O sexo é considerado Exercício Aeróbico?

O sexo é considerado Exercício Aeróbico
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

Que o sexo envolve muitos movimentos e traz vários benefícios ao corpo, todos sabem.

Porém, será que assim como uma corrida, por exemplo, o sexo queima tantas calorias?

E, por consequência, pode ser considerado um exercício aeróbico?

Além de prazeroso, é antiestressante e relaxante, proporcionando o bom humor e ininterruptas noites de sono.

Como durante o sexo é movimentado 657 músculos do corpo, ou seja, trabalha toda a musculatura corporal, independente de como as pessoas preferem fazer, o ato é considerado um exercício aeróbico, que ajuda a emagrecer, fortalece os músculos e protege o coração.

Exemplificando, é só comparar o sexo a uma corrida no parque, andar de bicicleta ou alguns minutos de musculação.

Dependendo da intensidade, fazer 30 minutos de sexo pode valer por 15 minutos de corrida moderada, na velocidade de 6 a 7 quilômetros.

Leia também:

Lista dos Top 10 Anabolizantes para Secar (emagrecer)
Lista dos Top 10 Anabolizantes para Ganhar Massa Muscular

No entanto, vale lembrar que o ato sexual não substitui os exercícios físicos, e sim, complementa, até porque as atividades físicas também contribuem pela melhora do desempenho sexual.

Especialistas explicam que para aproveitar todos os benefícios por completo, o ideal é praticá-lo regularmente, no mínimo três vezes por semana, e que a relação dure de 30 a 45 minutos, isto é, quanto mais, melhor, uma vez que a pratica estimula a atividade cerebral ao fazer o sistema circulatório e respiratório funcionarem com mais intensidade.

Com o objetivo de esclarecer as dúvidas sobre o tema, vamos explicar mais detalhadamente o porquê o sexo pode ser considerado um exercício aeróbico, quais benefícios ele traz ao corpo, dentre outras funções.

 

O sexo como Atividade Física

 

O sexo é um dos exercícios mais prazerosos, e estar com o corpo saudável e em forma é melhor ainda para aumentar o desejo e o desempenho sexual.

Durante a relação, pode perceber que o coração trabalha tanto como se estivesse fazendo um exercício puxado, tal que a respiração fica ofegante.

Todavia, quando os indivíduos tem uma boa flexibilidade, força, resistência muscular e um bom condicionamento aeróbico, provavelmente irão aproveitar mais nesta hora.

Todo exercício pode ser classificado em três níveis: leve, como uma caminhada ou movimento rápido; moderado, como correr e ficar ofegante por mais de 15 minutos; ou forte, que exigem mais energia e resistência, variando de tiros a maratonas.

Pensando assim, o sexo é leve, não desgasta fisicamente e não tem gasto energético assim tão alto.

Cientistas descobriram que uma noite de paixão pode corresponder a uma sessão de treino de corrida e o sexo foi considerado como “exercício significativo”.

Uma pesquisa realizada pelo Daily Mail mostrou que meia hora de atividade sexual faz os homens queimarem 120 calorias enquanto as mulheres queimariam 90.

Logo, as pessoas podem queimar tantas calorias em uma hora de amor quanto gastariam em uma corrida de 30 minutos, por exemplo.

Para entender um pouco melhor o porquê o sexo pode ser considerado um exercício aeróbico, veja abaixo o trabalho corporal durante as fases da relação:

 

Na Excitação

Essa é a primeira parte, quando o sangue do corpo vai para a região pélvica, produzindo a ereção nos homens e a lubrificação da vagina nas mulheres.

Após isso, a pressão arterial e a tensão muscular aumentam progressivamente. O ritmo cardíaco também se eleva: de 40 a 70 pulsações por minuto para 90 a 100 pulsações por minuto.

 

Creatina Growth
Creatina Growth
Creatina Growth
creatina Growth

Na Penetração

Nessa etapa, a respiração acelera e a pressão e batimentos continuam aumentando.

 

Durante o Orgasmo

Na fase final, a tensão muscular alcança o seu máximo e o batimento cardíaco pode chegar a 190 pulsações por minuto.

Porém, o nível de condicionamento físico da pessoa interfere nestes valores, tal que provavelmente já tenha ouvido sobre casos de infartos no ato sexual, pois um trabalho intenso do coração e pulmões, além da parte emocional, muscular, etc.

Por isso, com todo este trabalho corporal, muitas calorias são eliminadas. Mas enfatizando que o gasto calórico vai depender de cada organismo, intensidade, quantidade e tempo de prática.

Então, não significa que somente com o sexo, a pessoa vai perder alguns quilinhos e tonificar os músculos.

O ideal é conciliar uma atividade física com uma boa alimentação e a pratica regular do sexo para obter todos os resultados desejados.

 

Quais os Benefícios que o Sexo traz para a Saúde?

 

O sexo não é apenas um fator importante para o relacionamento, ele pode ser considerado um exercício aeróbico, por fazermos os movimentos de forma regular, ativando sistema e músculos.

A prática da atividade sexual melhora o condicionamento físico e a circulação sanguínea, sendo uma ótima ajuda para o sistema cardiovascular. Ainda, libera endorfinas e oxitocinas na corrente sanguínea gerando bem-estar.

Entretanto, apesar de proporcionar prazer e qualidade de vida, uma pesquisa feita na Universidade de São Paulo (USP), relatou que 70% dos brasileiros fazem menos sexo do que declaram em conversas e pesquisas públicas.

Leia também:

10 dicas para Aumentar a Testosterona Naturalmente
Enantato de Testosterona - Para que serve, Ciclos, Colaterais e Ingestão
Testosterona Bioidêntica: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, ingestão
O Sexo e a Masturbação aumentam o Nível da Testosterona?

Outro dado curioso revelou que 60% dos brasileiros afirmam ter problemas sexuais como falta desejo, incapacidade de atingir o orgasmo, ejaculação precoce e dor na hora da penetração.

Em vista disso, diante dos bons efeitos que apontaremos a seguir, talvez não pense duas vezes para intensificar sua atividade entre os lençóis.

Vamos lá!

    • Queima calorias;
    • Tonifica os músculos;
    • Melhora a saúde cardiovascular;
    • Reduz a pressão arterial;
    • Aumenta a imunidade;
    • Fortalece a musculatura do assoalho pélvico;
    • Diminui o risco de câncer de próstata;
    • Melhora o aspecto da pele;
    • Alivia a dor;
    • Alivia a obstrução nasal;
    • Alivia as crises de enxaqueca;
    • Alivia as cólicas de TPM;
    • Melhora o sono;
    • Diminui o estresse e a ansiedade;
    • Eleva a autoestima;
    • Adiciona anos de vida;

Diante de todos esses benefícios, só vale ressaltar que a entrega absoluta na relação é que faz surtir os efeitos positivos, a chamada saúde sexual.

Contudo, caso o ato não desperta atração física ou menor afinidade com o parceiro (a), pode resultar em malefícios físicos e psicológicos, com frustração e insatisfação sexual.

 

Concluindo…

A atividade sexual é uma atividade importante e relevante para a vida humana, justamente por ter impacto sobre a saúde mental, física e social, bem como a qualidade de vida do indivíduo.

Desta maneira, em função dos inúmeros benefícios que o sexo proporciona, agora temos certeza que o incluirá com mais frequência na rotina.

Lembrando, que não se deve substituir o sexo por uma atividade física, pois ele não é o suficiente para perder peso e ganhar massa muscular.

Agora, se ter uma vida saudável é uma das suas prioridades, considerar o sexo pode ser tão benéfico assim como a alimentação saudável e o exercício físico.

Assim, é bem provável ocorrer muitas mudanças em sua saúde e bem-estar geral. Portanto, pratique sexo com segurança e regularmente que muitos benefícios irão surgir além do prazer…

Para mais detalhes e dúvidas sobre o assunto, principalmente com relação ao gasto calórico da atividade sexual (emagrecimento), acompanhe o vídeo abaixo sobre essas e outras informações!

 

( Por Fabio Ceschini via YouTube )

 

...VEJA TAMBÉM...



Whey Protein Growth Chamada Grupo Whats

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui