29 maio

Vitamina B5: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Vitamina B5 O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Para quem treina ou faz exercícios intensos, as vitaminas e os minerais são fundamentais, pois ajudam no ganho de massa e impedem que haja um sobrecarga desnecessária ao corpo. Porém, todos sabem que uma boa nutrição é a melhor forma de mantermos nossa saúde em dia, independente da nossa atividade diária. E, por isso, estamos fazendo uma série completa sobre cada uma das vitaminas conhecidas. Hoje falaremos especificamente da vitamina B5, que faz parte do complexo B.

Você entenderá para que ela serve, como encontrá-la, os sintomas do seu excesso e de sua deficiência, além de todos os seus principais benefícios. Confira logo abaixo tudo que separamos!

 

O que é a vitamina B5?

 

A vitamina B5 é uma das vitaminas mais importantes do complexo B e é o que os médicos chamam de substância hidrossolúvel, ou seja, solúvel em água. Isso faz com que ela seja facilmente absorvida pelas células e possa chegar a basicamente todos os órgãos do organismo, onde cumpre papel fundamental. Há quem considere a vitamina B5 como essencial para nossa sobrevivência, sendo sua carência capaz de gerar efeitos negativos graves, que podem ser sentidos a curto prazo após uma alimentação deficiente.

Seu nome científico é ácido pantotênico e sua descoberta foi em 1933, logo após os quatro primeiros elementos do complexo B. O fato da vitamina B5 ser hidrossolúvel é excelente para que ela seja facilmente absorvida, porém, há a desvantagem dela não poder ser armazenada em nosso corpo, sendo sua ingestão diária obrigatória para que os níveis não caiam drasticamente.

 

Para que serve a Vitamina B5?

 

Assim como a vitamina B2, a vitamina B5 tem uma função importante na nossa disposição diária, tanto para atividades comuns, como para nossa sobrevivência no geral.  Isso porque ela age diretamente no metabolismo e faz com que as gorduras e os carboidratos ingeridos sejam quebrados para haver a transformação desses nutrientes em energia – ou seja, toda nossa fonte de energia passa em algum momento pela vitamina.

Além disso, o ácido pantotênico é responsável pelo equilíbrio do nosso colesterol, pois atua na produção de hemácias, que irão transportar o sangue para o coração e para o restante do corpo. Por fim, a vitamina B5 também é responsável pela digestão e pelo controle hormonal de todo o organismo – isso sem contar sua ação no transporte de oxigênio aos neurotransmissores do sistema nervoso central.

Leia também:

Vitamina B1: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Vitamina B2: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Vitamina B3: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Esses são alguns dos motivos pelos quais essa seja considerada uma das vitaminas mais essenciais do complexo B, cuja atuação é generalizada e sua deficiência atinge todos os órgãos – desde o cérebro até os músculos e a pele.

 

Benefícios da Vitamina B5

 

Emagrecimento

Embora a vitamina B5 seja uma das mais importantes para nossa saúde, não há como negar que sua maior atratividade é a ajuda no processo de emagrecimento. E é bem simples de compreender como ela funciona, afinal, a vitamina é responsável pela produção de energia causada basicamente pela aceleração do metabolismo.

Além disso, o uso de carboidratos e gorduras como fonte dessa energia faz com que pessoas acima do peso tenham uma mudança corporal maior quando ingerem mais vitamina B5. Porém, é importante citar que a alimentação é capaz de causar essa transformação, sem haver necessidade de suplementação – especialmente sem recomendação médica ou de um nutricionista de confiança.

 

Mais energia e Disposição

Além da vitamina B5 ser excelente para quem quer emagrecer por ajudar a queimar gorduras, ela também ajuda na disposição em geral, mesmo em pessoas que não praticam exercícios físicos ou não desejam perder peso. Quem sente excesso de fadiga ou precisa de mais energia para o dia-a-dia geralmente se beneficia de uma alimentação rica na vitamina.

 

Reduz o risco de Infartos

Por ser excelente no auxílio do transporte de oxigênio para o coração e também como produtora de hemácias, a vitamina B5 é uma das responsáveis pela saúde cardíaca em dia. Obviamente, é importante levar em consideração uma série de fatores que podem causar um infarto, porém, a alimentação é um dos mais determinantes. Pacientes com problemas de coração podem ter suplementação receitada pelo médico, desde que os medicamentos sejam mantidos.

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

Leia também:

Vitamina_B6: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Vitamina_B12: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

A diminuição do colesterol ruim e o aumento do colesterol bom é benéfico em todos os sentidos, não apenas ao coração. Há estudos que o relacionam com diabetes, AVCs e outros problemas de saúde. Por isso, a vitamina B5 é tão importante para todo o organismo.

 

Saúde do Cabelo

Por fim, um dos benefícios da vitamina B5 é a saúde dos fios no couro cabeludo, prevenindo contra quedas e até mesmo evitando ressecamento. Isso acontece devido à energia que a vitamina leva para todo o corpo, fazendo com que seja mais fácil haver novas células de proteção e de crescimento. Suplementos de ácido pantotênico já costumam ser receitados aos pacientes com calvície ou eflúvio capilar, mas é importante lembrar que eles são mais específicos e devem prescritos por um médico que irá acompanhar a evolução do problema e os possíveis efeitos colaterais do nutriente em excesso.

 

Carência de Vitamina B5 – O que ela causa?

 

A carência de toda vitamina ou mineral costuma trazer sintomas a médio ou longo prazo. No caso da vitamina B5, isso pode acontecer de maneira mais rápida, já que sua função é bastante genérica e essencial. Vamos entender os primeiros sinais de que há uma deficiência:

Fadiga e cansaço extremo: Como a vitamina B5 é responsável por nossa energia e disposição, os primeiros sintomas de sua falta no organismo são episódios de cansaço extremo e fadiga para realizar pequenas coisas, como trabalhar. Quem treina com frequência irá sentir os sinais com certa antecedência, pois os treinos ficarão prejudicados nas primeiras semanas sem a vitamina.

Colesterol elevado: O aumento do colesterol é um sintoma a médio prazo, porém, que nem sempre é associado com a falta de vitaminas e sim com o excesso de gorduras, por exemplo. Nesse caso, vale a pena rever toda a dieta e perceber se há ou não alguma deficiência nos alimentos ricos em vitaminas do complexo B – que iremos citar mais abaixo.

Aumento de peso: Pode haver uma tendência ao acúmulo de gorduras, já que a vitamina não estará mais atuando na quebra. Esse também é um sintoma a longo prazo.

Todos os sintomas podem indicar outros problemas, porém, se houver desconfiança de falta de vitaminas, o médico deve ser alertado para a realização de exames preventivos.

 

Excesso de Vitamina B5 – O que ele causa?

 

Praticamente todas as vitaminas do complexo B são eliminadas pela urina e isso não é diferente com o ácido pantotênico. Por esse motivo, é muito raro que haja um excesso, a não ser quando é feito algum tipo de suplementação sem recomendação médica. Nesse caso, os sintomas podem incluir:

  • Diarreia intensa, que piora quando há a ingestão de alimentos ricos em vitamina B5.
  • Podem haver episódios de náuseas, que evoluem para vômitos e enxaquecas severas.
  • Em casos mais raros, onde a suplementação não é suspensa, podem aparecer alergias pela pele, com coceira e erupções por todo o corpo.

Se você faz uso de suplementos vitamínicos e notar esses sintomas, suspenda o uso e procure um médico.

 

Alimentos com Vitamina B5

 

Assim como a vitamina B2, o ácido pantotênico é encontrado em maior quantidade em alimentos de origem animal. Porém, há exceções nesse caso, que podem servir como substitutas para vegetarianos. Vamos às principais fontes de vitamina B5:

Carnes: Em primeiro lugar, como falamos, estão as carnes, como fígados de boi e carnes magras, como os frangos. A sua ingestão diária é recomendada pela maioria dos médicos.

Ovos: Logo atrás das carnes, temos os ovos como fonte de vitamina B5, especialmente os de galinha. Nesse caso, a gema é essencial para garantir que haja de fato boa quantidade do nutriente ingerida.

Frutas: Algumas frutas como laranja e abacate são fontes de vitamina B5, o que faz com que os vegetarianos e veganos possam encontrar substitutos para não prejudicarem a dieta. Porém, a quantidade é menor e deve haver uma consulta médica para garantir que não haverá uma falta.

No mais, é importante sempre conversar com um especialista em casos de dúvidas ou mesmo quando houver um objetivo, como ganhar massa muscular ou perder peso.

 

Suplementação

 

Falamos ao longo desse artigo sobre os benefícios da vitamina B5 e como encontrá-la de forma natural em alimentos. Porém, há casos onde a suplementação se faz necessária e, quando isso ocorre, um médico deve ser consultado para que ele possa encontrar a dosagem ideal.

Já quem faz exercícios físicos e precisa de suplementos a base de proteína que podem apresentar doses baixas de vitaminas, o ideal é realizar consultas com nutricionistas especializados em ajudar atletas e pessoas em busca de aumentar a massa magra ou os músculos.

Em todo caso, ter um acompanhamento é a melhor forma de evitar efeitos colaterais negativos ou mesmo sofrer com a deficiência de algum nutriente essencial. Sempre faça exames regularmente!

 

Gostou do artigo? Curta e compartilhe com seus amigos!

 






DICAS RELACIONADAS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.