15 mar

Aquecer o Whey Protein altera seus Benefícios e Propriedades?

Aquecer o Whey Protein altera seus Benefícios e Propriedades

Uma das formas mais práticas de conseguir um bom aumento de massa muscular é aliando um bom plano de exercícios ao consumo de um bom suplemento. O Whey Protein, sem dúvida é o preferido, e também um dos melhores. A sua fama, inclusive acabou criando maneiras de consumir o Whey Protein. E aí surge a dúvida: aquecer o Whey Protein altera seus benefícios e propriedades?

Nesse post, iremos discutir se aquecer Whey Protein pode ter algum efeito sobre suas propriedades e seus benefícios. Para isso iremos trazer alguns aspectos para esclarecer esse questionamento e trazer algumas curiosidades a respeito do tema também.

 

Aquecer o Whey Protein altera suas propriedades?

 

O primeiro aspecto que é também uma curiosidade interessante, é que as proteínas presentes no seu Whey Protein possuem muito mais funções do que simplesmente serem absorvidas, degradadas e usadas como matéria-prima para a produção de massa muscular.

Biologicamente as proteínas possuem inúmeras funções. Estas, por sua vez, dependem de suas características moleculares, ou seja, do seu tamanho, estrutura, da sua carga elétrica, do seu pH e da sua resistência ao calor.

Algumas proteínas, devido suas características moleculares específicas, são absorvidas em diferentes regiões do intestino. Outras, por sua vez, devido suas características facilitam a absorção intestinal de outras substâncias, agindo como auxiliares no processo de digestão, como ocorre na absorção de determinados minerais.

Leia também:

O que é WHEY PROTEIN, para que serve, como e porque tomar?

Tomar Whey Protein com Leite ou Água? O Leite corta o efeito do Whey?

Whey Protein sem Lactose, o whey para quem tem Intolerância à Lactose

Uma vez que a finalidade do Whey é fornecer matéria prima para uma rápida absorção de aminoácidos, seu aquecimento em baixas temperaturas parece não exercer qualquer alteração quanto a perda desses aminoácidos.

No entanto, é importante salientar o seguinte: o que pode influenciar esse fornecimento e absorção rápida de aminoácidos é o tipo de alimento que você ingere com o Whey e/ou aquilo que você irá prepara ao aquecer o Whey Protein.

Alimentos de absorção lenta, por exemplo, influenciam na motilidade intestinal e no tempo de absorção, podendo contribuir para uma absorção mais lenta do Whey, que não é o desejado para aqueles que o utilizam como suplemento com matéria prima para rápida absorção.

Então é bom ter cuidado com o que você irá preparar ou consumir com o seu Whey.

 

Aquecer o Whey Protein e síntese proteica Pós Exercício

 

É comum, sempre que tratamos de exercício físico e suplementação, lermos sobre os miócitos ou fibras musculares, as unidades celulares que formam os músculos, e como a musculatura sofre microlesões durante a prática da atividade física.

Lesões essas que informam nosso organismo sobre a necessidade de produção de novas fibras e de promover a hipertrofia a fim de suprir as necessidades energéticas e de força do exercício.

Nesse contexto entram suplementos como Whey Protein que fornecem proteínas e aminoácidos para a produção de massa magra.

No entanto, um outro aspecto muito interessante, é que os aminoácidos, além de serem utilizados durante a síntese de novas proteínas, também são os responsáveis por estimular a síntese proteica. Após uma sessão de exercícios físicos, a utilização de suplementos alimentares com carboidratos e proteínas favorece a síntese proteica por 3 motivos:

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

 

#01 – Absorção de Aminoácidos

Quando os aminoácidos são de rápida absorção, facilita o aumento da concentração plasmáticas dessas moléculas, que posteriormente são captadas mais facilmente pelas células;

 

#02 – Captação de Aminoácidos

O aumento de carboidratos leva ao aumento de insulina na circulação sanguínea, favorecendo a captação dos aminoácidos para o interior das células onde serão utilizados na síntese proteica;

 

#03 – Indutores da Síntese Proteica

Uma vez captadas pelas células, os aminoácidos podem ativar de maneira mais rápida os mecanismos de síntese proteica após o exercício e reduzir o catabolismo proteico, favorecendo o ganho de massa muscular.

Aquecer o Whey Protein para consumo pós treino para beber com algo quente, por exemplo, não parece influenciar de maneira negativa na capacidade de desencadear a síntese proteica pós-exercício.

Mas a depender da utilização do Whey para preparo de receitas, isso pode retardar sua absorção e ter menos resultados na sua utilização como fonte de absorção rápida de aminoácidos para inibir o catabolismo proteico na rotina pós-exercício.

 

Aquecer o Whey Protein altera seus benefícios?

 

Alguns dos benefícios relacionados ao consumo de Whey Protein podem ser citados, tais como o aumento de massa magra, melhora da digestibilidade, a redução da gordura corporal e aumento da densidade mineral óssea.

Não há estudos científicos específicos realizados que creditem os desacreditem a utilização do Whey Protein em receitas ou mesmo seu aquecimento para consumo.

Leia também:

O que é WHEY PROTEIN, para que serve, como e porque tomar?

Tomar Whey Protein com Leite ou Água? O Leite corta o efeito do Whey?

Whey Protein sem Lactose, o whey para quem tem Intolerância à Lactose

Não existem estudos que avaliem especificamente o efeito do aquecimento do Whey Protein para consumo humano. O que cairia muito bem para sanar as dúvidas e sabermos experimentalmente se aquecer Whey Protein altera seus benefícios e propriedades.

O que é possível encontrar na literatura, é um trabalho publicado pelos pesquisadores irlandeses Potes, Kerry e Roos no ano de 2009 no Journal of Agricultural and Food Chemistry.

Neste trabalho eles avaliaram as alterações que as interações entre proteína-carboidrato, proteína-lipídio e proteína-carboidrato-lipídio e o aquecimento destes poderiam ocasionar no Whey Protein.

Segundo o estudo, a presença de lipídios e consequentemente a oxidação lipídica, favorece a oxidação e agregação proteica, podendo diminuir sua absorção e assim o fornecimento dos aminoácidos.

 

Referências

HARAGUCHI, FK; ABREU, WC; PAULA, H. proteínas do soro do leite: composição, propriedades nutricionais, aplicações no esporte e benefícios para a saúde humana. Ver. Nutr. Vol.19, n°. 4, Campinas, 2006.

MELO, FF; BORDONAL, VC. Relação do uso da Whey Protein isolada e como coadjuvante na atividade física. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo, v.3, n.17, 2009.

POTES, N; KERRY, JP; ROOS, YH. Oil as reaction medium of glycation, oxidation, denaturation, and aggregation of whey protein systems of low water activity. J. Agric. Food Chem. 2013.

 






DICAS RELACIONADAS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.