O que é Somatrofina? Para que serve? Benefícios e Colaterais

O que é Somatrofina Para que serve Benefícios e Colaterais
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

Somatrofina igualmente chamada de GH ou Hormônio do Crescimento é uma hormona que a hipófise produz, sendo sua maior responsabilidade multiplicar células.

O organismo humano é um veículo movido a hormônios e dentre eles está a somatrofina, cuja responsabilidade é gigante.

Desde influente e totalmente necessário para que ocorra o crescimento longitudinal de humanos e vertebrados, até relevante para a síntese proteica, o GH traz vantagens quando está em níveis ideais no corpo.

Produzimos GH na glândula pituitária, aliás é parte do cromossomo 17 e tem relação direta com outros hormônios importantes como hCG – somatomamotropina coriônica humana e prolactina.

Quando existe falta de somatrofina em adultos, por exemplo, problemas como retardamento metabólico, doença coronária, diabetes, obesidade são comuns.

Leia também:

Oxandrolona – Ciclo, Colaterais e Como Tomar

Potenay – Para que serve, Efeitos, Efeitos Colaterais (RELATO)

GH proporciona Crescimento ou da Definição Muscular?

Como aumentar GH (Hormônio do Crescimento) naturalmente?

O uso de GH para Definição Muscular (Benefícios para quem deseja Definição)

Para beneficiar muitas pessoas, a somatrofina foi isolada e transformada em fórmula (medicamento injetável).

Hoje é disponibilizada para atender demandas de diferentes públicos que carecem do hormônio.

Sendo assim, é necessário explicar o que é somatrofina, como usá-la e quem pode consumir, e por isso este artigo foi criado.

Leia com atenção!

 

O que é Somatrofina?

 

Somatrofina chamada por muitos também de GH – Human Growth Hormone é um típico hormônio humano cuja função é providenciar diferentes processos fisiológicos e metabólicos.

Dizemos que o GH é uma proteína com extremo poder anabólico entre outras coisas.

Sabe-se também que na infância, alguns sinais de déficit na secreção da Somatrofina se manifestam com bastante incidência.

A princípio, diariamente de 5 a 10 pulsões secretórias ocorrem, e o no período noturno são mais evidentes.

O tamanho de cada pulsão e a densidade da massa de cada um (volume de GH) são variáveis em cada faixa etária e conforme características de cada um.

Na puberdade, a secreção do IGF insulin-like growth factors encontra seu ápice, é também o momento que muitos problemas de estatura e crescimento são identificados.

A baixa estatura inferior a média é uma indicação de problemas na secreção de IGF, porém, não é apenas um fator, pois questões genéticas e de saúde também devem ser ponderadas.

Desta forma, doses usuais de somatrofina em forma deinjeção é recomendada, porque a substância, de fato, é extremamente indicada para o crescimento e multiplicação celular.

E isso leva também a uma expansão muscular, de ligamentos e tecidos de forma geral.

Creatina Growth
Creatina Growth
Creatina Growth
creatina Growth

 

Para que serve a Somatrofina?

 

Na glândula hipófise ou pituitária, reconhecida como mestra, muitas funções ocorrem e uma delas é produzir GH especialmente na hipófise anterior.

A localização estratégica da hipófise, no seio do crânio, possibilita o crescimento de células para todos os órgãos, além de controlar outras glândulas como as supra renais.

Assim sendo, a somatrofina produzida lá serve para estimular o crescimento de ossos e tecidos como já dito, ainda mais em crianças.

Para adultos o hormônio serve como regulador dos sistema imunológico e diferentes processos metabólicos, como a eliminação de gordura quando está excessiva.

A partir dessas mínimas explicações já é possível você compreender que a Somatrofina, em forma de injeção, serve para melhorar a qualidade de vida de diferentes grupos de pessoas.

Contudo, quem é atleta, especialmente fisiculturista, buscar usar este recurso para melhorias significantes em performance é um fato natural e comum nos dias de hoje.

 

Quais são os Benefícios da Somatropina?

 

Fazer exames regularmente ajuda a diagnosticar quedas expressivas de GH e assim evitar problemas de toda ordem.

Tratamento com a substância tem poder para inibir esses sintomas que agem como “bola de neve” levando a eventos negativos na saúde ainda mais complexos.

Logo, uma lista interessante de benefícios, diretamente percebidos na glândula hipófise ajudam a melhorar a qualidade de vida.

Sendo assim, conheça as vantagens na administração de somatropina:

    • A massa muscular cresce e a densidade é melhor;
    • Melhorias na cognição cerebral;
    • Aumento na capacidade de se concentrar;
    • Melhorias na densidade óssea;
    • O sono passa a ser de qualidade;
    • Sistema imune bem mais eficiente;
    • Redução de dores localizadas;
    • O estado e humor melhora;
    • A disposição aumenta;
    • A produção de colágeno cresce.

Além disso, tecidos e ligamentos se recuperam mais rapidamente.

Sem falar de vantagens estéticas relevantes como o emagrecimento, cabelo, pele e unhas mais fortes e saudáveis.

 

Função da Somatropina

 

A somatropina, como já dito, tem a função de prover crescimento de tecidos de várias partes do corpo.

Doses exageradas são tóxicas e podem levar a efeitos colaterais graves e óbito em caso extremo.

No organismo, quando injetada, tem como função primária interagir com receptores específicos diretamente nas células.

Dessa forma promove o crescimento latente e anabólico de músculos, por exemplo.

Através de funções como a de reter cálcio da dieta, leva a mais mineralização óssea, em contrapartida, sua influência para otimizar a síntese proteica faz a massa corporal crescer rápido.

Leia também:

Por outro lado, tem efeito lipolítico, ou seja, ajuda a reduzir lipídios acumulados, tanto na corrente sanguínea como no tecido subcutâneo, transformado em energia.

Como protetor do sistema imunológico executa sua função no processo de renovação celular (homeostase).

 

Para quem se recomenda Somatrofina

 

Repor GH no organismo ou aumentar os níveis é um tipo de tratamento recomendado para quem for diagnosticado com problemas devido a carência do hormônio.

Indiferente de idade, gênero, condição (desde que dentro do grupo de possibilidades) cuja hipófise é deficiente, receber tratamento com Somatrofina sintética é recomendado.

Quando crianças recebem GH para estimular o crescimento, quase sempre é devido a doenças congênitas ou adquiridas do tipo:

    • Nanismo hipofisário;
    • Síndrome de Turner;
    • Síndrome de Prader-Willi;
    • Com insuficiência renal crônica.

Usar somatrofina para fins estéticos não tem aprovação de órgãos regulamentadores.

E, quando adultos é que necessitam repor GH precisam estar enquadrados em diagnósticos médicos, onde a terapia de reposição caiba.

Em síntese, casos de deficiência hormonal isolada ou múltipla, cirurgias, traumas, radioterapias e doença hipotalâmica.

 

Como aumentar a produção de somatrofina?

 

Mesmo que muito sutilmente é possível proagir para secretar mais hormônio do crescimento, ou mesmo, evitar que reservas sejam usadas devido ao estilo de vida inapropriado.

Um dos fatores que auxilia na secretação de GH é se exercitar regularmente.

Atividades físicas de intensidade alta são as mais recomendados, porque semelhante a testosterona, somatrofina é um hormônio anabólico.

E hormônios anabólicos são dependentes da movimentação corporal, que manipule com todos os grupos musculares principalmente.

Outros dois fatores bastante relevantes para manter ativo a hipófise e a produção de hormônios importantes, consistem em:

 

  1. Observar a quantidade e qualidade de alimentos com carboidrato

A disponibilidade alta de insulina no sangue interfere na produção hormonal de pessoas adultas e crianças.

E como sabemos, carboidratos, especialmente os simples possuem normalmente alto índice glicêmico, levando a maiores quantidades de insulina.

 

  1. Dormir pouco

O sono reparador que atinge os estágio REM – pico de sonolência extremamente profunda, porém, com de tempo curto, é primordial para aumentar a Somatrofina.

Logo, é super recomendado observar a qualidade e quantidade de sono diário quando uma pessoa precisa melhorar a secreção de GH.

 

Excesso de Somatrofina e Complicações

 

Exceder as doses prescritas pelo médico de somatrofina pode gerar o que chamamos de hipoglicemia.

Que significa uma redução brusca nos níveis de glicose na corrente sanguínea.

Se medidas não forem tomadas a tempo, o quadro tende e piorar e a pessoa entra no estado de hiperglicemia – contrário da hipoglicemia.

No médio e longo prazo, o excesso de GH pode levar a doenças como acromegalia – vulgo gigantismo – onde membros crescem desproporcionalmente.

 

Quais os efeitos colaterais da Somatrofina

 

Somatrofina sintética é um hormônio injetável e deve ser aplicado conforme o médico recomendar.

Efeitos colaterais são evidentes para quem usa este hormônio, já que tem atuação direta sobre a composição celular.

Pesquisas apontam entre os efeitos colaterais imediatos:

    • Sensação de formicação nas extremidades;
    • Vermelhidão na área e arredores onde foi injetado;
    • Dor localizada devido a inserção da agulha e espalhamento do líquido;
    • Dor generalizada na musculatura.

Entretanto, com mais aplicações outros efeitos chamados de secundários podem surgir, por exemplo:

    • Crises de vômito;
    • Alteração na visão;
    • agitação;
    • hipertensão intracraniana.

Há ainda necessidade de informar que algumas pessoas não podem consumir GH.

Neste grupo estão aqueles diagnosticados com neoplasias, tumores intracranianos, diabéticos desconpensados, com problemas respiratórios e que sofreram traumas ósseos.

 

Como tomar Somatrofina

 

Basicamente três variações de somatrofina estão disponibilizadas no mercado. São essas:

    • Doses com 5 mg por 1,5 ml;
    • Doses com 10 mg por 1,5 mL;
    • Doses com 15 mg pr 1,5 mL.

Lembramos que só existe a versão líquida do remédio e que é legalizado pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Inclusive o SUS disponibiliza para tratar pessoas (principalmente crianças) cuja prescrição é feita após diagnóstico e recomendada por um médico especialista.

Leia também:

Tratamentos usuais são através de aplicações em forma de injeção diariamente, preferencialmente antes de deitar para dormir.

A aplicação é subcutânea e em partes do corpo como nádegas, coxas, abdômen e braço.

 

Somatropina e  o Gganho de Massa

 

Na prática da musculação, por exemplo, o Human Growth Hormone ou GH é visto como um importante aliado para o ganho de massa.

Quando isolado em meados dos anos 50, o hormônio do crescimento assumiu a forma (princípio ativo) somatrofina.

De lá para cá, evoluções tanto na extração, que no passado era de falecidos, resultou em uma versão sintética do hormônio.

Cuja proposta está muito além de tratar as diversas doenças citadas no decorrer deste artigo.

Em suma, fisiculturistas afoitos em melhorar a composição muscular, descobriram na substância um poder anabólico incrível.

Para este grupo e para outros atletas, a Somatrofina se manifesta positivamente, melhorando:

    • A fabricação de colágeno;
    • Estimulando sínteses tanto de glicogênio como de proteínas;
    • Ajuda a reter potássio, sódio e nitrogênio;
    • É um ótimo estimulante para rins eliminar toxinas.

Somatrofina age diretamente sobre adipócitos, transformando essas células para prover energia extra durante o treino e na recuperação posteriormente.

Dessa forma, é um recurso crucial e inegável em performance para quem está sempre em busca de ampliar força e músculos.

Entretanto, é uma substância restrita para uso médico e por isso só se consegue através de receita.

Para concluir este artigo sobre Somatropina o hormônio do crescimento, lembramos que somente use se o seu médico achar necessário e após realizar exames clínicos.

 

E se gostou de saber mais sobre o assunto, lembra de compartilhar este post com aqueles que têm dúvidas sobre Somatrofina.

 

Referências

CHEN, Y.; ZAJAC, J. D.; MACLEAN, H. E. Androgen regulation of satellite cell function. J. Endocrinol., v.186, p.21-31, 2005.

BORST, S. E. Interventions for sarcopenia and muscle weakness in older people. Age and Ageing, v.33, p.548- 555, 2004

GORDON, S. E.; KRAEMER, W. J.; VOS, N. H.; LYNCH, J.M.; KNUTTGEN, H.G. Effect of acid-base balance on the growth hormone response to acute high-intensity cycle exercise. J. Appl. Physiol., v.76, p.821-829, 1994.

 

...VEJA TAMBÉM...



Whey Protein Growth Grupo DT

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui