10 motivos que retardam a Queima de Gordura Corporal (veja como evitar)

Queima de Gordura Corporal
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

A queima de gordura corporal é variável em cada pessoa porque envolve funções metabólicas individuais. Mas há situações que o retardam ainda mais.

O processo onde cada alimento consumido é convertido em energia chama-se metabolismo.

Entretanto, precisamos de duas etapas para aproveitar essa energia. A primeira, é onde ocorre a partilha do alimento, chamado de reação catabólica.

No segundo momento, reações anabólicas subdividem cada nutriente presente no alimento e envia para os devidos fins.

Mesmo diante da grande demanda de energia que o corpo necessita, as “sobras” precisam ser eliminadas, quando não engordar é o que se deseja.

O que retarda a queima de gordura corporal? E o que é possível fazer para evitar?

Saiba as respostas neste post!

 

 

Motivos que retardam o processo da Queima de Gordura Corporal

 

 

Como dito, cada organismo reage de um modo quando o assunto é metabolismo.

Algumas circunstâncias – comuns entre pessoas – parecem interferir para que o retardo na eliminação de gordura corporal ocorra de forma substancial.

E, mesmo com plena dedicação em cumprir uma dieta com a realização de atividades físicas e pessoa não emagrece.

A partir de agora, vamos pontuar 10 prováveis causas que dificultam a queima de gordura corporal. Acompanhe!

 

 

#1 – Queima de gordura corporal e como a Genética Interfere

 

Como sabemos, existem milhares de receptores hormonais que servem para estimular a queima de gordura corporal.

Esses, conhecidos como catecolaminas, são requisitados para funções aleatórias, e uma dessas é a lipólise.

Receptores alfa e beta, são as variáveis presentes em cada catecolamina, entretanto, para o processo de lipólise apenas células betas cooperam.

Enquanto que alfas impedem que a gordura seja eliminada.

Partindo do princípio que em cada parte do corpo existem determinadas quantidades de catecolaminas, temos também a justificação porque acumulamos mais gordura em locais estratégicos.

Além disso, a quantidade de receptores também é variável entre os homens e mulheres.

Leia também:

20 Alimentos que ajudam na Perda de Peso

Como fazer Termogênico Natural: dicas essenciais (+ receitas)

7 Razões para você praticar o HIIT (High Intensity Interval Training)

FRANOL: para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

EFEDRINA: Para que serve, benefícios, colaterais, como tomar

SAXENDA: para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Femproporex, para que serve, benefícios, efeitos colaterais, como tomar

Sibutramina, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Orlistat (xenical), para que serve, efeitos colaterais, como tomar

Enquanto que mulheres possuem mais alfas no abdômen, homens contam com mais betas nesta região, por exemplo.

Creatina Growth
Creatina Growth
Creatina Growth
creatina Growth

E isso justifica porque mulheres acumulam tanta gordura na região da barriga.

A genética sofreu mutações ao longo dos tempos.

No passado – muito provavelmente – esses genes eram insignificantes, porque a vida tinha outro estilo, ou seja, havia pouca comida e as pessoas automaticamente se exercitam bem mais.

Quando alguns genes estão alterados, será muito provável, que a pessoa acumule mais gordura na barriga.

O que fazer para queimar gordura corporal em uma situação assim?

Impreterivelmente focar em exercícios específicos é essencial para propensos geneticamente ao retardo na função metabólica.

Algumas ações como:

Montagem de programas de atividades físicas que inclua exercícios de resistência e aeróbicos;

Mudar a dieta, incluindo mais alimentos integrais e eliminando drasticamente a comida industrializada.

Serão fundamentais para queima de gordura corporal, neste caso;

 

 

#2 – Queima de gordura corporal e o Hipotireoidismo

 

Já ouviu falar de hipotireoidismo?

Pois saiba que este evento é um dos principais que interfere para queima de gordura corporal.

Quando a tireoide está descontrolada devido a desarmonia hormonal, a probabilidade de lentidão metabólica é mesmo grande.

Entre as funções da tireoide conhecidas, está o controle das batidas do coração. Enquanto que no intestino influencia para controlar evacuações.

Ela ainda é importante para manter a temperatura corporal nivelada, além de monitorar estágio de humor.

Ganhar peso é outro efeito da desregulagem desta glândula.

E isso ocorre porque a taxa basal do metabolismo é bem mais baixa, e então o cansaço permanente se instaura, prejudicando no processo metabólico e até mesmo na vontade de fazer algum exercício.

A doença autoimune conhecida como Doença de Hashimoto, de acordo com o Departamento de Saúde Americano. é a grande responsável pela incidência de hipotireoidismo em diversos países.

 

 

#3 – Queima de gordura corporal e a Interferência da Diabetes

 

Mesmo que poucos estudos ainda existam sobre a interferência da diabetes na eliminação de gordura corporal, via de regra, a doença tem se manifestado como um grande empecilho para emagrecer.

Provavelmente níveis maiores de açúcar no sangue piora a assimilação neural de que precisa eliminar calorias e por isso ocorre a lentidão do metabolismo.

 

 

#4 – Queima de gordura corporal e o Uso de Remédios

 

Definitivamente alguns medicamentos e emagrecimento parecem não combinar.

Fármacos antidepressivos, em especial, retardam o metabolismo, mas não são os únicos.

Na lista podemos incluir:

  • Remédios para diabetes;
  • Esteroides;
  • Diversos anti-inflamatórios;
  • Analgésicos;
  • Antialérgicos.

E outros…

Que afetam a taxa metabólica, porque alguns aumentam a vontade de comer, enquanto que outros incham o corpo.

 

 

#5 – Queima de gordura corporal e a Lentidão Metabólica com avanço da Idade

 

Sim, a medida que ficamos mais velhos também nosso metabolismo fica mais lento.

Decréscimos ano após ano no processo metabólico ocorre tanto para homens como para mulheres.

Quedas hormonais (sexuais) que começam já entre 35/40 anos levam a perdas de 12% de massa magra a cada 10 anos.

E após 4 décadas de idade já podemos perceber perdas musculares severas, em torno de 200g, e em contrapartida aumento considerável de gordura que chega a 600/700g.

A situação: Menos massa e mais gordura resulta em queda na queima de gordura corporal quase que inevitável.

 

 

#6 – Queima de gordura corporal e os danos da Síndrome de Cushing

 

Síndromes que afetam o controle de alguns hormônios como o cortisol, por exemplo, inibem o metabolismo.

A Síndrome de Cushing – presente maciçamente na sociedade pós-moderna – é uma dessas interferências que inibe a queima de gordura corporal e tem como sintomas:

  • Volume alto de gordura que se aloja no abdômen;
  • Fragilidade cutânea;
  • Grande dificuldade para perder peso;
  • Excesso de acne;
  • Aumento de estrias;
  • Cansaço extremo;
  • Queda na libido e disfunções sexuais;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Hirsutismo (elevação na quantidade de pelos no rosto).

E outros, que surgem de formas diferentes em homens e mulheres.

 

 

#7 – Queima de gordura corporal é abalada quando não existe Atividade Física

 

Você já sabe que a ausência de exercícios e atividades físicas associada ao consumo exagerado de comida, só pode levar a uma situação: Aumento de peso!

O movimento corporal que atividades físicas proporcionam, são perfeitos para mexer com o metabolismo e elevar taxas basais metabólicas.

Seres humanos carregam lipídios e ácidos graxos que são responsáveis pela energia.

Sendo que os primeiros são muito mais proveitosos para prover energia, inclusive até mesmo que carboidratos.

Isso dito:

Vale preservar rotinas de exercícios que possam trabalhar no organismo essa ‘reserva energética’ e então agirem para que sempre ocorra a metabolização.

A perda de gordura corporal depende de atividades físicas consistentes e permanentes.

 

 

#8 – Queima de gordura corporal inexiste quando Hormônios estão Desequilibrados

 

Como falamos no tópico sobre a Síndrome de Cushing, que é originária do excesso de cortisol, outros hormônios também prejudicam a queima de gordura no corpo.

Quedas na testosterona, principalmente, e em homens e mulheres, é um motivo que prejudica funções metabólicas.

Em ambos os gêneros, é a testosterona ajuda na disposição diária, tanto para trabalhar, estudar, treinar como na relação com a atividade sexual.

Para homens, a testosterona, podemos dizer… é quase tudo!

Pois permite que a vida masculina se mantenha ativa, mantendo a massa magra dentro da normalidade ou muito próxima do ideal, permitindo que queimas calóricas substanciais ocorram.

Na mulher, quedas no estrogênio, viabilizam o acúmulo de gordura e prejudicam o metabolismo gigantemente. Casos comuns quando a mulher entra no climatério e menopausa.

 

 

#9 – Queima de gordura corporal e a relação com Características Físicas

 

Longe de nós “criar clima” com leitores, mas, sabe-se que pessoas com físico atlético redundante, músculos definidos, tendem a queimar gordura corporal com mais facilidade.

Logo, pessoas com características contrárias, automaticamente sentem fragilidade nas funções metabólicas.

Quem é obeso tem também aumentadas as chances de déficit metabólico e por isso necessitam de tratamentos (dieta e exercícios) focados para queimar gordura.

 

 

#10 – Queima de gordura corporal e a Dieta Precária

 

Se te contaram que podemos comer de tudo, a vontade e confiar no metabolismo porque o corpo vai resolver para onde irão esses exageros… te contaram uma mentira!

Pessoas que preferem quase sempre a comida turbinada, cheia de açúcar, gordura saturada e carboidrato simples tendem a sofrerem com a desaceleração do metabolismo e consequentemente ganho grande de peso.

Dietas precárias – tanto pelo excesso do que citamos acima, ou pela privação de alimentos ou grupos alimentares – dificultam o equilíbrio entre o que come, o que gasta e o que deve reservar como armazenamento necessário de energia.

Se pecamos pelo excesso, pecamos também quando seguimos dietas restritivas.

Leia também:

20 Alimentos que ajudam na Perda de Peso

Como fazer Termogênico Natural: dicas essenciais (+ receitas)

7 Razões para você praticar o HIIT (High Intensity Interval Training)

FRANOL: para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

EFEDRINA: Para que serve, benefícios, colaterais, como tomar

SAXENDA: para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Femproporex, para que serve, benefícios, efeitos colaterais, como tomar

Sibutramina, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Orlistat (xenical), para que serve, efeitos colaterais, como tomar

Em ambos os casos expomos o organismo a perdas nutricionais (menos vitaminas, menos aminoácidos, menos minerais).

Além do mais, podemos perder muita água e nada de gordura, principalmente quando seguimos dietas exclusivistas.

Então, lembre-se sempre que dieta ideal é a que reza ‘um pouco de tudo’ pois é essa que irá de fato auxiliar para a queima de gordura corporal estável, mas continua.

Como pode perceber, nesta lista dispomos 10 fatídicos motivos que ajudam na lentidão do metabolismo.

A seguir, encontrará algumas dicas para amenizar e evitar este episódio.

 

 

O que fazer para melhorar o metabolismo e a queima de gordura corporal?

 

 

Algumas situações citadas, cabem estritamente na responsabilidade da pessoa que está sofrendo com a retardamento na queima de gordura corporal, concorda?

  • Mudar o modo como leva a vida, inserindo com foco e compromisso atividades físicas prazerosas e consistentes.
  • Melhorar a dieta, retirando porções de comida que não agrega e aumentando a quantidade de comida de qualidade,

São as principais mudanças!

Entretanto, há uma série de pormenores a fazer para detonar gordura corporal. São esses:

 

Dieta pontual

Com mais proteína de qualidade, vegetais, frutas, chás termogênicos, sucos desintoxicantes.

É sabido que alimentos como leite, ovos e carne levam mais tempo para serem digeridos e isso exige mais esforço e em contrapartida eliminação de calorias.

Enquanto que as outras fontes citadas trarão minerais e vitaminas em mais quantidade.

 

Reduzir o que não soma

Açúcar, bebidas alcoólicas, farinha simples e gordura saturada devem estar no fim da lista na dieta de quem tem metabolismo lento.

Igualmente só tomar remédios quando estritamente necessário é outra observação importante para otimizar metabolismo.

 

Comer mais vezes e em porções menores ao longo do dia

Não pular refeições e principalmente deliciar-se com um belo café da manhã com fibras, proteína, e vitaminas, ajuda muito a melhorar a velocidade para queima de gordura corporal, porque o metabolismo acelera.

Lanches precisos e pequenos ao longo do dia auxiliam igualmente para promover o metabolismo.

 

Considerar a musculação e exercícios cardiovasculares

Musculação e aeróbicos parecem efetivos para mudar o metabolismo.

Músculos necessitam de energia e por isso estão permanentemente requisitando que células trabalhem, isso leva a mais gasto calórico e ajuda para a queima de gordura corporal.

 

Aumentar o consumo de água para, pelo menos, 2 litros/dia

Marcio Mancini, endocrinologista e participante do Departamento de Obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) afirma que:

O corpo tem gasto calórico para absorver a água e ajustar com a temperatura corporal.

Uma ação importante para modificar o metabolismo. Experimente consumir água 30 minutos antes das principais refeições e sinta como necessitará de menos comida.

 

Preservar quantidade de horas para dormir o suficiente

Mesmo não citado acima como um motivo independente para travar o metabolismo, a insônia é uma bandida e grande retardaria na queima de gordura corporal.

Quando dormimos liberamos hormônios importantes e fundamentais para que o metabolismo normal ocorra no dia seguinte.

 

Aprender a conduzir situações e momentos estressantes

Menos estresse menos cortisol – é o que terá ao gerenciar suas emoções e dificuldades.

Em contrapartida, deverá fazer tudo o que for possível para manter a serotonina nos níveis séricos a fim de melhorar o humor e o modo positivista de enxergar o mundo.

 

Temperar a comida com termogênicos naturais

Canela, pimenta, gengibre, limão e outros alimentos termogênicos podem e devem estar presentes diariamente na dieta.

Pois estes são aceleradores naturais do metabolismo e ajudam para eliminar gordura corporal.

 

Participar de terapias

Opções como Reiki, Acupuntura, Ioga e outras terapias holísticas, ajudam de forma emocional a melhorar o metabolismo.

 

Contar com suplementos recomendados

Para melhorar – consideravelmente – o metabolismo e ajudar na queima de gordura corporal, suplementos como o HOT Termogênico da Growth Supplements serão de grande valia.

Que aliás, não podemos deixar de abrir um parêntese neste artigo, pois estamos falando de um produto novo, cunhado em análises e estratégias modernas de combate ao sobrepeso.

O Hot Termogênico da Growth, contém 4 grandes potencializadores naturais da termogênese, são eles:

  • Cafeína;
  • Gengibre;
  • Pimenta preta;
  • Pimenta Cayena.

Indicado por quem tem competência na área e conhece as causas primárias do Metabolismo lento e dificuldades na queima de gordura corporal.

Recomendamos que você leitor, acesse este link (clicando aqui) e saiba mais como experimentar.

 

Para concluir, por hora, o assunto sobre situações que retardam o metabolismo e como isso interfere na queima de gordura no corpo…

Pedimos que compartilhe este post!

Porque metabolismo lento é um distúrbio que pode ser curado e então poderemos mudar realidades estatísticas sobre o excesso de peso no Brasil e no mundo.

 

Referências

Gannon MC, Nuttall FQ, Saeed A, Jordan K, Hoover H. An increase in dietary protein improves the blood glucose response in persons with type 2 diabetes. Am J Clin Nutr 2003.

Carvalho A, Pires Neto C. Composição corporal através dos métodos da pesagem hidrostática e impedância bioelétrica em universitários. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desenvolvimento Humano 1999.

Guedes DP. Composição corporal: princípios, técnicas e aplicações. 2ª ed. Londrina: APEF, 1994.

 

...VEJA TAMBÉM...



Whey Protein Growth

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui