07 dez

Para que serve o Whey Protein? Saiba como e porque tomar para o ganho de Massa Muscular

Para que serve o Whey Protein? Saiba como e porque tomar para o ganho de Massa Muscular

Para que serve o Whey Protein ainda é uma dúvida pertinente principalmente para quem está pensando em usar suplementos.

Sabemos que para ganhar massa, muito além de seguir um programa de treino, estão outras duas situações relevantes: dieta e suplementação.

No primeiro caso, fontes naturais de proteína de alto valor, associada a carboidratos complexos, frutas, legumes são providenciais.

Entretanto, suplementos para ganho de massa, entre eles whey protein é que garantem a maximização do processo anabólico.

Sim, o primeiro e maior feito do soro de leite, substância primária do whey protein é melhorar consideravelmente a síntese proteica, favorecendo amplamente o ambiente para o anabolismo.

Mas, outras ações positivas também são favorecidas por este incrível suplemento e por isso, hoje, nosso foco será desvendar para que serve o whey protein.

Leia com atenção!

 

Para que serve o Whey Protein?

 

De forma científica o Whey Protein (soro de leite) nada mais é do que um subproduto da fabricação de queijos.

No processo, são adicionados enzimas e ácidos até que a caseína começa a coagular.

A proteína do whey é de alto valor nutricional, justamente porque em seus componentes existe uma grande quantidade de aminoácidos e glutamina.

Entre os aminoácidos o destaque vai para:

Leucina: Que aumenta a resistência física e faz crescer músculos fortes e consistentes;

Isoleucina: Que ajuda a controlar taxas de glicose, além de servir para a construção muscular após fadiga decorrente de treinos de intensidade;

Valina: Que serve para aprimorar a síntese de proteína no interior da célula.

Logo depois de extraído o Whey Protein passa por um processo de hidrólise (quebra de moléculas) e então é sintetizado em forma de pó.

Isso faz com que a gordura é os açúcares sejam separados do produto final.

Os aminoácidos presentes são fundamentais não somente para atletas de alto rendimento mas para pessoas de várias faixas etárias.

Inclusive praticantes eventuais de exercícios e esportes,  diabéticos, idosos, doentes acamados e até mesmo sedentários.

Em síntese, Whey Protein irá conseguir complementar às necessidades diárias de proteína, evitando assim que a energia do músculo seja usurpada o que levaria ao catabolismo.

Mas então para que serve o whey protein, além do benefício citado lá no início?

É o que veremos nos próximos blocos.

 

Princípio Básico do Whey Protein

 

Quando se fala em ganhar massa, a ideia fixa de que precisamos recorrer aos anabolizantes esteróides ainda é ‘fresca’ na mente de muitos marombeiros.

Um grande equívoco, partindo do princípio da dinâmica pontual da comunicação.

Ou seja, falta orientação sobre a importância do aporte proteico para auxiliar na ‘explosão hormonal’ que leva ao anabolismo.

E este aporte proteico pode vir também da dieta, inclusive com alimentos do tipo:

Origem animal: carnes em geral, ovos, laticínios;

Origem vegetal: alguns grãos e sementes.

No entanto, mesmo que coma um frango inteiro, a dinâmica da proteína de origem natural é diferente da biodisponibilidade da suplementação.

Porque, de certa forma whey protein também influência na secreção de hormônios importantes como testosterona e hormônio do crescimento (GH).

Essa é a tarefa principal do whey, ou seja, servir para reposição rápida e eficiente de aminoácidos no tecido, especialmente de músculos.

Mas, não é apenas para isso que serve whey protein, pois sendo este suplemento o mais, digamos, amado no mundo, outros benefícios estão relegados ao seu perfil.

Entre os quais…

 

# Promove a Saciedade

Alguns estudos recentes realizados pela Reyna e Colaboradores em 2016 comprovam que  o Whey Protein apresenta efeitos sobre à saciedade.

De acordo com esse estudo, o Whey mostrou ser muito mais eficaz do que outros suplementos na promoção da saciedade.

O ideal seria consumi-lo 1:30 antes da refeição.  Isso porque os níveis sanguíneos de colecistoquinina é peptídeo similar ao glucagon (GLP-1) ficam bem aumentados após uma refeição.

Quando essas substâncias estão altas promovem uma sensação de saciedade benéfica para quem quer perder peso é ganhar massa muscular.

 

# Auxilia no Emagrecimento

Exatamente por conseguir obter saciedade consegue auxiliar na perda de gordura. Por suprir nossas necessidade de proteínas também ajuda no ganho de massa muscular.

À composição de aminoácidos é o alto teor de BCAA afetam os processos metabólicos que promovem o gasto de energia. Isso acelera as funções do corpo e reduz o tecido lipídio.

Além do mais, whey protein é disponibilizado em versões singelas de carboidratos e gorduras, tornando-o assim um alimento pouco calórico.

Vale lembrar que é necessário um acompanhamento profissional para incorporar whey protein com vistas ao emagrecimento.

Pois sempre a ajuda de um nutricionista é essencial para conseguir manter uma dieta saudável.

 

# Melhora o sistema Imunológico

Diversos estudos também observam outros efeitos no organismo, como à melhora do sistema imunológico provinda dos aminoácidos presentes no whey protein.

Nosso sistema imunológico pode se beneficiar é muito dos nutrientes provenientes de derivados de leite, por isso médicos indicam o seu consumo diário.

O principal nutriente que auxilia na melhor resposta imune são as imunoglobulinas que estão presentes no soro do leite.

Outro motivo, é que o consumo de Whey Protein aumenta à produção de glutationa, responsável pela melhora no sistema imunológico.

À glutationa funciona como um antioxidante que funciona combatendo os radicais livres.

Sua ação no nosso organismo afeta o sistema gastrointestinal, nervoso é claro, fortalece nossa imunidade.

Nosso sistema imunológico precisa estar forte durante toda à nossa vida.

E, providencialmente, no caso de pessoas que não tenham uma dieta balanceada de nutrientes e vitaminas, o whey protein pode trabalhar à favor da proteção do organismo.

 

# Aumenta a Densidade Óssea

O consumo de proteínas também agem diretamente na saúde dos nossos ossos.

Sendo assim à suplementação proteica pode trazer mais benefícios mesmo para quem não pratica exercícios diariamente.

O cálcio possui boa biodisponibilidade nos alimentos lácteos, matéria prima do Whey Protein.

Para aqueles que não consomem derivados de leite diariamente o suplemento proteico é uma ótima solução.

Os peptídeos presentes no whey, agem diretamente na absorção do cálcio, tornando o processo muito mais eficaz.

Além disso os peptídeos são envolvidos por hormônios que irão ajudar na formação de massa muscular de forma atuante.

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth

Leia também:

Whey Protein, para que serve, como e porque tomar?

Whey Protein 3W, para que serve, como e porque tomar?

Whey Protein Isolado, para que serve e seus Benefícios

Whey Protein Concentrado, para que serve e seus Benefícios

Whey Protein Hidrolisado, para que server, como e porque tomar

BCAA – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais e como tomar

CREATINA – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais e como tomar

HIPERCALÓRICO: O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais, como tomar

O que é a Trembolona, para que serve, benefício, efeitos colaterais, como tomar

Com o envelhecimento o corpo se transforma e aparecem mudanças na nossa composição corporal é na forma como o nosso organismo absorve os nutrientes.

O uso de proteína suplementada traz inúmeros benefícios para os nossos ossos. À suplementação trará mais força e resistência diminuindo as dores e fraturas.

Mesmo quem está buscando o emagrecimento pode se beneficiar do Whey Protein para melhorar  saúde óssea, pois ele não oferece riscos a dietas para perda de peso.

Por haver uma redução de ingestão calórica, o corpo vai absorver os nutrientes suplementares incluindo cálcio sem que haja ganho de gordura.

Estudos comprovam que durante uma dieta uma mulher em período pós menopausa pode perder mais estrutura óssea, igualmente idosos.

Nestes casos a suplementação com whey é uma das melhores opções.

 

# Ajuda na Cicatrização

Assim que sofremos algum trauma no tecido cutâneo, o corpo libera nutrientes para um rápido processo de cicatrização.

A glutamina está muito presente no Whey Protein é essa é a substância predileta das células de proliferação rápida que agem na cicatrização.

Vários outros aminoácidos como à metionina também agem na proliferação dos fibroblastos e síntese de colágeno.

Isso significa que o consumo diário de proteína causam um efeito positivo no processo de cicatrização.

 

Como tomar Whey Protein

 

Para aqueles que praticam atividade física o ideal é que o Whey protein seja ingerido após o treino, não sendo necessário o consumo em dias sem treino.

Vale lembrar que junto com uma fonte de carboidrato complexo, como dextrose ou maltodextrina, sua performance é otimizada.

Mas. nada impede de usá-lo também em outros momentos do dia dia, como por exemplo.

  • Um pouco antes de começar a treinar (30/40 minutos);
  • A noite, antes de dormir;
  • E para quebrar o jejum, na parte de manhã.

Certamente suplemento proteico não deve funcionar como o substituto de uma refeição.

Em alguns casos ele até pode ser usado como um lanche desde que também seja consumido alimentos com fibras, aleatoriamente.

O Whey Protein pode ser consumido diluído em água (mais recomendado), incorporado a  sucos, shakes, vitaminas.

E ainda misturado a receitas altamente anabólicas como omeletes, pães, bolos proteicos.

 

Existe efeito colateral quando usamos whey protein?

 

Whey Protein é um suplemento seguro desde     que adequado ao perfil do usuário.

Pessoas doentes, idosos, desnutridos consomem este suplemento.

No entanto, Whey Protein não deve ser ingerido em excesso, ou sem orientação. Quantidades exageradas diárias podem acabar sobrecarregando os rins.

Entretanto, isso não é uma verdade absoluta, já que não existe nenhum dado científico que prove esse evento.

Como sabe, rins são responsáveis por eliminar produtos do metabolismo da proteína.

Logo, todo e qualquer produto ( suplementos, remédios, etc.) e alimento  seja ele natural ou não, que apresente quantidade de proteína, se consumido em excesso poderá vir a fazer mal aos rins.

Lembramos ainda que é o consumo excessivo que prejudica as funções renais trazendo danos para o organismo como um todo.

Principalmente quando já existe a pré-disposição a doenças renais.

Além disso, também é comum, quando uso abusivo, existir probabilidade de ocorrer sobrecarga hepática, isso porque o fígado é responsável pela quebra dos aminoácidos.

Sendo assim, o ideal é realizar consumo equilibrado, seguindo recomendações de um profissional e/ou respeitando as indicações na própria embalagem do produto.

Outros efeitos colaterais eventuais podem se apresentar como:

  • Dor de barriga;
  • Enjoo;
  • Aumento de gases;
  • Acne;
  • Diarreia.

Entretanto, situações que podem ser facilmente resolvidas adequando os diferentes tipos de whey ao perfil de cada consumidor.

Até mesmo que muitos desses inconvenientes são provindos da lactose presente no whey, que neste caso indica escolher a versão com níveis próximos de zero.

 

Onde comprar Whey Protein confiável?

Agora que já sabe para que serve o whey protein é fundamental adquirir o suplemento de um fornecedor idôneo.

Na Growth Supplements, por exemplo, todas as versões de whey protein são disponibilizadas em embalagens super econômicas.

Tudo isso, para garantir aos milhares de usuários da marca Growth Supplements, além de muita qualidade:

  • Condições de pagamento incríveis;
  • Supervisão e orientação de nutricionista;
  • Entrega ágil e rápida…

E, acima de tudo com preços bem mais baratos que a concorrência (40% menos).

Se deseja usufruir destes  benefícios, basta acessar o site da Growth Supplements e fazer encomendas de Whey Protein ou de qualquer outro suplemento. Clique aqui e confira!

 

Sintetizando o que vimos hoje, esperamos ter clareado para que serve o whey protein, mas, se alguma dúvida ainda existir, por favor entre em contato.

 

Referências

Sgarbieri, V.C. Propriedades Fisiológicas Funcionais das Proteínas do Soro de Leite. Revista de Nutrição. Campinas. Vol. 17. 2004.

Morais, R.; Medeiros, R.R.; Liberali, R. Eficácia da Suplementação de Proteínas no Treinamento de Força. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. 2008.

Luhovyy, B.L.; Akhavant, T.; Anderson, G.H. Whey proteins in the regulation of food intake and satiety. Journal of the American College of Nutrition. Vol. 26. Num. 6. 2007.

 






DICAS RELACIONADAS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ir para o topo

Copyright© 2018 Dicas de Treino.