longo prazo pode promover ganhos em peso.

Se as informações lhe ajudarão, lembra de compartilhar o post na sua rede social preferida.

 

Referências

Kalia, M. Neurobiological basis of depression: an update. Metabolism, 2005.

Tamminga WJ, Wemer J, Oosterhuis B, Zeweew RA, Leij LFMH, Jonkman JHG. The prevalence of CYP2D6 and CYP2C19 in a population of healthy Dutch volunteers. Eur J Clin Pharmacol. 2001;

Stark P, Hardison CD. A review: multicenter controlled center of fluoxetine vs imipramine and placebo in outpatients with major depressive disorder. J Clin Psychiatry. 1987.

 

3 COMENTÁRIOS

  1. No meu caso uso a fluoxetina e nunca engordei, já tem alguns anos por conta da ansiedade que faço o uso. Me sinto muito bem.
    Parabenizo ao dicas de treino pelo artigo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui