Quais os melhores Exercícios para fazer na Menopausa?

Exercícios na Menopausa
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

A menopausa é o período fisiológico depois da última menstruação espontânea da mulher.

Neste espaço de tempo se encerram os ciclos menstruais e ovulatórios.

Para isso, denomina-se o nome de climatério, ou seja, período onde o organismo deixa de produzir de forma lenta e gradativa os seguintes hormônios: estrogênio e progesterona.

Para explicar a situação acima, por exemplo, sobre a falta dos hormônios no corpo, podemos analisar o seguinte fato:

A deficiência de estrogénios, as alterações do perfil lipídico, o aumento de peso e consequentemente o sedentarismo são alguns dos principais fatores dominantes de hipertensão arterial em mulheres na menopausa.

No entanto, sempre há alguma solução e neste caso a estratégia é a mudança do estilo de vida, mas especificamente ter uma alimentação saudável e praticar atividade física regularmente.

Assim, as chances da menopausa afetar de modo maçante o organismo da mulher são bem menores.

Desta maneira, vamos relatar neste conteúdo os principais exercícios, seus benefícios e as dicas para ajudar as mulheres nesta fase da vida.

 

Melhores modalidades para fazer durante a Menopausa

 

O exercício físico contínuo na intensidade constante (leve/moderado) foi empregado na maioria dos trabalhos da área da saúde, pois os benefícios com relação às doenças cardiovasculares e endócrino-metabólicas são inúmeros.

Consideram-se atividades contínuas realizar exercícios três dias por semana com pelo menos 30 minutos, numa intensidade de 50 a 70% da frequência cardíaca máxima.

Já o exercício físico intermitente caracteriza-se por alterações em sua intensidade durante a realização do treinamento, na qual pode variar de 50 a 85% da frequência máxima, durante somente dez minutos.

Leia também:

Mulheres, seus Hormônios e Funções

É possível conquistar o Corpo dos Sonhos?

As super Funções das Vitaminas para o Organismo

Por conseguinte, como estamos vendo neste texto que a atividade física regular libera endorfinas na corrente sanguínea, promovendo o bem estar físico e emocional, vamos citar a seguir os melhores exercícios para as mulheres fazer durante a menopausa e se sentir mais confortável e confiante, mas para aproveitar todos estes benefícios.

Confira!

 

Caminhada

A caminhada pode ser realizada em pistas de caminhada ou até mesmo em qualquer lugar, desde que não haja tantos obstáculos no solo.

Ela além de estimular a reposição óssea e preservar a elasticidade das artérias, queima calorias e contribui para a manutenção do peso ideal.

 

Hidroginástica

Bastante recomendada por médicos para as mulheres que estão algum problema nos ossos.

A hidroginástica trabalha todo o corpo e não causa lesões.

 

Creatina Growth
Creatina Growth
Creatina Growth
creatina Growth

Dança

Conhecida pela agitação, passos, diversão, a dança melhora a coordenação motora e a noção de espaço.

Ainda, promove o bem estar e a socialização. Sem contar, que a zumba, por exemplo, modalidade em destaque nas academias é uma opção para manter o corpo ativo.

 

Pilates

Este exercício aumenta a flexibilidade e manter os músculos durinhos. Geralmente é indicado para quem possui algum tipo de problema na coluna.

Entretanto, qualquer individuo pode praticá-lo, tal que o mesmo melhora a força dos músculos do pavimento pélvico, combate e preveni a incontinência urinária e melhora a libido e o contato íntimo.

 

Musculação

As mulheres que desejam fortalecer os músculos e os ossos, pois ambos ficam mais frágeis depois dos 50 anos, podem também optar pela musculação.

Os exercícios são adaptados e realizados de maneira lenta para afastar as ondas de calor causadas pela menopausa.

 

Efeitos dos exercícios em cada parte do Corpo

 

A mudança de vida neste período da menopausa é fator importantíssimo, tal que os exercícios físicos praticados regularmente agem em cada parte do corpo.

Por isso, esclareceremos os efeitos trazidos pelos exercícios em cada parte do corpo.

Segue abaixo!

 

Músculos

Com o decorrer dos anos a mulher perde muita massa magra.

Então, fortalecer a musculatura ao redor do joelho é essencial para manter o equilíbrio e evitar futuras quedas.

 

Cérebro

Realizar exercícios de modo regular auxilia na regulagem dos sistemas cerebrais e melhora comunicação entre as células nervosas.

 

Coração

Os exercícios aeróbicos, por exemplo, previnem o surgimento de placas nas artérias que irrigam o músculo cardíaco.

 

Abdômen

O sedentarismo é um dos maiores vilões no quesito aumentar barriga.

Portanto, o melhor remédio é praticar algum tipo de atividade física, principalmente as que citamos.

 

Pâncreas

Associar musculação e exercícios aeróbicos controla a glicose no sangue, ou seja, afasta a diabetes.

 

Ossos

Atividades físicas que são de impacto promovem a formação de células ósseas.

Sendo assim, a probabilidade da pessoa apresentar osteoporose torna-se praticamente zero.

 

Vasos

Para aumentar a flexibilidade dos vasos e evitar complicações nas pernas, coração e cérebro, o ideal é apostar em exercícios como caminhada, natação e ciclismo.

 

Pra finalizar…

As principais alterações fisiológicas que acontecem nesse estágio fisiológico da mulher são as ondas de calor, suor noturno, atrofia urogenital, ao lado de patologias como o câncer, distúrbios do sono, osteoporose e doenças cardiovasculares (GENZAZZANI; GAMBACIANI apud MARTINS, 2011).

Ademais, o efeito da menopausa sobre a pressão arterial é difícil de ser avaliado, pois sofre influência de fatores como: o índice de massa corporal, classe socioeconômica e cigarro.

Assim sendo, concluímos que o exercício físico é ponto chave quando o assunto é longevidade, qualidade de vida, enfim, menopausa e outros inúmeros conceitos.

Leia também:

Quando praticado regularmente com controle da frequência e intensidade, ocasiona benefícios para a saúde das mulheres que vivem essa etapa, isto é, ameniza os sintomas.

Para passar pela menopausa com mais com facilidade a melhor estratégia é a mudança do estilo de vida.

Entre essas alterações encontra-se a prática de atividade física regular supervisionada com controle de duração, frequência, intensidade do programa de treinamento físico, e claro, ter uma alimentação saudável diariamente.

 

...VEJA TAMBÉM...



Whey Protein Growth Grupo DT

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui