Quem tem Pedra nos Rins pode tomar Whey Protein? (todo cuidado é pouco)

Quem tem Pedra nos Rins pode tomar Whey Protein? (todo cuidado é pouco)
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

Quem tem pedra nos rins pode tomar Whey Protein? A resposta é complexa porque passa por ponderações clínicas e pessoais.

Whey protein é um dos alimentos funcionais mais antigos, pois conforme a história, este suplemento existe desde a época de Hipócrates.

Graças a evolução tecnológica o processo de produção deste suplemento amplio questões como qualidade e consequentemente melhorias no tempo e modo de absorção pelo organismo.

Sabe-se que Whey Protein tem um nível importante de proteínas e é a isso que se faz relação com a probabilidade de desenvolver um problema renal no usuário.

Entretanto,  a dúvida sobre quem tem pedra nos rins pode tomar whey protein é um pouco diferente, pois está relacionada com um problema já diagnosticado.


Sugerimos que leia o artigo para entender e saber a resposta sobre essa dúvida.

 

Quem tem Pedra nos Rins pode tomar Whey Protein?

 

A descoberta do whey protein e posteriormente o aumento no uso, por volta dos anos 40, revolucionou o mundo da nutrição esportiva.

Inclusive médicos e cientistas de diferentes áreas, passaram a estudar a composição do suplemento.

Pois espantosamente o poder de nutrição que oferecia propunha melhorias na dieta de pessoas doentes.

O suplemento era diluído em água e consumido gradualmente em determinado período do dia.

Contudo, o método de extração era primitivo e tanto pureza como sabor, textura e disponibilidade eram alguns dos maiores inconvenientes para muitos usuários.

Além do mais, teores de açúcar, gordura e lactose eram substanciais na fórmula em pó, justamente porque ações como a hidrólise ainda não eram utilizada.

Leia também:

Whey Protein faz mal aos Rins?

Whey Protein, o que é, para que serve, benefícios e como tomar

Whey Protein Isolado, para que serve e seus Benefícios

Whey Protein Hidrolisado, para que server e seus Benefícios

Whey Protein Concentrado, para que serve e seus Benefícios

BCAA engorda ou emagrece? Faz Mal? Como Tomar Corretamente?

Devo tomar a Creatina Antes ou Depois do Treino? Qual o melhor horário?

O que é a Glutamina, para que serve, benefícios, efeitos colaterais, como tomar

BCAA – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais e como tomar

CREATINA – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais e como tomar

HIPERCALÓRICO – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Na mesma proporção não existia a preocupação para saber quem poderia ou não consumir o suplemento.

E, obviamente também não se discutia se quem tem pedra nos rins pode tomar whey protein.

Com a modernidade e do ‘estouro’ no uso de suplementos e esteróides na musculação por volta dos anos 80, whey também recebeu ajustes na fórmula.


Deixando-a muito mais saborosa, leve e assim disseminada para o mundo pela mídia para bodybuildings, principalmente.

Hoje, processos de produção como a micro-filtragem possibilitam um suplemento de alto valor, contribuindo para diferentes funções.

Entre as quais:

# Melhor nutrição pois contém quantidades relevantes de aminoácidos;

# Manutenção da proteína no músculo, evitando assim o catabolismo;

# Maximização da síntese proteica;

# Aumentos na dispersão de hormônios importantes como testosterona;

# Garantia de que o nitrogênio ficará retido mais tempo no músculo;

# Melhora o sistema imunológico, mantendo-o em atividade constante;

# Ajuda importante para emagrecer e manter o peso.

Além de ser fonte importante de cálcio e Glutamina.

 

O que é e para que serve o Whey Protein?

 

Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth
Whey Protein Growth

Quem tem pedra nos rins pode tomar whey protein é uma dúvida que intriga usuários desinformados que confiam apenas em informações sem fundamentos.

Ao certo, sabemos que não existem provas contundentes sobre whey protein fazer mal aos rins quando não há indício de um problema no órgão.

A análise sobre este suplemento nos revela o tamanho da lista de benefícios que sua matéria-prima (soro de leite) pode trazer ao organismo.

Aliás é o soro de leite, extraído durante o preparo do queijo, que tem quantidade importante de peptídeos chamados de:

# Beta-lactoglobulina;

# Albumina;

# Alfa-lactoalbumina, além de imunoglobulinas.

Todos elementos importantes para fornecer ao organismo quantidade relevante de aminoácido de cadeia ramificada. (BCAA) em especial a Leucina.

E são estes aminoácidos que evitam o estada catabólico já dentro da célula, porque o transporte de proteína ocorre sem interrupções.

De um modo amplo, quem pratica musculação é muito beneficiado com esses transporte de aminoácido rápido para o tecido muscular.

Principalmente porque participa do processo de cura de lesões criadas pelo próprio exercício e que levam ao ganho de massa.

E de outro modo, qualquer pessoa doente e que esteja enfrentando:

# Desnutrição por dieta carente;

# Perda de massa decorrente de doença adquirida;

# Acidentes ou cirurgias também aproveitam o potencial do Whey Protein para melhorar a saúde.

Olhando por este ângulo é quase inacreditável que Whey Protein poderia causar danos aos rins, concorda?

Mas, vamos entender antes o que são os rins e o que significa ter pedra neste órgão.

 

O que é ‘pedra nos rins’?

 

Pedra nos rins, cálculo renal ou Litíase Renal são formações literalmente semelhantes a uma pedra, porém de formato minúsculo inicialmente.

A formação desses cristais, que aglomerados resultam em uma pedra, é proveniente do acúmulo de elementos do tipo sais minerais.


Entre esses:

Oxalato, cálcio, ácido úrico, amônia, fosfato, etc, provindos da dieta ou resquícios de outras doenças.

Que na verdade são substâncias presentes nos rins retidos no processo de filtragem, que se misturam com a água.

Em síntese, quando os elementos citados estão em excesso, em contrapartida há pouco líquido para dissolvê-los, o resultado é a aglutinação como dissemos.

Este processo é muitas vezes silencioso, e, sem exames preventivos, é percebido somente quando a cólica renal, ápice da doença, ocorre.

Pedras de até 2,5 cm de calibre insistem sair pelos canais urinários e normalmente travam na uretra, provocando assim uma dor intensa.

Muitos livros de medicina mais antigos, comparavam a cólica renal a dor que se sente durante o parto.

Isso para ilustrar aos homens, mais suscetíveis a desenvolver pedra nos rins, o quanto seria sofrido desenvolver o problema.

Sabendo disso, já temos uma luz para saber se quem tem pedra nos rins pode tomar Whey Protein, concorda?

Pois, atribui-se a dieta grande responsabilidade tanto para evitar o problema como forma de conviver com ele, evitando crises.

Excepcionalmente qualquer dieta sobrecarregada com alimentos de origem animal e vegetal- fonte de proteína – podem se transformar no pior inimigo dos rins.


Aliás, a entidade SBAN – Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição recomenda:

Que nenhuma dieta excede o percentual diário de 12% de alimentos protéicos, para pessoas sedentárias para não gerar sobrecarga nos rins.

Oras, se Whey Protein é fonte substancial de proteína poderá então piorar o estado de saúde de quem tem pedra  nos rins, caso seja consumido junto com uma dieta hiperproteica.

 

Principais pesquisas sobre Whey Protein?

 

Do ponto de vista da Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, e de acordo com pareceres de dois importantes colaboradores: é relevante o consumo de suplemento proteico por pessoas que praticam exercícios e treinos.

Também, nessa revista eletrônica, está exposto que um atleta de atividade de força pode consumir 1,7 gramas ou mais de proteína por quilo diariamente.

Outros estudos confiáveis, inclusive que tratam do consumo de Whey Protein e problemas renais, são inconclusivos e não se posicionam afirmando que o suplemento faz mal a pessoas com rins saudáveis.

Aliás, restringir a quantidade de proteínas é uma decisão sábia para tratar quem sofre de pedras nos rins, mas, não se aplica a pessoas saudáveis.

Leia também:

Whey Protein, o que é, para que serve, benefícios e como tomar

Whey Protein Isolado, para que serve e seus Benefícios

Whey Protein Hidrolisado, para que server e seus Benefícios

Whey Protein Concentrado, para que serve e seus Benefícios

BCAA engorda ou emagrece? Faz Mal? Como Tomar Corretamente?

Devo tomar a Creatina Antes ou Depois do Treino? Qual o melhor horário?

O que é a Glutamina, para que serve, benefícios, efeitos colaterais, como tomar

BCAA – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais e como tomar

CREATINA – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais e como tomar

HIPERCALÓRICO – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

Outra análise sobre quem tem pedra nos rins pode tomar Whey Protein pode ser entendida no estudo feito por Knight e demais pesquisadores.

No qual, foram avaliadas mais de 1600 mulheres saudáveis que ingeriram dieta repleta de proteína e não apresentaram nenhum dano aos rins no final do estudo.

Mas, na mesma pesquisa, aquelas que já estavam com alguma anomalia no órgão apresentaram piora no quadro.

Do ponto de vista da literatura moderna, quando o assunto é cálculo renal e consumo de proteína animal, ao certo sabe-se que:

Aqueles que apresentam a pedra ou que estão formando os cálculos podem sim sentir o efeito negativo do alimento.

Mas, do mesmo ângulo, também identifica-se que é necessário uma pré-disposição genética para que o consumo de proteína a mais possa prejudicar os rins.

 

Whey protein faz mal aos rins? Porque?

 

Como visto, a função dos rins é de servir como um filtro.

Quando o consumo de proteínas é elevado, o metabolismo dos  resíduos amoníacos e de uréia exigem mais dos rins.

Assim sendo, a taxa de filtração glomerular é requisitada demasiadamente e em consequência a pressão em cada glomérulo renal também aumenta.

Isso é um indício claro de que quem tem pedra nos rins pode tomar Whey Protein somente com exímia supervisão e/ou recomendação de um médico.

Mas, lembre-se que estamos diante de dois paradoxos:

Pessoas saudáveis e aqueles que demonstram tendência a desenvolver doenças renais, entre elas cálculos.

Todavia, bodybuilders de alta performance e em momentos de periodização consomem muita proteína e não apresentam nenhum dano aos rins.

E isso é graças a gliconeogênese (substituição da proteína para glicose), que nada mais é que um processo altamente metabólico que beneficia atletas em fase de pré competição, por exemplo.

Entendendo o contexto do uso de Whey protein, compreendemos também quando ele poder se tornar um causador de problemas renais.

Sendo assim, um atleta de nível alto que recebe orientação nutricional se adapta muito bem a quantidades maiores de Whey protein.

Situação que não se repete para um praticante eventual de atividades físicas tão pouco a sedentários.

 

Como tomar whey protein  para não causar danos aos rins

 

Soro do leite, principal elemento do Whey Protein, acumula quase 20% do total de proteínas.

Entretanto, nas versões disponíveis, quantidades de gordura, proteína e lactose também variam.

Algumas pessoas se adaptam melhor com a versão concentrada, enquanto que outros precisam aderir a o Whey Protein hidrolisado, cujo processo resulta em moléculas ‘quebradas’ e bem mais digeríveis.

Desde sempre a recomendação para consumir este suplemento é dissolvê-lo em água e tomar logo em seguida.

Porém, adicionado a shakes com frutas e até mesmo para compor receitas, whey protein se mostra eficiente e bem mais atraente.

E, mesmo que não tenhamos uma resposta exata sobre quem tem pedra nos rins pode tomar whey protein, de certo sabemos que é melhor evitar.

Até mesmo porque cabe analisar cada situação em separado, principalmente levando em consideração o tipo de dieta desta pessoa.

Do mesmo modo, pessoas saudáveis que desejam consumir Whey Protein, devem tomar alguns cuidados, como:

# Controlar o consumo de sódio;

# Beber muita água, pelo menos dois litros ao dia;

# Manter constância nas evacuações, de preferência diariamente;

# Evitar consumir bebida alcoólica em exagero;

# Controlar a ingestão de fontes com muito cálcio.

E, principalmente tomar whey protein rigorosamente conforme manda o fabricante ou nutricionista que prescreveu o suplemento.

 

Onde comprar Whey Protein de qualidade?

Quem tem pedra nos rins pode tomar whey protein somente com autorização de um médico.

E, para adquirir um suplemento genuíno, principalmente que não tenha nenhuma relação com marcas suspeitas e proibidas pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária é muito importante ficar atento.

Sendo assim, nossa sugestão é que conheça todas as versões de Whey Protein da  Growth Supplements.

A Growth é uma empresa séria, que entende de nutrição ergogênica, além do mais, preza a saúde dos usuários.

E por isso fornece todas as informações sobre cada suplemento, no rótulo e em forma de conteúdo.

Além do mais, um nutricionista expert em nutrição funcional é quem valida cada suplemento fabricado e comercializado pela Growth.

Acesse o site da Growth Supplements, confira mais sobre o suplemento indicado para antes de dormir, que chegam até 40% a menos que lojas convencionais. Clique aqui e confira!

 

Agora, se você é uma das pessoas que pergunta se quem tem pedra nos rins pode tomar whey protein, porque é um portador desta doença, naturalmente não deve fazer por conta própria.

 

Diante do exposto finalizamos este post…

Sugerindo que conheça o Whey Protein da Growth e siga literalmente como usar.

E para fechar com chave de ouro, nossa dica é que compartilhe sua experiência como usuário deste suplemento.

 

Referências

Sgarbieri, V.C. Propriedades Fisiológicas Funcionais das Proteínas do Soro de Leite. Revista de Nutrição. Campinas. Vol. 17. Núm. 4. 2004

ARRETO, Genesson. Litíase Renal. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 2, Ed. 01, Vol 1. pp 192-219, Abril de 2017.

Treinamento com Pesos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. São Paulo. Vol. 12. Núm. 1. 2006

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui