Como comprar BCAA? 7 super dicas para não errar na escolha!

Como comprar BCAA 7 super dicas para não errar na escolha!
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

O BCCA é dos suplementos alimentares bastante discutidos entre os atletas fisiculturistas. Não só por ser um aminoácido essencial, mas pelos benefícios que proporciona para o corpo humano.

Alguns alimentos nas quais consumimos, como por exemplo, a carne vermelha, possui BCAA. Porém, estudos mostram que o suplemento além de ser mais benéfico, tem grande importância para o período de pré-treino e pós-treino, porque ajuda no momento da recuperação das lesões corporais e musculares, principalmente aquelas que são formadas durante o tempo de treino.

Durante os exercícios, o corpo entra em estado catabólico. Desta maneira, caso o organismo não tenha nutrientes para se abastecer durante o treino, ele retira dos aminoácidos presentes nos músculos para suprir a demanda do corpo por energia.

Nestas condições suprir o organismo com BCAA traz ganhos relevantes, como: mais energia, menos fadiga e melhor capacidade de recuperação muscular.

Por isso, para sanar todas as dúvidas sobre o suplemento BCAA, fizemos um artigo explicando melhor sobre este aminoácido e como não errar na escolha no momento da compra.

 

O que é o BCAA e qual sua função?

 

A sigla BCAA vem da abreviação em inglês “Branch Chain Amino Acids”, que significa: aminoácidos de cadeira ramificada (ACR).

Logo, os aminoácidos que compõe o BCAA são: Leucina, Isoleucina e Valina. O trio faz parte dos 9 aminoácidos essenciais para nós humanos, tal que cerca de 35% dos músculos estriados são constituídos por esses 3 aminoácidos.

Quando praticamos exercícios físicos, o organismo utiliza as reservas de glicogênio muscular para produzir a energia. Em sua ausência ou déficit de glicogênio, os músculos podem utilizar gorduras ou proteínas intracelulares, situação conhecida por catabolismo. Assim, para evitar que isso aconteça, os aminoácidos tem a função de ajudar a diminuir o rácio de destruição de proteínas intracelulares para uso de energia, contribuindo para reconstrução celular depois do exercício.

Então, como há 20 aminoácidos existentes e o corpo humano produz somente metade desta quantia, o restante precisa ser obtido através da alimentação ou da suplementação com BCAA. Por isso, que atletas ou quem pratica algum esporte mais intenso necessita desses aminoácidos para complementar sua ingestão diária, visando ganhar e manter a massa muscular.

 

Tipos de BCAA

 

Não é porque existem vários tipos que um é melhor que o outro, muito pelo contrário, todos tem o mesmo objetivo: auxiliar na recuperação muscular e melhorar o desempenho esportivo do individuo. A única diferença são as versões disponíveis para consumo.

Assim, conheça os três tipos de BCAA disponíveis no mercado e escolha seu preferido:

 

BCAA em Cápsulas ou Tabletes

Para quem busca praticidade o BCAA em cápsula é uma boa opção, porque pode ser ingerido rapidamente. No entanto, é preciso tomar cuidado com a ingestão em alta quantidade, já que várias cápsulas ao mesmo tempo pode causar irritação no estômago.

 

BCAA em Pó

Este tipo é considerado o que tem maior concentração de aminoácidos, devido à pureza da composição. Segundo estudos, sua absorção também é mais rápida.

 

BCAA Líquido

Assim como o BCAA em cápsulas, o BCAA líquido é bem prático. Porém, apresenta menor concentração de aminoácidos.

 

Em relação à proporção do BCAA, tem diferença?

 

Proporção nem sempre quer dizer qualidade, porém, a proporção é um dos fatores que causam duvidas naqueles que estão pensando em tomar o aminoácido. Assim, vamos esclarecer as proporções existentes e a diferença entre elas, pois a mudança em questão é o fator concentração.

Confiram abaixo as proporções existentes de BCAA:

Creatina Growth
Creatina Growth
Creatina Growth
creatina Growth

BCAA 2:1:1 – Contém duas partes de leucina para uma de isoleucina e uma de valina.

BCAA 4:1:1 – Contém quatro partes de leucina para uma de isoleucina e uma de valina.

BCAA 5:1:1 – Contém quatro partes de leucina para uma de isoleucina e uma de valina.

BCAA 6:1:1 – Contém seis partes de leucina para uma de isoleucina e uma de valina.

BCAA 10:1:1 – Contém  dez partes de leucina para uma de isoleucina e uma de valina.

BCAA 12:1:1 – Contém doze partes de leucina para uma de isoleucina e uma de valina.

Como puderam observar o que muda é a concentração, o número das proporções e sua distribuição. A qualidade continua sendo a mesma, até porque BCAA é um composto de aminoácido importantíssimo para o nosso corpo.

 

 

Benefícios do BCAA

 

 

Este aminoácido tem como principal benefício contribuir para o ganho de hipertrofia muscular, sem contar que auxilia na recuperação, aumentando o músculo para o próximo treino.

Em vista disso, fizemos uma lista de outros benefícios eminentes ao uso deste aminoácido.

Segue abaixo:

 

# Melhora os níveis da Qualidade Nutricional

Dá mais disposição e ânimo não só no treino, mas para atividades do dia a dia.

 

# Ajuda no sistema Imunológico

Por conter aminoácidos essenciais para nosso corpo e vitaminas, ele ajuda a otimizar o sistema imunológico.

 

# Estimula a produção e liberação de insulina no Sangue

Faz com que o açúcar do sangue seja absorvido pelas células musculares, facilitando a penetração dos aminoácidos de maneira que proporcionem a construção dos músculos.

 

# Absorção Rápida

O BCAA não é degradado no fígado, ele vai direto para o intestino e transferido para os tecidos musculares. Logo, sua absorção é rápida.

 

# Evita perda de Músculos

Seja para quem faz atividade física ou não, e também dietas para emagrecimento com baixo índice de calorias.

 

# Evita incidência de dor Muscular Tardia

Principalmente na performance de atletas.

 

# Preveni a degradação de Proteínas

O uso do BCAA evita perdas das fibras musculares.

 

# Funciona como antianabólico e Anticatabólico

Por ter ação nestes aspectos não prejudica o desempenho para quem busca hipertrofia.

 

# Age como redutor de fadiga física e Mental

Por conter a valina, aminoácido que ultrapassa a barreira cerebral, o BCAA é capaz de reduzir a fadiga física e mental.

 

# Age como Redutor de Apetite

Como também contém a leucina, o BCAA pode reduzir o apetite, e em contrapartida é ótimo para auxiliar no emagrecimento.

 

Como tomar e qual a quantidade indicada?

 

Tudo vai depender do que a pessoa consome no restante do dia, pois alguns alimentos são ricos em BCAA. Assim, sua ingestão vai variar de acordo com os objetivos e treinos.

Em pesquisas científicas relatam que os aminoácidos variam entre 0,05 gramas por kg de peso até 0,1 gramas por kg peso. Por exemplo: uma pessoa que pesa 70kg pode necessitar de uma porção que varia entre 3,5gr a 7gr em cada momento, no pré e pós treino.

Leia também:

Tipos de Whey Protein e seus Benefícios

Como comprar Creatina? 7 super dicas para não errar na escolha!

Como comprar Whey Protein? 7 super dicas para não errar na escolha!

O que é BCAA, para que serve, como e porque tomar?

Para que serve o BCAA, qual sua eficiência? Como e porque tomar?

Tomar BCAA antes ou depois do treino? Qual o melhor horário?

BCAA engorda ou emagrece? Faz Mal? Como Tomar Corretamente?

O que é a Caseína, para que serve, efeitos colaterais, como tomar

Vantagens do Whey Protein com BCAA e Creatina para ganho de Massa Muscular

Entretanto, como já dissemos para escolher a dosagem deve-se levar em conta as características da rotina de treino, ou seja, quanto mais intensa e mais frequente forem os treinos, maior a demanda. Quanto menos intenso, menor a demanda.

 

 

Confira 7 dicas para não errar na escolha do BCAA

 

 

A escolha de um suplemento é um processo gerador de dúvidas, principalmente devido às inúmeras marcas e versões que existem no mercado. Por isso, antes de realizar a compra o ideal é ficar atento a algumas dicas para depois não se arrepender. Lembrando, que antes de começar a tomar qualquer suplemento, deve-se consultar um especialista para melhor instrui-lo.

Então, para não errar na escolha do BCAA siga as seguintes dicas:

 

#1 – Observe o tamanho da porção indicada pelo fabricante

Geralmente alguns rótulos de BCAA aparecem números como 6.000, 3.000, etc. No entanto, isso é feito somente para chamar a atenção, pois não é este numero que vai indicar quantas gramas precisa tomar. Então, procure focar no tamanho da porção!

 

#2 – Analise o custo por grama de leucina

Além de entender a quantidade de leucina em cada porção, também se deve ficar atento ao custo por grama. Exemplo: 1,2g de Leucina em 3 cápsulas. Em 120 cápsulas são 48 gramas de Leucina. Como o pote custa R$78, o custo é de R$1,6 por grama de Leucina. Portanto, este produto possui uma quantidade boa de leucina e baixo custo por grama.

 

#3 – Atenção à marca

Como no mercado há diversas opções para todos os gostos, é preciso ter uma atenção maior com relação à marca. Antes de comprar, pesquise e verifique se o produto é de qualidade e se a marca esta entre as aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

 

#4 – Defina a ingestão de gramas ao dia

Antes de escolher o BCAA, também é preciso saber quantas gramas será ingerida ao dia. Se for consumir 15g, o ideal é o BCAA em pó. Se a dose for 8g, BCAA em tabletes. Já se a dose for abaixo de 4g, o BCAA em cápsula pode ser uma boa sugestão.

 

#5 – Veja qual tipo se adapta mais ao seu organismo

Para aqueles que sempre estão na correria, o BCAA em tabletes ou cápsulas pode ser bastante prático, mas dependendo da quantidade ingerida propicia um desconforto estomacal. Já o BCAA em pó é menos prático, porém, tem disponíveis vários sabores de acordo com o paladar de cada um. É só escolher!

 

#6 – Avalie sua rotina alimentar

Um dos pontos principais também é este, a alimentação. Não adianta comprar um monte de suplemento e ter uma má alimentação. O correto é aliar o aminoácido a uma dieta saudável, para assim, obter os resultados desejados.

 

#7 – Entenda seu objetivo

Este aminoácido tem inúmeros benefícios e um deles é ganhar e manter a massa muscular. Logo, se o objetivo for esse não tenha dúvidas: escolha o BCAA. Mas é válido lembrar que antes de qualquer iniciativa, consulte um profissional especializado para melhor instrui-lo.

 

Como funciona e quais os efeitos do BCAA

 

 

Onde comprar BCAA de Qualidade e não jogar dinheiro fora?

Não só o BCAA, mas quando o assunto é comprar um suplemento de qualidade e com um valor que cabe no seu bolso, a melhor escolha é: Growth Supplements.

A Growth esta entre as melhores marcas de suplementos alimentares do Brasil, aprovada em todos os testes da Agência de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Os suplementos tem fabricação própria e todos passam por baterias rigorosas de análise no laboratório interno e nos parceiros (ALAC e LABCAL).

A composição de seu BCAA não contém uma quantidade significativa de calorias, carboidratos, proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans, fibra alimentar e sódio. Os ingredientes são: L-leucina, L-isoleucina, L-valina.

Além disso, na Growth tem as versões tanto em pó e cápsulas, como: o BCAA 2:1:1, BCAA 5:1:1 e o BCAA 10:1:1.

Estes produtos podem ser encontrados em lojas especializadas, farmácias, academias, sites na internet e até mesmo em supermercados.

Então, para quem não sabia onde comprar BCAA, agora já não tem mais duvidas. Autenticidade e produtos até 40% mais baratos que em outros locais, é só Growht Supplements. Aí, a escolha é certa! Clique aqui e confira!

 

 

Esperamos que o post tenha ajudado você a sanar suas dúvidas!
Passe essas informações adiante, compartilhe! 

 

 

Referências

Blomstrand E, Celsing F, Newsholme EA. Changes in plasma concentrations of aromatic and branchedchain amino acids during sustained exercise in man and their possible role in fatigue. Acta Physiol Scand 1988; 133: 115-21

Blomstrand, E.; Andersson, S.; Hassmen, P. A.; Ekblom, B.;  Newsholme, E. A. Effect of branched-chain amino acid and carbohydrate supplementation on the exercise-induced change in plasma and muscle concentration of amino acids in human subjects. Acta Physiologica Scandinavica, v.153, n. 2, p.87-96, 1995;

Rogero, M. M.; Tirapegui, J. O. Aminoácidos de Cadeia Ramificada, Balanço Protéico Muscular e Exercício Físico. Nutrição em Pauta, v.83, p.28-34, 2007;

 

...VEJA TAMBÉM...



Whey Protein Growth

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui