11 out

Buclina ajuda a Engordar? Conheça seus Benefícios, Colaterais e Como Tomar

Buclina ajuda Engordar Conheça seus Benefícios, Colaterais e Como Tomar

Buclina ou Buclizina é um remédio usado para aumentar o peso, muito recomendado para pessoas extremamente magras.

A indicação citada acima, é na verdade um efeito colateral deste medicamento, que serve primariamente para abrandar sintomas como enjoo e vômitos, comuns aos eventos com deslocamento por veículos.

Buclizina ainda é utilizada para amenizar efeitos colaterais de medicamentos como náuseas, enjoos e vômitos.

Um dos efeitos colaterais da Buclina é o ganho de peso, isso vem influenciando para que pessoas muito magras, com dificuldades para engordar busquem no remédio uma alternativa.

Mas, será que Buclina ajuda mesmo a ganhar peso? Quais os efeitos colaterais? Quem pode tomar?

São algumas das respostas que terá ao longo deste artigo. Divirta-se e enriqueça seu conhecimento com a leitura!

 

O que é Buclina?

 

Buclina é um medicamento que contém o princípio ativo dicloridrato de buclizina, normalmente na concentração de 25mg, apresentados em comprimidos.

Para revestir os comprimidos são usados diversos excipientes, entre eles, mencionamos o amido de milho, celulose microcristalina, povidona k e lactose monoidratada.

Na versão Xarope de Buclina,  usualmente está incorporado – a cada 5 ml –  6mg de cloridrato de meclizina

Pertencente à família dos anti-histamínicos, é bastante utilizado para conter sintomas como náuseas, enjoamento, vertigens e mal-estar, que algumas pessoas apresentam quando viajam de avião, de carro ou mesmo navio.

Como antiemético, consegue bloquear os efeitos da histamina H1 no organismo e por isso também aumenta o apetite.

Esse considerável aumento da vontade de comer é aproveitado por pessoas ectomorfas, que não conseguem aumentar o peso, porque não comem a quantidade recomendada de calorias diariamente.

Leia também:

ORLISTAT: O que é, para que serve e seus Benefícios para o Emagrecimento

FRANOL: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Bupropiona / Zyban: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Ou, mesmo porque possuem metabolismo acelerado e por isso consumem rapidamente as calorias ingeridas.

Esse processo para ganho de peso que a Buclina proporciona chama-se hipoglicemiante.

Como o medicamento em questão age diretamente e com veemência para estimular a secreção de insulina pelo pâncreas, quem consome a Buclina sente fome mais vezes durante o dia.

A hipoglicemia gerada pela Buclina associada a outra ação conhecida como sedação leve, aumentam a eficácia da droga como orexígeno.

Entre várias outras drogas recomendadas para engordar como:

  • Cobavital;
  • Apetil;
  • Profol;

Sendo esses 3 últimos provindos do dicloridrato de buclizina, associar o consumo a suplementos do complexo B é otimizar o processo.

É importante destacar que Buclina não é um anabolizante, e isso é muito interessante pois diminui os efeitos colaterais com o uso.

 

Para que serve a Buclina

 

Buclina serve para diminuir a sensação de mal-estar quando a pessoa está viajando por via aérea, marítima ou terrestre.

Mas, seu uso como potencializador para mais apetite é disseminado mundialmente.

Os diferentes metabolismos e a carga genética resultam em corpos muito magros ou com grande tendência para engordar.

Sabemos que a magreza excessiva causa inconvenientes, indisposição, traumas e baixa autoestima.

De um lado temos aqueles que “brigam” com a balança para que o ponteiro entre em queda.

Mas, de outro, estão os ectomorfos, aqueles que sofrem com a anorexia, bulimia e outros, vítimas das circunstâncias que por um motivo ou outro não conseguem ganhar peso.

Que mesmo buscando pelas recomendações tradicionais para engordar, como por exemplo:

  • Melhorar a dieta com mais alimentos calóricos, proteínas, vegetais e frutas;
  • Usar temperos para deixar o paladar atraente;
  • Iniciar na musculação;
  • Fazer exercícios que despertem o apetite.

Não conseguem atingir melhor performance em peso, mais músculos, anabolismo e muito menos, hipertrofia.

Seja por indicação médica – o que é correto – no caso de muita magreza, usar remédios, após extinguir tentativas naturais para engordar, é uma saída.

Já sabemos quem faz musculação, tem por hábito consumir Buclina visando aumentar a ingestão de comida e assim melhorar o ganho de massa.

Mas, pessoas magras por natureza é que de fato são as maiores beneficiadas.

 

Benefícios da Buclina

 

Entre as vantagens de escolher Buclizina para engordar está a facilidade em conseguir o fármaco, além disso o preço é muito acessível e isso ajuda no uso contínuo.

Além do mais, por não se tratar de um anabólico, a aceitação do organismo é muito ampla.

Outros benefícios, para quem escolher Buclina para ganho de peso são:

  • Pouquíssimos efeitos colaterais são percebidos;
  • Não aromatiza, logo não é tóxica para o fígado e rins;
  • O resultado desejado (aumento de peso) é notável em pouco tempo (3 a 4 semanas);
  • Pode ser usado por homens e mulheres porque não há nenhuma ligação com síntese hormonal;
  • Serve para tratar doentes acometidos com fibrose cística, câncer, anorexia e AIDS.

Não existem muitos estudos sobre este medicamento e como age no organismo humano.

Mas, Herman W., que utilizou buclina em mais de 20 pacientes para estimular o apetite, obteve êxito considerável, pois todos conquistaram mais peso.

Igualmente Bormans, provou a eficácia através dos experimentos com ratos, e posteriormente com crianças consideradas hipotróficas, que após o percurso de 70 dias melhoraram muito o peso corporal.

A liberação pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, garante a circulação da Buclina, porque ela realmente cumpre o que promete.

 

Qual a função da Buclina no Organismo?

 

Com ação conhecida como orexígena (comum a medicamentos indicados para quem está em risco devido a falta de consumo de comida).

Que leva ao efeito colateral chamado de hiperfagia (patologia ligada a elevação da vontade de comer).

O modo que age o dicloridrato de buclizina é semelhante a outros estimuladores de apetite, ou seja, após consumir o comprimido ou xarope, uma mensagem será enviada ao hipotálamo.

Já no hipotálamo (situado no encéfalo), além das funções de produzir o hormônio do amor (ocitocina) e o hormônio ADH (antidiurético), tem responsabilidade sobre o sistema endócrino.

Cuja função será interagir em processos orgânicos como fome, sede, adormecer, etc.

A mensagem de que a insulina está em queda, automaticamente aciona a vontade de comer e buscar repor níveis deste hormônio.

Diante disso, é muito importante ressaltar que:

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

A Buclina é um estimulador para comer mais, entretanto serão os alimentos que escolher os responsáveis para ganho de peso.

 

O que o excesso de Buclina pode ocasionar?

 

Doses elevadas de qualquer medicamento podem ser fatais ou deixar danos irreversíveis, com a Buclina não será diferente.

Em caso de consumo excessivo desta droga, a intoxicação estará presente e por recomendação é que se procure auxílio médico rapidamente.

Porque doses extraordinárias de alcaloides como atropina, serão liberados trazendo efeitos sobre a visão, debilidade na musculatura, vontade de vomitar, confusão mental, etc.

Buclina em excesso também irá interferir nas funções do aparelho parassimpático.

Este, responsável por ações mais lentas do organismo humano, cuja rfunção é manter a harmonia na salivação, lágrimas, urina, defecação e digestão.

Leia também:

WHEY PROTEIN: o que é, para que serve, benefícios e como tomar

BCAA: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

CREATINA: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Por isso também, doses excessivas de Buclina tendem a pessoa apresentar sensações como tremedeira, cansaço extremo, batimentos cardíacos acelerados, dilatação nos brônquios, entre outros.

Em caso de consumo excessivo desta droga, a intoxicação estará presente e pôr a recomendação é que se procure auxílio médico rapidamente.

Poderá ainda ligar para 08007226001 e solicitar instruções de como proceder.

É importante salientar que o consumo desordenado poderá levar a um ganho expressivo de peso.

 

Quais são os Efeitos Colaterais da Buclina?

 

Se consumida dentro dos parâmetros recomendados, a Buclizina tem como efeito colateral principal a sonolência.

Para algumas pessoas o sono diurno é intenso e pode prejudicar o desempenho de funções diárias, como por exemplo, guiar veículos, manusear máquinas, estudar e trabalhar.

Entretanto, este efeito tende a diminuir ou cessar após uma semana de uso.

Outros efeitos colaterais são mencionados como:

  • Vertigens leves;
  • Diarreia;
  • Falta de ar;
  • Náuseas;
  • Alergias na pele;
  • Dificuldade para dormir;
  • Dor de cabeça;

Buclina pode mascarar exames para identificar alergias, além disso tem efeito potencializador sobre anestésicos e consumo de bebidas alcoólicas.

Deve-se também evitar consumir concomitantemente com depressores do grupo que agem sobre sistema nervoso central, assim como com outros anti-histamínicos, antidepressivos tricíclicos, antiparkinsonianos e outros.

 

Como tomar Buclina?

 

Evite tomar Buclina antes de eventos importantes como por exemplo, provas, exames, e principalmente antes de sair para a academia.

A sonolência se faz presente e poderá atrapalhar o rendimento nestas e outras situações.

Mulheres grávidas e que amamentam também devem evitar o medicamento, salvo orientação médica.

Para crianças, somente o pediatra poderá prescrever Buclina.

Adultos que desejam iniciar o consumo, necessariamente devem seguir orientações médicas.

Em relação a dosagem, temos que:

Dois comprimidos diários são suficientes para ganho de peso. Estes devem ser consumido via oral e com auxílio de água.

Os melhores momentos do dia para ingeri-los são:

Um comprimido 30 minutos que antecede do almoço;

Um comprimido 30 minutos que antecedem o jantar.

 

Preço da Buclina

Como dito, este medicamento é acessível monetariamente e não necessita receita médica.

Valores médios de R$14,00 a caixa com 30 compridos são os praticados.

O laboratório Sanofi-Aventis Farmacêutica ltda é o principal fabricante, entretanto. fórmulas manipuladas já existem e parecem seguros quanto a efetividade do composto.

 

É possível consumir Buclina com suplementos?

Sim! Vitaminas como B12, quando consumidas com a Buclina, no caso de pessoas muito magras potencializam o efeito do remédio.

Polivitamínicos que contém complexos de vitaminas e minerais também são recomendados em alguns casos.

Além disso, suplementos proteicos como Whey Protein ou hipercalóricos propriamente, também podem ser consumidos ao mesmo tempo que dicloridrato de buclizina.

 

Além de tomar Buclina o que mais fazer para engordar?

 

Vale salientar que o estado de magreza de um indivíduo precisa ser analisado por um médico.

Considerando que o evento poderá ser transitório (doenças emocionais, físicas, cirurgias, etc.), ou de fundo genético (ectomorfos).

Ajustar a dieta temporariamente em ambos os casos será essencial.

Alimentos como:

  • Ovos;
  • Pasta de amendoim;
  • Vegetais com bastante amido (milho, batata-doce, ervilha);
  • Carnes diversas em especial aquelas com mais fibras e músculos;
  • Grãos integrais (arroz, pão integral, aveia)
  • Frutas com bom índice glicêmico (tâmaras, bananas, caqui, coco);
  • Leite integral e derivados (manteiga, queijo amarelo);
  • Nozes, amêndoas, amendoim.

E, principalmente – se pratica atividade esportiva ou exercícios de impacto como musculação – buscar incluir suplementos pensados inteligentemente para somar a saúde, será providencial.

Bons exemplos são:

Whey Protein: que tem como base proteína isolada do soro de leite, um superalimento, que pode fazer parte da rotina de praticamente todas as pessoas.

Hipercalórico: que mistura diversos carboidratos em um só produto, auxiliando bastante para ganho de peso distribuídos em músculos e não gordura.

 

Para finalizar…

Lembramos que se é magro ou magra demais, e isso está influenciando na sua vida, vale experimentar a interferência de um remédio.

Entretanto, que seja um ato responsável e com propósito, por isso o ideal é solicitar que um médico avalie sua condição e então prescreva o medicamento.

Além disso, para engordar comer adequadamente é fundamental!

E se gostou das explicações lembra de compartilha-las nas redes, da mesma forma sinta-se convidado a participar com sua opinião sobre Buclina no espaço abaixo.

 

Referência

Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Pesquisa nacional de opinião pública sobre medicamentos genéricos [Internet]. Brasília, DF: Ministério da Saúde, ANVISA; 2002.

Loyola MA. Medicamentos e saúde pública em tempos de AIDS: metamorfoses de uma política dependente. Cien Saude Colet. 2008.

Jáuregui I, et al. Effect of H1 antihistamines upon the central nervous system. J Investig Allergol Clin Immunol. 2006

 






DICAS RELACIONADAS


Um comentário em “Buclina ajuda a Engordar? Conheça seus Benefícios, Colaterais e Como Tomar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.