12out

Musculação sem preconceitos, agora é a vez das crianças.

Só quem realmente pratica e gosta de musculação sabe que este provavelmente, seja o esporte que mais sofre preconceito da população em geral. Certas “culturas” foram se criando durante os anos, sempre buscando pontos negativos deste esporte e que, na realidade, não passam apenas de especulações sem sentido por pessoas sem nenhum conhecimento técnico do esporte.

E quando se fala de musculação para crianças, é raro achar quem não ache isso um absurdo. Vou começar este artigo, citando um trecho muito interessante do Mestre Waldemar Guimarães e da Professora Lidiane Carvalho de Melo sobre o treinamento resistido para crianças:

“Também é tido como mito que a musculação para crianças poderia acarretar diversas lesões. Risso, Lopes e Deoliveira (1999), sugerem que, ao invés de provocar lesões, o treinamento de força, aumenta a densidade óssea, atuando na sua prevenção.  Não se esquecendo que o acompanhamento de um profissional é importante para que esta questão seja correta, pois todos os cuidados serão poucos no treinamento com pesos.

É preciso adaptar o treinamento às condições individuais da criança, voltando sempre a atenção para a técnica correta de execução das atividades, quantidade de peso e a sua motivação para a execução dos exercícios. Outro mito à respeito é de que a criança que pratica musculação não cresce, mas com um treinamento adequado (analisando sobrecarga, movimentos contínuos, sem parada ou inícios bruscos) a criança pode desenvolver o seu crescimento normalmente.”

Qualquer pessoa que consiga, por exemplo, sentar e levantar de uma cadeira ou guardar as compras do supermercado na geladeira poderá praticar musculação sem causar NENHUM malefício, afinal, a musculação não é somente aquele treinamento que Arnold Schwarzenegger e Ronnie Coleman ficaram famosos por praticar, musculação também é treinar com pesos de 1 ou 2 quilos quando for necessário, e neste ponto que ter um acompanhamento de um bom educador físico é essencial.

Na musculação, diferentemente de outros esportes, temos total controle sobre a carga utilizada, tempo de descanso e intensidade do treinamento, focando no objetivo da pessoa que pratica, além de não haver grande impacto sobre as articulações quando praticada de forma correta, gerando os ganhos desejados sem riscos a integridade do praticante.

Uma coisa que é difícil de entender é de onde veio a crença de que crianças que praticarem musculação não crescerão. Este pensamento está totalmente equivocado. Ao praticarmos exercícios resistidos nós estimulamos o nosso corpo a uma série de reações fisiológicas, entre elas o aumento da produção de GH (hormônio do crescimento) responsável pelo crescimento longitudinal, ou seja, o desenvolvimento do corpo da criança ou adolescente que pratique musculação ocorrerá normalmente, além de ter um crescimento normal, a criança ao praticar musculação tem uma grande melhora em seu condicionamento físico, coordenação motora e tem um menor risco de ter futuramente problemas como hipertensão e diabetes.

Sabemos que crianças gostam de correr, brincar e pular, ou seja, gostam de estar sempre em movimento, e às vezes em atividades que causam grande impacto em sua estrutura. Porém, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) cerca de 83% das crianças brasileiras com idade escolar passam mais de duas horas diárias em frente a televisão, e é neste ponto que devemos ter a responsabilidade de estimular a pratica de exercícios físicos, supervisionados por profissionais devidamente capacitados.

Portanto, não tenha medo e nem preconceito com a musculação, este esporte milenar traz grandes ganhos e uma verdadeira qualidade de vida para nós.

 

Salvar

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

Um comentário em “Musculação sem preconceitos, agora é a vez das crianças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo

Copyright © 2017 Dicas de Treino.