Para que serve a Creatina? Saiba como e porque tomar para o ganho de Massa Muscular

Para que serve a Creatina? Saiba como e porque tomar para o ganho de Massa Muscular
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

Para que serve a Creatina é uma incógnita ainda muito em evidência e que causa insegurança, principalmente entre aqueles que desejam iniciar o uso deste suplemento.

Saiba que a creatina é um suplemento especial muito utilizado por praticante de atividades físicas de alta intensidade e que procuram um melhor ganho de massa muscular.

Entretanto, já existem algumas provas científicas que comprovam que esse suplemento também pode ser usado para outras questões.

Entre esses outros motivos estão preservar a massa muscular em idosos e mulheres pós menopausa e na prevenção de doenças como o Parkinson, Alzheimer e Huntington.

 Se você der uma pequena olhada nas prateleiras das lojas de suplementos alimentares vai perceber com certeza que a creatina é um campeão de vendas.

Isso porque é um ácido orgânico que tem função importante na formação de energia celular.

O que influenciou para a creatina se tornar o suplemento mais importante para quem busca hipertrofia.

Algumas das principais vantagens da Creatina são:

# Ajuda na hipertrofia;

# Melhora o desempenho durante os exercícios;

# Retarda a fadiga;

# Aumenta a capacidade de foco;

# Acelera a recuperação no pós-treino.

Porém, nesse tempo de anabolizantes e outros produtos ilegais, a Creatina se destaca.

Porque é um produto natural e com selo de qualidade para o ganho de massa muscular, é mais que bem vindo.

Mas, para descobrir todas as nuances que envolve para que serve a Creatina, primeiro precisamos descobrir o que ela é, concorda?

Então, leia integralmente esse artigo e surpreenda-se como poderá usufruir dos benefícios deste importante suplemento.

 

O que é e para que serve a Creatina?

 

A Creatina nada mais é do que um produto orgânico que na verdade também é produzido pelo nosso organismo de forma natural.

Sabemos que a creatina é resultado de aminoácidos, principalmente glicina, metionina e arginina.

Nosso organismo absorva cerca de 2 gramas de Creatina todos os dias apenas pela alimentação.

Sendo essa uma substância indispensável para o ganho de massa, a suplementação vai ajudar a acelerar esses ganhos, desde que a quantidade ingerida seja maior que a produzida naturalmente pelo nosso corpo.

95% de toda a creatina no nosso corpo pode ser encontrada no tecido muscular esquelético. Nossa massa muscular pode possuir até 4 gramas de Creatina por quilo.

É por esse motivo que fazer suplementação de Creatina pode ser muito eficaz, já que é necessário chegar a uma saturação muscular.

Creatina Growth
Creatina Growth
Creatina Growth
creatina Growth

Isso é impossível de ser realizado apenas com alimentação!

As principais fontes naturais de Creatina são, carne bovina e alguns tipos de peixes como o salmão.

Um filé de 230 gramas de carne pode conter 2,5 gramas de creatina, quantidade bastante semelhante a encontrada no salmão (2,3 gramas).

Porém, mesmo com a melhor das dietas, atletas não conseguem todo o aporte suficiente destes aminoácidos, motivo que leva a suplementação como garantia.

 

Quais as principais funções da Creatina?

 

A Creatina fornece muita energia para as contrações musculares. Isso acontece porque ela se converte em fosfocreatina, também chamada de creatina fosfato.

Ela é sintetizada pelo fígado, e assim que é liberada corre diretamente para o tecido muscular ajudando assim na produção de ATP (adenosina trifosfato).

A adenosina trifosfato é para o organismo uma grande fonte de energia vinda dos carboidratos, gordura e até mesmo da proteína.

Sempre que o músculo precisar realizar uma contração ATP realiza uma hidrólise se convertendo em ADP. Quando isso ocorre gera calor, utilizado na contração do músculo.

Após a conversão a creatina faz uma espécie de doação de um grupo fosfato. Ela fornece um grupo fosfato ao ADP, que por sua vez se converte mais uma vez em ATP.

Isso significa mais produção de energia para mais contração muscular, gerando assim o crescimento muscular.

Leia também:

CREATINA – O que é, para que serve, benefícios e como tomar

Conheça a importância e como Ciclar a Creatina

Café corta o efeito da Creatina? Mito ou Verdade?

Conheça os Benefícios da Creatina para Corredores

Vantagens da Creatina para aumentar a Performance nos Treinos

Quem tem Pedra nos Rins pode tomar Creatina? (todo cuidado é pouco)

O que é Creatina Monohidratada, para que serve, ingestão e seus efeitos

Devo tomar a Creatina Antes ou Depois do Treino? Qual o melhor horário?

O que é BCAA, para que serve, benefícios, função, efeitos colaterais e como tomar

Vantagens do combo Whey Protein com BCAA e Creatina para ganho de Massa Muscular

A ATP é responsável por todo o fornecimento e armazenamento de energia nas células, ajudando na atividade celular.

Sendo assim, a creatina funciona ajudando a disponibilizar mais energia durante os treinos, principalmente quando envolver contrações intensas e força.

A Creatina vai fazer com que o seu treino seja muito mais intenso e com maior volume de séries.

Mas, a parte mais importante é que ela também vai auxiliar encurtando a recuperação muscular entre as séries.

É dessa forma que a suplementação com Creatina vai ajudar no aumento de massa muscular de forma mais rápida.

Mas, este suplemento tem ainda muitas funções e veremos nos próximos blocos.

 

# Para que serve a creatina:  É bom para quem tem Insuficiência Cardíaca

A suplementação por Creatina pode ser muito importante para pacientes com insuficiência cardíaca.

De forma resumida, a Creatina pode ajudar no fortalecimento muscular cardíaco garantindo assim mais saúde e menos crises.

Além disso a Creatina também ajudaria a equilibrar o peso corporal, evitando o efeito sanfona e traria mais resistência muscular.

Entretanto, um estudo realizado em 2012 conseguiu comprovar que esse efeito não acontece em todos os pacientes com insuficiência cardíaca.

Ainda são necessárias mais pesquisas para conseguir identificar quando a suplementação pode ser benéfica, baseado em uma quantidade diária de 5 gramas.

A Creatina também ajuda na prevenção de algumas doenças como o Alzheimer e o Huntington. A suplementação pode gerar efeitos neuroprotetores.

Isso significa basicamente que a creatina agiria evitando a morte de células cerebrais, impedindo a continuidade da neurodegeneração.

 

# Para que serve a creatina:  Aumenta a força e a potência!

A Creatina é formada pela arginina e pela glicina, que são uma espécie de reserva de energia no nosso organismo a curto prazo.

Estudos comprovam que a creatina vai aumentar o seu desempenho aumentando a energia. Práticas como:

  • Agachamento;
  • Levantamento de peso;
  • Sprint;
  • Saltos.

E outros, serão realizados com maior intensidade.

De acordo com o estudo realizado em 2012, jogadores de handebol que fazem uso de Creatina possuem sua força aumentada em até 17%.

Isso aconteceu depois de uma suplementação de 20 gramas de Creatina por dia.

A suplementação vai aumentar os níveis de energia dentro do músculo liberando assim mais fosfato, isso vai gerar uma produção muito mais alta de ATP.

Vale lembrar que a ATP é essencial para o envio de energia dentro da célula.

 

# Para que serve a creatina:  Aumenta o tempo de exaustão e capacidade de trabalho

A melhor forma de conseguir ganhar massa e adquirir todos os benefícios provenientes da Creatina é trabalhando mais.

A Creatina também permite com que você aumente o tempo de prática física e contração do músculo, tornando os resultados mais aumentados.

Além disso, a Creatina também ajuda a criar aquela excitação pelo treino físico, mudando aquela emoção de que atividade física é muito dura.

Em pessoas especialmente sedentárias, apenas 15 gramas de Creatina podem ajudar a aumentar a vontade de praticar exercícios.

 

# Para que serve a creatina:  Diminui a gordura corporal

A Creatina também é muito procurada por ajudar no processo de queima de gordura de forma acelerada.

Isso acontece porque como o treino vai ser muito mais forçado e intenso, isso ajuda a eliminar mais gordura, ajudando até mesmo no cutting (fase de exercícios e dieta para secar).

Além disso, a Creatina também vai te ajudar a dobrar o tamanho dos músculos, o que é benéfico para um corpo mais rígido e malhado.

 

# Para que serve a creatina:  Melhora o metabolismo e a cognição

De acordo com estudos a suplementação de Creatina pode ser muito benéfica para pacientes com diabetes por exatamente melhorar a saúde metabólica.

Durante o estudo diabéticos que fizeram uso de Creatina tiveram a quantidade de açúcar no sangue reduzida de 11% a 12%.

Ou seja, fazer um uso diário de pelo menos 5 gramas de Creatina por dia pode ajudar no controle glicêmico.

Acelerando o metabolismo o corpo é capaz de usar carboidrato e açúcar como fonte de energia, impedido que o açúcar fique no sangue.

Outra vantagem é que a creatina pode ajudar a ter uma cognição muito mais acelerada.

Nosso cérebro também gasta energia, mais do que qualquer outro órgão na verdade.

A Creatina é uma fonte de energia rápida, então pode ajudar e muito a repor o que você usa diariamente.

 

Como usar Creatina para Ganho de Massa Muscular

 

Como a creatina tem o poder de atrair água para dentro do músculo, a primeira coisa é aumentar a quantidade de água a ser ingerida.

É importante consumir de 2,5 a 3 litros de água por dia, isso também vai ajudar os rins a jogar os resíduos fora.

5 gramas é uma boa quantidade de Creatina por dia para se começar, sempre combinando é claro com a água.

Não há necessidade de se consumir creatina em dias sem treino.

Vale a pena consumir o suplemento de uma só vez no pré-treino antes de começar a prática de atividade física.

Para aumentar mais ainda o ganho, seria ideal consumir a creatina com um pré-treino rico em carboidratos, isso ajuda na formação de energia.

Como visto para que serve a creatina tem muitas respostas e, mesmo sendo este suplemento muito seguro raros efeitos colaterais podem ocorrer e sobre isso leia a seguir.

 

Efeitos da Creatina

 

 

Tomar Creatina gera algum Efeito Colateral?

 

Embora não seja assim tão comum que aconteça, o uso de Creatina pode causar câimbras, desidratação e diarreia em alguns casos.

Raramente creatina pode causar ainda:

  • Quedas nos níveis de glicose;
  • Alterações na pressão arterial;
  • Dor abdominal;
  • Aumento de gases.

O uso de Creatina não é indicado para pacientes com problemas renais.

Os rins são responsáveis pela liberação da creatinina, um subproduto da creatina.

 

Onde comprar Creatina de forma confiável?

Agora que explicamos para que serve a creatina e se desejar iniciar o consumo, saiba que o mercado disponibiliza diversas marcas.

Entretanto, isso não significa que todas têm a mesma procedência, e por isso lembramos que é importante estar sempre atento sobre a origem do suplemento.

Sendo assim, sugerimos que acesse o site de Growth Supplements e conheça:

Creatina com selo Creapure®: suplemento elaborado após diversas pesquisas que têm nível de pureza elevado;

Creatina Monohidrata: também conhecida como amina e com nível inigualável de aminoácidos.

Ou seja, excelentes fontes de creatina que além de preço interessante (inferior até 40%) é enviada pela Growth no endereço que preferir. Clique aqui e confira!

 

Para finalizar…

Esperamos fortemente que este artigo tenha lhe orientado sobre para que serve a creatina, mas se ainda precisa de mais orientação sobre este suplemento, entre em contato.

 

Referências

Gonsalez-Gross, M.M.; e colaboradores. Oral creatine supplementation and skeletal muscle metabolism in physical exercise. Sports Med. 2002.

Koshy KM, Griswold E and Schneeberger EE. Interstitial nephritis in a patient taking creatine. N Engl J Med 1999.

Barisic N, Bernert G, Ipsiroglu O, Stromberger C, Muller T, Gruber S, et al. Effects of oral creatine supplementation in a patient with MELAS phenotype and associated nephropathy. Neuropediatrics 2002.

 

...VEJA TAMBÉM...



Whey Protein Growth

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui