16 ago

Cardio e Musculação: Benefícios do Cárdio para quem faz Musculação

Treino de Cardio e Musculação Benefícios do cárdio para quem faz musculação

O combo cardio e musculação é muito conhecido por quem treina pesado e precisa ver os resultados acontecerem. Dificilmente será possível encontrar atletas que optam apenas por treinar os músculos, deixando de lado os aeróbicos.

Embora quem esteja em busca de hipertrofia tenha mais prazer em pegar pesado na musculação, não dá para ignorar os benefícios excelentes que o cardio pode fazer no seu resultado final.

Por esse motivo, vamos explicar melhor como funciona essa relação entre ambas as modalidades de treino e tirar algumas das dúvidas mais comuns sobre esse assunto. Confira mais abaixo tudo que separamos!

 

O que é cardio?

 

Os treinos de cardio são bastante comuns na academia – e é provável que você já tenha ouvido falar deles. Mas o que eles significam? Para simplificar, podemos resumir o cardio como uma abreviação para os exercícios cardiorespiratórios, ou seja, todos aqueles que aumentam de forma intensa a frequência cardíaca e a respiração.

Você pode pensar: mas a musculação também não aumenta a frequência cardíaca? De fato, sim, porém, ela não pode ser considerada um treino de cardio – já que a intensidade é um pouco menor, assim como o tempo de execução de cada exercício.

Portanto, o cardio são os famosos aeróbicos, como a corrida – na esteira ou na rua -, a bike, a dança, o jump e até a natação. Os exercícios que são de longa duração, aumentam o ritmo cardíaco e a respiração são os que compões os treinamentos de cardio.

 

Quem treina para hipertrofia pode fazer cardio?

 

Não só pode, como deve. Se você está em um processo de ganho muscular, pode até imaginar que os exercícios de cardio e musculação não combinam – ou que eles são capazes de atrapalharem seu desempenho.

Esse é um mito comum e que devemos combater ao máximo. Na realidade, a pergunta não é “se” devemos fazer, mas sim “quanto” devemos fazer. Você precisa se preocupar com o excesso de aeróbicos, porque eles podem fazer com que seu corpo gaste mais calorias e tenha mais dificuldades em criar músculos. [1]

Porém, eliminar o cardio da sua rotina também não é uma boa ideia. Vamos falar mais abaixo das vantagens que o treino traz para quem tem uma regularidade aceitável.

Leia também:

Devo tomar a Creatina Antes ou Depois do Treino? Qual o melhor horário?

10 alimentos para aumentar o consumo de proteínas para (hipertrofia)

Criando Glúteos Grandes, quebrando mitos e Montando um Planejamento

10 motivos para você fazer Musculação para Ansiedade (mantenha o controle)

E qual é essa frequência? Segundo especialistas, uma média bacana seria de dois a três treinos de cardio e musculação por semana. No caso dos treinos de hipertrofia, ele pode chegar até a cinco dias por semana.

Algumas dicas são relevantes:

  • O cardio e musculação não precisam andar necessariamente juntos. O mais indicado é que você tire dois dias apenas para o aeróbico – isso irá ajudar a manter seus treinos mais focados e intensos.
  • Vale a pena pensar que outros exercícios comuns do seu dia-a-dia também são considerados cardio. Se você vai ao trabalho de bike, por exemplo, não precisará treinar na academia – dever cumprido.

 

Cardio ajuda a secar?

 

O cardio e musculação são dois exercícios que têm a função de queimar gorduras. Porém, temos que ser honestos: você precisa adequar sua dieta para a quantidade de atividade aeróbica que fará. Sabe-se que esses são exercícios que queimam muitas calorias – que poderiam ser utilizadas para gerar músculos.

Por isso, mantenha a rotina de dois a três cardios por semana. Além disso, consulte um nutricionista para garantir que sua alimentação esteja condizente com o treino.

Mas, de forma geral, o cardio ajuda a secas, embora ele deve ser feito com prudência para quem está em busca de hipertrofia. Mas, antes de você sair abandonando de vez os aeróbicos, não deixe de ler as vantagens que ele traz para seus resultados!

 

Aeróbico depois da musculação queima gordura?

 

Essa é uma pergunta comum e bem relevante. Na realidade, o aeróbico pode sim queimar gordura, assim como qualquer exercício. Se sua única opção de cardio e musculação for no mesmo dia, a recomendação é manter o aeróbico para depois do treino pesado – antes ele pode causar fadiga e atrapalhar seus resultados naquele dia.

 

10 vantagens de fazer cardio e musculação

 

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

Agora que você já sabe que o cardio e musculação é uma boa ideia, separamos 10 motivos para que você não abandone os aeróbicos – mesmo que esteja em busca de gerar hipertrofia. Anote aí:

 

1 – Mais disposição

O primeiro benefício do exercício de cardio é, sem dúvidas a disposição. Você irá sentir que a energia aumentou em poucos dias de treino – até mesmo para atividades mais simples do dia, como ir ao trabalho sem tanto esforço.

O treino de cardio tem o poder de te ajudar a se sentir mais ativo e pode ser um bom incentivo para continuar nos objetivos.

 

2 – Exercício que traz mais prazer

Você pode até achar que a musculação é o único tipo de exercício que te traz prazer, mas não é bem assim. O cardio pode ser bem prazeroso, especialmente depois de algumas semanas de treino.

Experimente por alguns dias e veja como ele é capaz de ser um excelente exercício – mesmo se você ama musculação!

 

3 – Combate à depressão e ansiedade

O combo cardio e musculação é excelente para combater a depressão e os problemas de ansiedade. Estima-se de 70% da população mundial sofre com algum tipo de problema dessa natureza, inclusive contando com os que estão extremamente estressados.

Dito isso, é sempre válido considerar o treino não só como uma forma de conseguir benefícios estéticos, mas como um aliado na sua saúde e na sua vida em geral.

 

4 – Melhora seus resultados nos treinos

Agora, um benefício que irá interessar a todos: desempenho nos treinos. Sabe quando você não consegue se recuperar por completo entre uma série e outra? A culpa disso pode estar no seu condicionamento físico, que não está alinhado com os seus objetivos.

Nesse caso, é válido começar para ontem um treino de cardio: será ele que irá ajudar a fazer com que o seu corpo ganhe mais desempenho e poderá garantir melhores resultados na hora da musculação.

 

5 – Diminui dores musculares

O treino de cardio e musculação pode diminuir uma série de dores musculares. Essas dores podem diminuir não só pela melhora do condicionamento em geral, mas porque os seus músculos passarão a receber mais oxigênio derivado do aumento da circulação sanguínea – que é responsabilidade dos aeróbicos.

Sem dúvidas, para quem quer um treino com menos dores, vale a pena apostar nos cardiorespiratórios pelo menos duas vezes por semana – em média de 20 a 30 minutos seguidos.

 

6 – Evita o acúmulo de gorduras

Como explicamos, o cardio e musculação formam um combo capaz de diminuir gorduras e trazerem aquele efeito de secar o excesso que se acumulou. Tanto um como o outro pode ajudar nesse processo e o cardio terá a função de eliminar aquelas calorias extras de algum desvio na sua alimentação da semana.

 

7 – Diminui compulsões alimentares

Sim, quem está em busca de hipertrofia precisa se alimentar mais e melhor, não há dúvidas. Mas, comer bastante não significa comer de tudo – e muitos atletas podem sofrer com as famosas compulsões por doces ou alimentos industrializados. Nesse caso, vale muito a pena apostar nos exercícios de cardio para diminuir os sintomas.

Como falamos mais acima, o cardio pode acabar com as crises de ansiedade e de estresse, que são gatilhos para compulsões. Se você tem qualquer dificuldade para lidar com a dieta, o cardio precisa estar na sua rotina.

 

8 – Melhora a aparência física

Explicamos durante o texto que o cardio e musculação podem ajudar a diminuir as gorduras e trazer o efeito de “secas” o excesso. Tudo isso reflete diretamente na sua aparência e pode até mesmo dar a sensação que você criou mais músculos.

Isso porque o aeróbico costuma ajudar a diminuir aquelas gorduras mais acumuladas, de difícil acesso e que insistem em não ir embora.

 

9 – Ajuda na recuperação muscular

Outro benefício excelente do combo cardio e musculação é a recuperação muscular. Vale a pena dizer que nossos músculos se formam não só no momento do treino, mas quando descansamos. Durante esse processo, quando treinamos com os aeróbicos, ganhamos mais força muscular e muito mais chances de desenvolvermos a hipertrofia.

 

10 – Permite que você coma mais

Por fim, um benefício que pode ser considerado excelente: poder comer mais e sem culpa. Os aeróbicos queimam gorduras e queimam calorias, portanto, eles evitam que você precise se privar o tempo todo.

É óbvio que não aconselhamos que você saia da dieta e nem ao consuma alimentos de qualidade duvidosa ou industrializados. Porém, caso haja um excesso, os exercícios de cardio servirão como uma garantia que os resultados não serão perdidos.

 

No texto de hoje falamos um pouco da importância de apostar no combo cardio e musculação. Antes descartar por completo esse exercício, pense em como ele poderá te ajudar a chegar nos seus objetivos. Lembre-se: o cardio deve ser um complemento, jamais uma atividade diária, especialmente se você tem o intuito de gerar hipertrofia.

Em caso de dúvidas sobre a frequência e sobre como adequar os treinos à sua dieta, não deixe de consultar um nutricionista especializado e um treinador físico.

 

Referências

1. Gustavo Luz Távora, Educador Físico

 




DICAS RELACIONADAS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação

Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.