Entenda como funciona a Reposição Hormonal Masculina

Reposição Hormonal Masculina

A reposição hormonal masculina é o caminho para que homens permaneçam ativos sexualmente, mas os benefícios vão muito além, acompanhe!

Ainda estigmatizada por boa parte da população masculina, a reposição hormonal, tem sido objeto de estudo por parte dos especialistas e de interesse de homens de todas as idades.

A fase, antigamente conhecida como andropausa, hoje é chamada de Deficiência Androgênica do Envelhecimento Masculino (DAEM) e atinge os homens a partir dos 45, 50 anos de idade, alterando radicalmente a rotina dessas pessoas.

Com sintomas que vão desde a melancolia, ereções fracassadas, cansaço, dificuldades de concentração e diminuição da libido, o corpo emite sinais de que algo está errado, e muitas vezes esses indícios estão ligados a queda do hormônio testosterona.

Felizmente, assim como no caso das mulheres, a reposição hormonal masculina abranda os efeitos do tempo e da diminuição dos níveis de produção da testosterona, oferecendo a possibilidade do homem se manter ativo, produtivo e saudável sexualmente.

Quer entender como a reposição hormonal pode beneficiar você também? E como pode ser feita de forma sutil, segura sem necessidade de procedimentos extenuantes e caros?

Dicas de Treino responde! Boa leitura!

 

Reposição hormonal masculina + testosterona = DAEM fora de cogitação!

 

O hormônio esteroide C19H28O2 (testosterona), é o principal hormônio masculino, responsável não só por características físicas como a abundância de pelos corporais, a voz mais grave e a maior massa muscular.

Mas, também é fundamental para manter o desejo sexual, garantir ereções satisfatórias, atuar no desempenho psicossocial, prover autonomia cognitiva influenciando para o bom desempenho das funções do cotidiano, além disso, influencia para manutenção do peso corporal e equilíbrio emocional do homem, ou seja, os níveis devem estar adequados no organismo. Você pode se informar mais sobre o isso, lendo este nosso post aqui: Testosterona, o que é, para que serve como e porque tomar.

A partir da quarta década de vida, os níveis de produção da testosterona diminuem naturalmente, e segundo estudos, as 7mg produzidas diariamente, por um homem adulto, diminuem 1% a cada ano.

Essa diminuição, no entanto, não determina veementemente o fim da fertilidade masculina como acontece com a menopausa nas mulheres, mas interfere na qualidade geral da vida do homem.

 

Porquê e quando fazer a reposição hormonal masculina?

 

Além dos sintomas físicos citados abaixo, a diminuição da testosterona afeta a vida pessoal e social dos homens, que muitas vezes se veem “subestimados” por si mesmos, tendo que passar por constrangimentos e absurdamente sendo questionados até mesmo por sua virilidade.

Os brasileiros, culturalmente apegados à masculinidade e à potência sexual, em particular, são muito afetados por esse estágio.

(DAEM) Deficiência Androgênica do Envelhecimento MasculinoPor isso, além dos exames clínicos e laboratoriais que podem indicar a diminuição da testosterona no organismo, alguns sintomas são comuns na prescrição da reposição hormonal masculina, dentre eles:

  • Diminuição da frequência das ereções matinais espontâneas
  • Aumento da sonolência diurna
  • Queda de pelos corporais
  • Desatenção e falta de concentração
  • Diminuição da capacidade cognitiva e de memória
  • Diminuição da libido
  • Ereções menos frequentes e de pouca duração
  • Aumento de peso e diminuição da massa muscular
  • Quadros frequentes de desânimo e de melancolia injustificada

Mas, é fundamental salientar que nem todos esses sintomas se manifestam ao mesmo tempo e que eles podem ser causados por outros fatores, portanto, o acompanhamento médico e os exames são essenciais para determinar a necessidade da reposição hormonal masculina.

 

Como é feita a reposição hormonal masculina

 

Depois de prescrita, a terapia hormonal masculina pode ser ministrada de diferentes formas, dependendo das características e necessidades de cada homem.

As mais utilizadas são: a injeção intramuscular e a aplicação de gel sobre a pele. Há ainda a opção por adesivos cutâneos, recentemente lançados no mercado, que apresentam grande eficácia.

No entanto, a forma natural contida nos suplementos, são de fácil ingestão, podem ser incorporadas na rotina alimentar e não agridem a saúde masculina com efeitos colaterais desagradáveis.

Há casos em que a reposição hormonal masculina deverá ser feita durante toda a vida do paciente, com o devido acompanhamento clínico e laboratorial para o adequado monitoramento dos índices de testosterona corporal.

 

Alerta! Ações preventivas podem protelar a reposição hormonal masculina

 

Embora inevitável, a diminuição dos níveis de produção da testosterona pode ser retardada a partir da adoção de hábitos saudáveis, tais como:

  • Prática regular de exercícios físicos
  • Prezar pela qualidade do sono
  • Evitar o tabagismo
  • Evitar o sobrepeso
  • Manter uma dieta equilibrada e saudável

Segundo um levantamento feito por um importante instituto norte americano, são diagnosticas 480 mil novos casos de DAEM a cada ano em homens na faixa de 50 a 70 anos.

Boa parte desses números poderia deixar as estatísticas com a adoção de hábitos mais saudáveis de vida, como maior cuidado com a alimentação e com a prática de atividades físicas.

Aproveite e leia nosso post como aumentar a testosterona naturalmente e incorpore novos hábitos na sua vida!

Vale ressaltar, que a queda da testosterona ocorre também em homens jovens, que estão no auge e vigor sexual, e por isso se manter atento a sintomas atípicos, como os citados acima, é fundamental para o diagnóstico precoce da falta da testosterona.

 

A reposição hormonal masculina como proposta para plenitude masculina

 

O prolongamento da expectativa de vida e a consequente vida sexual mais ativa entre os homens de mais idade, também é um fator determinante pela busca de mais informação e de tratamento, diminuindo a controvérsia que o assunto naturalmente provoca entre o sexo masculino.

Além disso, fatores sociais como o fato de ser cada vez mais comum a paternidade em homens com mais idade, faz com que a reposição hormonal masculina seja muito procurada.

A expectativa de vida cada vez mais alta, os avanços das pesquisas e dos tratamentos médicos, poder usufruir dos benefícios da reposição da testosterona é uma possibilidade cada vez mais acessível a homens de todos os perfis.

Não se pode ignorar o quanto o homem pode se sentir melhor aumentado a testosterona, indiscutivelmente alcançando melhor performance sexual, atingindo bom nível de desempenho nos treinos, e não menos importante se sentindo disposto e produtivo para dar conta das atribuições da vida.

No entanto, há algo muito particular para um homem quando cuida dos níveis de testosterona que é manter a autoestima em alta.

Estender a libido, se sentir viril beneficia a sua saúde física e mental, evitando quadros depressivos e de apatia, que já não combinam mais com homens deste tempo, cada vez mais ativos e produtivos.

 

Deixe seu comentário, e compartilhe essa ideia com seus amigos.

 

Whey Protein Growth Chamada Grupo Whats
Artigo anteriorReceita de Beijinho de Coco Low Carb
Próximo artigoReceita de Mousse de Chocolate Low Carb
Dicas de Treino
Os posts com a assinatura Dicas de Treino são escritos por profissionais da área de Educação Física / Personal Trainer com seu devido CREF, Nutricionista com seu devido CRN, Médico com seu devido CRM além de Psicólogos, Farmacêuticos, Redatores, entre vários outros profissionais de áreas relacionadas ao mundo fitness. Todos com o intuito de contribuir com a comunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui