24 nov

Receita de Mousse de Chocolate Low Carb

Receita de Mousse de Chocolate Low Carb

Quando estamos de dieta ou mudamos nosso estilo de alimentação, é comum que algumas receitas precisem ficar de fora do nosso cotidiano – especialmente aquelas que são recheadas de calorias e muito doces. Mas com o tempo aprendemos que a maioria delas podem ser adaptadas para se tornarem muito mais saudáveis e excelentes aliadas da nossa saúde e do nosso bem-estar. Hoje separamos uma delícia que todo mundo adora: o mousse de chocolate low carb.

A grande dica dessa receita é o uso do chocolate 70%, que é bem menos invasivo na questão dos carboidratos. Embora ele ainda tenha um pouco do nutriente, seu valor nutritivo é muito maior e a porcentagem de carboidratos é muito menor do que nos chocolates comuns, principalmente pela ausência do açúcar, chegando a ser apenas 2 g por porção. Isso ajuda bastante quem está precisando cortar o doce e não sabe por onde começar!

Além disso, o gostinho do café que trouxemos nesse mousse de chocolate low carb traz um sabor muito especial ao todo, deixando a receita mais agradável e te ajudando a se acostumar com um tipo de sobremesa menos açucarada.

Leia também:

Receita de Mousse de Maracujá Low Carb

Receita de Brigadeiro Low Carb (com 2 opções de receitas)

Por fim, o creme de leite traz a gordura necessária para aumentar a energia durante os treinos, além de ser extremamente saboroso e capaz de dar uma textura deliciosa ao doce. A stevia ajuda a adoçar o mousse, porém, ela não é extremamente necessária- sendo opcional nesse caso. Já o whey sabor baunilha é excelente para dar força, energia e disposição para treinar, por isso, vale a pena investir nele.

O resultado final é um mousse de chocolate low carb saboroso, nutritivo e com uma aparência excelente. Garantimos que mesmo os amantes dos doces mais calóricos vão aprovar essa ideia! Sem mais delongas, confira o que separamos logo abaixo!

 

Preparo do Mousse de Chocolate Low Carb

 

INGREDIENTES

  • 240 gramas de chocolate 70%
  • 1 colher de café coado
  • 4 colheres de sopa de stevia
  • 6 gemas
  • 800 gramas de creme de leite
  • 1 colher de sopa de whey protein sabor baunilha

 

MODO DE PREPARO

  1. Primeiro, coe o café e separe uma colher de sopa do líquido (ele vai ajudar a dar um gosto a mais na receita)
  2. Em uma panela média adicione o café coado e as 6 gemas (ligue o fogo baixo e mexa um pouco)
  3. Vá adicionando aos poucos a stevia. Mexa até que esteja quase fervendo (desligue o fogo, adicione o whey protein e reserve)
  4. No liquidificador, coloque o chocolate 70% e o creme de leite
  5. Deixe essa mistura descansando por cerca de 2 minutos antes de bater
  6. Passado esse tempo, bata por 3 minutos
  7. Adicione a mistura que estava na panela e bata um pouco
  8. Coloque em potinhos ou em uma travessa grande
  9. Leve para gelar por 12 horas

 

Está pronta a sua receita de mousse de chocolate low carb, rendimento: 4 potes médios ou uma travessa grande.

 

Gostou da receita de hoje? Curta e compartilhe com os seus amigos. Até a próxima!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

24 nov

Entenda como funciona a Reposição Hormonal Masculina

Reposição Hormonal Masculina

A reposição hormonal masculina é o caminho para que homens permaneçam ativos sexualmente, mas os benefícios vão muito além, acompanhe!

Ainda estigmatizada por boa parte da população masculina, a reposição hormonal, tem sido objeto de estudo por parte dos especialistas e de interesse de homens de todas as idades.

A fase, antigamente conhecida como andropausa, hoje é chamada de Deficiência Androgênica do Envelhecimento Masculino (DAEM) e atinge os homens a partir dos 45, 50 anos de idade, alterando radicalmente a rotina dessas pessoas.

Com sintomas que vão desde a melancolia, ereções fracassadas, cansaço, dificuldades de concentração e diminuição da libido, o corpo emite sinais de que algo está errado, e muitas vezes esses indícios estão ligados a queda do hormônio testosterona.

Felizmente, assim como no caso das mulheres, a reposição hormonal masculina abranda os efeitos do tempo e da diminuição dos níveis de produção da testosterona, oferecendo a possibilidade do homem se manter ativo, produtivo e saudável sexualmente.

Quer entender como a reposição hormonal pode beneficiar você também? E como pode ser feita de forma sutil, segura sem necessidade de procedimentos extenuantes e caros?

Dicas de Treino responde! Boa leitura!

 

Reposição hormonal masculina + testosterona = DAEM fora de cogitação!

 

O hormônio esteroide C19H28O2 (testosterona), é o principal hormônio masculino, responsável não só por características físicas como a abundância de pelos corporais, a voz mais grave e a maior massa muscular.

Mas, também é fundamental para manter o desejo sexual, garantir ereções satisfatórias, atuar no desempenho psicossocial, prover autonomia cognitiva influenciando para o bom desempenho das funções do cotidiano, além disso, influencia para manutenção do peso corporal e equilíbrio emocional do homem, ou seja, os níveis devem estar adequados no organismo. Você pode se informar mais sobre o isso, lendo este nosso post aqui: Testosterona, o que é, para que serve como e porque tomar.

A partir da quarta década de vida, os níveis de produção da testosterona diminuem naturalmente, e segundo estudos, as 7mg produzidas diariamente, por um homem adulto, diminuem 1% a cada ano.

Você não precisa fazer parte desta, nem de outras estatísticas referente a queda de testosterona em homens jovens, alimente-se melhor e inclua suplementos naturais na dieta, como o Testodrol Cycle, por exemplo.

Essa diminuição, no entanto, não determina veementemente o fim da fertilidade masculina como acontece com a menopausa nas mulheres, mas interfere na qualidade geral da vida do homem.

 

Porquê e quando fazer a reposição hormonal masculina?

 

Além dos sintomas físicos citados abaixo, a diminuição da testosterona afeta a vida pessoal e social dos homens, que muitas vezes se veem “subestimados” por si mesmos, tendo que passar por constrangimentos e absurdamente sendo questionados até mesmo por sua virilidade.

Os brasileiros, culturalmente apegados à masculinidade e à potência sexual, em particular, são muito afetados por esse estágio.

(DAEM) Deficiência Androgênica do Envelhecimento MasculinoPor isso, além dos exames clínicos e laboratoriais que podem indicar a diminuição da testosterona no organismo, alguns sintomas são comuns na prescrição da reposição hormonal masculina, dentre eles:

  • Diminuição da frequência das ereções matinais espontâneas
  • Aumento da sonolência diurna
  • Queda de pelos corporais
  • Desatenção e falta de concentração
  • Diminuição da capacidade cognitiva e de memória
  • Diminuição da libido
  • Ereções menos frequentes e de pouca duração
  • Aumento de peso e diminuição da massa muscular
  • Quadros frequentes de desânimo e de melancolia injustificada

Mas, é fundamental salientar que nem todos esses sintomas se manifestam ao mesmo tempo e que eles podem ser causados por outros fatores, portanto, o acompanhamento médico e os exames são essenciais para determinar a necessidade da reposição hormonal masculina.

 

Como é feita a reposição hormonal masculina

 

Depois de prescrita, a terapia hormonal masculina pode ser ministrada de diferentes formas, dependendo das características e necessidades de cada homem.

As mais utilizadas são: a injeção intramuscular e a aplicação de gel sobre a pele. Há ainda a opção por adesivos cutâneos, recentemente lançados no mercado, que apresentam grande eficácia.

No entanto, a forma natural contida nos suplementos, são de fácil ingestão, podem ser incorporadas na rotina alimentar e não agridem a saúde masculina com efeitos colaterais desagradáveis.

Há casos em que a reposição hormonal masculina deverá ser feita durante toda a vida do paciente, com o devido acompanhamento clínico e laboratorial para o adequado monitoramento dos índices de testosterona corporal.

 

Alerta! Ações preventivas podem protelar a reposição hormonal masculina

 

Embora inevitável, a diminuição dos níveis de produção da testosterona pode ser retardada a partir da adoção de hábitos saudáveis, tais como:

  • Prática regular de exercícios físicos
  • Prezar pela qualidade do sono
  • Evitar o tabagismo
  • Evitar o sobrepeso
  • Manter uma dieta equilibrada e saudável

Segundo um levantamento feito por um importante instituto norte americano, são diagnosticas 480 mil novos casos de DAEM a cada ano em homens na faixa de 50 a 70 anos.

Boa parte desses números poderia deixar as estatísticas com a adoção de hábitos mais saudáveis de vida, como maior cuidado com a alimentação e com a prática de atividades físicas.

Aproveite e leia nosso post como aumentar a testosterona naturalmente e incorpore novos hábitos na sua vida!

Vale ressaltar, que a queda da testosterona ocorre também em homens jovens, que estão no auge e vigor sexual, e por isso se manter atento a sintomas atípicos, como os citados acima, é fundamental para o diagnóstico precoce da falta da testosterona.

 

A reposição hormonal masculina como proposta para plenitude masculina

 

O prolongamento da expectativa de vida e a consequente vida sexual mais ativa entre os homens de mais idade, também é um fator determinante pela busca de mais informação e de tratamento, diminuindo a controvérsia que o assunto naturalmente provoca entre o sexo masculino.

Além disso, fatores sociais como o fato de ser cada vez mais comum a paternidade em homens com mais idade, faz com que a reposição hormonal masculina seja muito procurada.

A expectativa de vida cada vez mais alta, os avanços das pesquisas e dos tratamentos médicos, poder usufruir dos benefícios da reposição da testosterona é uma possibilidade cada vez mais acessível a homens de todos os perfis.

Não se pode ignorar o quanto o homem pode se sentir melhor aumentado a testosterona, indiscutivelmente alcançando melhor performance sexual, atingindo bom nível de desempenho nos treinos, e não menos importante se sentindo disposto e produtivo para dar conta das atribuições da vida.

No entanto, há algo muito particular para um homem quando cuida dos níveis de testosterona que é manter a autoestima em alta.

Estender a libido, se sentir viril beneficia a sua saúde física e mental, evitando quadros depressivos e de apatia, que já não combinam mais com homens deste tempo, cada vez mais ativos e produtivos.

E se você é um homem que se cuida, experimente o Testodrol Cycle, o suplemento indicado por nós como repositor natural da testosterona!

Deixe seu comentário, e compartilhe essa ideia com seus amigos.

 

23 nov

Whey Protein Hidrolisado – Para que server, como tomar, preços e onde encontrar

Para que serve o Whey Protein Hidrolisado

O Whey Protein Hidrolisado é um suplemento, onde a substância principal é extraída do soro do leite bovino.

Com alto valor proteico, é um alimento completo e muito indicado para pessoas de todas as idades, e não apenas para atletas.

A matéria prima do whey protein é fonte rica de proteína com alto valor nutricional, além disso, os peptídeos bioativos (essencias para o organismo humano), presentes, são fundamentais para melhorar a imunidade, e auxiliar no crescimento, prevenção de doenças gastrointestinais e cardiovasculares.

Outra grande vantagem de consumir Protein, é a baixa quantidade de gorduras, pouca ou nada de lactose e taxa zero de colesterol.

Além disso, a composição do Whey, permite ao organismo aumentar a glutationa (antioxidante hidrossolúvel) importantíssimo para prevenir o envelhecimento precoce, propagação de células cancerígenas e liberação de toxinas.

Assim como todos os produtos da linha Whey, a versão hidrolisada serve para oferecer benefícios a determinado grupo.

Dentre suas principais distinções dos outros tipos de Whey Protein (Isolado e Concentrado), essa versão hidrolisada, tem alta qualidade e menor possibilidade de reações alérgicas.

Além disso, é zero lactose podendo assim ser consumidos por pessoas com intolerância.

Nas linhas a seguir conhecerá mais sobre essa eficaz substância, nos acompanhe!

E se você também quer aproveitar todos os benefícios do Whey Protein, recomendamos as opções da HTPro Nutrition, pois além da qualidade oferece várias versões deste suplemento!

 

O que é o Whey Protein Hidrolisado?

 

O Whey Protein Hidrolisado suprime as proteínas do soro do leite, que antes eram descartadas, e depois de estudos mostrou-se relevante para o organismo humano, principalmente para o tecido muscular.

O grande diferencial deste whey, é a absorção pelo organismo, que é muito rápida, graças a hidrólise.

Seu processo de filtração (pré-digeridas) e da quebra de suas cadeias menores (peptídeos) são quem garante essa rápida assimilação do corpo.

É um suplemento voltado para pessoas que tem dificuldade em obter proteínas, e por consequência, demoram a alcançar resultados satisfatórios com seus treinos de musculação, por exemplo.

Por isso, que é um dos preferidos por fisiculturistas e pessoas que gostam de praticar treinos de alta intensidade.

Além disso, o Protein hidrolisado tem quantidades bem mais altas de BCAA (aminoácidos importantes para o organismo).

Leia também:

O que é WHEY PROTEIN, para que serve, como e porque tomar?

Whey Protein Isolado – Para que server, como tomar, preços e onde encontrar

Whey Protein Concentrado – Para que server, como tomar, preços e onde encontrar

O Whey Protein Isolado tem características interessantes, como não ter presença de lactose. Porém, não quer dizer que apresenta os melhores resultados.

Já o Whey Protein Concentrado é uma versão mais simples, mas, que também oferece ótima eficácia para quem o consome.

 

Para que serve o Whey Protein Hidrolisado?

 

Sua maior contribuição para o corpo humano é a potencialização do desenvolvimento e a recuperação do tecido muscular.

Os aminoácidos que compõem as proteínas, são os grandes responsáveis por isso.

Aquela fadiga muscular desaparece ao consumir o Whey Protein Hidrolisado, na quantidade certa para seu corpo.

Mas, outros benefícios podem ser alcançados com a ingestão do Whey Protein, são eles:

 

#Queimar calorias

A alta concentração de proteínas ajuda a acelerar o metabolismo, o que faz queimar calorias. Unido aos exercícios, dará adeus as gordurinhas indesejadas, e ganhará músculos.

 

#Ganho de energia

O Whey Protein é rico em glicogênio, substância ótima para pessoas que realizam exercícios em alto nível. Opção excelente para treinos puxados.

 

# Não engorda

Mesmo sendo uma ótima fonte de energia, não engorda. Consumindo a quantidade certa para seu corpo, ganhará massa magra, livre de gorduras.

Inclusive pode ser consumido por pessoas que estão fazendo dietas para emagrecer.

 

#Aumenta o nível de glutationa

Substância que faz trabalhar melhor o sistema nervoso e imunológico. A glutationa, também, é um ótimo antioxidante, ajuda a retarda o envelhecimento da pele.

 

#Previne diabetes e protege o sistema cardiovascular

A maior novidade no consumo do Whey Protein Hidrolisado. Pesquisadores da Universidade de Newcastle, na Inglaterra, apontam a substância para prevenção desses males.

A pesquisa dividiu dois grupos de homens obesos, e aqueles que consumiram o Whey Protein, mesmo depois de alimentados, não tiveram o nível de açúcar aumentado.

Características que diminuem o risco do pico de açúcar no sangue, e possíveis problemas circulatórios.

 

#Digestão fácil

O organismo sofre menos para absorver o Whey Protein Hidrolisado. Ele não precisará realizar a hidrólise proteica.

 

#Afasta a possibilidade de catabolismo

Evita que o processo metabólico sofra exaustão. Rapidamente fornece aminoácidos ao corpo, promovendo a restauração muscular.

 

#Ajuda a aliviar os quadros de estresse

Graças a função de aumentar a produção de serotonina, o whey quando consumido regularmente ajuda o organismo a suportar o estresse diário.

 

Como tomar o Whey Protein Hidrolisado

 

Para alcançar os efeitos esperado com a ingestão do Whey Protein, é importante seguir todas as recomendações.

Por isso, é interessante antes do consumo, procurar um especialista, como nutricionista. Ele fará uma avaliação especifica para seu corpo. Essa é uma dica para usar qualquer suplemento ou medicamento.

Porém, de forma geral, recomenda-se a ingestão de 1 a 2 gramas do Whey Protein Hidrolisado de acordo com seu peso.

Para atletas a indicação é que se tome antes e depois dos treinos. Assim, a recuperação muscular será rápida.

Aqueles que buscam os benefícios da alta concentração de proteína desse produto, pode criar hábitos de consumo regulares.

  • No café da manhã, ganhará mais proteína para aguentar o pique do dia que se começa;
  • Como última refeição do dia, recomendado principalmente para pessoas que passam muito tempo sem se alimentar.

 

Preço do Whey Protein Hidrolisado e onde Comprar

 

O Whey Protein Hidrolisado é fabricado por muitas marcas nacionais e internacionais, e os preços e quantidade de embalagens irão variar.

Você pode encontrar marcas com preços de R$ 80,00, equanto que outras por R$ 150,00, lembrando sempre que valor alto não significa qualidade.

O Protein é comercializado em embalagens (potes ou sacos) de 900g até 1 quilo.

Porém, conheça a fundo o fabricante do produto que pretende comprar. Veja avaliações de outros clientes que compraram a marca, ou interaja com pessoas que já tenham consumido.

Busque marcas que atestem sua qualidade, que tenham regularização de órgãos fiscalizadores, como ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), por exemplo.

Encontrará o Whey Protein em lojas de produtos naturais, e em sites especializados, também é importante ficar atento a esses fornecedores.

A nossa recomendação são as opções da HTPro Nutrition, com ótimos preços, entrega ágil, além da segurança de que está consumindo um produto de qualidade.

Faça o melhor uso do Whey Protein Hidrolisado. Potencialize seus exercícios e cuide do corpo!

 

Referência

Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. v. 9. n. 54. p.607-613. Nov./Dez. 2015. ISSN 1981-9927.

ZIEGLER, Fabiane La Flor; SGARBIERI, Valdemiro Carlos. Caracterização químico-nutricional de um isolado protéico de soro de leite, um hidrolisado de colágeno bovino e misturas dos dois produtos. Rev. Nutr., Campinas, v. 22, n. 1, p. 61-70, Feb. 2009. 

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

23 nov

Receita de Beijinho de Coco Low Carb

Receita de Beijinho de Coco Low Carb

Ir até uma festinha infantil quando seguimos uma dieta low carb pode ser uma verdadeira tortura, especialmente por causa dos docinhos deliciosos que são servidos nesse tipo de evento. E ficar com vontade é algo que não combina com quem deseja uma vida verdadeiramente saudável e sabe que sempre é possível alterar alguns ingredientes para o mesmo resultado final. Um bom exemplo disso é aquele famoso beijinho de coco, que faz a alegria dos amantes de doces. Será que é possível fazer uma receita totalmente low carb e aproveitar essa delícia sem culpa?

A resposta é bem direta e objetiva: sim, é super possível fazer um beijinho de coco low carb de forma rápida, prática e melhor: super saudável. O coco, por exemplo, é uma fruta muito recomendada pelos especialistas e nutricionistas do mundo todo, pois hidrata e traz inúmeros benefícios ao organismo. Rico em ácido láurico, o coco é um aliado da boa imunidade e pode ajudar o corpo a se livrar de bactérias e vírus mais rapidamente. Isso sem falar dos flavonoides, que podem evitar doenças cardíacas e até mesmo a formação de tumores malignos. Por fim, precisamos falar do leite de coco desta receita, que é um alimento rico em cálcio, nutriente excelente para quem faz atividades pesadas como a musculação e fundamental para todas as pessoas de forma geral.

Leia também:

Receita de Mousse de Maracujá Low Carb

Receita de Brigadeiro Low Carb (com 2 opções de receitas)

Por todos esses motivos, aproveite a receita que separamos logo abaixo e coma seu beijinho de coco sem culpa nenhuma!

 

Preparo do Beijinho de Coco Low Carb

 

INGREDIENTES

  • 200 g creme de leite
  • 100 g coco ralado seco
  • 200 ml leite de coco
  • Stévia a gosto

 

MODO DE PREPARO

  1. Primeiro, será preciso pegar uma panela que seja, preferencialmente, anti aderente (sso irá evitar que a mistura grude no fundo)
  2. Nessa panela, você irá colocar o creme de leite junto com o coco ralado e mexer um pouco
  3. Depois adicione o leite de coco e continue mexendo, até que fique bem encorpado
  4. Coloque a stévia a gosto para dar uma adoçada. Pode-se usar adoçante também, se você estiver mais acostumado com ele
  5. Leve essa mistura atá a geleira até que a consistência seja correta para enrolar
  6. Com o auxílio de uma colher, comece a enrolar os beijinhos (tamanho será da sua preferência e não precisa ficar totalmente uniforme)
  7. Coloque um pouco de coco ralado em um prato e passe as bolinhas neles, como é feito com o brigadeiro e o granulado

 

A dica é manter na geladeira até o momento em que for servir. Essa receita rende, em média, 28 beijinhos de coco enrolados e as calorias são bem baixas: cada um com 57.

Aproveite e compartilhe com seus amigos através dos botões abaixo. Até a próxima!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

23 nov

Benefícios do Gengibre para quem Treina

Os benefícios do GengibreQuando pensamos nos benefícios do gengibre, geralmente a primeira coisa que nos vem à mente é o seu poder emagrecedor. Isso porque já é bem difundida a ideia de que ele é um dos alimentos que mais tem ação termogênica, que – de forma bem resumida – se trata do aumento da temperatura corporal, gerando uma aceleração no metabolismo.

Mas não é só isso que o gengibre é capaz de fazer pelo nosso organismo. Além de ser excelente para queimar calorias, ele também pode ser um ótimo aliado nos treinos, especialmente aqueles mais pesados. E é sobre isso que iremos falar no artigo de hoje. Você saberá todos os benefícios de consumir essa raiz milenar de origem asiática e entender quais os motivos para ela ser tão recomendada por nutricionistas. Confira logo abaixo tudo que separamos!

 

Os benefícios do Gengibre – Entendendo um pouco mais sobre eles

 

O Gengibre é uma planta da família das Zingiberáceas e seu nome científico é Zingiber officinale. Ele é muito consumido nas regiões asiáticas, como Japão, China e outros países. Aqui no Brasil, o gengibre ainda não é muito comum, já que seu sabor amargo e forte pode ser um pouco exótico demais para  o que o paladar brasileiro está acostumado. Dessa planta o que realmente é consumido é sua raiz, que é tem um gosto bem característico.BST - BCAA HTPro II Usada há milênios, a raiz do gengibre tem poderes incríveis quando o assunto é boa saúde. Tanto que ela foi considerada por muito tempo como um medicamento natural e ainda é até hoje. Há quem prefira optar pelos benefícios do gengibre através de chá para curar uma gripe ao invés de um remédio tradicional.

Mas as novas pesquisas têm indicado que todas as propriedades dessa raiz podem ajudar bastante quem treina pesado e quem está em busca de um crescimento muscular. Alguns dos seus benefícios são excelentes nesse sentido e trazem aquilo que o corpo precisa para se recompor de um treino intenso. Vamos listar os principais deles:

Recuperação muscular: Para entender melhor como o gengibre pode ajudar na recuperação muscular, basta ter em mente que ele é basicamente um anti-inflamatório natural. Isso acontece por causa de um componente muito característico dessa raiz: o gingerol. Ele traz uma ação bem parecida com a dos remédios tradicionais, causando uma diminuição das dores e desinflamando a região que foi mais atingida pelo excesso de exercícios. Isso resulta na possibilidade de aumentar a intensidade dos treinos, sem causar problemas secundários, pois os músculos ficarão mais protegidos e menos propenso à fadiga.

Benefícios do GengibreAumento da massa muscular: O gengibre é vasodilatador, o que significa que ele faz com que haja maior fluxo sanguíneo correndo até os músculos, ajudando no crescimento de forma totalmente natural, sem que seja necessário o uso de qualquer medicamento pra isso. De forma geral, esse tipo de ação da raiz foi conhecida recentemente, em pesquisas com atletas nos Estados Unidos. Notou-se uma melhora nos treinos e um aumento da massa muscular, comparado ao grupo que não fez uso da planta.

Otimização dos BCAA’s: Os aminoácidos de cadeia ramicada (BCAAs) são essenciais para ajudar o corpo a construir massa muscular e força. Mas para que eles possam agir no organismo, é necessário ter uma ingestão mínima de vitamina B6, que está presente em altas doses no gengibre. Por isso, consumi-lo com frequência ajuda a otimizar a ação desses aminoácidos.

 

Quantidade diária recomendada

 

Obviamente, o gengibre é uma raiz forte e não é recomendado utilizar mais do que uma colher por dia – no caso do gengibre em pó. Há também a opção de prepará-lo como chá, ralando um pouco da raiz e fervendo com água. A quantidade média depende muito do quanto seu treino é ou não pesado e se você já faz uso de algum tipo de suplementação. A dica geral é de apostar em um copo de chá a cada 3 dias, não mais do que isso. Se for a opção em pó, mais uma vez lembramos que o ideal é apenas uma colher ao dia, podendo ser misturada em água ou mesmo em alimentos, dependendo do gosto de cada um.

Leia também:

Benefícios da Beterraba para quem Treina

Como contra-indicação, precisamos citar que ele não é recomendado para mulheres grávidas e nem para diabéticos. Também é importante saber que pessoas com problemas cardíacos que fazem uso de medicamentos nesse sentido devem evitar raízes fortes, devido a sua ação anti-coaguladora. Mas, no geral, o gengibre não costuma apresentar problemas.

 

Benefícios do Gengibre além dos Treinos

 

Como sempre gostamos de salientar, os alimentos não têm apenas ações destinadas aos treinos e geralmente possuem benefícios que vão além das atividades físicas e da construção de um corpo bacana. O gengibre não é diferente e existe um bom motivo para que ele seja considerado um medicamento natural. Seus benefícios gerais são:

Benefícios contra gripes e resfriados: Muitas pessoas sabem o quanto o gengibre é excelente para tratar gripes e resfriados. O mesmo efeito anti-inflamatório que ele causa nos músculos, também ocorre quando estamos com a garganta inflamada, por exemplo. É por isso que, há milênios, ele é utilizado em forma de chá para aliviar os sintomas dessas doenças virais.

Gengibre para emagrecerCombate à bactérias: O gengibre tem uma ação bactericida muito impressionante e ele é um bom aliado contra elas. Por exemplo, a bactéria presente no estômago que causa úlceras, gastrites e dores intensas. O chá dessa raiz é excelente para diminuir problemas nessa região e costuma ser recomendado inclusive por médicos e especialistas na área.

Ressaca: Por último, não poderíamos deixar de citar o seu valor contra a ressaca. Sua ação anti-oxidante livra o corpo das toxinas do álcool e faz com que a recuperação após uma noite de exageros seja muito mais rápida.

 

Conclusão

O gengibre é uma das raízes mais poderosas do mundo e não é a toa que vem sendo utilizada há milênios para curar doenças e servir de aliada da boa saúde. Mas, lembre-se, sempre mantenha uma alimentação equilibrada e saiba que isso é fator fundamental para manter o organismo em bom funcionamento.

 

Gostou do artigo? Curta e compartilhe com seus amigos! Lembre-se sempre de procurar um nutricionista e manter uma alimentação balanceada. Até a próxima.

 

Referências

1. Sarah Merson, Nutricionista autora do livro Alimentos que Curam
2. Ticiane Munareto, Nutricionista
3. Sirlene da Costa, Farmacêutica
4. Conheça os benefícios do gengibre para a saúde – USP – Artigo Acadêmico
5. The Amazing and Mighty Ginger – Herbal Medicine – NCBI Bookshelf

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

22 nov

Benefícios do Kefir de Água, como fazer e usar para Emagrecer

Benefícios do Kefir de Água, como fazer e usar para Emagrecer

O kefir tem feito um enorme sucesso nos últimos anos e não é pra menos: sua história cheia de misticismo agrada a todos, dizendo que ele foi um presente dos deuses para manter a saúde e a felicidade dos homens. E, embora ela possa ser apenas um mito, a grande verdade é que os benefícios do kefir de água ou do Kefir de Leite são inúmeros e garantem o seu status de enviados dos céus. No artigo de hoje, vamos contar um pouco mais sobre o Kefir e entender melhor quais são as suas tão famosas propriedades para a saúde. Confira!

 

O que é o Kefir?

 

O kefir nada mais é que uma bebida fermentada, ou seja, ela é composta por organismos vivos e bactérias que são benéficas para a saúde do nosso corpo de forma geral. Hoje temos inúmeras formas de obter essa fermentação, seja através do leite ou mesmo através da água com açúcar mascavo – que iremos apresentar melhor neste artigo. Em suma, é necessário ter os primeiros grãos para começar a produzir na sua casa. Como diz a história original, os deuses entregaram um punhado desses tais grãos aos homens, que daí puderam multiplicá-los e espalhar todos os seus benefícios.

A fermentação é infinita, fazendo com que seja possível ter Kefir por tempo indeterminado, desde que as regras de higiene e armazenamento sejam mantidas. É por esse motivo que você não terá grandes dificuldade de encontrar os grãos originais que irão dar origem à sua própria colônia: eles costumam ser doados com muita facilidade por quem os cultiva, assim como manda a tradição.

Neste artigo, iremos explicar quais são os benefícios do kefir de água, que é um dos mais utilizados pelos veganos.

 

Os principais Benefícios do Kefir de Água

 

Agora que ficou claro como cultivar sua colônia em casa, vamos entender melhor benefícios do kefir de água para a saúde. Em geral, ele tem os mesmos Benefícios que o Kefir de Leite, pois também trata-se de bactérias benéficas. Porém, vamos ressaltar o que elas trazem de bom para o organismos especificamente:

Proteção do sistema digestivo: As bactérias presentes no kefir de água são probióticas e uma das mais potentes já vistas – inclusive mais do que as que estão presentes em iogurtes comuns. Elas são capazes de inibir o crescimento de outras bactérias no corpo, como as que são responsáveis pelo aparecimento de úlceras e gastrites fortes. O kefir de água também ajuda a liberar toxinas do organismo, otimizando a função do intestino e prevenindo prisões de ventre e até diarreias.

Kefir de Água, como fazer e usar para EmagrecerEfeito anti-inflamatório: Dentre os benefícios do kefir de água, temos que citar suas propriedades anti-inflamatórias, que protegem o corpo de todo tipo de problema, seja ele respiratório ou mesmo arterial, como o excesso de gordura no sangue e veias essenciais. Além disso, o kefir de água também tem sido considerado um verdadeiro aliado na luta contra o câncer: estudos indicam que o consumo desse tipo de ingrediente diminui as chances de avanço da doença e aumentam a sobrevida do paciente.

Leia também:

Benefícios do Kefir de Leite, como fazer e usar para Emagrecer

 

Benefícios do Kefir de Água para o emagrecimento

 

Mais do que melhorar a saúde em geral, os benefícios do kefir de água podem ser sentidos por quem deseja perder peso. Além de ser pouco calórico, o kefir de água ainda tem mais alguns pontos a favor quando o assunto é emagrecimento. São eles:

Menos vontade de comer doces: Há uma associação bastante intensa entre o consumo de kefir de água e  perda de vontade de comer doces em excesso. Isso pode ser excelente para quem precisa perder peso e não consegue abrir mão das barras de chocolate, por exemplo.

Menos fome em geral: Além da diminuição da vontade de comer doces, os benefícios do kefir de água se refletem também na saciedade em geral. Pessoas que comem alimentos que tem o ingrediente como base costumam ingerir menos calorias durante o dia e conseguem se manter saciados por muito mais tempo que as demais. Isso acontece porque o Kefir é rico em probióticos, que ajudam a dar essa sensação ao longo do dia.

Regulagem do sono e da ansiedade: Outro fator importante quando falamos do kefir de água é o seu efeito calmante. Por diminuir os níveis de ansiedade e aumentar a capacidade de dormir bem à noite, as chances de um programa de emagrecimento funcionar melhor com a ajuda de alimentos com base no kefir são enormes. Além disso, essa diminuição na ansiedade faz com que seja possível lidar melhor com problemas como a compulsão alimentar – que é comum entre indivíduos com dificuldade para perder peso.

Todos esses fatores juntos fazem do kefir de água um excelente aliado no emagrecimento e um ótimo ingrediente para diversas receitas saudáveis e saborosas. Agora que você já se convenceu do quanto ele pode te ajudar, vamos apresentar uma forma simples de preparo logo abaixo!

 

Onde encontrar o Kefir de Água?

 

O kefir tem como principal característica sua proliferação rápida e acentuada. Por este motivo, é comum que muitas pessoas doem seus grão e ajudem vizinhos e interessados em cultivá-los em casa. Nossa dica é procurar em sites ou em grupos do Facebook por região: é bem simples encontrar e aproveitar todos os benefícios do kefir. Se infelizmente sua cidade é de difícil acesso e ainda não há ninguém próximo que tenha os grãos para doar, você pode optar por lojas online. Cuidado apenas com a procedência e pesquise antes de comprar.

 

Modo de Preparo do Kefir de Água

 

INGREDIENTES

  • 2 colheres de sopa de grão de Kefir de Água
  • 1 litro de água filtrada (ela deve estar em temperatura ambiente para facilitar o processo)
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavo

 

MODO DE PREPARO

  1. Em um pote de vidro, coloque 1 litro de água filtrada em temperatura ambiente
  2. Adicione as duas colheres de sopa de kefir de água
  3. Adicione 1 colher de sopa de açúcar mascavo
  4. Com uma colher de pau, misture bem. É importante que acolher seja de pau ou de plástico para não matar os micro-organismos
  5. Deixe fermentar por 24 horas ou 12 horas, no mínimo e 48 horas no máximo
  6. Coe o Kefir de água depois da fermentação. Ele pode ser usado para diversas receitas como iogurtes e queijos
  7. Coloque o kefir coado na geladeira e está pronto para consumo da forma que você desejar

 

Rendimento: O kefir de água pode ser refermentado quantas vezes você desejar, assim como o Kefir de Leite, por isso, a dica é sempre doar os que sobrarem na sua cozinha. O rendimento inicial é de um pote grande de kefir, cerca de 200 ml.

Gostou do artigo de hoje? Comente aqui embaixo algumas receitas que você costuma fazer com Kefir e compartilhe com os demais leitores! Até a próxima!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

22 nov

Criando Coxas Grossas, quebrando mitos e Montando um Planejamento

Treino para criar Coxas Grossas

É nas coxas que estão localizados o maior osso (fêmur) e o maior músculo (sartóri) do corpo humano, logo, você pode imaginar o tamanho da responsabilidade deste membro.

Considerada a base do nosso corpo, por dar sustentação nos mantende em pé, as coxas fortalecidas são cruciais para a prática de esportes, já que praticamente todos exigem grande desempenho dessa região.

No entanto, muitos praticantes de musculação e até mesmo atletas, não tem bom desenvolvimento de coxas, isso porque não colocam o tempo e esforço necessários nos treinos de pernas.

 Não há dúvidas que isso pode ser considerado um erro grave!

Principalmente a grande maioria dos homens que treina, acaba negligenciando essa parte do corpo, acreditando que o esforço que é colocado nos exercícios para peito, costas ou qualquer outro grupo muscular é prioridade.

O que não é verdade, pois são as pernas que precisam de mais atenção, especialmente as coxas, já que acomoda o nosso maior músculo.

 

Montando o Planejamento

 

No post de hoje, vamos abordar o treino de alta intensidade para coxas mais fortes, mas é claro que exige alguns cuidados.

Por esse motivo, separei abaixo, algumas considerações que julgo serem importantes para a segurança e para o desenvolvimento muscular desta região da perna.

Lembramos que esse é um treino avançado para coxas com foco na hipertrofia muscular, ou seja, é ideal para pessoas que já possuem musculatura madura e desenvolvida.

Leia também:

Entenda como fazer o LEG PRESS de forma Correta

Entenda como fazer o Agachamento de forma Correta

 

Aquecimento

Você bem sabe a importância do aquecimento antes de qualquer atividade física certo?

No caso de treino para coxas, há duas boas possibilidades para aquecimento:

  • O aquecimento nos aparelhos para cardios;
  • O aquecimento direto na sequência do exercício, sem carga e executando os movimentos.

Neste segundo caso, podemos aquecer no agachamento livre, apenas com a barra e realizando o movimento completo levando ao máximo da fase excêntrica e ao máximo da fase concêntrica.

Sempre controlando o movimento, sem perder a autonomia em função da baixa carga.

 

Carga

Essa dica é muito importante! Quando a carga é extenuante (muita) recomendo o uso de cinturão e em alguns casos até mesmo a faixa de joelho.

 

Isolamento

Separe um dia para treinar apenas pernas (coxas)! O foco aqui é dar atenção total para parte inferior do corpo.

O treino é sugado (cansativo), se não sair com as pernas cansadas, sentindo que estão bambas no final da série… é por que alguma parte ou à totalidade dos exercícios não foi executada direito.

 

Intervalo

O intervalo entre as séries é de no máximo 1 minuto.

Entre os aparelhos, será o tempo de desmontar o que foi utilizado e montar o que vai ser utilizado, em média 2 a 3 minutos.

 

TREINO PARA COXAS

 

Agachamento Livre (6X)

1 série de 20 repetições, sem carga, que será o aquecimento;

1 série de 15 com metade da carga que você utiliza;

4 séries do que conseguir realizar, porém não fazer menos que 6 repetições e nem mais do que 15, com o peso que você utiliza.

 

Passada Frente (4X)

4 séries do que conseguir realizar, não fazer menos que 12 e nem mais do que 30 repetições, com metade da carga utilizada no agachamento reto.

 

Leg Press (4X)

4 séries do que conseguir realizar, não executar menos que 6 e nem mais do que 15 repetições.

O peso você deve estar de acordo com o número de repetições para ficar como citado acima, varia muito entre as máquinas.

 

Flexora (4X)

4 séries do que conseguir realizar, não fazer menos que 6 e nem mais do que 15 repetições.

O peso você deve estar de acordo com o número de repetições para ficar como citado acima, varia muito entre as máquinas.

 

Bike Spinning

15 minutos com carga moderada, que não precise levantar do banco, um pouco abaixo desse ponto.

 

Para Finalizar

Quero lembrar que esse é um treino que recruta grande parte dos músculos inferiores, por isso é essencial que o execute no máximo duas vezes na semana.

Respeitando sempre o intervalo de 48 horas entre as sessões de treinamento.

É importante ainda, antes de executar o treino, consultar o seu professor ou personal para avaliar a série proposta e verificar se o mesmo se encaixa as suas necessidades em particular.

Não esqueça também que: disciplina, descanso, boa alimentação e suplementação são essenciais para coxas firmes e fortes!

Se curtiu a dica de treino para coxas, deixe seu comentário aqui no post!

Pois a sua contribuição é importante para elaborarmos outros treinamentos seguindo essa mesma linha para os demais grupos musculares, e compartilhar aqui com todos os leitores do site!

Abraço, bons treinos e até a próxima!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.



INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação