01 jun

HIPERCALÓRICO: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Hipercalórico: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

O Hipercalórico ou Massa é fundamental para auxiliar no ganho de peso, especialmente por aqueles que visam hipertrofiar e melhorar o volume corporal.

Hipercalóricos absorvem 12% da lista de suplementos consumidos no mundo fitness atualmente, isso por si só justifica a eficiência quando o assunto é nutrir o organismo.

Diariamente o organismo humano necessita doses “ideais” de macronutrientes – proteínas, lipídios e carboidratos – fundamentais para a saúde geral, porém relevantes para atletas e praticantes de exercícios contínuos.

Os carboidratos são primordiais para manter os níveis de energia requerido principalmente pelos tecidos musculares.

Enquanto que lipídios, estão em reservais basais maiores no organismo humano e servem para melhorar a disposição de glicose para o sistema sanguíneo, imunológico e nervoso.

Já, a proteína agrega aos músculos força e resistência, além de outros benefícios como unhas, pele e cabelos saudáveis.

A dieta hipercalórica é um contraposto da quantidade ideal diária desses macronutrientes, aliás, é uma das responsáveis pelo número crescente de obesos.

Estudo indicam que a adiposidade nas vísceras e epidídimo, trazem consequências ainda mais ofensivas ao organismo em relação as patologias já conhecidas provenientes do excesso de peso.

Leia também:

BCAA: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Porém, do “outro lado da moeda” estão pessoas com dificuldades de alcançar o peso respectivo à sua idade, altura ou mesmo estilo de vida.

Biotipos corpóreos ectomorfos (pessoas com perfil biomecânicos e genéticos evidentes com características peculiares como ossos parecendo maiores, magreza generalizada e metabolismo fugaz) são beneficiados com precisão quando o hipercalórico é coadjuvante do tratamento clínico.

Ou, mesmo pessoas muito magras. que queimam rapidamente o estoque de calorias, ocasionando assim anulação para melhorias no peso e retendo ganhos para mais volume muscular.

Nestes contextos, o hipercalórico “rouba a cena”, trazendo sua proposta nutricional, eficiente e não danosa ao organismo, especialmente pela qualidade das fórmulas modernas.

Falando em qualidade… mesmo o rótulo dizendo “hipercalórico” é importante destacar que fórmulas eficientes são meticulosamente pensadas.

E, além da grande quantidade de carboidratos de valor biológico, gorduras (em alguns casos) e proteínas, normalmente contém Glutamina, vitaminas, minerais e até mesmo Creatina.

 

O que é Hipercalórico?

 

O Hipercalórico nada mais é do que um misto de macro e micronutrientes juntos em uma única solução, com alto poder energético.

Contém carboidratos de índice glicêmico alto na grande proporção, proteínas do tipo whey conjugado com aminoácidos não produzidos pelo organismo.

Os hipercalóricos são suplementos voltados para ectomorfos, pessoas com metabolismo desenfreado, magras ou com dificuldades para ganhar e manter o peso.

Porém, diversos segmentos desportivos apostam no suplemento para repor calorias, como:  fisiculturistas, nadadores; corredores; lutadores de artes marciais entre outros.

Em média sua composição é entre 70-80% oriunda de carboidratos, 10-15% de proteínas e 5-10% de gorduras.

Alguns deles apresentam uma maior quantidade de proteína mantendo relação de 2 carboidratos para 1 proteína e são chamados de “hiper” proteicos.

 

Ingredientes do Hipercalórico

 

Alimentos hipercalóricos também podem agilizar o processo para ganho de peso, entre eles destacam-se:

  • Carboidratos integrais: pães integrais, mandioca, inhame, batata doce, arroz integral;
  • Fontes de proteína: ovos, carne de boi, peixes, frango; peito de peru, cordeiro, etc.;
  • Derivados lácteos: leite integral, iogurtes, manteiga.
  • Frutas: banana, abacate, açaí, caqui, coco.
  • Óleos: azeite de oliva, óleo de coco;
  • Leguminosas: feijão, soja, lentilha;
  • Oleaginosas: castanhas, nozes, amendoim.

Porém, nas fórmulas bases concentradas de hipercalórico as quantidades e a qualidade nutricional se elevam de forma grandiosa, especialmente por conter:

  • Maltodextrina ou malto dextrin: Carboidrato complexo, excepcional para melhorar a quantidade de energia ara quem pratica atividades físicas, mantendo-a constante;
  • Proteína Isolada de soja: Além de propriedade antioxidantes a fim de proteger diversos órgãos, a potente proteína de soja auxilia na produção hormonal;
  • WPC – Proteína concentrada do soro de Leite: Elemento com alto valor nutricional, que contém proteínas relevantes para o organismo humano, entre eles a Albumina Sérica, Alfalactalbumina e
  • Soro de leite desmineralizado: Funcional para nutrir atletas esportivos por apresentar ganhos substancias na nutrição.

E, em algumas fórmulas estão inclusas a Albumina (em maior proporção), que garante aporte proteico de forma ampla, especialmente para quem participa de atividades físicas intensas.

E também ácidos graxos “mágicos” como o Ômega 3 e o Ômega 6, complementando a fórmula vitaminas A, do grupo B e vitamina C.

 

Para que serve o Hipercalórico

 

Sucintamente o hipercalórico serve para aumentar o peso, e vencer predicados comuns aos “magros por natureza”, mas…

… analisando com mais profundidade, percebe-se que as vitaminas e os minerais incorporados a mistura que resulta no hipercalórico, formam o ambiente ideal para o anabolismo muscular.

Pois estes elementos atuam diretamente no metabolismo dos macronutrientes, mantendo a homeostasia corpórea (interna).

E, de forma geral os hipercalóricos aumentam a oferta energética.

É o ideal para quem tem um gasto energético total muito alto e não conseguem suprir somente com a alimentação.

Leia também:

CREATINA: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Quem se beneficia da solução hipercalórica são atletas e indivíduos que não tem tempo para fazer uma refeição sólida, ou sentem desconforto em apenas uma refeição ingerir em média cerca de 900-1000Kcal.

Pessoas que se exercitam com regularidade deveriam consumir durante o dia uma dieta com 55 a 60% de calorias provindas de carboidratos.

As maiores fontes nutritivas de carboidratos consistem na sua maioria em frutas, vegetais e grãos, porém, esses alimentos nem sempre são consumidos na proporção ideal por grande.

Neste caso, nutricionistas, principalmente para tratar ectomorfos, iniciam a suplementação com hipercalóricos.

Contudo, pessoas que treinam, principalmente musculação e quem não tem aquele “cash” para adquirir suplementos opcionais como Whey Protein Isolado, Whey Protein Hidrolizado ou Whey Protein Concentrado, costuma aderir ao hipercalórico, inclusive no pós-treino.

 

Benefícios do Hipercalórico

 

Quando o metabolismo é “exagerado”, ou quando os níveis nutricionais estão ameaçados em decorrência da falta, pessoas podem ficar doentes.

Anemias, desnutrição e até mesmo infecções buscam “alvos fáceis”, ou seja, organismos desnutridos. Neste caso, a dieta hipocalórica com a suplementação de um hipercalórico é muito importante.

No caso de músculos que precisam de mais calorias para eclodirem – especialmente praticantes de musculação – a massa também favorece.

Sem glúten, sem excesso de conservantes e com poucos efeitos colaterais, os benefícios do hipercalórico são ainda mais amplos, e entre eles destacamos:

  • Mais energia para treinos intensos, graças aos carboidratos presentes no hipercalórico;
  • Reparação da musculatura durante e após os treinos;
  • Construção da massa magra;
  • Fonte significativa de minerais e vitaminas;
  • Complemento proteico.
  • Praticidade;
  • Relevante para atletas que necessitam grandes quantidades de calorias.

Além disso, com o aumento no consumo de carboidratos começa a se armazenar novas moléculas de glicose, o glicogênio.

O Glicogênio é providencial para suprir demandas rápidas e extras de energia, impedindo que as células sejam sobrecarregadas.

O metabolismo do glicogênio é de suma importância, tanto que a redução mesmo que mínima, tem relação direta com a fadiga e, a queda na intensidade dos exercícios.

 

Efeitos colaterais do Hipercalórico

 

Os efeitos colaterais do hipercalórico normalmente são brandos, mas pode surpreender considerando os diferentes tipos de metabolismos.

Entre os principais e conhecidos, temos:

  • Náuseas;
  • Aumento dos gases;
  • Alteração na quantidade de glicose no sangue;
  • Aumento de peso;
  • Queda na pressão arterial
  • Problemas nos rins e fígado se consumido em excesso e/ou por grandes períodos.

Muitos hipocalóricos apresentam monossacarídeos como frutose, que são convertidos em glicose e caem na corrente sanguínea rapidamente.

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

Caso a pessoa não tenha um gasto energético diário alto, a glicose após ser utilizada como energia, e armazenada como glicogênio muscular e hepático vira tecido adiposo.

E, o excesso de glicose circulante mal absorvido, aumenta a oferta de adipócitos e persistindo a deficiência de captar todos os monômeros pode ocorre diabetes mellitus. Caracterizada pela deficiência de sensibilidade da insulina.

 

Hipercalórico: para quem não é indicado

 

Diabéticos; pessoas com hipotireoidismo; grávidas; lactentes; crianças; sedentários e outros grupos de pessoas com doenças crônicas não devem consumir hipercalóricos

Idosos podem consumir o suplemento, desde que recomendado por um médico.

Pessoas pré-dispostas a hipotensão (pressão baixa), só deverão consumir hipercalórico sob supervisão médica.

Casos em que o hipercalórico é usado para ganhar massa magra, vale lembrar que somente e recomendado o uso em concomitância com atividades físicas.

 

Como tomar Hipercalórico

 

Hipercalóricos são ideias para serem misturados a água, leite semidesnatado, sucos naturais, vitaminas entre outros líquidos.

Cada fabricante oferece concentração diferenciada de nutrientes, por isso, a quantidade de scoops/ por dose pode variar.

Hipercalóricos não servem para substituir refeições, especialmente as sólidas, mas sim para complementar a dieta.

 

Melhor horário para tomar Hipercalórico

 

Hipercalóricos são muito utilizados no pré-treino, porém é importante avaliar se os resultados estão sendo relevantes.

Assim como, levar e consideração os efeitos da maltodextrina e dextrose (contidos na composição) e que poderão causar náuseas e tonturas (após ativação do hormônio insulina) se o consumo for muito próximo ao período de treino.

Os shakes com hipercalóricos podem ser consumidos durante o dia, no entanto em horários específicos são mais proeminentes aos ganhos.

# hipercalórico no café da manhã: Neste período evita o catabolismo, suprindo de imediato as demandas nutricionais após o período noturno.

# hipercalórico antes de iniciar o treino: Neste caso, se consumido 60 a 90 minutos antes de começar os treinos é importante para manter a resistência e a energia.

A maioria dos fabricantes não recomenda ingerir massa após os treinos, contudo, após uma avaliação orgânica da pessoa, e períodos de experimentação o uso pode ser iniciado.

Vale observar que hipercalóricos são mais seguros se consumidos esporadicamente, principalmente em dias que não houve a nutrição ideal que a pessoa necessita.

Recomenda-se intercalar o uso de hipercalórico com outros suplementos tipo Whey Protein.

Leia também:

WHEY PROTEIN: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Ou, de acordo com a análise realizada e divulgado na Revista Brasileira de Medicina e Esporte (2008): Que instigou que o hipercalórico pode ser consumido como fonte de energia até a pessoa alcançar o peso desejado…

Porém, transformado em massa magra e consequentemente hipertrofia, e, após alcançar o objetivo cessa-se o uso substituindo o suplemento calórico por whey.

Para tratamento clínico, hipercalóricos podem ser usados junto com as refeições intermediárias, como lanches matutinos, lanches da tarde e até mesmo nas ceias antes de dormir.

 

Quantidade indicada para ingestão do Hipercalórico

 

Como o hipercalórico é um complemento à dieta, vale levar em conta as quantidades de proteínas, carboidratos e lipídios consumidos diariamente, para assim fazer ajustes.

Caso a pessoa não gaste o acréscimo de energia fornecido pelo hipercalórico, poderá vir a engordar.

A regra para consumir hipercalóricos, normalmente é ingerir 500 calorias além daquelas que irá gastar com a atividade física mais as outras funções que levam a pessoa a queimar energia.

Por isso, recomenda-se o monitoramento das atividades cotidianas que envolvem gasto calórico, assim como mensurar a ingestão de calorias através dos alimentos habituais.

A fim de ajustar a dose a cada pessoa especificamente.

Contudo, fabricantes recomendam em cada dose de hipercalórico utilizar 4 scoops (fornecidos pelo fabricante).

Ou, considerar uma colher de sopa como medida, mas neste caso conhecer a tabela de equivalências do fabricante.

A dose chega a alcançar 120 gramas diluídas em 250 ml de líquido, conforme a preferência do usuário.

 O período de consumo indicado é uma vez ao dia, nos horários indicados acima.

 

Perguntas e Respostas sobre Hipercalórico

 

Devo tomar hipercalórico antes ou depois do Treino?

O mais indicado é consumir hipercalóricos 60 a 90 minutos antes dos treinos, contudo, não há danos se consumido posterior a este.

 

Qual a diferença do Hipercalórico e do Wey Protein?

O hipercalórico é um suplemento com grande concentração de calorias, especialmente provindas de carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais.

Serve para aumentar a massa magra, como também massa gorda.

Clinicamente é fundamental para biotipos ectomorfos, pessoas com metabolismos acelerado, esportistas que gastam muitas calorias durante os treinos e body buildings nos períodos de bulking.

Já, o Whey Protein é rico em proteínas e indispensável para quem deseja ganhar músculos. No entanto é também providencial para nutrir pessoas com falências alimentares

 

Hipercalórico engorda?

Depende do objetivo. Quando usado com cunho clínico para nutrir pessoas magras excessivamente, ele realmente cumpre o propósito.

Se usado por atletas, em dias intercalados, não resultam em acúmulo de gordura, pois a queima de calorias existe.

Hipercalóricos “trabalham” com otimização de macronutrientes – carboidratos, proteína e lipídios – de forma equilibrada, o que leva a pessoa engordar é não equilíbrio entre consumo e gasto.

Praticantes de musculação fazem uso de hipercalóricos com sucesso absoluto, porque conjugam o consumo para um gasto calórico correspondente.

 

Tomar hipercalórico com outros suplementos aumenta os resultados?

Sim!  Mas observa-se que o uso de hipercalóricos deve ser “intercalado” com suplementos semelhantes.

 

Hipercalórico prejudica os rins?

Depende! Qualquer suplemento quando usado irracionalmente poderá trazer prejuízos a estes órgãos.

 

O hipercalórico é uma maneira de suprir as energias de um treinamento? 

Sim, a combinação de carboidratos, proteínas e lipídios com toda certeza dão um total de energia por refeição bastante alta e o treinamento quando alto, necessita desta reposição.

 

O alto valor de carboidrato no hipercalórico ajuda o desempenho no esporte? 

Sim, estudos já mostram que o substrato “preferido” para o músculo nos primeiros minutos de prova ou competição são os carboidratos.

Além de que, quando consumidos em altas doses se guarda uma reserva nos músculos e fígado, o glicogênio.

Este é outro fator primordial no exercício, sua deficiência é sinônimo de fadiga em grande parte dos casos.

 

Onde comprar hipercalórico?

Muitos hipercalóricos contêm até uma quantidade de proteínas “razoáveis”, chegando próximo à quantidade das wheys concentradas.

Porém, não passam de proteínas de baixo valor biológico, como é o caso das proteínas contendo soja e trigo.

Estes limitantes no aminoácido lisina, interferindo assim em uma melhor síntese proteica, necessitando de cereais para completar e formar um aminoácido essencial.

Outros possuem alto valor em lipídios, o que também não é o ideal, por isso, comprar diretamente de fabricantes trará garantias importantes (mais qualidade e menor preço).

Na Growth Supplements o Hipercalórico ou Massa pode ser adquirido com preço excelente, até 40% mais baratos que em outros locais. Clique aqui e confira!

 

Esperamos que o post tenha ajudado você a sanar suas dúvidas!
Passe essas informações adiante, compartilhe! 

 

 

Referências Bibliográficas

Biesek, S.; Alves, L. A.; Guerra, I. Estratégias de nutrição e suplementação no esporte. Barueri-SP: Editora Manole, 2005, Cap. 1, p. 3-18. 506p. 

McArdle, W.D.; Katch, F.I.; Katch, V.L. Nutrição para o desporto e o exercício. Rio de Janeiro: Editora Guanabara; 2001. Cap 1. 4-35. p.694.

Bergstrom J, Hermansen L, Hultman E, Saltin B. Diet, muscle glycogen and physical performance. Acta Physiol Scand. 1967; 71(2):140-50.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Consumo de suplementos por jovens frequentadores de academias de ginástica em São Paulo. Niterói. Rio de Janeiro. 2008.

 

Salvar




DICAS RELACIONADAS


13 comentários em “HIPERCALÓRICO: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

  1. Olá, gostaria de saber se eu, mesmo não fazendo academia, poderia tomar hipercalórico. Um amigo me indicou mas fiquei receoso por saber que nada no corpo pode estar em excesso, e nem em escassez, deve se manter o equilíbrio e gostaria de saber se pode fazer algum mal. Pretendo malhar, mas em casa, não tenho muito tempo pra academia, mas gostaria de fazer isso por me sinto muito indisposto também.

    Abraços!

    1. Se você consumir o Hipercalórico e não gastar a energia de forma adequada ela pode acumular em seu corpo em forma de gordura, principalmente no abdômen..

  2. Meu avô não quer comer nada, o máximo que ele come é uma colher de sopa de uma em uma hora, queria alguma coisa que desse mais energia nessa única colher que ele come. Pensei em um suplemento hipercalórico, será que faz mal?

    1. Acredito que o Hipercalórico poderia ajudar.. Mas no seu caso em específico pelo fato de se tratar de uma pessoa idosa e que está passando dificuldades para se alimentar, seria bacana a consulta a um nutricionista para que ele possa indicar a melhor refeição para o caso dele.

  3. Acredito fielmente que sim, que ele pode tomar o Hipercalórico. Uma que não estão expostos esse tipo de informação nas embalagens (caso fizesse deveria tem uma observação). Outra que com as vitaminas que o Hipercalórico possui, acredito que vai aumentar a imunidade dele.

    Caro que o ideal é ele perguntar para o médico que o acompanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.