13 dez

Musculação em Crianças e Adolescentes prejudica o crescimento?

Musculação em crianças e adolescentes prejudica o crescimento

Existe uma lenda bastante presente em nossa sociedade que diz respeito ao fato de que só se pode começar a praticar musculação, a partir de uma certa idade, que varia entre 14 e 18 anos, dependendo do folclore regional. Os motivos desta proibição também mudam de local para local, envolvendo desde o clássico “ problema no crescimento ”, até traumas ósseos, comprometimento de força, problemas articulares e por aí vai.

Contudo, como já deixei claro, isto é uma tremenda bobagem, não passando de lenda, porém, existem algumas coisas nesse contexto com as quais realmente devemos tomar cuidado e prestar atenção.

 

Esporte e crescimento: a lenda

 

Nosso assunto do dia é a musculação, porém, existem várias modalidades associadas à elevada estatura, como basquete e vôlei, e também, à baixa, como ginástica olímpica. Ocorre que, por falta de conhecimento científico, as pessoas associam o perfil do atleta bem sucedido numa determinada modalidade, com o corpo que obterão ao praticá-la.

Sendo assim, muitas pessoas resolveram colocar seus filhos na natação e no basquete, sonhando que eles ficassem altos com o tempo, assim como são os principais ícones desses esportes, ou pelo menos as pessoas que se destacam nele.

Por outro lado, como vemos ginastas habilidosos e levantadores de peso muito fortes, normalmente baixinhos, em ambas as modalidades, estas atividades começaram a ser não recomendadas para crianças e adolescentes, por possivelmente comprometerem o crescimento.

Como disse, este é o cenário que predomina em pessoas leigas, estando atrelado à falta de informação científica da área, o que é normal e até esperado, cabendo aos profissionais de educação física destruir estes mitos. Porém, o que acho muito grave, é que existe uma parcela significativa dos treinadores que realmente acreditam nessas lendas, o que considero uma falha gravíssima, uma vez que ele irá perpetuar a ignorância, além de denegrir e desprestigiar totalmente todo um grupo de profissionais sérios…

Leia também:

Crianças e o Treino de Força / Musculação

Para acabar com este mito de uma vez, quero deixar uma coisa clara ao leitor: na maioria esmagadora das vezes, a menos que o sujeito seja absurdamente habilidoso, quem escolhe quem irá participar de uma determinada modalidade é a própria modalidade, e não o sujeito!

Em outras palavras, os jogadores que se destacam no vôlei e no basquete são altos, não porque a modalidade os fez crescer, mas porque esses esportes acabam priorizando (dependendo da posição do jogador) quem é mais alto, fazendo-os se destacarem. Prolongue isto no tempo e você entenderá porque no esporte profissional competitivo você acaba vendo sempre padrões corporais parecidos. Isto também vale para a natação e atletismo, por exemplo.

Por outro lado, em modalidades onde a força é muito importante, como o levantamento de peso, as baixas estaturas são favorecidas, por conta de questões de braço de alavanca que eu não gostaria de abordar neste artigo, sendo assim, mais uma vez, por serem indivíduos que se destacam, a sociedade enxerga neles o padrão corporal que irão obter caso também pratiquem aquele esporte.

 

Genética e comprometimento de crescimento

 

O que determina a altura que teremos ao final de nossa fase de crescimento é a genética, que pode ser um pouco influenciada por fatores ambientais, como nutrição e uso de hormônios, por exemplo.

A prática de atividades esportivas pode sim influenciar no crescimento, mas apenas negativamente, dado o que foi observado pela ciência, sendo o motivo o de exageros no envolvimento esportivo do jovem, como a especialização precoce, por exemplo.

Quando a atividade é praticada com muitos exageros, feito um caso de overtraining, sem dar o devido descanso ao sujeito, ela pode suprimir sim o crescimento, porém, se a atividade for interrompida, ele voltará a acontecer, inclusive de forma mais rápida, a fim de compensar o tempo perdido (chamado efeito catch up).

Porém, isto só será possível nos casos em que a atividade não trouxer nenhum tipo de lesão óssea na placa epifisária, que é o local do osso que cresce nos jovens até os 18 anos, mais ou menos. Caso isto aconteça, por exageros da prática ou mesmo por traumas, aí sim teremos comprometimento do crescimento, porém, ao contrário do que as pessoas imaginariam, o sujeito não ficará baixinho, mais sim deformado!

Cada osso tem sua placa de crescimento, sendo assim, se apenas um deles for danificado, os demais continuarão a crescer normalmente. Com isto, uma criança que tem o crescimento do fêmur direito prejudicado, por exemplo, terá uma coxa maior do que a outra e irá mancar pelo resto da vida, caso uma cirurgia de reparação não seja possível. Entenderam a ideia?

 

A questão da musculação

 

Bom, antes de encerrarmos, vamos falar mais um pouco sobre musculação. Pode acontecer de uma criança se interessar por musculação e querer praticá-la, o que não há problema algum, desde que ela seja muitíssimo bem orientada por um profissional de educação física que realmente saiba o que está fazendo, de modo a dosar adequadamente o treino para melhorar a qualidade de vida dela, sem lesioná-la.

Por falta de hormônios, a hipertrofia que ela obterá será quase insignificante, porém, ela terá ganhos em força, flexibilidade e, dependendo de como a atividade for pensada, poderá incrementar capacidade aeróbia e potência também. O mais interessante aqui é que, novamente pela falta de hormônios, os ganhos são praticamente os mesmos tanto para meninas, quanto para meninos.

Na adolescência, por outro lado, já temos a produção de hormônios como a testosterona, que irão influenciar no ganho de mais força e de hipertrofia, período este em que começam a aparecer as diferenças corporais nos indivíduos, fora o sexo.

Como todos sabemos, a musculação é uma das atividades favoritas desta faixa etária, porém, como ela está em crescimento, o treinamento ao extremo também poderá impactar negativamente no desenvolvimento da altura, assim como a utilização de esteróides anabolizantes, que interromperão o crescimento mais rapidamente.

 

Conclusão

No artigo de hoje, vimos que a ideia de praticar uma atividade física para crescer em altura é uma grande bobagem, sendo que o mesmo vale para o contrário: fazer musculação ou ginástica não deixarão o sujeito baixinho no futuro.

A crença ocorre uma vez que as pessoas tendem a associar o perfil corporal do sujeito que pratica uma determinante modalidade esportiva com o mesmo que terão ao fazê-la.

Por outro lado, falar que a influência do esporte no crescimento é zero é uma mentira, uma vez que, se ele for praticado com gigantesco excesso e má orientação, poderá sim afetar no crescimento do jovem, porém, como vimos, não será o deixando baixinho, mas sim, deformado.

Ficamos por aqui! Espero ter ajudado um bocado com este artigo no desenvolvimento do senso crítico de vocês e também tirado dúvidas sobre musculação e crescimento em jovens! Não se deixem orientar por amadores e aventureiros: aceitem apenas informações de profissionais altamente qualificados e atualizados, que sabem do que estão falando, pois estudam constantemente, conhecem a prática de trabalho e se baseiam em ciência, e não em achismos, lendas e tradições.

 

Referências bibliográficas

1- riscos e benefícios do treinamento de força em crianças: novas tendências. Steven fleck e aylton josé figueira jr. Revista brasileira de atividade física e saúde. V.2. N.1. 1997

2- damsgaard r, bencke j, matthiesen g, petersen jh, müller j. Is prepubertal growth adversely affected by sport? Med sci sports exerc 2000;32:1698-703.

3- weight training in youth-growth, maturation, and safety: an evidence-based review. Malina, robert m phd,1998.

4- moderate exercise during growth in prepubertal boys: changes in bone mass, size, volumetric density, and bone strength: a controlled prospective study. M. Bradney1, g. Pearce1, g. Naughton2,c. Sullivan2, s. Bass1,3, t. Beck4, j. Carlson2 ande. Seeman m.d.1,* article first published online: 1 dec 1998

5- santos, y. C. Et al. Porcentagem de maturação, velocidade de crescimento de variáveis antropométricas e neuromotoras de duas regiões distintas. Revista brasileira de ciência e movimento, v.5, n.02, p.52-60, 1991.

6- fukunga,t. Et al. The effects of resistance training on muscle area and strength in prepubescent age. Annals of physiological anthropology, v.ll, p.357-364, 1992.

7- georgopoulos n, markou k, theodoropoulou a, paraskevopoulou p, varaki l, kazantzi z, et al. Growth and pubertal development in elite female rhythmic gymnasts. J clin endocrinol metab 1999;84:4525-30.

8- impacto da atividade física e esportes sobre o crescimento e puberdade de crianças e adolescentes. Linear growth and puberty in children and adolescents: effects of physical activity and sports. Crésio alves, renata villas boas lima.

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

13 dez

Benefícios do Kefir de Leite, como fazer e usar para Emagrecer

Benefícios do Kefir de Leite

O kefir tem feito um enorme sucesso nos últimos anos e vem sendo cada vez mais compartilhado e comentado nas redes sociais e blogs do mundo todo. Original da Ásia, sua história tem um toque de misticismo – acredita-se que a primeira colônia tenha sido um presente de Alá para um pastor que perambulava por uma região inóspita – e analogias às suas incríveis propriedades quase medicinais. Mas se você nunca experimentou ou não sabe do que estamos falando, não se preocupe: no artigo de hoje vamos contar todos os Benefícios do Kefir de Leite, como prepará-lo na sua casa e como ele pode te ajudar a perder peso. Confira todas as informações que separamos!

 

O que é o Kefir de Leite?

 

O kefir é um tipo de bebida fermentada derivada do leite na maioria das vezes, embora tenha o Kefir de Água que usa o açúcar mascavo. A fermentação desse tipo de bebida faz com que algumas bactérias se proliferem, formando o que conhecemos por probióticos vivos, que são os mesmos encontrados nos Yakults, por exemplo. O processo de fermentação dura, em média, 48 horas e pode ser repetido inúmeras vezes, o que torna o kefir um alimento sempre disponível desde que haja a devida higiene do local e dos utensílios. Com uma colher de sopa de uma colônia, é possível garanti-lo por anos e inclusive doá-lo para vizinhos e amigos. E não vai faltar pessoas interessadas, já que os Benefícios do Kefir de Leite são incríveis. Vamos falar deles mais abaixo!

 

Os principais Benefícios do Kefir de Leite

 

Os Benefícios do Kefir de Leite são inúmeros, afinal, estamos falando de um alimento rico em proteína, cálcio, fósforo, Magnésio e uma quantidade enorme de vitamina D e vitaminas do complexo B. Por ser um dos probióticos mais potentes que existem na atualidade, o kefir conta com uma série de vantagens no seu consumo. Vamos às principais delas:

Propriedades antibacterianas: Um dos probióticos encontrado no kefir é conhecido pelo nome de Lactobacillus kefiri. Ele é um dos mais potentes existentes e conta com uma ação antibacteriana incrível, capaz de matar bactérias poderosas como a Salmonela, por exemplo. Acredita-se que o consumo regular de Kefir mantém o organismo mais protegido contra este tipo de agente externo e prolonga a vida em bons anos.

Prevenção do câncer: Embora nada ainda possa substituir o tratamento tradicional contra o câncer, acredita-se que um dos Benefícios do Kefir de Leite é atuar como agente coadjuvante contra a doença, evitando o crescimento desenfreado das células cancerígenas e trazendo mais chances de cura. Além disso, existem estudos que comprovam sua eficácia no quesito prevenção.

Kefir de LeiteProteção do sistema digestivo: Dentre todos os benefícios do kefir, este é o mais conhecido de todos. Acredita-se que os probióticos presentes no alimento podem atuar diminuindo problemas como prisão de ventre ou mesmo diarreia. Além disso, ele também é capaz de proteger essa região contra a ação de bactérias, como as que causam gastrites e úlceras, e diminuir doenças no intestino.

Perfeito para quem tem intolerância à lactose: As bactérias boas do kefir se alimentam da lactose do leite, ou seja, elas o transformam em um alimento perfeito para quem tem algum tipo de intolerância, pois faz com que seus benefícios sejam aproveitados ao máximo sem causar efeitos colaterais.

 

Benefícios do Kefir Leite para o Emagrecimento

 

Muitas pessoas perguntam quais são os benefícios do Kefir para o emagrecimento: será que tem alguma relação? Na verdade, sim. Por ser pouco calórico, o kefir representa um auxilio na dieta e pode ser consumido a vontade por não ter carboidratos. Além disso, ele tem as vantagens do leite, que são:

Menos fome durante o dia: O kefir pode ajudar a controlar a fome, trazendo uma sensação de saciedade por mais tempo – especialmente em pessoas que estão iniciando uma reeducação e precisam de um aliado.

Mais força para os treinos: Por ser rico em cálcio, o kefir ajuda a proteger os ossos e trazer mais força aos músculos na hora do treino. Isso faz com que ele seja um alimento excelente para ser consumido tanto no pré quanto no pós-treino. Além disso, como dissemos lá em cima, o kefir promove uma melhora do sistema digestivo, fazendo com que haja menos retenção líquida e menos acúmulo de gordura.

 

Onde encontrar o Kefir de Leite?

 

O kefir tem como principal característica sua proliferação rápida e acentuada. Por este motivo, é comum que muitas pessoas doem seus grão e ajudem vizinhos e interessados em cultivá-los em casa. Nossa dica é procurar em sites ou em grupos do Facebook por região: é bem simples encontrar e aproveitar todos os benefícios do kefir. Se infelizmente sua cidade é de difícil acesso e ainda não há ninguém próximo que tenha os grãos para doar, você pode optar por lojas online. Cuidado apenas com a procedência e pesquise antes de comprar.

 

Modo de Preparo do Kefir de Leite

 

INGREDIENTES

  • 1 colher de sopa de Grão de Kefir
  • 1 litro de leite (com lactose)

 

MODO DE PREPARO

  1. Adicione 1 colher de sopa do grão de kefir em 1 litro de leite em uma garrafa de vidro
  2. Tampe com um papel toalha e prenda a garrafa com um elástico para que o papel não se desprenda
  3. Leve essa mistura para um local bem escuro e fresco como o armário, por exemplo
  4. Deixe fermentando por 48 horas no mínimo e 5 dias no máximo. Há também quem deixe por 24 horas para benefícios específicos
  5. Depois de fermentado, coe com um coador de plástico, pois o kefir não é resistente à outros materiais
  6. Deixe sair todo o soro e está pronto seu próprio kefir

Como fazer Kefir de LeiteA partir desse momento, você tem seus próprios grãos em casa e pode refazer esse processo quando quiser. A dica é doar ou congelar por até seis meses, evitando o desperdício.

Uma dica bacana é bater o kefir com frutas: o resultado é uma vitamina extremamente saudável e deliciosa!

 

Gostou do artigo de hoje? Comente aqui embaixo algumas receitas que você costuma fazer com Kefir e compartilhe com os demais leitores! Até a próxima!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

12 dez

Receita de Suco Detox para Emagrecer Rápido

Receita de Suco Detox para Emagrecer Rápido

O suco detox para emagrecer rápido é uma opção muito saudável, já que uma alimentação detox, o que inclui o consumo do suco, é rica em nutrientes que ajudam a eliminar as impurezas do nosso corpo, já que todos os sucos são preparados apenas com frutas e legumes em sua composição.

Consumir alimentos detox é uma ótima maneira de livrar seu corpo daquilo que não faz bem, e foi pensando nisso que trouxemos receitas de sucos detox, que te farão emagrecer rápido.

Uma coisa importante de salientar é que existem alguns alimentos que não devem ser consumidos todos os dias, como a couve, que é um dos principais elementos encontrados em sucos verdes, e por isso vale a pena ter conhecimento de outras receitas de sucos, que substituem a receita clássica em sabor, mas não em resultados.

 

Suco Detox para Emagrecer Rápido (Abacate)

 

INGREDIENTES

  • 4 amêndoas
  • ¼ de abacate (precisa estar maduro)
  • 1 col. sopa de linhaça dourada hidratada
  • 1 copo de água de coco

As amêndoas que você vai utilizar precisam estar germinadas,  para isso é necessário que você faça o seguinte:

  • Deixar as amêndoas de molho durante 8 horas, e em seguida, lavar bem.

Para hidratar a linhaça você precisará:

  • Deixar a linhaça dourada de molho por 4 horas, depois lavar e escorrer bem todo o líquido.

 

MODO DE PREPARO

  1. Bata todos os ingredientes no liquidificador ou centrífuga (não precisa coar)
  2. Acrescente gelo
  3. Beba logo em seguida.

 

 

Suco Detox para Emagrecer Rápido (Abacaxi)

 

Este suco detox ajuda você a emagrecer rapidamente, já que tem a função diurética.

 

INGREDIENTES

  • 5 rodelas de abacaxi
  • 2 cm ( ou dois dedos) de gengibre
  • 3 folhas de hortelã
  • 2 folhas de couve

 

MODO DE PREPARO

  1. Bata tudo no liquidificador e consuma logo em seguida.

 

 

Receita de Suco Detox Termogênico

 

Os alimentos termogênicos ajudam a emagrecer rapidamente porque aceleram o metabolismo. Sendo assim, esta é uma ótima opção de suco para emagrecer de forma rápida e saudável.

 

INGREDIENTES

  • 200ml de suco de uva integral
  • 1 limão com casca
  • Gengibre a gosto
  • Canela a gosto

 

MODO DE PREPARO

  1. Bata tudo no liquidificador
  2. Coe com um pano fininho e retire o máximo de líquido possível
  3. Consuma logo em seguida

 

 

Receita de Suco Detox para queimar a Gordura Localizada

 

Esta receita é para quem quer queimar a gordura localizada, principalmente na região abdominal e ficar com a barriga sequinha!

 

INGREDIENTES

  • 1 ameixa-preta seca
  • 2 fatias de abacaxi
  • 3 folhas de hortelã
  • 1 copo de 200 ml de água de coco
  • 1 colher de sopa de semente de linhaça dourada

 

MODO DE PREPARO

  • Hidrate a ameixa seca com água por oito horas na geladeira
  • Depois de hidratar a ameixa, bata todos os ingredientes no liquidificador
  • Consuma logo em seguida

 

Depois destas 4 receitas imperdíveis de suco detox para emagrecer, sua dieta receberá uma ajuda especial, com alimentos que te ajudarão a emagrecer com muita rapidez, sem precisar fazer muito esforço.

Leia também:

Receita de Suco Detox para Tomar a Noite

Conheça alguns Benefícios do SUCO DETOX

Esperamos que goste das sugestões dos sucos, aproveite para compartilhar o artigo e oferecer oportunidade para outras pessoas estarem lendo esse conteúdo.

Experimente a proposta, veja como seu organismo reage, e não esqueça de nos contar como está sendo, comentários nos motivam!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

12 dez

Criando Ombros e Trapézios Volumosos, quebrando mitos e Montando um Planejamento

Criando Ombros e Trapézios Volumosos, Treino completo

Você já parou para observar o volume dos ombros e trapézios do Ronnie Coleman?

Carlos Drummond de Andrade foi prudente quando escreveu seu poema “Os Ombros Suportam o Mundo”, o que de fato é verdade, pois podemos subentender o tamanho da responsabilidade dessa parte do corpo.

Nele estão os principais grupos musculares da parte superior do corpo humano, como o deltóide. Como grupo muscular médio é composto por três pontas triangulares.

  • O deltóide anterior eleva o braço para frente;
  • O deltóide médio eleva o braço para o lado, e;
  • O deltóide posterior eleva o braço para trás.

A três porções musculares desenvolvidas, tem aspecto muito importante na apresentação do físico, e precisam estar em harmonia quando vistos de frente, de costas e de lado.

Os fisiculturistas trabalham com muita intensidade está parte do corpo para obter a estética de ombros largos e salientes.

Já, o trapézio é um músculo triangular, que eleva a escápula para cima e para baixo e por isso, faz uma enorme diferença quando visto de costas.

O seu desenvolvimento destaca o físico atlético, não há dúvidas que é um diferencial.

 

Montando o Planejamento

 

No post de hoje, vamos abordar um treino de alta intensidade para ombros e trapézios, que exige alguns cuidados e sua atenção é muito importante, pois não queremos comprometer a performance muscular, não é mesmo?

 

Aquecimento

Como você já sabe, o aquecimento antes de qualquer exercício físico é fundamental.

Gosto de aquecer no próprio exercício, sem carga e executando os movimentos.

No caso aqui, podemos aquecer no desenvolvimento, com peso leve e realizando o movimento completo levando ao máximo da fase excêntrica e ao máximo da fase concêntrica, sem perder o controle em função da baixa carga.

Mas, nada impede o aquecimento ser realizado diretamente nos aparelhos cardios, o que vale é atenção na execução!

 

Isolamento

Separe um dia para exercitar apenas ombros e trapézios, se quiser treinar junto com outro grupo muscular, poderá conjugar com o treino de costas que iremos abordar nessa periodização.

Inclusive, leia nosso post especial para conquistar costas largas e fortes.

 

Intervalo

O intervalo entre as séries é de no máximo 1 minuto.

Entre os aparelhos, será o tempo de desmontar o que estava em uso e montar o que vai ser usado, basicamente 3 minutos.

 

Treino para criar Ombros e Trapézios Volumosos

 

Desenvolvimento (4X)

4 séries do que conseguir realizar, não executar menos que 6 repetições e nem mais do que 15, com o peso que você utiliza.

 

Elevação Lateral (4X)

4 séries do que conseguir realizar, não executar menos que 6 repetições e nem mais do que 15, com o peso que você utiliza.

 

Elevação Frontal (4X)

4 séries do que conseguir realizar, não praticar menos que 6 e nem mais do que 15 repetições.

 

Peck Deck Invertido (4X)

4 séries do que conseguir realizar, não executar menos que 6 e nem mais do que 15 repetições.

 

Remada Alta (6X)

6 séries do que conseguir realizar, não efetuar menos que 6 e nem mais do que 15 repetições.

 

Encolhimento (6X)

6 séries do que conseguir realizar, não efetuar menos que 6 e nem mais do que 15 repetições.

 

Para finalizar

Quero lembrar que esse é um treino que recruta uma parte considerável dos músculos superiores, por isso é essencial que o execute no máximo duas vezes na semana.Respeitando sempre o intervalo de 48 horas entre as sessões de treinamento.É importante ainda, antes de praticar os exercícios aqui propostos, consultar o seu professor ou personal para avaliar a série e conferir se está perfeita para você.Lembro que não basta apenas seguir o treinamento, é importante também:

  • Manter a disciplina, executando a sequência e a rotina de treinos;
  • Cuidar da alimentação, consumindo suplementos específicos para melhorar a hipertrofia muscular;
  • Manter os vícios longe;
  • Descansar a mente e os músculos.

Abaixo disponibilizamos todos os links para que acompanhe os outros planos de treinamento com foco nos grupos musculares. Clique e aproveite as dicas:


Guia completo para Criar Volume Muscular (Em Breve)

Criando Coxas Grossas

Criando Glúteos Grandes (Em Breve)

Criando Peitorais Gigantes

Criando Ombros e Trapézios Volumosos

Criando Costas Largas

Criando Braços Enormes (Próximo Post)

Criando Abdômen Chapado (Em Breve)

 

Gostou das dicas para treino de ombros e trapézios? Então compartilhe!Deixe também sugestões para formular outros tios de treinamento!Abraço, bons treinos e até a próxima!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

11 dez

5 receitas de Kefir para Emagrecer

Receitas de kefir para emagrecer

O kefir tem feito sucesso por onde passa e isso acontece não só porque ele é uma opção muito saudável e poderosa contra doenças, mas também porque seu sabor é bem interessante. Além disso, ele é bem versátil e vai bem com quase todos os pratos que conhecemos.
.
Para provar isso, separamos 5 receitas de kefir para emagrecer que vão te surpreender. Saudáveis, gostosas e ótimas para quem quer perder peso, elas são tudo que faltava no seu cardápio fitness. E garantimos: ninguém vai notar que as receitas foram preparadas com um ingrediente tão diferente e a família toda vai adorar!

A dica para que todas as receitas de kefir para emagrecer fiquem bem saborosas é deixá-lo fermentando sempre por no máximo 12 horas, para que o sabor fique menos ácido. Confira logo abaixo tudo que separamos!

 

– Receitas de Kefir –

 

#01 – Cream Cheese de Kefir

 

INGREDIENTES

  • 500 ml de leite gelado
  • 1 colher de sopa de grão de kefir

 

MODO DE PREPARO

  1. Coloque o grão de kefir no leite e deixe fermentando por 12 horas
  2. Depois, misture tudo com uma colher
  3. Com o auxílio de uma peneira, separe os grãos do leite
  4. Pegue um coador de pano novo e coloque-o em um recipiente alto
  5. Despeje o conteúdo do leite já sem os grãos e deixe coando por 4 horas
  6. Depois, leve tudo que ficou no coador para a geladeira
  7. Está pronto seu cream cheese de kefir


Rendimento:
1 pote de chá de kefir. Utilizaremos esse cream cheese para receitas abaixo. Por isso, já treine fazê-lo em casa!

Vamos à segunda de 5 receitas de kefir para emagrecer!

 

#02 – Suflê de espinafre com Kefir

 

INGREDIENTES

  • 4 colheres de sopa de manteiga
  • 4 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1 xícara de chá de leite de kefir
  • 1 pitada de pimenta-do-reino
  • 2 colheres de sopa de cream cheese de kefir
  • 3 xícaras de chá de espinafre cozido escorrido e picado
  • 2 gemas
  • 2 claras

 

MODO DE PREPARO

  1. O primeiro passo é derreter a manteiga em uma panela antiaderente
  2. Adicione a farinha aos poucos junto com o leite de kefir. Mexa bem
  3. Irá formar uma massa grossa. Coloque uma pitada de pimenta (adicione o Cream Cheese de kefir)
  4. O espinafre deve ser cozido e picado. Adicione-o à mistura anterior
  5. Deixe derreter tudo e adicione as gemas previamente batidas com um garfo
  6. Desligue e separe
  7. Bata as claras em neve e adicione à mistura separada com bastante delicadeza
  8. Coloque tudo em um local adequado e leve ao forno por 35 minutos
  9. Está pronto!


Rendimento:
Um suflê médio.

Vamos à terceirade 5 receitas de kefir para emagrecer!

 

#03 – Bolo de laranja com Kefir

 

INGREDIENTES

  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 xícara de farinha de aveia fina
  • 1 colher de sopa de farinha de quinoa
  • Meia xícara de kefir de leite
  • Meia xícara de suco de laranja
  • 1/3 de xícara de margarina sem sal
  • 1/3 de xícara de açúcar mascavo
  • 3 colheres de sopa de mel
  • 3 ovos
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

 

MODO DE PREPARO

  1. Unte uma forma com a farinha e deixe-a reservada
  2. Na batedeira, misture o açúcar mascavo, o mel e a margarina. Bata bem
  3. Adicione os ovos e bata novamente
  4. Adicione o kefir e o suco de laranja e bata em velocidade baixa
  5. Adicione a quinua, a farinha e a aveia sempre batendo na velocidade baixa
  6. Pare de bater, adicione o fermento e misture com uma colher
  7. Leve tudo para a forma e asse por 40 minutos em um forno pré-aquecido a 200 graus
  8. Quando estiver frio, desenforme e sirva


Rendimento:
10 pedaços médios. Fica uma delícia e muito saudável!

Vamos à quarta de 5 receitas de kefir para emagrecer!

 

#04 – Pão integral com Kefir

 

INGREDIENTES

  • Meia xícara de kefir de leite
  • 1 xícara de farinha de trigo integral
  • Meia xícara de farinha de aveia
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de margarina light
  • 1 colher de sopa rasa de açúcar mascavo
  • 1 colher de sopa rasa de mel
  • Alho
  • Azeite
  • 1 colher de chá de sal

 

MODO DE PREPARO

  1. Separe uma tigela grande e coloque nela o kefir, o ovo, o mel, o açúcar e o fermento (misture bem)
  2. Depois, adicione as farinhas e misture novamente
  3. Coloque um pouco de azeite, adicione margarina e uma pitada de sal (misture bastante)
  4. Agora, pegue a massa com as mãos e sove-a bastante. Adicione um pouco de alho e misture novamente
  5. Na pia, abra a massa e a enrole. Coloque a massa em uma forma e deixe-a descansando por uma hora
  6. Depois, asse por 45 minutos em forno pré-aquecido em 180 graus
  7. Está pronto seu delicioso pão integral de kefir


Rendimento:
10 pedaços médios.

Vamos à quinta de 5 receitas de kefir para emagrecer!

 

#05 – Patê de azeitona e Kefir

 

INGREDIENTES

  • 5 azeitonas grandes e pretas (de preferência, sem caroço)
  • Meia xícara de de kefir de leite
  • 1 colher de café de alho desidratado
  • 1 colher de café rasa de cebolinha desidratada
  • Azeite
  • Sal a gosto

 

MODO DE PREPARO

  1. Com o auxílio do liquidificador, bata todos os ingredientes na potência máxima, até que eles atinjam um ponto bem homogêneo
  2. Coloque tudo em um pote de vidro para que o kefir não estrague
  3. Leve para a geladeira por 4 horas ou mais
  4. Está pronto seu patê de azeitonas e kefir

Rendimento: Um pote grande. A dica aqui é manter na geladeira por até 5 dias e consumir nesse período.

 

Lembre-se que o kefir pode ser reproduzido sempre e que vale a pena ter seu próprio cultivo em casa. Quando houver uma quantidade grande, doe o seu para um amigo ou vizinho!

Leia também:

Benefícios do Kefir de Leite, como fazer e usar para Emagrecer

Benefícios do Kefir de Água, como fazer e usar para Emagrecer

Gostou das receitas de kefir para emagrecer? Comente aqui embaixo algumas receitas que você costuma fazer com Kefir e compartilhe com os demais leitores! Até a próxima!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

11 dez

Pular corda emagrece? Confira algumas Dicas e Benefícios (com vídeo explicativo)

Pular corda emagrece Confira algumas dicas e benefícios Benefícios de Pular Corda Dicas de como pular cordas

Pular corda é um exercício que muita gente traz da infância e também muito praticado nos treinos hoje em dia. Mas será que pular corda emagrece?

Quando foi a última vez que você pulou corda?

Embora pareça uma atividade simples, a complexidade oculta no exercício de pular corda faz deste um exercício quase completo.

A brincadeira de pular corda, o antigo hábito de criança, pode trazer inúmeros benefícios para sua saúde.

É um aliado na hora de melhorar o desempenho e a resistência física, proporciona uma melhora significativa da saúde, auxilia na hora de definir o corpo e além de tudo é capaz de ajudar no emagrecimento saudável.

Mas não se engane. Pular corda não é apenas uma atividade de saltar com os pés.

A musculatura trabalhada durante o exercício, por exemplo, faz deste um exercício melhor do que a corrida.

Pode-se entender a prática de pular corda como uma maneira de adicionar tempero à rotina dos seus exercícios físicos.

Vamos entender como esse exercício pode auxiliar você a perder peso.

 

Pular corda emagrece? Entenda como funciona!

 

Pular corda é um exercício aeróbico!

Exercícios aeróbicos, diferentemente dos anaeróbicos, são de menor intensidade, mas por outro lada são de maior duração. Isso significa que seu organismo irá precisar gastar muito mais energia.

Pular corda emagrece Confira algumas dicas e benefíciosExercícios intensos e rápidos utilizam glicose como fonte de energia, enquanto exercícios moderados e de maior duração, como pular corda, utilizam ácidos graxos como principal fonte de energia.

Além disso, a prática de exercícios aeróbicos aumenta a taxa de metabolismo após o treino, ou seja, você consume calorias durante e após a prática do exercício.

É o que chamamos de recarga residual do exercício, que na maioria das vezes, é responsável por uma queima de calorias até maior que durante a prática do exercício.

 

Porquê pular corda emagrece?

 

Vamos entender melhor os resultados no nosso organismo.

Ela ocasiona alteração no metabolismo e adaptações bioquímicas no nosso organismo que levam ao aumento da capacidade oxidativa muscular aumentando a atividade de enzimas responsáveis pela quebra dos ácidos graxos.

O resultado é uma diminuição do peso, queima de gordura e um corpo mais definido.

 

Pular corda emagrece de maneira saudável?

 

Sim, sem dúvida alguma!

Quando o exercício de pular corda é feito de maneira correta e com disciplina os benefícios vão bem além do emagrecimento, os efeitos podem ser percebidos no corpo como um todo.

Veja alguns benefícios que listamos logo abaixo:

  • Uma vida bem mais saudável: auxilia no desenvolvimento da coordenação motora, na agilidade, flexibilidade, ritmo, e no condicionamento físico, além de auxiliar no combate a doenças cardiovasculares e diabetes;
  • Melhora do desempenho físico: pular corda possibilita uma melhora no desempenho cardiovascular e musculoesquelético, quando executado de modo adequado;
  • Queimando mais calorias: por ser um exercício aeróbico contribui para a queima de gorduras. O exercício de pular corda emagrece porque queima o triplo de calorias que seriam gastas durante uma corrida, por exemplo;
  • Disposição: um benefício comum relacionado a prática de pular corda rotineiramente é a liberação de hormônios que promovem as sensações de felicidade, disposição, aumentam a autoestima e diminuem os níveis de estresse do organismo.

Além destes benefícios ainda podemos somar todos os benefícios dos exercícios aeróbicos, como a melhora e fortalecimento dos músculos respiratórios e da circulação sanguínea.

Diferentemente do que se possa pensar, diferenças de gênero não levam, necessariamente, a uma diferença no desempenho nem nos resultados de homens e mulheres.

O que diferencia o rendimento no treino e os efeitos é o modo como o exercício é executado.

E isso depende do tamanho da corda utilizado, da duração e altura dos saltos e dos níveis de desenvolvimento motor e das sessões.

 

Conhecendo o Rope Skipping

 

Fora do Brasil existe uma modalidade de pular cordas bastante comum e popular. É o chamado Rope Skipping, ou corda acrobática.

O nome diz muito. É uma prática para aqueles que procuram um pouco mais de adrenalina nos exercícios.

Ele consiste em realizar acrobacias enquanto se pula corda. Isso torna o esporte mais dinâmico e menos enfadonho, além de aumentar a atividade muscular e a queima de calorias.

  Embora seja considerado um exercício leve, é uma atividade de alto impacto, e pode ser praticada tanto individualmente (Single Rope), como em dupla (Double Rope) ou em pequenos grupos (Roda Chinesa).

 

Pular corda emagrece?
Sim, mas somente quando praticado corretamente!

 

Existem diferentes práticas e técnicas que potencializam a eficácia desse exercício e a queima de calorias que auxiliam no emagrecimento.

O primeiro ponto a saber é: você precisará aliar a prática de pular cordas com outras atividades físicas.

O segundo ponto é o jeito que você pula corda.

Há quem pule com os dois pés, e há quem pule com um pé só. São os chamados padrões motores.

Segundo estudo realizado na Universidade Estadual de Santa Cruz, na Bahia, os dois padrões exercem diferentes impactos no gasto energético durante a prática da atividade física.

Na prática, pular corda com apoio simultâneo dos pés garante uma maior altura do salto, trabalhando mais a musculatura na impulsão, o que ocasiona um maior gasto energético.

Leia também:

15 dicas para você destruir nos Treinos de Musculação

Conheça o Maior erro de quem executa Abdominais no Solo

Quando se pula corda tendo como apoio um único pé a intensidade é menor e o gasto de energia também.

É interessante que durante a prática do exercício você não se prenda ao jeito padrão de pular corda. Alterne entre os padrões, isso favorece um leve descanso para sua musculatura e garante que a sua sessão dure um pouco mais.

Se você é iniciante, no vídeo abaixo o Professor Aurélio Alfieri traz algumas dicas úteis de como tirar o máximo proveito do seu exército e emagrecer de forma saudável. Confira:

 

 

Embora pular corda se pareça bastante com a atividade de corrida e trabalhe músculos semelhantes, o impacto sobre a musculatura e a frequência do exercício são diferentes.

Se compararmos o pular corda com a corrida, por exemplo, veremos que a pressão exercida sobre os quadris, os joelhos e as costas é menor enquanto você pula corda.

Isso significa que essa atividade apresenta menor impacto negativo para sua coluna e para seus joelhos.

Não fique frustrado caso você pule corda e se canse facilmente. O segredo é realizar pequenas séries e pequenos intervalos.

 

Referências

Associação Portuguesa de Rope Skipping. Benefícios da prática de Rope Skipping

CASA DO LAGO. Rope skipping – corda acrobática

MARTINS, M. Pular corda: benefícios

MOREIRA et al. Efeitos do exercício aeróbico e anaeróbico em variáveis de risco cardíaco em adultos com sobrepeso. Arq Bras Cardiol. 2008

SILVA, H.S.; PELLEGRINI, A.M. características cinemáticas de padrões motores no pula corda. Rev Brasi Cineantropm Desempenho Hum. 2009

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.

11 dez

Conheça os benefícios do consumo de Miúdos de Frangos e Bovinos

Conheça os benefícios do consumo de Miúdos de Frangos e Bovinos

Você sabe porque as proteínas em miúdos de frangos e bovinos são consideradas super alimentos? Não? Então leia este post!

Os “superalimentos” como o nome sugere, são alimentos que possuem características nutricionais excelentes, que agregam a saúde global, com considerável quantidade e variedade de vitaminas de grupos diversos e antioxidantes, as vezes não encontrados em outros.

Em geral, são fontes de origem natural, como algas, folhas, raízes e também fontes animas como os miúdos, principalmente de frango e boi.

Para ser considerado um superalimento, a regra principal é ser livre de conservantes, emulsionantes e todos os “antes”, comuns aos rótulos que vemos em supermercados.

Porém, o que muita gente pode pensar é que adquirir esses superalimentos, está além de suas condições físicas ou financeiras.

Mas…, e se eu dissesse a você que boa parte dessa alimentação pode ser encontrada na feira, no quintal de casa ou no açougue da esquina por um preço bem acessível?

Esse é exatamente o caso dos miúdos de frangos e bovinos.

Muitas vezes desprezados na hora de ir para a balança, esses pequenos órgãos são tão ricos em proteínas que poderiam ser considerados suplementos proteicos para a nossa alimentação.

Confira a seguir, na íntegra, os benefícios, os valores nutricionais e a distribuição de proteínas em miúdos de frangos e bovinos.

 

Proteínas em miúdos de frangos e bovinos: o que são?

 

A palavra “miúdos” se refere à parte interna (literalmente órgãos), são pedaços mais duros, com aparência estranha, presentes em todos os tipos de animais.

Geralmente os miúdos são excluídos dos balcões refrigerados, que exibem cortes nobres, suculentos e apresentáveis, porque na verdade não são considerados “cortes de primeira”.

O que é denominado miúdo?

A lista é extensa, por isso, vamos manter nossa atenção nos mais conhecidos que são:

  • Coração;
  • Fígado;
  • Rins;
  • Moela;
  • Língua de bovinos;
  • Pé de galinha;
  • Vísceras;
  • Tripas;
  • Cérebro, entre outros.

Não é de hoje que sabemos que na nossa culinária local, muitos desses órgãos são simplesmente descartados na hora da limpeza do animal para o corte.

Essa prática diminui o seu consumo e causa  déficit na base alimentar, já que são alimentos mais baratos e atenderia até mesmo as comunidades que sofrem com desnutrição e vulnerabilidade socioeconômica.

Isso tudo porque as proteínas em miúdos de frangos e bovinos tem grande parcela de participação energética para o nosso organismo funcionar bem, ao lado dos carboidratos e gorduras que ingerimos.

Contudo, em alguns países como a França, os miúdos são considerados verdadeiras iguarias e compõem pratos como o foie grass, o fígado de ganso de alto valor nutricional.

Outros tipos de miúdos, como o cérebro (pouco apreciado e nada popular) possuem cobre e selênio, que são elementos imprescindíveis para manter a saúde do sistema imunológico.

Já da família dos mais popularmente consumidos, os campeões em valor nutricional são fígados e rins, que são riquíssimos em ferro.

 

Quais os maiores benefícios de consumir os miúdos de frangos e bovinos?

 

Mais que talvez você imaginasse, consumir esses estranhos alimentos é contribuir para a saúde no geral, principalmente para criar músculos e ossos fortes.

Mas não apenas isso, pois:

  • Recebe melhoramento em diversas funções vitais;
  • Carrega mais oxigênio na hemoglobina sanguínea e na mioglobina muscular;
  • Complementa-se de muitas enzimas importantes;
  • O metabolismo funciona melhor;
  • Oferecem boas doses de vitamina C, que trabalham arduamente para absorver o ferro;
  • Ótima fontes de vitamina A; que é importantíssima para o crescimento, e para manter peles e olhos em dia;
  • Vitamina B12, que libera energia do corpo, e;

Vitamina B6, que facilita o metabolismo das proteínas, conserva as hemoglobinas e o sistema nervoso sempre saudáveis.

 

Valores Nutricionais dos miúdos de Frangos e Bovinos

 

Outro ponto favorável para aumentar o consumo dos miúdos é a ausência dos carboidratos, mas, atenção: alguns são bastante calóricos!

Apenas um coração bovino de 40g tem cerca de 14,4% das proteínas que devemos consumir em um dia, por apenas 6,4% de gorduras totais, onde dessas, não existe nenhuma quantidade de gordura trans.

Como falamos alguns tipos de miúdos tendem a ser altamente calóricos, como por exemplo, a língua de boi, que possui cerca de 70% de gordura.

Contudo, isso não é lei. Os miúdos como rins e coração possuem menos calorias, menos gorduras e são ótimas fontes de proteínas e nutrientes.

Só para se ter uma ideia, em 100 gramas de miúdos de frango cozidos, fritos ou grelhados se obtém 32,54 gramas de proteína! Isso equivale a 32,54% do seu valor total!

Por esse motivo, quando comparadas à carnes mais caras e menos proteicas, fica fácil de perceber a relação custo/benefício ao optar por miúdos na composição do cardápio diário.

 

Tabela de Proteínas em Miúdos De Frangos e Bovinos 

 

Cozidos em água, nos refogados, fritos ou assados, encontrar a melhor aparência para o prato depois de pronto é fundamental para o consumo ser prazeroso.

É válido utilizar de temperos para aprimorar o sabor, e com certeza a criatividade na hora de montar o cardápio, é a melhor aliada para consumir os miúdos e aproveitar o melhor das proteínas.

É importante frisar que o tipo de preparo ou acompanhamento pode alterar esses valores.

Os dados da tabela a seguir dizem respeito unicamente aos valores nutricionais das proteínas em miúdos de frangos e bovinos, considerando a média para 100 gramas.

 

Miúdos de boi: rim, coração, mondongo (estômago)

Porção de 100 gQuantidade/porção
Valor Energético~ 70 kcal
Proteínas~ 14 g
Gorduras Totais~ 4 g

 

Miúdos de Galinha: fígado, coração, moela, vísceras

Porção de 100 gQuantidade/porção
Valor Energético~ 160 kcal
Proteínas~ 23,40 g
Gorduras Totais~ 7,6 g

% Valores Diários com base em uma dieta de 2.000 Kcal

 

Depois de tantos números e informações acerca do valor nutricional dos miúdos, vale o apelo para a inserção desses alimentos nos cardápios diários brasileiros.

Como superalimento, seu consumo não poupa apenas o bolso dos brasileiros como melhora saúde e bem-estar, além de prevenir doenças decorrentes de déficit nutricional.

E você que treina e precisa aumentar a performance dos músculos e se preocupa em manter o corpo em forma, experimente e depois comente!

 

Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um Nutricionista.

Todo o post publicado possui autorização expressa do autor. Não é autorizada a cópia total ou parcial de nenhum conteúdo disponível no site.



INSCREVA-SE para receber dicas de treino, nutrição e suplementação