22 jul

Multivitamínico: O que é, para que serve, benefícios, função, como tomar, suplementação

Multivitamínico O que é, para que serve, benefícios, função, como tomar, suplementação

O Multivitamínico tem como propósito oferecer várias vitaminas e alguns tipos de minerais, inclusos em uma única fórmula e assim contribuir para melhorias no organismo.

“Saúde em cápsulas” já não é um fato extraordinário, pois no inicio do século, o bioquímico Casimir Funk já considerava as vitaminas, naquele momento chamadas de “aminas da vida”, como as responsáveis para sustentar a saúde.

A capacidade de nutrição orgânica que as vitaminas oferecem, são fundamentais para regular processos químicos do organismo, ente eles: absorver energia dos alimentos; equilibrar hormônios; manter músculos e ossos fortes, entre outras coisas.

Não podemos produzir vitaminas, todas devem ser retiradas dos alimentos.

Isso nem sempre é possível e por isso a ciência desenvolveu os conhecidos suplementos com vitaminas, chamados de polivitamínicos ou multivitamínicos.

Imagine consumir várias cápsulas a fim de suplementar o organismo com diferentes tipos de vitaminas? Agora imagine consumir apenas uma única cápsula onde várias vitaminas (e minerais) estão harmoniosamente alojados?

Essa prazerosa e funcional possibilidade chamamos de multivitamínico.

Como age o multivitamínico, como usar, onde comprar e quais benefícios? serão perguntas respondidas neste post pela redação da equipe Dicas de Treino. Acompanhe!

 

O que é um Multivitamínico

 

Podemos dizer que multivitamínicos são bem mais que apenas vitaminas isoladas, pois são na verdade suplementos completos, criteriosamente pensados para agregar a saúde de quem consome, com foco em não oferecer riscos ou efeitos colaterais.

E, ao contrário que se pensa, o multivitamínico não serve apenas para tratar deficiências comprovadas de vitaminas, mas sim como preventivo, atuando como um poderoso fortalecedor do sistema imunológico.

Uma prova disso é o estudo realizado com o nome de Projeto de Pesquisa Agrupada Pós Câncer de Mama (After Breast Cancer Pooling Project (ABCPP) e apresentado em 2013.

Leia também:

Vitamínicos e Minerais: O que é, para que serve, benefícios, ingestão

Baixa Imunidade: Sintomas, Causas, Tratamento e Suplementação

Suplementos Vitamínicos que ajudam na Memória e na Concentração

Veja como Aumentar a Imunidade com Alimentação e Suplementação

Onde 4 estudos foram conclusivos sobre o uso de multivitamínico para tratar mulheres com câncer de mama. A ação favorável do suplemento para mais de 12.000 mulheres, que o receberam por 5 anos, ficou evidente com a redução da mortalidade no grupo em 15%.

Diante disso, afirma-se que multivitamínicos são efetivos para evitar doenças (câncer) ou mesmo para afastar as chances de reincidência.

Lembramos que para se manter saudável, o organismo precisa de doses diárias de nutrientes que devem ser equilibrados de acordo com a idade, sexo, rotina e demandas.

E isso – impreterivelmente – não é ofertado pela dieta convencional!

 

Para que serve o Suplemento Multivitamínico

 

O multivitamínico serve para suprir necessidades de diversas vitaminas e minerais que o organismo necessita, mas não produz, e que muitas vezes deixam de serem consumidas pela carência na dieta ou mesmo pela ausência de variedade (alimentos frescos e de qualidade).

Em único suplemento podem ser encontradas mais de 25 elementos entre vitaminas e minerais, distribuídos em unidades individuais e que podem ser consumidas diariamente.

Por isso é fundamental entender a composição do multivitamínico e como cada grupo soma a saúde da pessoa. Como exemplo:

Vitaminas: Lipossolúveis do tipo A, E, D e K ou mesmo do tipo hidrossolúveis como do complexo B, esse micronutriente é fundamental para síntese de carboidratos, proteínas e lipídeos.

No multivitamínico, especialmente o da Growth Supplements, as quantidades de vitaminas citadas acima, servem para garantir a saúde e disposição de todas as pessoas que usam o suplemento, mas, com ganhos exponencialmente percebidos pelos praticantes de exercícios, sejam esporádicos ou atletas.

Minerais: A ausência de quantidade adequadas de minerais expõe o organismo a diversas doenças como anemia, deficiência no ossos, rupturas e lesões musculares entre outras coisas.

Ao todo, são mais de 15 minerais que o organismo necessita, e fontes naturais muitas vezes não atendem as demandas diárias.

Deixando o corpo desprovido de cálcio, ferro, cromo, magnésio, zinco, cobre, iodo, selênio, manganês e outros. Abrindo assim um espaço para contaminações e doenças diversas.

 

Diferença entre Multivitamínico e Polivitamínico

 

De acordo com a literatura – multivitamínico e polivitamínico – são apenas sinônimos.

Diz-se multivitamínico ou polivitaminico qualquer fórmula que contenham mais que um tipo de vitamina/mineral.

O multivitamínico normalmente é destinado a um público alvo e definido (crianças, grávidas, idosos, atletas, homens, mulheres, etc.)

Polovitamínicos são disponibilizados em comprimidos e as vezes em injeções, enquanto que o multivitamínico pode ser encontrado além dessas formas também em pó e tabletes.

O objetivo principal de ambos é o mesmo, ou seja, levar ao organismo melhorias nutricionais.

No entanto, é fundamental chamar a atenção para o cuidado com a dieta, que deve ser diversificada, multicolorida e usar suplementação quando a necessidade for comprovada, a fim de evitar o excesso de vitaminas no organismo.

 

Benefícios dos multivitamínicos

 

Indubitavelmente é na alimentação natural que deveríamos encontrar quantidades significantes de vitaminas e também diversos minerais.

Porém, o estilo de vida e hábitos pós-moderno interferem negativamente para que pessoas consumam frutas, legumes e verduras para suprir as demandas nutricionais ideais.

Além disso, é preciso ressaltar que também os alimentos não têm a mesma qualidade de tempos atrás.

Hoje, o uso abusivo de agrotóxicos e a pobreza do solo, oferecem alimentos sobressalientes apenas em macronutrientes, quase extinguindo micronutrientes como zinco e outros minerais, por exemplo.

De outro lado, a carência desses micronutrientes está diretamente ligada a incidência de doenças porque o sistema imunológico fica comprometido.

Para quem pratica atividades físicas então, essa carência é ainda mais comprometedora, pois traz déficit no desempenho, além de chances de catabolismo, lesões musculares e ósseas.

Diante disso, podemos elencar vários benefícios com o uso de multivitamínico, entre os principais, destacamos:

  • Diminuição dos temidos radicais livres: somente com vitaminas é possível deter agentes que agridem o organismo;
  • Renovação das células: especialmente pela ação das vitaminas A e D, a formação de novas célula está garantida;
  • Atividades cerebrais e cardíacas dependem de vitaminas e são agraciados com superávit funcional quando existe o consumo de multivitamínico;
  • Melhorias na visão, pele, dentes, unhas, graças a vitamina A presente;
  • Otimização do metabolismo, pois existe vitaminas do complexo B na fórmula;
  • Melhor funcionamento dos ligamentos e artérias;
  • Bloqueamento do cortisol (hormônio do catabolismo);
  • Liberação do hormônio do crescimento.

Entre outras vantagens presentes nas fórmulas de multivitamínicos.

 

Precauções em relação aos Multivitamínicos ou Polivitamínicos

 

Apesar da necessidade eminente de repor nutrientes, é imprescindível observar o tipo e grau de carência nutricional.

Justamente porque vitaminas lipossolúveis (D, A, E e K) podem gerar algum tipo de efeito colateral quando consumidas em excesso.

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

Respeitar as individualidades também é fundamental para aproveitar ao máximo as vantagens do multivitamínico, que pode ser consumido para suplementar e não substituir refeições equilibradas que ofereçam fontes naturais de minerais e vitaminas.

Volumes altos de vitaminas podem ser tóxicos, pincipalmente se o suplemento não for de fonte confiável. Além disso alguns efeitos colaterais podem se apresentar como:

  • Dor de cabeça
  • Dor no estômago;
  • Mancha nos dentes;
  • Hemocromatose (excesso de ferro nos tecidos).

Além desses efeitos, sintomas secundários como: hemorragia no estômago; perda de cabelo; dor muscular; pedra nos rins; aumento da acne; entre outros, também podem se manifestar quando o consumo for superior ao recomendado.

Vale ressaltar que ao se manifestar a intenção de consumir multivitamínico com remédios, e existe a necessidade de levar em conta a interação medicamentosa.

Mulheres grávidas e que amamentam somente podem consumir vitaminas com indicação médica, pois algumas podem trazer riscos a gestação.

E mesmo que vitaminas possam ser usadas por todas as pessoas, é importante avaliação médica antes de iniciar o consumo.

 

Para que serve o suplemento vitamínico e mineral?

 

A proposta central do multivitamínico é repor vitaminas e minerais que estão faltando no organismo, cujas ausências se manifestam, como por exemplo:

  • Infecções e inflamações frequentes devido a baixa imunidade;
  • Cansaço excessivo;
  • Produtividade baixa;
  • Cabelos, unhas e pele apáticos;
  • Irritabilidade e indisposição.

Além disso, existem grupos propensos e dependentes de suplementos vitamínicos e com minerais como: mulheres que desejam engravidar; consumidores de bebidas alcoólicas; idosos; vegetarianos; pessoas em dieta especiais; crianças; pós cirurgia e atletas.

Neste último caso, o multivitamínico é essencial principalmente para auxiliar no ganho de massa muscular e tratar desgastes nas fibras musculares devido a intensidade dos treinos.

Além disso, é tarefa das vitaminas auxiliar na reposição da proteína gasta e que precisa estar presente rapidamente a fim de evitar o catabolismo.

Existem diversos multivitamínicos no mercado, contudo, a biodisponibilidade dos elementos (ingredientes) da fórmula é muito baixa, impossibilitando as células aproveitarem ao máximo os benefícios do suplemento.

Suplementos com minerais do tipo dequelatos são superiores em absorção, pois são envolvidos com aminoácidos.

Na fórmula da Growth Supllements, as substâncias do suplemento vitamínico conjugam ingredientes para aumentar a biodisponibilidade e vencer barreiras genéticas de absorção.

Elementos químicos como:

  • Cobre;
  • Niacina;
  • Selênio;
  • Cromo;
  • Iodo;

São apresentados em quantidade sugeridas para suprir necessidades diárias, facilitando assim o consumo equilibrado.

 

Perguntas e Respostas

 

Porque tomar multivitamínico?

Além de servir para repor nutrientes perdidos, em casos específicos já citados, a função do multivitamínico é a prevenção.

Atletas e pessoas ativas necessitam manter a disposição e energia nos níveis ideais para dar conta das exigências da rotina, que muitas vezes são extenuantes.

O estudo feito em 1994 pelo (SU pplémentation em VI Tamines e M INERAL Um nti-O X ydants) – SUVIMAX, forneceu dados que comprovam que os maiores beneficiários dos multivitamínicos são aqueles com hábitos nutricionais “ruins” e que são adeptos de dietas que deixam a desejar.

Neste contexto, a quantidade de minerais e vitaminas presente no suplemento é importante para que não ocorra a falta subclínica, o que levaria a necessidade de interferência médica.

 

Suplemento Multivitamínico engorda?

Não, de forma alguma. Multivitamínicos não servem como fonte energética, também não tem por objetivo abrir o apetite, exceto alguns que possuem mais quantidades de vitaminas do tipo B2 e B1.

 

Multivitamínico da espinha?

Em alguns casos – principalmente quando o uso é prolongado – pode ocorrer o aumento de espinhas, que é solucionado logo após cessar a ingestão.

 

Qual o melhor horário para tomar o Multivitamínico?

Depende de cada situação. Existem casos em que o uso de multivitamínico é continuo, principalmente quando há deficiência genética na absorção de nutrientes de fintes naturais.

Contudo, que está seguindo um programa de treinos pode aderir ao produto apenas durante ciclos onde existe maior gasto e intensidade.

Ou, quem está passando por carência nutricional devido a fatores (idade, cirurgia, etc.) também poderá consumir o suplemento por determinado período.

A ingestão diária é de uma cápsula de Multivitamínico_da Growth Supplements apenas com o auxilio de água, junto com refeições principais e distante do horário de treino.

 

Onde comprar Multivitamínico de confiança?

Como dito, existem diversas marcas no mercado e muitas não oferecem a quantidade necessárias de cada vitamina descrita no rótulo.

Diante disso é imprescindível verificar a reputação da empresa que está ofertando o suplemento a base de vitaminas, inclusive, conferindo as avaliações de outros usuários.

Enquanto que o Multivitamínico_da Growth Supplements é elaborado seguindo todos os critérios do órgão regulamentador e liberado para comercialização pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A comercialização é feita em embalagens (frascos) que contém 120 unidades (cápsulas revestidas, cada uma oferecendo 700mg de multivitamínico) livres de glúten e sem quantidades significativas de carboidratos e gorduras.

Destacamos que a Growth oferece diversos tipos de suplementos esportivos com qualidade e reconhecimento, por isso é vantajoso adquirir o multivitamínico diretamente no site e garantir melhor preço, promoções, entrega rápida e qualidade.

Além de mais seguro, será por lá que o preço poderá vir com desconto, que chegam até 40% a menos que lojas convencionais, já que a empresa trabalha com venda direta da fábrica. Clique e confira!

 

Para encerrar, convidamos a debater e postar opiniões sobre o assunto no espaço abaixo.

Sinta-se a vontade para curtir e compartilhar este post em todas as redes e aproveite para conhecer mais sobre a necessidade e o poder das vitaminas para quem treina acessando nossos artigos:

Vitamínicos e Minerais: O que é, para que serve, benefícios, ingestão

Baixa Imunidade: Sintomas, Causas, Tratamento e Suplementação

Suplementos Vitamínicos que ajudam na Memória e na Concentração

Veja como Aumentar a Imunidade com Alimentação e Suplementação

 

 

Referências

Fortmann SP, Burda BU, Senger CA, Lin JS, Whitlock EP.Vitamin and Mineral Supplements in the Primary Prevention of Cardiovascular Disease and Cancer: An Updated Systematic Evidence Review for the U.S. Preventive Services Task Force. AnnalsofInternal Medicine. Dez 17, 2013.

Elizabeth M. Poole, XiaoouShu, Bette J. Caan, Shirley W. Flatt, Michelle D. Holmes, Wei Lu, Marilyn L. Kwan, Sarah J. Nechuta, John P. Pierce, Wendy Y. Chen, Postdiagnosissupplement use andbreastcancerprognosis in theAfterBreastCancerPooling ProjectBreastCancer Res. Treat., 139(2), 529-37 (2013).

Boaventura GT, Cozzolino SMF. Selenium bioavailability in the regional urban diet of Mato Grosso, Brazil. Int J Food Sci Nutr. 1993.

 






DICAS RELACIONADAS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.