29 ago

Entenda o que é e como funciona a Dieta Páleo

o que é como funciona Dieta PáleoA Dieta Páleo (paleolítica) recebeu esse nome por ser uma dieta conhecida dos nossos ancestrais. Consiste numa alimentação à base de plantas e animais, habitualmente consumidos pelo Homo Sapiens durante o período Paleolítico, durante o qual começou a ser desenvolvida a agricultura (daí o nome). Tornou-se popular em meados da década de 1970.

 

Entendendo a Dieta Páleo

 

A dieta paleolítica era baseada  no consumo restrito de carnes, peixes, mariscos, frutas, legumes, raízes, ovos e castanhas.

Sem o consumo grãos (somente em sua forma germinada), alimentos processados, leite e seus derivados, além da exclusão do açúcar refinado; com exceção do mel que era encontrado esporadicamente.

 

Objetivo

Esta não é uma dieta que visa a perda de peso, mas sim, uma mudança alimentar a fim de se evitar doenças crônicas como hipertensão, doença cardíaca, câncer, osteoporose e doenças autoimune.

 

Alimentos permitidos

  • Carnes
  • Peixe / marisco
  • Frutas frescas e vegetais
  • Ovos
  • Nozes e sementes
  • Óleos saudáveis

 

Alimentos Não permitidos

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth
  • Grãos de cereais
  • Leguminosas
  • Laticínios
  • Açúcar refinado
  • Batatas
  • Alimentos processados
  • Sal
  • Óleos vegetais refinados

 

Dieta Páleo e seus Pontos Positivos

 

Como foi dito antes, a dieta Páleo não é considerada uma dieta e sim um estilo de vida. Possui um consumo elevado de frutas e verduras, que são ricos em vitaminas, minerais e fibras.

O baixo consumo de sódio e a exclusão de alimentos processados e industrializados contribui para uma alimentação mais saudável e promoção de uma melhor saúde. Apesar de não visar o emagrecimento, na dieta Páleo não há limite para o consumo dos alimentos permitidos, já que os mesmos são saudáveis por si.

 

Pontos Negativos

 

A restrição de carboidratos é prejudicial ao organismo, pois ele que é a principal fonte de energia do corpo. Assim como a dieta da proteína, Dukan, Atkins, entre outras, ela induz a Cetose (quando o nosso organismo usa os depósitos de gordura do corpo como fonte de energia).

A adoção dessa dieta a longo prazo, devido a exclusão de leites e seus derivados, pode levar a uma deficiência de cálcio. O alto consumo de proteína pode levar também, ao surgimento de problemas renais, além de um provável aumento do LDL (o “colesterol ruim”).

 

A Dieta Páleo é ideal para praticantes de Musculação?

Ela é inadequada para pessoas que buscam hipertrofia, ou seja, que querem ficar maiores e mais fortes.  Os objetivos corporais simplesmente precisam  mais do que a dieta paleolítica pode oferecer. Na verdade, a dieta páleo pode ter lados negativos para esse tipo de pessoa. Evitar ótimas fontes de alimentos como arroz, aveia, batatas e leguminosas podem limitar o desempenho e seus resultados.

Se você busca um aumento de massa muscular, sempre mantenha uma dieta rica em carnes, vegetais, e ovos. Evite carboidratos ruins, açúcares e os processados que encontramos nos mercados. Mas não ignore alimentos comprovadamente benéficos só porque os homens das cavernas não tinham acesso a eles.

 

Referências Bibliográficas:

VIANA, Daniela Swelem de Oliveira. Análise nutricional das dietas da moda. 2015.

ANDRÉ, Bernardo Martins. Aplicação de uma dieta paleolítica nos dias de hoje, contando com as alterações evolutivas da espécie humana. 2016.

GOTTLIEB, Maria Gabriela Valle; MORASSUTTI, Alessandra Loureiro; CRUZ, I. B. M. Transição epidemiológica, estresse oxidativo e doenças crônicas não transmissíveis sob uma perspectiva evolutiva. Sci Med, v. 21, n. 2, p. 69-80, 2011.

 






DICAS RELACIONADAS


Um comentário em “Entenda o que é e como funciona a Dieta Páleo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.